Home > Banco de Questões > Biologia > Simulados

Ecologia III

Lista de 15 exercícios de Biologia com gabarito sobre o tema Ecologia com questões de Vestibulares.



01. (UEA) As interações ou relações ecológicas são estudadas para melhor compreensão das dinâmicas das populações nos diversos ecossistemas do planeta.

Nesses estudos, a definição quanto à organização de seres vivos em colônias é baseada, sobretudo, no fato de os seus integrantes

  1. serem hermofroditas.
  2. desempenharem as mesmas funções na organização.
  3. estarem unidos anatomicamente.
  4. pertecerem a espécies diferentes.
  5. serem organismos unicelulares.

02. (FGV-SP) As relações ecológicas são classificadas como harmônicas ou desarmônicas, em decorrência do prejuízo que pode, ou não, ocorrer entre os seres vivos participantes da relação.

A competição intraespecífica é um exemplo de relação desarmônica, que, no entanto, apresenta como consequência:

  1. aumentar a recombinação genética entre as espécies.
  2. inibir processos relacionados ao isolamento reprodutivo dos indivíduos.
  3. impedir os processos de especiação nas populações.
  4. promover o fluxo gênico entre populações diferentes.
  5. selecionar os organismos mais adaptados para determinados ambientes.

03. (PUC-PR) Observe a charge que segue.

Ao retratar a retirada da madeira de uma árvore, a charge expõe a questão sobre o desmatamento das florestas. Uma floresta desmatada está sujeita às mudanças sequenciais de sua comunidade, as quais culminarão com o restabelecimento da comunidade. Tais mudanças correspondem ao processo da sucessão ecológica.

Considere a sucessão em uma área originalmente de floresta e assinale a alternativa que relaciona CORRETAMENTE os eventos desse fenômeno.

  1. A sucessão, após o desmatamento da floresta, corresponde à sucessão primária.
  2. Conforme o aumento em tamanho das plantas nessa sucessão, a razão entre a biomassa fotossintética e a biomassa de consumo aumenta.
  3. As plantas que iniciam esse evento apresentam certas características gerais, tais como: poucas sementes, taxa de crescimento lenta e alta tolerância à sombra.
  4. Conforme a ilustração na charge, a maior % de biomassa extraída da figura corresponde ao tecido condutor do floema e ao tecido de revestimento epidérmico.
  5. As espécies colonizadoras da área desmatada alteram o ambiente tornando-o mais adequado para as espécies tardias da sucessão.

04. (FGV-SP) A preservação dos ecossistemas é fundamental para o equilíbrio ambiental. As paisagens naturais da Região Sudeste do Brasil apresentam atualmente, em vez de grandes áreas florestadas, pequenos fragmentos florestais dispersos, o que pode levar inúmeras espécies vegetais e animais à extinção.

Uma prática de manejo ambiental para minimizar tal impacto é

  1. a introdução de espécies vegetais exóticas que apresentem altas taxas de produtividade primária.
  2. a proteção desses fragmentos, mantendo-os isolados fisicamente e, assim, preservados.
  3. a eliminação das espécies vegetais nativas que apresentem taxa reprodutiva reduzida.
  4. a interligação dos fragmentos, permitindo o fluxo gênico entre indivíduos de populações não conectadas.
  5. o melhoramento genético das espécies vegetais nativas, tornando-as mais resistentes à antropização.

05. (UPE) Leia o texto a seguir:

A mais importante inovação metabólica da história do planeta foi a evolução da fotossíntese. Por meio dela, a vida se libertou da escassez de energia na forma de ATP; daí por diante, passou a ser primordial, limitada pela carência deste ou daquele componente material. Garimpando a energia da luz solar, esses primeiros produtores de víveres (provavelmente, coletores de sulfeto de coloração verde, como o moderno Chlorobium) geram alimento e energia utilizável para o resto da biosfera.

Fonte: MARGULLIS; SAGAN, 2002. O que é vida? Rio de Janeiro. Jorge Zahar Ed. (Adaptado).

Sobre a evolução da fotossíntese, assinale a alternativa CORRETA.

  1. As cianofíceas evoluíram quando as bactérias fotossintéticas, empregando um sistema singular de clorofila verde, sofreram uma mutação de suas precursoras quimiossintetizantes para retirar seus átomos de hidrogênio da água.
  2. A fotossíntese evoluiu na dependência das duas formas mais importantes de radiação, que incidem sobre a superfície da Terra: a ultravioleta de ondas longas que destrói os processos bioquímicos e a infravermelha de ondas curtas, percebida como calor.
  3. Elétrons nas moléculas de clorofila passaram a ser excitados pela energia dos fótons de luz solar visível, que então transferem a energia excedente para as moléculas de ATP. Estas são nucleotídeos constituídos pela base nitrogenada adenina, ligada ao lipídio ribose, unido a uma cadeia de dois fosfatos.
  4. Como instrumento de energia, o ATP é ilimitado. A armazenagem deste por prazo mais curto e em menor volume pode ser conseguida, usando-se o ATP para formar carboidratos a partir do oxigênio atmosférico e de alguma fonte de nitrogênio.
  5. A grande contribuição do ATP para a vida se deve ao fato de permitir ao ser vivo usar a energia somente quando o sol ou o alimento ingerido o torna disponível. Isso está de acordo com a hipótese heterotrófica, na qual as primeiras bactérias produziriam o seu próprio alimento.

06. (EBMSP)

O esquema representa, de forma parcial, a circulação do carbono pelo ambiente onde estão indicados processos biológicos – 1, 2, 3, 4, 5 – envolvidos na transferência desse elemento ao longo do ciclo.

Com base na imagem e nos conhecimentos sobre ciclos biogeoquímicos, é correto afirmar:

  1. O processo 1 indica a transferência do carbono na forma de CO2 através da respiração.
  2. O processo 2 indica a decomposição da matéria orgânica em moléculas simples inorgânicas.
  3. O processo 3 representa a capacidade dos sistemas vivos de reutilizar a matéria presente no Planeta.
  4. O processo 4 indica a liberação do carbono residual dos processos fotoautótrofos.
  5. O processo 5 representa a absorção do carbono orgânico realizado pelo sistema radicular das plantas.

07. (UPE) Pinus ssp é uma espécie exótica utilizada no Brasil, em culturas monoespecíficas, para fins comerciais. Sua madeira é amplamente usada para produção de carvão, resina, serraria, móveis, dentre outros. Quando a cultura é abandonada ou o manejo se faz tardiamente, formam-se sub-bosques pobres em espécies nativas (ver figura), uma vez que as folhas de Pinus ssp podem inibir o crescimento dessas espécies

Fonte: http://gazetarural.com/2017/10/17/plantar-uma-floresta-nocentro-de-portugal-para-compensar-web-summit/

A relação ecológica que define CORRETAMENTE a afirmação acima está indicada na alternativa

  1. Amensalismo
  2. Predatismo
  3. Inquilinismo
  4. Comensalismo
  5. Parasitismo

08. (UECE) Estima-se que existam 1 milhão e 500 mil espécies de fungos. Essa estimativa coloca os fungos como o segundo maior grupo de organismos vivos: o primeiro, em termos de número de espécies, é o grupo dos insetos.

Considerando as associações simbióticas que têm a participação de fungos, assinale a afirmação verdadeira.

  1. Comensalismo é um tipo de associação mutualística entre fungos e algas, na qual as algas têm aumentada sua capacidade de absorção de água e sais minerais, enquanto o fungo recebe matéria orgânica para a sua sobrevivência.
  2. Liquem é um tipo de associação mutualística entre fungos e raízes de plantas, na qual as plantas têm aumentada sua capacidade de absorção de água e sais minerais, enquanto o fungo recebe matéria orgânica para sua sobrevivência.
  3. Rizobium é um tipo de associação mutualística entre fungos e raízes de plantas leguminosas, na qual as plantas têm aumentada sua capacidade de absorção de água e sais minerais, enquanto o fungo recebe matéria orgânica para a sua sobrevivência.
  4. Micorriza é um tipo de associação mutualística entre fungos e raízes de plantas, na qual as plantas têm aumentada sua capacidade de absorção de água e sais minerais, enquanto o fungo recebe matéria orgânica para a sua sobrevivência.

09. (UPE) Cientistas determinaram o tempo de sucessão ecológica em duas áreas de Floresta Ombrófila Densa, por meio de imagens históricas e monitoramento do processo de sucessão. Uma das áreas foi ____________ por atividade de terraplenagem e passou por um processo de sucessão ____________, enquanto a outra foi por corte raso e passou por um processo de sucessão ____________.

Na primeira área, estimou-se todo o processo em 250 anos, sendo esta colonizada por espécies tolerantes ao ambiente ____________. Na segunda área, estimou-se, em 100 anos, o processo até se atingir o____________. As espécies surgiram do rebrotamento de remanescentes e da dispersão de sementes de outras áreas, mudando a composição____________ no início e ___________ nos estágios intermediários.

  1. reflorestada tardio pioneiro insalubre habitat paulatinamente rapidamente
  2. impactada secundário primário anóxico final tardiamente rapidamente
  3. modificada de espécies de comunidade árido dossel rapidamente tardiamente
  4. abandonada seral clímax inerte seral lentamente tardiamente
  5. perturbada primário secundário estéril clímax rapidamente lentamente

10. (FAMEMA) Considere a proposta econômica representada na imagem.

Essa proposta é pautada

  1. na formação de sistemas entre fornecedores e produtores para ampliar a extração de recursos naturais.
  2. no controle de riscos ambientais pela utilização de produtos artesanais, o que interrompe o consumo industrial.
  3. no aproveitamento máximo dos recursos extraídos e produzidos por cadeias produtivas integradas.
  4. na geração intencional de lixo como matéria-prima para a fabricação de novos produtos.
  5. na associação entre a atividade produtiva e o consumo de recursos finitos, o que promove a geração de resíduos.

11. (FATEC) Em uma região de mata, foi observada uma cadeia alimentar formada por gafanhotos que se alimentam de plantas e servem de alimento para passarinhos, que, por sua vez, são predados por gaviões.

Sobre essa cadeia alimentar, assinale a alternativa correta.

  1. Os passarinhos pertencem ao nível trófico dos consumidores primários, pois se alimentam dos gafanhotos.
  2. O aumento da população de gaviões, nessa região, acarretará a consequente redução populacional das plantas.
  3. Os gafanhotos atuam na fixação do gás nitrogênio da atmosfera, transformando-o em nitratos aproveitados pelos vegetais.
  4. A diminuição da população de passarinhos, nessa região, acarretará a consequente redução populacional dos gafanhotos.
  5. As bactérias atuam como decompositores dos gafanhotos, transformando a matéria orgânica morta em carboidratos.

12. (UECE) Fatores ecológicos podem ser divididos em bióticos e abióticos.

Sobre esses fatores, é correto afirmar que

  1. a presença e a atividade dos seres vivos são fatores abióticos enquanto as condições físicoquímicas são fatores bióticos.
  2. luminosidade, temperatura, umidade, salinidade e gases dissolvidos na água são exemplos de fatores bióticos.
  3. os fatores abióticos necessários, mas insuficientes, para o crescimento pleno de uma população são denominados fatores limitantes.
  4. fatores edáficos relacionados à estrutura física e composição química do solo são exemplos de fatores bióticos.

13. (Mackenzie)

As figuras acima representam pirâmides ecológicas. Considerando a cadeia alimentar fitoplâncton → zooplâncton → peixes, as pirâmides de energia, de biomassa e de números, em um dado momento, são, respectivamente,

  1. A, B e C.
  2. C, B e A.
  3. A, A e A.
  4. A, B e A.
  5. C, B e C.

14. (UECE) O circuito percorrido pelos elementos dentro dos ecossistemas é chamado de ciclo biogeoquímico.

Sobre o ciclo da água, é correto afirmar que

  1. cerca de 97.5% da água presente na Terra está nos oceanos, 1.75% encontra-se nos rios, lagos e aquíferos de água doce e somente 0.75% encontra-se nas geleiras e cumes permanentemente gelados das montanhas.
  2. os animais perdem água por meio de processos como eliminação de urina e fezes, respiração e transpiração.
  3. evapotranspiração é a forma como a água existente nos organismos vivos passa para a atmosfera enquanto transpiração é o processo pelo qual ocorre perda de água para a atmosfera a partir do solo e das plantas.
  4. as plantas eliminam água na forma de vapor pelos seus estômatos no processo de gutação enquanto o processo de eliminação de água no estado líquido recebe o nome de transpiração.

15. (FUVEST) O processo de acidificação dos oceanos, decorrente das mudanças climáticas globais, afeta diretamente as colônias de corais, influenciando na formação de recifes. Assinale a alternativa que completa corretamente a explicação para esse fenômeno.

O dióxido de carbono dissolvido no oceano

  1. gera menor quantidade de íons de hidrogênio, o que diminui o pH da água, liberando maior quantidade de íons cálcio, que, por sua vez, se ligam aos carbonatos, aumentando o tamanho dos recifes.
  2. é absorvido pelo fitoplâncton, entrando no processo fotossintético, e o oxigênio liberado permanece na água do mar, oxidando e matando os recifes de coral.
  3. leva à formação de ácido carbônico, que, dissociado, gera, ao final, íons de hidrogênio e de carbonato, que se ligam, impedindo a formação do carbonato de cálcio que compõe os recifes de coral.
  4. é absorvido pelo fitoplâncton, entrando no processo fotossintético, e o oxigênio liberado torna a água do mar mais oxigenada, aumentando a atividade dos corais e o tamanho de seus recifes.
  5. reage com a água, produzindo ácido carbônico, que permanece no oceano e corrói os recifes de coral, que são formados por carbonato de cálcio.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Email ou WhatsApp



.