Home > Banco de Questões > Biologia > Microbiologia >

Procariontes

Lista de 13 exercícios de Biologia com gabarito sobre o tema Procariontes com questões de Vestibulares.

Confira a teoria da matéria sobre Programas de Saúde.





1. (Enem) O botulismo, intoxicação alimentar que pode levar à morte, é causado por toxinas produzidas por certas bactérias, cuja reprodução ocorre nas seguintes condições: é inibida por pH inferior a 4,5 (meio ácido), temperaturas próximas a 100°C, concentrações de sal superiores a 10% e presença de nitritos e nitratos como aditivos.

A ocorrência de casos recentes de botulismo em consumidores de palmito em conserva levou a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) a implementar normas para a fabricação e comercialização do produto.

No rótulo de uma determinada marca de palmito em conserva, encontram-se as seguintes informações:

I. Ingredientes: Palmito açaí, sal diluído a 12% em água, ácido cítrico;

II. Produto fabricado conforme as normas da ANVISA;

III. Ecologicamente correto.

As informações do rótulo que têm relação com as medidas contra o botulismo estão contidas em:

  1. II, apenas.
  2. III, apenas.
  3. I e II, apenas.
  4. II e III, apenas.
  5. I, II e III.

2. (ENEM)

São características do tipo de reprodução representado na tirinha:

  1. Simplicidade, permuta de material gênico e variabilidade genética.
  2. Rapidez, simplicidade e semelhança genética.
  3. Variabilidade genética, mutação e evolução lenta.
  4. Gametogênese, troca de material gênico e complexidade.
  5. Clonagem, gemulação e partenogênese.

03. (Uece) Examine as afirmativas abaixo, referentes à presença de arqueobactérias:

I. Encontram-se no leite durante o processo de fabricação de iogurtes.
II. Estão presentes no ar, provocando infecções respiratórias.
III. No intestino dos ruminantes são responsáveis pela produção do gás metano.

Marque a opção que contém somente afirmativa(s) verdadeira(s):

  1. I
  2. II
  3. III
  4. I, II, III

04. (UNB) O esquema acima ilustra o sistema de classificação dos seres vivos com base em aspectos filogenéticos definidos por meio da comparação das sequências de RNA ribossômico de diferentes organismos. Os organismos do domínio Bacteria e Archaea são procariontes e os do domínio Eukarya são eucariontes.

Com base nessas informações e no esquema apresentado, é correto afirmar que os organismos

  1. dos três domínios evoluíram de ancestrais diferentes.
  2. do domínio Archaea são constituídos de células com envoltório nuclear.
  3. do domínio Eukarya evoluíram a partir de um organismo do domínio Archaea.
  4. do domínio Eukarya estão filogeneticamente mais próximos dos organismos do domínio Archaea que dos organismos do domínio Bacteria.

05. (UFMG) Dona Margarida observou que uma lata de sardinha estava estufada e resolveu não consumir o seu conteúdo. Assinale a alternativa que apresenta uma justificativa incorreta para a atitude de dona Margarida.

  1. O alimento pode conter toxinas produzidas por microrganismos.
  2. O alimento pode estar em processo de decomposição.
  3. Os gases responsáveis pelo estufamento da lata são tóxicos.
  4. Pode ter ocorrido falta de higiene durante o processo de embalagem.

06. (Fuvest-SP) Cólera e meningite epidêmica são doenças relativamente comuns no Brasil. Elas são transmitidas, respectivamente, por:

  1. bactérias, através da contaminação fecal de água e alimentos, e vírus, através da inalação de ar contaminado.
  2. bactérias, através da inalação de ar contaminado, e bactérias, através da contaminação fecal de água e alimentos.
  3. vírus, através da contaminação fecal de água e alimentos, e vírus, através da inalação de ar contaminado.
  4. bactérias, através da contaminação fecal de água e alimentos, e vírus, através da contaminação fecal de água e alimentos.
  5. bactérias, através da contaminação fecal de água e alimentos, e bactérias, através da inalação de ar contaminado.

07. (ESPM-SP) A leptospirose é uma doença que se alastra em situações de enchente porque, nesses casos, aumenta a:

  1. contaminação do ar por bactérias que causam a doença.
  2. contaminação do ar por vírus que causam a doença.
  3. presença de caramujos que transmitem a doença.
  4. contaminação da água pela urina de rato que transmite a doença.
  5. proliferação de insetos que transmitem a doença.

08. (Enem 1999) “Casos de leptospirose crescem na região. M.P.S. tem 12 anos e está desde janeiro em tratamento de leptospirose. Ela perdeu a tranqüilidade e encontrou nos ratos [...] os vilões de sua infância. ‘Se eu não os matar, eles me matam’, diz. Seu medo reflete um dos maiores problemas do bairro: a falta de saneamento básico e o acúmulo de lixo...” (O Estado de S. Paulo, 31/07/1997.)

”Oito suspeitos de leptospirose. A cidade ficou sob as águas na madrugada de anteontem e, além de 120 desabrigados, as inundações estão fazendo outro tipo de vítimas: já há oito suspeitas de casos de leptospirose [...] transmitida pela urina de ratos contaminados”. (Folha de S. Paulo, 12/02/1999.)

As notícias dos jornais sobre casos de leptospirose estão associadas aos fatos:

Quando ocorre uma enchente, as águas espalham, além do lixo acumulado, todos os desejos dos animais que ali vivem.

II. O acúmulo de lixo cria ambiente propício para a proliferação dos ratos.

III. O lixo acumulado nos terrenos baldios e nas margens dos rios entope os bueiros e compromete o escoamento das águas em dias de chuva.

IV. As pessoas que vivem na região assolada pela enchente, entrando em contato com a água contaminada, têm grande chance de contrair a leptospirose.

A sequência de fatos que relaciona corretamente a leptospirose, o lixo, as enchentes e os roedores é:

  1. I, II, III e IV.
  2. I, III, IV e II.
  3. IV, III, II e I.
  4. II, IV, I e III.
  5. II, III, I e IV.

09. (Enem) Algumas doenças que, durante várias décadas do século XX, foram responsáveis pelas maiores percentagens das mortes no Brasil, não são mais significativas neste início do século XXI. No entanto, aumentou o percentual de mortalidade devida a outras doenças, conforme se pode observar no diagrama:

No período considerado no diagrama, deixaram de ser predominantes, como causas de morte, as doenças:

  1. infectoparasitárias, eliminadas pelo êxodo rural que ocorreu entre 1930 e 1940.
  2. infectoparasitárias, reduzidas por maior saneamento básico, vacinas e antibióticos.
  3. digestivas, combatidas pelas vacinas, vermífugos, novos tratamentos e cirurgias.
  4. digestivas, evitadas graças à melhoria do padrão alimentar do brasileiro.
  5. respiratórias, contidas pelo melhor controle da qualidade do ar nas grandes cidades.

10. (Enem 2005) Entre 1975 e 1999, apenas 15 novos produtos foram desenvolvidos para o tratamento da tuberculose e de doenças tropicais, as chamadas doenças negligenciadas. No mesmo período, 179 novas drogas surgiram para atender portadores de doenças cardiovasculares. Desde 2003, um grande programa articula esforços em pesquisa e desenvolvimento tecnológico de instituições científicas, governamentais e privadas de vários países para reverter esse quadro de modo duradouro e profissional. Sobre as doenças negligenciadas e o programa internacional, considere as seguintes afirmativas:

I. As doenças negligenciadas, típicas das regiões subdesenvolvidas do planeta, são geralmente associadas à subnutrição e à falta de saneamento básico.
II. As pesquisas sobre as doenças negligenciadas não interessam à indústria farmacêutica porque atingem países em desenvolvimento, sendo economicamente pouco atrativas.
III. O programa de combate às doenças negligenciadas endêmicas não interessa ao Brasil porque atende a uma parcela muito pequena da população.

Está correto apenas o que se afirma em:

  1. I.
  2. II.
  3. III.
  4. I e II.
  5. II e III.

11. (Enem) Na embalagem de um antibiótico, encontra-se uma bula que, entre outras informações, explica a ação do remédio do seguinte modo: “O medicamento atua por inibição da síntese proteica bacteriana”. Essa afirmação permite concluir que o antibiótico:

  1. impede a fotossíntese realizada pelas bactérias causadoras da doença e, assim, elas não se alimentam e morrem.
  2. altera as informações genéticas das bactérias causadoras da doença, o que impede a manutenção e a reprodução desses organismos.
  3. dissolve as membranas das bactérias responsáveis pela doença, o que dificulta o transporte de nutrientes e provoca a morte delas.
  4. elimina os vírus causadores da doença, pois não conseguem obter as proteínas que seriam produzidas pelas bactérias que parasitam.
  5. interrompe a produção de proteína das bactérias causadoras da doença, o que impede sua multiplicação pelo bloqueio de funções vitais.

12. (Fuvest-SP) Decorridos mais de 50 anos do uso dos antibióticos, a tuberculose figura, neste final de século, como uma das doenças mais letais; isso se deve ao fato de os bacilos terem se tornado resistentes ao antibiótico usado para combatê-los. Considerando que a resistência de uma população de bactérias a um antibiótico é resultado de mutação ao acaso e que a taxa de mutação espontânea é muito baixa, foi proposto o uso simultâneo de diferentes antibióticos para o tratamento de doentes com tuberculose. Com relação a esse procedimento, foram levantados os seguintes argumentos:

I. O tratamento não será efetivo para o paciente, uma vez que a resistência ao antibiótico não é reversível.

II. O tratamento terá alta chance de ser efetivo para o paciente, pois a probabilidade de que uma bactéria seja resistente a dois ou mais antibióticos é extremamente baixa.

III. O tratamento poderá apresentar riscos para a população, pois poderá selecionar linhagens bacterianas altamente resistentes a antibióticos.

Analisando as informações contidas no texto, pode-se concluir que apenas

  1. o argumento I é válido.
  2. o argumento II é válido.
  3. o argumento III é válido.
  4. os argumentos I e III são válidos.
  5. os argumentos II e III são válidos.

13. (UFPB) O texto a seguir sobre doenças infectocontagiosas foi apresentado a um estudante para que fosse interpretado, de acordo com os seus conhecimentos.

“Grande parte das doenças infectocontagiosas estão intrinsecamente relacionadas ao nível socioeconômico da população. Sobre a cólera, por exemplo, conhecendo-se o agente causador e as formas de contágio, com detalhes. No entanto, essa doença pode levar muitos à morte nos locais onde falta política educacional e as condições sanitárias são precárias.”

Interpretando o texto, o estudante depreendeu que:

I. Cólera é causada por vírus, cujo contágio é feito por ingestão de alimentos contaminados e malcozidos.

II. O fornecimento de água tratada e a construção de rede de esgoto são necessários ao combate à cólera.

III. Uma política educacional, preocupada em informar sobre uso adequado dos sanitários, higiene com alimentos e conservação e utilização de água tratada, é necessário ao combate à cólera.

Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmação(ões):

  1. I
  2. I e II
  3. II e III
  4. I e III
  5. III

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avise para a gente | Email ou WhatsApp