Home > Banco de Questões > Biologia > Microbiologia >

Leishmaniose

Lista de 10 exercícios de Biologia com gabarito sobre o tema Leishmaniose com questões de Vestibulares.





01. (FMC) Maurren Maggi, campeã olímpica de salto em distância nas Olimpíadas de Pequim (2008), contraiu leishmaniose durante a participação em um reality show, que foi gravado na República Dominicana.

Disponível em: https://istoe.com.br/maurren-maggi-temleishmaniose-confirmada-apos-participacao-em-reality/. Publicado em 03/01/18 e Acesso em: 16 set. 2018. Adaptado.

A leishmaniose é uma doença transmitida por um inseto e o seu agente etiológico é um

  1. nematódeo.
  2. protozoário.
  3. platelminto.
  4. fungo.
  5. vírus.

02. (PUC-Campinas) Cogumelo matador

Dores, mal-estar, enjoo e problemas generalizados no fígado, rins e coração são os sintomas não de uma doença, mas do tratamento mais usado na leishmaniose. A doença, que pode infectar o fígado e levar à morte, atinge 14 a cada 100 mil brasileiros. Hoje, os medicamentos são tóxicos e a cura não é garantida: são derivados do antimônio, um semimetal que, em altas concentrações, provoca todos esses maléficos efeitos colaterais. Um novo remédio para tratar a doença está sendo pesquisado no Instituto de Ciências Biológicas da Universidade Federal de Minas Gerais e tem base em um fungo, popularmente conhecido como cogumelo do sol. Além de não apresentar efeito colateral em humanos, o cogumelo tem aprovação da ANVISA e da FDA, nos Estados Unidos. Das cerca de 100 substâncias presentes no extrato bruto do fungo, obtido após a desidratação e maceração, já se conseguiu sintetizar cinco, que provaram ser altamente eficazes contra a doença. As substâncias matam o Leishmania sem afetar o funcionamento dos macrófagos, as células do sistema imunológico humano em que eles se hospedam.

(Adaptado: Revista Galileu, junho de 2011, p. 20)

Um outra doença que também é uma preocupação constante em algumas regiões do Brasil é a malária, que tem em comum com a leishmaniose o fato de serem

  1. transmitidas por triatomídeos.
  2. causadas por protozoários.
  3. tratadas com semimetais.
  4. erradicadas no hemisfério norte.
  5. periodicamente epidêmicas no Brasil.

03. (ACAFE) Novo parasita causa morte em Sergipe com caso similar à leishmaniose

Pesquisadores identificaram em pacientes atendidos no Hospital Universitário de Sergipe, em Aracaju, uma nova espécie de parasita capaz de causar uma doença semelhante à leishmaniose visceral, porém refratária aos tratamentos disponíveis. Os dados da análise filogenômica indicam que o protozoário recém-descoberto não pertence ao gênero Leishmania.

Fonte: Revista Exame, 01/10/2019. Disponível em: https://exame.abril.com.br (adaptado)

Acerca das informações contidas no texto e nos conhecimentos relacionados ao tema, assinale a alternativa correta.

  1. O agente etiológico da doença de Chagas, o Trypanossoma cruzi, é um protozoário flagelado transmitido, principalmente, pela picada de insetos hematófagos, comumente chamados barbeiros e pertencentes à família Triatomidae.
  2. A Leishmaniose Tegumentar é uma doença infecciosa, contagiosa, que provoca úlceras na pele e mucosas. Essa doença é causada por protozoários do gênero Leishmania.
  3. A toxoplasmose é uma doença causada pelo Toxoplasma gondii, um protozoário rizópoda que invade, preferencialmente, as células do sistema fagocítico mononuclear, os leucócitos e as células parenquimatosas.
  4. A Leishmaniose Visceral é uma zoonose de evolução crônica, com acometimento sistêmico e, se não tratada, pode levar à morte. É transmitida ao homem pela picada de fêmeas do inseto vetor infectado, denominado flebotomíneo e conhecido popularmente como mosquito palha.

04. (CESMAC) Em situações de pandemia, é comum os governos iniciarem uma corrida pelo desenvolvimento de novas vacinas. Contudo, uma série de doenças, tais como a leishmaniose visceral, continuam negligenciadas.

Sobre esta enfermidade, é correto afirmar:

  1. é altamente contagiosa.
  2. provoca aumento do fígado e do coração.
  3. é transmitida para o homem através da mordedura de cães infectados.
  4. promastigotas representam as formas do protozoário infectantes.
  5. vetores flebotomíneos, tais como Aedes aegypti, participam do ciclo da doença.

05. (FATEC) A leishmaniose é uma doença não contagiosa, causada por parasitas, que são transmitidos por vetores hematófagos, conhecidos por mosquito-palha ou birigui. O vetor se contamina com o sangue de pessoas e de animais doentes, principalmente cães, e transmite o parasita às pessoas e animais sadios.

Existem dois tipos de leishmaniose, a tegumentar (conhecida como úlcera de bauru) e a visceral (conhecida como calazar), capazes de causar sérios danos às pessoas afetadas.

A leishmaniose tegumentar caracteriza-se por feridas na pele e nas mucosas das vias aéreas superiores.

A leishmaniose visceral é uma doença sistêmica, pois acomete vários órgãos internos, principalmente o fígado, o baço e a medula óssea.

Atualmente, existem cerca de 12 milhões de pessoas infectadas por leishmaniose em 88 países. Um deles é o Brasil, o mais afetado ao lado da Índia, Etiópia e Sudão. A doença está entre as mais negligenciadas no mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), atingindo em sua maioria, as populações mais pobres.

https://tinyurl.com/y3elt26u Acesso em: 17.06.2019. Adaptado.

Em relação a essa doença, é correto que

  1. pode apresentar, em alguns casos, picos de febre alta, entre 39°C e 40°C, que coincidem com a ruptura de órgãos afetados e a consequente liberação de novos vírus no sangue.
  2. pode ser prevenida evitando a proliferação dos transmissores, usando mosquiteiros ao redor das camas e telas nas portas e janelas.
  3. é causada por bactérias que atacam células do sangue (hemácias) e órgãos, como o fígado, o baço e a medula vermelha dos ossos.
  4. é transmitida pela ingestão de água e alimentos contaminados com cistos dos agentes etiológicos.
  5. caracteriza-se por ser uma doença infecciosa causada por protozoários do gênero Trypanosoma.

06. (FAMERP) A leishmaniose visceral humana é uma doença que afeta o baço e o fígado, provocando problemas imunológicos e quadros hemorrágicos. Em casos mais graves, pode causar a morte. Uma pessoa pode adquirir essa doença quando

  1. é picada por fêmeas do mosquito Lutzomyia sp.
  2. entra em contato com fezes contaminadas de percevejos.
  3. nada em águas contaminadas com cercárias.
  4. anda descalça em solos úmidos com larvas de vermes.
  5. ingere verduras contaminadas com ovos de parasitas.

07. (PUC-RS) A leishmaniose constitui-se em doença parasitária de difícil tratamento, na medida em que as drogas empregadas exibem elevada toxicidade.

Todas as alternativas abaixo apresentam informações corretas sobre a leishmaniose, EXCETO:

  1. A leishmaniose é transmitida por mosquitos flebotomíneos.
  2. A leishmaniose é causada por um protozoário do gênero Leishmania.
  3. Em ambiente urbano, os cães representam o maior reservatório da doença.
  4. Em áreas rurais, o mosquito Aedes aegypti é o vetor mais importante da doença.

08. (UFPR) Leia a notícia abaixo:

Leishmaniose na mira: famosos se unem em campanha contra a eutanásia canina

Uma campanha realizada em conjunto com as ONGs paulistanas Arca Brasil e Ampara Animal tem como objetivo mudar as políticas públicas que dizem respeito à leishmaniose em animais. As indicações atuais são de que todos os cães afetados sejam eutanasiados, muitas vezes sem contar com a chance de tentar um tratamento.

Revista Veja São Paulo. http://vejasp.abril.com.br/blogs/bichos/2013/08/leishmaniose-eutanasia-campanha-famosos/. 27 ago.2013.

A razão do sacrifício dos cães é que esses animais oferecem riscos à população, pois apresentam o parasita

  1. na saliva e pode ser transmitido por meio da mordida.
  2. nas fezes e pode ser transmitido pela ingestão de alimentos contaminados.
  3. nas fezes e pode ser transmitido pela penetração ativa através da pele.
  4. no sangue e pode ser transmitido pela picada de um carrapato.
  5. no sangue e pode ser transmitido pela picada de um mosquito.

09. (FAMECA) A leishmaniose tegumentar é uma importante parasitose com incidência anual de mais de 20 000 casos no Brasil. Essa doença é causada por uma espécie de

  1. bactéria e é transmitida por um mosquito do gênero Phlebotomus.
  2. vírus e é transmitida por um mosquito do gênero Aedes.
  3. bactéria e é transmitida por um percevejo do gênero Triatoma.
  4. protozoário e é transmitida por um mosquito do gênero Culex.
  5. protozoário e é transmitida por um mosquito do gênero Lutzomyia.

10. (CESGRANRIO) Com 2,5 milhões de habitantes, Belo Horizonte é uma das maiores cidades brasileiras em que a leishmaniose visceral é endêmica – surgiram 1.255 casos entre 2001 e 2011. Causada por um parasita de uma só célula – o protozoário Leishmania infantum ou chagasi – [...] pode ser letal se não tratada.

BUENO, Daniel. Infecções silenciosas. Revista Pesquisa FAPESP. São Paulo, n. 204, fev. 2013, p. 12.

A doença parasitária à qual o texto acima se refere tem como profilaxia

  1. controlar a população de ratos através do saneamento básico e melhoria das galerias pluviais.
  2. cozinhar os alimentos e lavar cuidadosamente as frutas, as verduras e as mãos antes de comer.
  3. usar preservativos durante as relações sexuais e utilizar agulhas e seringas esterilizadas ou descartáveis.
  4. evitar o consumo de alimentos enlatados em que a lata esteja em mau estado de conservação ou estufada.
  5. combater os mosquitos com inseticidas e evitar objetos que acumulem água onde as larvas desses insetos se desenvolvem.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avise para a gente | Email ou WhatsApp