Home > Banco de Questões > Biologia > Simulados

Botânica IV

Lista de 15 exercícios de Biologia com gabarito sobre o tema Botânica com questões de Vestibulares.



01. (UNICAMP) Algumas plantas de ambientes áridos apresentam o chamado "metabolismo ácido das crassuláceas", em que há captação do CO2 atmosférico durante a noite, quando os estômatos estão abertos. Como resultado, as plantas produzem ácidos orgânicos, que posteriormente fornecem substrato para a principal enzima fotossintética durante o período diurno. É correto afirmar que essas plantas

  1. respiram e fotossintetizam apenas durante o período diurno.
  2. respiram e fotossintetizam apenas durante o período noturno.
  3. respiram o dia todo e fotossintetizam apenas durante o período diurno.
  4. respiram e fotossintetizam o dia todo.

02. (UNEMAT) Assim como os diferentes grupos de organismos, os vegetais produzem substâncias que atuam em quantidades muito reduzidas, que, em regiões específicas denominadas células alvo, regulam diferentes processos nas plantas. Tais substâncias são denominadas de fitormônios e atuam na divisão, crescimento, metabolismo e diferenciação celular.

Com relação aos hormônios vegetais, assinale a alternativa correta.

  1. As giberilinas atuam principalmente no crescimento das raízes, estimulando a coifa a produzir pelos radiculares em raízes pivotantes.
  2. As auxinas atuam na inibição de gemas apicais, retardando o alongamento das células apicais na presença de luz, evento conhecido como estiolação.
  3. O geotropismo depende das citocininas e ocorre quando uma planta direciona o crescimento de sua gema apical em direção à incidência de luz solar.
  4. O etileno é uma substância gasosa que atua no amadurecimento das frutas, assim, o hormônio é utilizado de forma controlada para permitir o amadurecimento de frutas destinadas ao mercado.
  5. As insulinas aumentam a produção de amido nas folhas amareladas, como as folhas do gramado que ficam amareladas quando encobertas.

03. (FUVEST) Muitas plantas adaptadas a ambientes terrestres secos e com alta intensidade luminosa apresentam folhas

  1. pequenas com estômatos concentrados na parte inferior, muitos tricomas claros, cutícula impermeável e parênquima aquífero.
  2. grandes com estômatos concentrados na parte inferior, poucos tricomas claros, cutícula impermeável e parênquima aerífero.
  3. pequenas com estômatos concentrados na parte superior, ausência de tricomas, cera sobre a epiderme foliar e parênquima aquífero.
  4. grandes com estômatos igualmente distribuídos em ambas as partes, ausência de tricomas, ausência de cera sobre a epiderme foliar e parênquima aerífero.
  5. pequenas com estômatos concentrados na parte superior, muitos tricomas claros, cera sobre a epiderme foliar e parênquima aerífero.

04. (UFRGS) Assinale com V (verdadeiro) ou F (falso) as afirmações abaixo, sobre os mecanismos através dos quais água e solutos são transportados dentro da planta.

( ) A água e os sais minerais podem passar entre as paredes celulares ou podem atravessar o citoplasma, nas células do córtex da raiz.

( ) O movimento ascendente da seiva pelo floema ocorre devido à pressão positiva na raiz.

( ) O transporte de água para dentro do xilema ocorre por osmose, já os sais minerais são transportados por processo ativo, no cilindro central.

( ) A tensão provocada pela transpiração é responsável pelo transporte de sacarose.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é

  1. V – V – F – F.
  2. V – F – V – F.
  3. F – F – F – V.
  4. V – V – F – V.
  5. F – V – V – F.

05. (UEMG) As briófitas mais conhecidas são os musgos, que formam extensos tapetes verdes sobre rochas, troncos de árvores e barrancos. Quando habitam rochas, fazem parte de um importante processo ecológico denominado sucessão ecológica. Em relação ao papel das briófitas nesse processo, assinale a alternativa correta.

  1. Ao habitarem as rochas, as briófitas iniciam o processo de sucessão ecológica secundária, no qual se comportam como espécies-chave no ecossistema.
  2. A comunidade formada pelas briófitas sobre a rocha pode ser considerada uma comunidade clímax, já que a rocha não pode sofrer alterações.
  3. As briófitas são consideradas espécies secundárias por conseguirem viver em mais de um tipo de habitat além das rochas.
  4. O processo de sucessão que ocorre nas rochas nuas é chamado de sucessão primária e as briófitas são as plantas pioneiras nesse habitat.

06. (UFRGS) Algumas estruturas das angiospermas desenvolveram modificações ao longo da evolução, que permitiram adaptações ambientais importantes.

Considere as seguintes afirmações sobre essas estruturas.

I - Cenoura é um caule modificado subterrâneo que acumula nutrientes.

II - Plantas de ambientes desérticos, tais como cactus, têm folhas modificadas em espinhos e caules fotossintetizantes.

III- Plantas com flores de pétalas pequenas ou inexistentes podem apresentar folhas modificadas na base do receptáculo floral, com função de atrair polinizadores.

Quais estão corretas?

  1. Apenas I.
  2. Apenas II.
  3. Apenas III.
  4. Apenas II e III.
  5. I, II e III.

07. (UEMG) Uma floresta ripária submetida a alagamentos periódicos apresentou algumas embaúbas (espécies arbóreas da espécie Cecropia pachystachya) com raízes crescendo diretamente do caule e pequenos pontos de ruptura no tecido suberoso do caule, que aparecem como orifícios. A formação dessas estruturas é uma resposta fisiológica adaptativa comum em plantas submetidas ao alagamento. Assinale a alternativa que apresenta corretamente os nomes das raízes e dos orifícios produzidos nessas condições.

  1. Grampiformes e periderme.
  2. Adventícias e lenticelas.
  3. Pneumotóforos e hidatódios.
  4. Estranguladoras e estômatos.

08. (UDESC) “Charles Robert Darwin (1809-1882) chamou de “Abominável Mistério” o surgimento, rápida diversificação e dominância das Angiospermas no registro fóssil. A explicação encontrada por Darwin foi de que a origem das angiospermas teria sido restrita geograficamente com uma rápida expansão. Contudo, ele próprio considerou tal hipótese conjecturalmente pobre. Uma hipótese alternativa foi proposta por Louis Charles Joseph Gaston de Saporta (1823– 1895): um conjunto de eventos evolutivos de interações entre angiospermas e insetos teria um papel central na rápida diversificação das angiospermas no Jurássico. A hipótese de Gaston de Saporta foi confirmada, posteriormente, pela ampliação do conhecimento sobre o registro fóssil e por estudos moleculares. A fantástica diversificação dos insetos e angiospermas atuais devese, em grande parte, a um padrão de etapas evolutivas graduais. A evidência geral sugere que, em parte, a evolução conduziu os insetos e as plantas a cobrirem o globo atual”.

Texto adaptado de História da Ciência e Ensino – Construindo Interfaces; Valdir Lamim-Guedes; Volume 10, 2014 – pp. 60-69; ISSN: 2178-2911.

Analise as proposições sobre as angiospermas.

I. São exemplares vegetais que possuem flores com cálice e corola.

II. Possuem ovário e óvulos que originam, respectivamente, o fruto e a semente.

III. Possuem vasos condutores, xilema e floema, que se encontram na região do súber.

IV. Possuem uma epiderme foliar na qual há grande concentração de cloroplastos.

  1. Somente as afirmativas II, III e IV são verdadeiras.
  2. Somente as afirmativas I e II são verdadeiras.
  3. Somente as afirmativas II e IV são verdadeiras.
  4. Somente as alternativas III e IV são verdadeiras.
  5. Somente as afirmativas I, III e IV são verdadeiras.

09. (UERJ) Várias plantas possuem flores hermafroditas, ou seja, que apresentam os dois sexos. Em alguns desses casos, as estruturas femininas, os estigmas, estão posicionadas acima das estruturas masculinas, as anteras, conforme destacado na imagem.

Esse arranjo das partes reprodutoras está diretamente associado à seguinte vantagem:

  1. atração de insetos
  2. proteção ovariana
  3. dispersão do pólen
  4. variabilidade genética

10. (UEG) Na atualidade, diversas técnicas têm sido utilizadas para favorecer a propagação de determinadas espécies vegetais, dentre elas as de espécies nativas dos diferentes biomas brasileiros. Uma destas técnicas é a cultura de tecidos, que apresenta grande aplicação na agricultura e oferece diferentes soluções originais para o programa de melhoramento vegetal em função de ser uma ferramenta com

  1. possíveis usos para realização de limpeza clonal em patógenos mutacionais e estáveis associados a algumas espécies de comercialização como abacaxi, citrus e morango.
  2. utilização nas quebras de dormência de frutos e túberculos de determinadas espécies nativas em função da manutenção da variabilidade genética e somática.
  3. potencial de produção de embriões maduros com agravos mutacionais em processos de enxertias em mudas contendo vírus.
  4. potencial de uso na multiplicação de material genético para a troca e a avaliação de germonoplasma à produção de mudas livres de vírus.
  5. expressiva capacidade de favorecer a retirada da variabilidade genética pela variação somaclonal para multiplicação de células hospedeiras e mutagênicas.

11. (UNESP) Analise as imagens de uma mesma planta sob as mesmas condições de luminosidade e sob condições hídricas distintas

Os estômatos desta planta estão

  1. abertos na condição 1, pois há intenso bombeamento de íons K+ das células-guarda para as células acessórias, resultando na perda de água e flacidez destas últimas.
  2. fechados na condição 2, pois há redução na troca de íons K+ entre as células acessórias e as células-guarda, mantendo a turgidez de ambas.
  3. abertos na condição 2, pois há intenso bombeamento de íons K+ das células-guarda para as células acessórias, resultando na perda de água e flacidez destas últimas.
  4. fechados na condição 1, pois há intenso bombeamento de íons K+ das células acessórias para o interior das células-guarda, resultando na perda de água e flacidez destas últimas.
  5. abertos na condição 2, pois há intenso bombeamento de íons K+ das células acessórias para o interior das células-guarda, resultando na turgidez destas últimas

12. (URCA) As células animais e vegetais possuem uma série de estruturas que tiveram a mesma origem no processo de evolutivo, mostrando que esses dois grupos possuem origem em um ancestral primordial. Contudo, durante o estabelecimento dos dois grupos, estruturas intracelulares se desenvolveram e passaram a ser exclusivas de cada um dos grupos citados acima. Assinale a alternativa que possui apenas estruturas encontradas em células vegetal e ausente na maioria dos outros grupos de seres vivos.

  1. Parede celular e cloroplastos
  2. Cloroplastos e ribossomos
  3. Centríolos e cloroplastos
  4. Drusa e mitocôndrias
  5. Parede celular e retículo endoplasmático

13. (UENP) A figura a seguir representa a estrutura secundária de um caule após diversos anos de crescimento.

Assinale a alternativa que apresenta, correta e respectivamente, o nome das estruturas representadas, na figura, pelos números 1 e 2.

  1. Medula e felogênio.
  2. Câmbio e felogênio.
  3. Câmbio e medula.
  4. Felogênio e câmbio.
  5. Felogênio e parênquima secundário.

14. (URCA) O fruto amadurece, as paredes celulares se alongam e as células vegetais se dividem, e o caule cresce para cima e as raízes crescem para baixo. Essas ações fisiológicas que ocorrem nas plantas são direcionadas respectivamente pelas substâncias:

  1. Giberelinas, auxinas, e citocininas
  2. Etileno, giberelinas e ácido fólico
  3. Ácido fólico, etileno e auxinas
  4. Etileno, citocininas e giberelinas
  5. Etileno, citocininas e auxinas

15. (UEFS) Em um experimento, as plantas de soja 1 e 2 foram cultivadas em condições ambientais diferentes apenas em relação à luminosidade e à disponibilidade de água. A figura mostra um estômato da planta 1 e um estômato da planta 2.

A comparação entre os estômatos das plantas 1 e 2 permite afirmar que

  1. a planta 1 foi cultivada em ambiente iluminado, com disponibilidade de água, e apresentou maior fluxo de seiva bruta.
  2. a planta 2 foi cultivada em ambiente iluminado, com disponibilidade de água, e apresentou menor fluxo de seiva bruta.
  3. a planta 1 foi cultivada em ambiente escuro, com escassez de água, e apresentou menor fluxo de seiva bruta.
  4. a planta 2 foi cultivada em ambiente escuro, com escassez de água, e apresentou maior fluxo de seiva bruta.
  5. a planta 1 foi cultivada em ambiente iluminado, com escassez de água, e apresentou maior fluxo de seiva bruta.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Email ou WhatsApp



.