Home > Banco de Questões > Biologia > Origem da Vida e Evolução >

Darwinismo e Lamarckismo

Lista de 10 exercícios de Biologia com gabarito sobre o tema Darwinismo e Lamarckismo com questões de Vestibulares.

Confira as videoaulas, teoria e questões sobre: Evolução.





1. (UFSCar) “O meio ambiente cria a necessidade de uma determinada estrutura em um organismo. Este se esforça para responder a essa necessidade. Como resposta a esse esforço, há uma modificação na estrutura do organismo. Tal modificação é transmitida aos descendentes.”

O texto sintetiza as principais ideias relacionadas ao.

  1. fixismo.
  2. darwinismo.
  3. mendelismo.
  4. criacionismo.
  5. lamarckismo.

2. (Fuvest-SP) Uma ideia comum às teorias da evolução propostas por Darwin e por Lamarck é que a adaptação resulta:

  1. do sucesso reprodutivo diferencial.
  2. de uso e desuso de estruturas anatômicas.
  3. da interação entre os organismos e seus ambientes. da manutenção das melhores combinações gênicas.
  4. de mutações gênicas induzidas pelo ambiente

3. (Osec-SP) “Seus ancestrais eram animais de quatro patas como os demais répteis. Uma necessidade surgiu e esses animais passaram a se mover deslizando pelo solo e esticando o corpo para atravessar passagens estreitas. Nessas condições as patas deixaram de ter utilidade e passaram até a prejudicar o deslizamento. As patas, pela falta de uso, foram se atrofiando e, após um longo tempo, desapareceram por completo”. Este texto exemplifica a teoria denominada:

  1. fixismo.
  2. darwinismo.
  3. morganismo.
  4. lamarckismo.
  5. seleção natural.

04. (Enem 2016) Darwin, em viagem às Ilhas Galápagos, observou que os tentilhões apresentavam bicos com formatos diferentes em cada ilha, de acordo com o tipo de alimentação disponível. Lamarck, ao explicar que o pescoço da girafa teria esticado para colher folhas e frutos no alto das árvores, elaborou ideias importantes sobre a evolução dos seres vivos.

O texto aponta que uma ideia comum às teorias da evolução, propostas por Darwin e por Lamarck, refere-se à interação entre os organismos e seus ambientes, que é denominada de

  1. mutação.
  2. adaptação.
  3. seleção natural.
  4. recombinação gênica.
  5. variabilidade genética.

05.(Uece) Chega ao Brasil a exposição que abre as comemorações dos 200 anos de nascimento do cientista que explicou como a vida evolui na Terra. Ele se tornou um herói da racionalidade.

(Veja, 9 de maio de 2007.)

O cientista citado na manchete é Charles Darwin, responsável por mudar a visão sobre as questões relacionadas à origem e às transformações que ocorrem no mundo vivo. Identifique, nas alternativas abaixo, aquela que não corresponde às ideias difundidas por Darwin:

  1. A escolha de parceiros reprodutivos fortes e competitivos é determinada pela necessidade de garantir a proteção e a sobrevivência da prole.
  2. A competição entre espécies iguais ou diferentes é consequência do número elevado de indivíduos em uma situação em que os recursos naturais são escassos.
  3. A seleção natural determina a sobrevivência dos indivíduos mais adaptados ao meio e estes indivíduos possuem mais chances de deixar seus descendentes.
  4. Características morfológicas, resultantes da utilização constante de determinadas partes do corpo, desenvolvem-se e são transmitidas aos descendentes, acentuando-se ao longo de gerações.

06. (UFRGS-RS) Os princípios a seguir relacionados referem-se à teoria da evolução das espécies.

I. Adaptação ao meio.

II. Seleção natural.

III. Mutação.

IV. Lei do uso e desuso.

V. Herança dos caracteres adquiridos.

Lamarck, em sua teoria, considerou:

  1. I, II e III.
  2. II, III e IV.
  3. I, IV e V.
  4. II, IV e V.
  5. II, III e V

07. (UEL-PR) O tempo nada mais é que a forma da nossa intuição interna. Se a condição particular da nossa sensibilidade lhe for suprimida, desaparece também o conceito de tempo, que não adere aos próprios objetos, mas apenas ao sujeito que os intui.

(KANT, I. Crítica da razão pura. Trad. Valério Rohden e Udo Baldur Moosburguer.

São Paulo: Abril Cultural, 1980. p.47. Coleção Os Pensadores.)

No início do século XIX, alguns naturalistas passaram a adotar ideias evolucionistas para explicar a diversidade do mundo vivo. Embora os teólogos naturais tivessem reconhecido a importância do meio ambiente e as adaptações dos organismos a ele, Jean-Baptiste Lamarck foi o primeiro a reconhecer a importância crucial do tempo para explicar a diversidade da vida.

Assinale a alternativa que apresenta, corretamente, uma contribuição de Lamarck para o pensamento evolucionista da época, além do fator tempo.

  1. Algumas características conferem a seus portadores vantagens para explorar o meio ambiente de forma a tornar a sobrevivência e a reprodução mais eficientes.
  2. Os indivíduos que sobrevivem e se reproduzem, a cada geração, são os que apresentam determinadas características relacionadas com a adaptação às condições ambientais.
  3. A adaptação é o inevitável produto final de processos fisiológicos requeridos pelas necessidades dos organismos de fazer face às mudanças de seu meio ambiente.
  4. Uma vez que, a cada geração, sobrevivem os mais aptos, eles tendem a transmitir aos descendentes as características relacionadas a essa maior aptidão para sobreviver.
  5. A variação casual apresenta-se em primeiro lugar e a atividade ordenada do meio ambiente vem posteriormente, ou seja, a variação independe do meio.

08. (UFC) Um problema para a teoria da evolução proposta por Charles Darwin no século XIX dizia respeito ao surgimento da variabilidade sobre a qual a seleção poderia atuar. Segundo a Teoria Sintética da Evolução, proposta no século XX, dois fatores que contribuem para o surgimento da variabilidade genética das populações naturais são:

  1. mutação e recombinação genética.
  2. deriva genética e mutação.
  3. seleção natural e especiação.
  4. migração e frequência gênica.
  5. adaptação e seleção natural.

09.(UEL) “Darwin, empolgado com as maravilhas da natureza tropical, em Salvador e no Rio, registrou: A viagem do Beagle foi sem dúvida o acontecimento mais importante de minha vida e determinou toda a minha carreira. As maravilhas das vegetações dos trópicos erguem-se hoje em minha lembrança de maneira mais vívida do que qualquer outra coisa.”

(Adaptado de: MOREIRA, I. C. Darwin, Wallace e o Brasil. In Jornal da Ciência, Ano XXII, n. 625, p. 6, 11 jul. 2008.)

Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema, considere as afirmativas a seguir:

I. A ideia de evolução não era nova, contudo, foi Darwin que estabeleceu cientificamente o princípio da seleção natural como fator responsável pela evolução dos organismos.?

II. As conclusões expostas no livro A origem das espécies levaram ao aprimoramento dos estudos de Lamarck que embasavam a teoria da geração espontânea dos organismos.

III. Em sua viagem, Darwin observou a ocorrência de processos biológicos semelhantes em áreas geográficas e com seres vivos diferentes, o que colaborou para a elaboração da Teoria da Evolução pela seleção natural.

IV. A Teoria da Evolução pela seleção natural, conhecida por darwinismo, também foi desenvolvida por Alfred Wallace que, na mesma época, estudava o fenômeno evolutivo.

Assinale a alternativa correta.

  1. Somente as afirmativas I e II são corretas.
  2. Somente as afirmativas II e IV são corretas.
  3. Somente as afirmativas III e IV são corretas.
  4. Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
  5. Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.

10. (Fuvest) Uma ideia comum às teorias da evolução propostas por Darwin e por Lamarck é que a adaptação resulta

  1. do sucesso reprodutivo diferencial.
  2. de uso e desuso de estruturas anatômicas.
  3. da interação entre os organismos e seus ambientes.
  4. da manutenção das melhores combinações gênicas.
  5. de mutações gênicas induzidas pelo ambiente.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avise para a gente | Email ou WhatsApp