Home > Banco de Questões > Biologia > Classificação dos Seres Vivos >

Reino Monera

Lista de 15 exercícios de Biologia com gabarito sobre o tema Reino Monera com questões de Vestibulares.

Confira as videoaulas, teoria e questões sobre: Reinos Monera, Protista e Fungi.





1. (UFMG) Em que alternativa as duas características são comuns a todos os indivíduos do reino Monera?

  1. Ausência de núcleo e presença de clorofila
  2. Ausência de carioteca e capacidade de síntese proteica
  3. Incapacidade de síntese proteica e parasitas exclusivos
  4. Presença de um só tipo de ácido nucleico e ausência de clorofila
  5. Ausência de membrana plasmática e presença de DNA e RNA.

2. (Fatec-SP) Assinale a alternativa correta.

  1. As bactérias reproduzem-se, geralmente, por divisão binária, uma forma assexuada de reprodução pela qual uma única bactéria pode originar um “clone”, ou seja, uma população de bactérias idênticas.
  2. As bactérias e as algas cianofíceas distinguem-se de todos os outros seres vivos porque não possuem carioteca envolvendo o material nuclear, isto é, são eucariontes.
  3. As bactérias só vivem isoladas, embora próximas; nunca formam colônias.
  4. Em algumas espécies de bactérias, observa-se o fenômeno da conjugação, isto é, um tipo de reprodução assexuada.
  5. As algas cianofíceas assemelham-se às bactérias, porém são heterótrofas, isto é, produzem a matéria orgânica por fotossíntese.

3. (Unesp) Com relação às cáries dentárias, pode-se dizer que:

  1. todas as cáries produzem, inicialmente, sensações dolorosas que tendem a desaparecer à medida que a destruição atinge a dentina.
  2. uma vez instaladas, é aconselhável o uso do fio dental no seu tratamento.
  3. é o resultado de interação entre dente, bactérias patogênicas e dieta alimentar.
  4. sua evolução não afeta outras partes do organismo.
  5. as cáries que se instalam em dentes da primeira dentição não necessitam ser tratadas, uma vez que esses dentes serão substituídos pelos dentes da dentição permanente.

4. (Fuvest-SP) O organismo A é um parasita intracelular constituído por uma cápsula protéica que envolve a molécula de ácido nucléico. O organismo B tem uma membrana lipoprotéica revestida por uma parede rica em polissacarídeos que envolve um citoplasma, onde se encontra seu material genético, constituído por uma molécula circular de DNA. Esses organismos são respectivamente:

  1. uma bactéria e um vírus.
  2. um vírus e um fungo.
  3. uma bactéria e um fungo.
  4. um vírus e uma bactéria.
  5. um vírus e um protozoário.

5. (Fuvest-SP) A bactéria não possui:

  1. membrana plasmática.
  2. ribossomos.
  3. parede celular.
  4. DNA.
  5. carioteca.

6. (UDESC) Assinale a alternativa incorreta referente às bactérias.

  1. A conjugação é a maneira pela qual as bactérias podem trocar material genético.
  2. O cromossomo bacteriano é circular e contém todos os gens essenciais à bactéria.
  3. Algumas bactérias transformam o nitrogênio atmosférico em compostos químicos assimiláveis pelos demais seres vivos.
  4. No grupo das arqueobactérias estão as bactérias halófilas, as metanogênicas e as termoacidófilas.
  5. As bactérias Staphylococcus apresentam um arranjo linear em forma de colar.

07. (UFSM) Alguns grupos de pesquisa brasileiros estão investigando bactérias resistentes a íons cloreto, como Thiobacillus prosperus, para tentar compreender seu mecanismo de resistência no nível genético e, se possível, futuramente transferir genes relacionados com a resistência a íons cloreto para bactérias não resistentes usadas em biolixiviação (um tipo de biorremediação de efluentes), como Acidithiobacillus ferrooxidans. Considerando as principais técnicas utilizadas atualmente em biologia molecular e engenharia genética, a transferência de genes específicos de uma espécie de bactéria para outra deve ser feita através

  1. de cruzamentos entre as duas espécies, produzindo um híbrido resistente a íons cloreto.
  2. da transferência para a bactéria não resistente de um plasmídeo recombinante, que contenha o gene de interesse previamente isolado da bactéria resistente, produzindo um Organismo Geneticamente Modificado (OGM).
  3. da transferência de todo o genoma da bactéria resistente para a nova bactéria, formando uma espécie nova de bactéria em que apenas o gene de interesse será ativado.
  4. da simples clonagem da bactéria resistente, sem a modificação da bactéria suscetível a íons cloreto.
  5. da combinação do genoma inteiro da bactéria suscetível com o genoma da bactéria resistente, formando um organismo quimérico, o que representa uma técnica muito simples em organismos sem parede celular, como as bactérias.

08. (UFRGS) O gene mcr-1, causador de resistência a uma classe de antibióticos utilizados para tratar infecções por bactérias multirresistentes, foi identificado, pela primeira vez, no Brasil, em plasmídeos de cepas da bactéria Escherichia coli, isoladas de bovinos.

Considere as seguintes afirmações sobre a resistência bacteriana a antibióticos.

I - A existência de genes de resistência múltipla em bactérias pode levar ao surgimento de infecções comuns intratáveis.

II - A contaminação humana com a cepa de Escherichia coli multirresistente não tem risco de acontecer, já que essa cepa foi isolada de bovinos.

III- Plasmídeos são fragmentos de DNA extracromossômicos que podem ser transferidos entre diferentes espécies bacterianas por conjugação.

Quais estão corretas?

  1. Apenas I.
  2. Apenas II.
  3. Apenas I e III.
  4. Apenas II e III.
  5. I, II e III.

09. (UNESP) Municípios do Nordeste atingidos pelas chuvas sofrem com doenças

O fim das enchentes não significa que o perigo acabou. Cresce o risco de proliferação de doenças nos 95 municípios alagoanos e pernambucanos afetados pelos temporais. Em alguns municípios a rede de abastecimento de água foi destruída. O contato direto da população com a água e a lama deixa os sanitaristas preocupados.

(www.globo.com/jornalnacional. Adaptado.)

Na situação colocada, dentre as doenças que mais imediatamente preocupam os sanitaristas, pode-se citar

  1. difteria, tifo e tuberculose.
  2. tétano, giardíase e leishmaniose.
  3. leptospirose, hepatite e diarreia.
  4. hepatite, difteria e leishmaniose.
  5. diarreia, dengue e toxoplasmose.

10. (UFRGS) Observe a tira abaixo, que ilustra o processo reprodutivo das bactérias.

Assinale a alternativa que apresenta a afirmação correta sobre o processo reprodutivo, ilustrado na tira.

  1. A reprodução depende da quitina, presente na parede celular.
  2. Os cloroplastídios distribuem-se em igual número para as células filhas.
  3. O processo denomina-se esporogênese, que ocorre também nos fungos.
  4. O processo resulta em duas novas bactérias geneticamente idênticas.
  5. Uma das novas células forma um endosperma, estrutura resistente ao calor.

11. (PUC-PR) Leia o excerto que segue.

Ação dos antibióticos

Alguns antibióticos impedem que a célula bacteriana cresça, inibindo a síntese do RNA. Por exemplo, a rifampicina inibe a iniciação da transcrição ligando-se à subunidade beta da RNA-polimerase procariótica, interferindo assim com a formação da primeira ligação fosfodiéster. A rifampicina é útil no tratamento da tuberculose.

Fonte: (CHAMPE; FERRIER; HARVEY,2009, p.421).

A rifampicina é administrada a pacientes com tuberculose, mas não afeta esses pacientes.

Isso se deve a

  1. não ligação da RNA-polimerase das células eucarióticas à rifampicina.
  2. ligação fosfodiéster inversa nas células eucariotas (3’→5’) comparadas as procariotas(5’→3’).
  3. especificidade da rifampicina à ligação fosfodiéster que é exclusiva de células procariotas.
  4. presença de catalases nas células eucariotas que destroem o antibiótico.
  5. atividade metabólica respiratória restrita às células eucariotas animais.

12. (UFVJM) Variados processos são utilizados pelos seres vivos para a manutenção da espécie e a geração de novos indivíduos. Alguns processos reprodutivos podem ser induzidos pelo homem. Ao término de alguns desses processos naturais ou artificiais pode ocorrer maior variabilidade genética nos seres vivos.

ASSINALE a alternativa que contém o processo que resultará em uma maior variabilidade genética.

  1. Duas bactérias trocando material genético por conjugação.
  2. Broto de folha de uma planta sendo replantado em outro local.
  3. Paramécio reproduzindo-se através de bipartição ou cissiparidade.
  4. Óvulos de crustáceos sofrendo partenogênese induzida ou artificial.

13. (UFJF) Microrganismos incluem seres eucariotos, como algas e ciliados, e procariotos, como arqueias e bactérias gram-positivas e gram-negativas. A parede celular destes microrganismos possui características específicas.

Sobre esse assunto, assinale a alternativa INCORRETA:

  1. Animais microscópicos não possuem parede celular.
  2. Nas algas, a parede celular é constituída de glicoproteínas, polissacarídeos e hemicelulose.
  3. Em arqueias, a parede celular é constituída de polissacarídeos e proteínas, mas não apresenta peptidioglicanos.
  4. As bactérias gram-positivas possuem uma segunda membrana lipoprotéica na parede celular, com polissacarídeos incrustados.
  5. As bactérias gram-negativas possuem uma fina camada de peptidioglicano na parede celular.

14. (UFN) São organismos procariotos

  1. Archaebacteria, Eubacteria e Protistas.
  2. Archaebacteria e Protistas.
  3. Eubacteria e Protistas.
  4. Archaebacteria e Eubacteria.
  5. somente Protistas.

15. (ACAFE) Antibiótico utilizado na União Soviética é a nova esperança contra as superbactérias

Cientistas chineses conseguiram sintetizar em laboratório uma complexa substância antimicrobiana produzida de maneira natural por uma bactéria do solo, a albomicina delta-2, uma molécula que chegaria num momento crítico. Um relatório elaborado para o Governo britânico informa que as superbactérias – imunes aos fármacos conhecidos, por causa de mutações espontâneas – matarão 10 milhões de pessoas por ano a partir de 2050, quase dois milhões de mortes a mais que as provocadas pelo câncer.

Fonte: El País, 05/09/2018. Disponível em: https://brasil.elpais.com

A respeito do tema, analise as afirmações a seguir e marque V para as verdadeiras e F para as falsas.

( ) Algumas bactérias participam da biorremediação, também chamada de remediação biológica, em que removem ou neutralizam diversos poluentes tóxicos (orgânicos e inorgânicos) do meio ambiente.

( ) Superbactérias é o nome dado ao grupo de bactérias que consegue resistir ao tratamento com o uso de uma grande quantidade de antibióticos. Essa resistência surge a partir de mutações adaptativas induzidas pelo uso incorreto ou desnecessário de antibióticos.

( ) Através da engenharia genética é possível usar bactérias geneticamente modificadas, nas quais foram inseridos genes humanos para produzir proteínas humanas, como por exemplo, hormônio do crescimento e insulina.

( ) As bactérias podem se reproduzir sexuadamente através da conjugação, da transdução e da transformação. Nessa última, moléculas de DNA são transferidas de uma bactéria para outra usando vírus como vetores, os vírus bactériófagos.

( ) Doenças causadas por bactérias são denominadas de bacterioses. Entre as doenças bacterianas podemos citar: botulismo, cólera, coqueluche, difteria, gonorreia, hanseníase e leptospirose.

A sequência correta, de cima para baixo, é:

  1. F - V - F - F - V
  2. V - F - F - V - V
  3. F - V - V - F - F
  4. V - F - V - F - V

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avise para a gente | Email ou WhatsApp



Voltar ao topo
.