Home > Banco de Questões > Biologia > Simulados

Botânica VIII

Lista de 15 exercícios de Biologia com gabarito sobre o tema Botânica com questões de Vestibulares.



1. (URCA) Um dos fatores pelo qual as angiospermas tiveram maior capacidade de dispersão que outros grupos vegetais e ocupam atualmente quase todos os biomas da Terra é o caso de possuírem:

  1. Fruto
  2. Semente
  3. Tecidos condutores
  4. Raiz
  5. Flor

2. (PUC-Campinas) No Brasil, entre os produtos orgânicos mais comercializados estão o tomate, o morango e o café. Nesses vegetais,

  1. as nervuras das folhas são paralelas.
  2. as raízes são fasciculadas.
  3. os feixes condutores são organizados ao redor do cilindro central.
  4. o processo de polinização ocorre apenas pelo vento.
  5. o metabolismo fotossintético é do tipo CAM.

3. (URCA) Considerando o Ciclo reprodutivo das Pteridófitas (Samambaia) representado abaixo, analise os itens descritos e assinale a alternativa correta:

I. O ciclo de vida das pteridófitas apresenta alternância de gerações diploides e haploides.

II. Na estrutura identificada pela letra “a” ocorre reprodução sexuada e em “b” reprodução assexuada.

III. A fase identificada pela letra “c” representa a meiose.

IV. As estrutura identificada pela letra “d” é diploide.

V. A fase gametofítica possui predominância em relação a fase esporofítica.

  1. Apenas I e II estão corretas
  2. Apenas II e III estão corretas
  3. Apenas III e IV estão corretas
  4. Apenas IV e V estão corretas
  5. Apenas I e III estão corretas

4. (UPE) Um problema comum na arborização pública é a ocorrência de árvores ocas, ameaçando caírem, causando algum acidente. As prefeituras constantemente recebem chamados para diagnosticar o problema. Entretanto, na maioria das vezes, deparam-se com árvores velhas com aparência sadia, sem ameaça a sua sustentação e com a copa bastante preservada e frondosa, sinal de que há vitalidade no tecido vascular, mantendo a rede de circulação de substâncias ativas.

Sobre o texto, assinale a alternativa CORRETA.

  1. A periderme ou casca mantém o tecido do floema funcional, enquanto no alburno, o floema se torna não funcional.
  2. O cerne mantém-se resistente com o xilema funcional, permitindo a condução da seiva.
  3. A parte mais externa do xilema e próxima ao câmbio, chamada de alburno, permanece funcional.
  4. Parte do xilema desenvolve tecido vascular vegetal, responsável pelo transporte de água, sais minerais e compostos orgânicos produzidos pela fotossíntese.
  5. O cerne mantém o tecido vascular funcional, permitindo a condução da seiva elaborada

5. (Mackenzie) A figura abaixo representa a condução de seiva nas angiospermas.

É correto afirmar que

  1. em A estão representados os vasos lenhosos que compõem o xilema.
  2. em B estão representados os vasos liberianos que conduzem a seiva bruta.
  3. a seiva elaborada é composta de água, minerais e fitormônios responsáveis pelo crescimento vegetal.
  4. durante a transpiração, as folhas liberam seiva elaborada na atmosfera.
  5. em A está representada a condução feita pelo floema e, em B, a condução feita pelo xilema.

6. (UEM) “Apenas alguns tipos de organismos vivos realizam fotossíntese: plantas, algas e algumas bactérias que possuem clorofila, o pigmento essencial para o desempenho do processo fotossintético. A fotossíntese é, sem dúvida, o processo mais importante que ocorre na Terra”.

(Disponível em <http://meuartigo.brasilescola.uol.com.br/biologia/a-importancia-fotossintese-para-vida-no-planeta.htm.> Acesso: 15 ago. 2017).

Assinale a alternativa que apresenta a importância da fotossíntese para a vida na Terra.

  1. Elimina o gás carbônico para o ar atmosférico.
  2. Mantém a quantidade de água no planeta.
  3. Produz alimento e água suficientes para manter a comunidade biológica.
  4. Disponibiliza o alimento aos seres vivos e libera o gás oxigênio para a atmosfera.
  5. Libera o gás oxigênio e a água para manter o equilíbrio ecológico e as relações harmônicas da cadeia alimentar.

7. (UNESP) Em uma matéria sobre o papel das plantas na redução da concentração atmosférica dos gases do efeito estufa, consta a seguinte informação:

O vegetal “arranca” o carbono, que é o C do CO2, para usar de matéria-prima para o seu tronco, e devolve para a atmosfera o O2, ou seja, oxigênio.

(Superinteressante, maio de 2016. Adaptado.)

Tal informação refere-se à

  1. respiração celular e está correta, uma vez que, nas mitocôndrias, o carbono do CO2 é disponibilizado para a síntese de tecidos vegetais e o O2 é devolvido para a atmosfera.
  2. fotossíntese e está correta, uma vez que, através desse processo, a planta utiliza o carbono na síntese de seus tecidos, devolvendo para a atmosfera o oxigênio do CO2.
  3. fotossíntese e está incorreta, uma vez que o carbono do CO2 é utilizado na síntese de carboidratos que serão consumidos na respiração celular, mas não como matéria-prima do tronco.
  4. fotossíntese e está incorreta, uma vez que o oxigênio liberado para atmosfera provém da reação de decomposição da água, e não do CO2 que a planta capta da atmosfera.
  5. respiração celular e está incorreta, uma vez que o O2 liberado para atmosfera tem origem na quebra de carboidratos na glicólise, da qual também resulta o carbono que irá compor os tecidos vegetais.

8. (UFRGS) O ATP atua como um tipo de “moeda energética”.

Considere as seguintes afirmações sobre essa molécula.

I - A molécula é um nucleotídeo composto por uma base nitrogenada, uma ribose e um grupo trifosfato.

II - A hidrólise da molécula libera energia livre que pode ser utilizada no transporte ativo.

III- A síntese da molécula pode ocorrer na ausência de oxigênio, quando a glicólise é seguida pela fermentação.

Quais estão corretas?

  1. Apenas I.
  2. Apenas II.
  3. Apenas I e III.
  4. Apenas II e III.
  5. I, II e III.

9. (ETEC) O Sistema Brasileiro de Classificação de Solos define o solo da Caatinga como pouco profundo, pedregoso, rico em minerais, mas pobre em matéria orgânica e que dificilmente armazena as águas das chuvas. Os afloramentos rochosos existentes se tornam uma característica comum na Caatinga que, associada aos solos rasos, propicia as condições ideais para a vegetação, que cresce nas pedras, em fissuras ou em depressões onde há acúmulo de areia, pedregulhos e outros detritos.

A vegetação típica encontrada no solo descrito caracteriza-se por apresentar

  1. raízes superficiais para facilitar a sua fixação.
  2. folhas grandes e membranáceas para facilitar a realização da fotossíntese.
  3. raízes respiratórias denominadas pneumatóforos para obtenção do gás oxigênio.
  4. folhas pequenas e modificadas em espinhos para evitar a transpiração excessiva.
  5. árvores altas, com folhas grandes, sempre verdes e com extremidades afiladas em goteira.

10. (FATEC) Hormônio do crescimento de plantas é alvo de pesquisa chinesa

Um grupo de pesquisadores tem como principal objetivo desvendar o funcionamento dos hormônios nas plantas.

“Um desses fitormônios é o etileno, molécula de gás que regula uma ampla gama de processos, incluindo o amadurecimento de frutos, o envelhecimento de folhas e de flores, a tolerância ao estresse e a defesa contra patógenos”, explicou o pesquisador Hongwei Guo, professor da Escola de Ciências da Vida da Universidade de Pequim.

“Temos estudado fatores que medeiam a regulação de respostas de plantas ao etileno, como a interação com outros fitormônios. Essas interações indicam a existência de complexas redes de sinalização na ação do etileno nas plantas”. Entre esses outros hormônios, o pesquisador mencionou a citocinina, a auxina e a giberelina.

“Identificamos que os fatores de transcrição conhecidos como EIN3 e EIL1 representam uma integração fundamental nas ações entre o etileno e outros fitormônios”, disse Guo.

http://tinyurl.com/jrz82hw Acesso em: 24.08.2016. Adaptado.

Na caatinga brasileira, plantas como os mulungus (Erythrina spp.) são classificadas como caducifólias porque apresentam a perda sazonal das folhas.

O hormônio e a adaptação diretamente relacionados a esse mecanismo fisiológico são, respectivamente,

  1. ácido abcísico e aumento da transpiração.
  2. auxina e diminuição da fotossíntese.
  3. citocinina e aumento da transpiração.
  4. etileno e diminuição da transpiração.
  5. giberelina e aumento da fotossíntese.

11. (PUC-SP) Uma determinada espécie do grupo das traqueófitas (plantas vasculares) tem grande área foliar, garantindo a absorção de energia luminosa para realizar com sucesso o processo de fotossíntese. Nesse processo, além da luz, há utilização de

  1. gás carbônico e água, e produção de substâncias orgânicas, que são transportadas da folha para o caule e para a raiz pelo floema.
  2. oxigênio e água, e produção de substâncias orgânicas, que são transportadas da folha para o caule e para a raiz pelo floema.
  3. gás carbônico e água, e produção de substâncias orgânicas, que são transportadas da folha para o caule e para a raiz pelo xilema.
  4. oxigênio e água, e produção de substâncias orgânicas, que são transportadas da folha para o caule e para a raiz pelo xilema.

12. (UPE) O coqueiro, Cocus nucifera, é uma das espécies de palmeira com maior distribuição na zona tropical, por causa de sua pouca exigência nutricional e de sua facilidade em se dispersar pelos mares e ter um sistema de sustentação resistente aos fortes ventos e ao solo arenoso do litoral. O seu caule apresenta nós e entrenós bem visíveis, mas com folhas apenas no ápice, que, por sua vez, é classificado como

  1. haste.
  2. bulbo.
  3. colmo.
  4. estipe.
  5. tubérculo.

13. (UFPR) Produtores de frutas utilizam permanganato de potássio para desencadear a reação representada pela seguinte equação:

Permanganato de potássio + Etileno → Óxido de manganês + Gás carbônico + Hidróxido de potássio

O objetivo de colocar as frutas em contato com o permanganato de potássio é:

  1. acelerar seu crescimento.
  2. retardar seu amadurecimento.
  3. alterar seu sabor.
  4. modificar sua cor.
  5. reduzir a quantidade de sementes.

14. (ACAFE) A maior diversidade de plantas do mundo

Depois de sete anos de trabalho, um grupo de 575 botânicos do Brasil e de outros 14 países concluiu a versão mais recente de um amplo levantamento sobre a diversidade de plantas, algas e fungos do Brasil, agora calculada em 46.097 espécies. Quase metade, 43%, é exclusiva (endêmica) do território nacional. O total coloca o Brasil como o país com a maior riqueza de plantas no mundo.

Fonte: Revista Fapesp - ED. 241 | Março 2016. Disponível em: http://revistapesquisa.fapesp.br/

Em relação ao processo reprodutivo das plantas, correlacione as colunas a seguir.

(1) Dicogamia

(2) Apomixia

(3) Cleistogamia

(4) Reprodução Gâmica

(5) Propagação vegetativa

() Mecanismo que favorece a autofecundação, já que a polinização ocorre antes da abertura do botão floral ou antese.

() Amadurecimento da parte feminina (gineceu) da flor e da parte masculina (androceu) em momentos diferentes, favorecendo a alogamia.

() Reprodução biológica sem fecundação, meiose ou produção de gametas, com o resultado das sementes serem geneticamente idênticas às da planta mãe.

() Multiplicação assexuadamente de partes de plantas (células, tecidos, órgãos ou propágulos), originando novos indivíduos.

() Fusão de gametas maternos e paternos oriundos da mesma planta ou de diferentes plantas.

A sequência correta, de cima para baixo, é:

  1. 2 - 1 - 3 - 4 - 5
  2. 5 - 4 - 1 - 3 - 2
  3. 4 - 3 - 5 - 2 - 1
  4. 3 - 1 - 2 - 5 - 4

15. (UEMA) Leia o texto a seguir para analisar as assertivas e responder à questão 54.

A fotossíntese é um processo físico-químico, em nível celular, realizado pelos seres vivos clorofilados, que utilizam dióxido de carbono e água para obter glicose através da energia da luz solar. A fotossíntese inicia a maior parte das cadeias alimentares na Terra. Sem ela, os animais e muitos outros seres heterotróficos seriam incapazes de sobreviver porque a base da sua alimentação estará sempre nas substâncias orgânicas proporcionadas pelas plantas verdes. Ao nos alimentarmos, parte das substâncias orgânicas produzidas na fotossíntese entram na nossa constituição celular, enquanto outras (os nutrientes energéticos) fornecem a energia necessária às nossas funções vitais, como o crescimento e a reprodução. Além do mais, ela fornece oxigênio para a respiração dos organismos aeróbicos.

A fotossíntese é o principal processo de transformação de energia na Biosfera, essencial para a manutenção da vida na Terra, porém, muitos fatores do ambiente podem afetar as taxas de fotossíntese, limitando-as em diferentes regiões da Terra.

Analise as assertivas a seguir.

I. A concentração de dióxido de carbono é geralmente o fator limitante da fotossíntese para as plantas terrestres, em geral, devido a sua baixa concentração na atmosfera, que é em torno de 0,04%.

II. Para a maioria das plantas, a temperatura ótima para os processos fotossintéticos está entre 30 e 38 °C. Acima dos 45°C, a velocidade da reação decresce, pois cessa a atividade enzimática.

III. A água é fundamental como fonte de hidrogênio para a produção da matéria orgânica. Em regiões secas, as plantas têm a água como um grande fator limitante.

IV. A disponibilidade de água e as temperaturas podem afetar a fotossíntese e modificar a morfologia foliar.

São corretas as assertivas

  1. I, II e III, apenas.
  2. II e III, apenas.
  3. I, II, III e IV.
  4. I e III, apenas.
  5. II e IV, apenas.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Email ou WhatsApp



.