Home > Banco de Questões > Biologia > Simulados

Botânica VII

Lista de 15 exercícios de Biologia com gabarito sobre o tema Botânica com questões de Vestibulares.



1. (UEA) Durante uma aula prática de laboratório, os estudantes observaram ao microscópio diversas lâminas de tecidos vegetais, nas quais foi possível visualizar os tecidos condutores, os de sustentação, os de preenchimento e os de armazenamento.

As divisões da Biologia que envolvem tal estudo são

  1. a microbiologia e a fisiologia.
  2. a biologia molecular e a ecologia.
  3. a genética e a citologia.
  4. a taxonomia e a zoologia.
  5. a botânica e a histologia.

2. (URCA) Analise a descrição abaixo: "Grupo de plantas de pequeno porte, encontradas em locais úmidos e sombreados, que crescem no solo ou sobre os troncos das árvores. Há poucas espécies dulcícolas e nenhuma marinha. Este grupo de plantas apresenta rizóides e não possui vasos condutores".

Após a análise do texto, assinale a alternativa que apresenta o nome do grupo das plantas com as características apresentadas.

  1. Pteridófitas;
  2. Angiospermas;
  3. Gimnospermas;
  4. Dicotiledôneas;
  5. Briófitas.

3. (FUVEST) Um organismo multicelular, fotossintetizante, que possui sistema vascular e não possui frutos ou sementes é uma

  1. alga.
  2. briófita.
  3. pteridófita.
  4. gimnosperma.
  5. angiosperma.

4. (URCA) As angiospermas possuem as estruturas reprodutivas mais complexas e eficientes do Reino vegetal. Uma flor completa possui estruturas masculinas e femininas reunidas.

Qual a denominação botânica da estrutura apontada com uma interrogação na figura abaixo?

  1. Perianto;
  2. Estigma;
  3. Antera;
  4. Pedúnculo;
  5. Filete.

5. (UERJ) O rompimento da barragem de contenção de uma mineradora em Mariana (MG) acarretou o derramamento de lama contendo resíduos poluentes no rio Doce. Esses resíduos foram gerados na obtenção de um minério composto pelo metal de menor raio atômico do grupo 8 da tabela de classificação periódica. A lama levou 16 dias para atingir o mar, situado a 600 km do local do acidente, deixando um rastro de destruição nesse percurso. Caso alcance o arquipélago de Abrolhos, os recifes de coral dessa região ficarão ameaçados.

A água do mar em Abrolhos se tornaria turva, se a lama atingisse o arquipélago.

A turbidez da água interfere diretamente no seguinte processo biológico realizado nos recifes de coral:

  1. fotossíntese
  2. eutrofização
  3. bioacumulação
  4. tamponamento

6. (URCA) As flores são os elementos que possibilitam a multiplicação das plantas fanerogâmicas. Para tanto, exibem uma série de estruturas relacionadas à reprodução, como o androceu, que representa um conjunto de:

  1. Carpelos.
  2. Sépalas.
  3. Gavinhas.
  4. Pétalas.
  5. Estames.

7. (UDESC) A característica comum às plantas samambaia, avenca, pinheiro e feijão é:

  1. são plantas com sementes.
  2. são plantas vasculares.
  3. produzem flores e frutos.
  4. produzem pólen.
  5. possuem ovário.

8. (PUC-RS) A dormência é um período do ciclo da vida no qual o desenvolvimento de um organismo é temporariamente suspenso. Em geral, ela está associada às condições ambientais, quando o organismo necessita contornar situações adversas como, por exemplo, a alteração das condições de temperatura, humidade e luz. Um exemplo de estrutura que se apresenta em estado de dormência é

  1. o feto.
  2. o broto.
  3. o ovário.
  4. a plântula.
  5. a semente.

9. (CESGRANRIO) O jardineiro de uma empresa de paisagismo foi contratado para fazer um projeto que utilizará vários arbustos de pequeno porte para montar uma pequena cerca viva. Ele sabe que precisa podar as pontas dos caules para que o arbusto se ramifique lateralmente e fique frondoso. Esse fenômeno se deve à perda da dominância apical exercida por um hormônio que deixa de atuar quando as extremidades do caule são podadas e permite que as gemas laterais se desenvolvam.

O hormônio responsável pela dominância apical é denominado

  1. etileno
  2. citocinina
  3. auxina
  4. ácido abscísico
  5. giberelina

10. (PUC-PR) Palinologia é a ciência que estuda grãos de pólen, esporos e demais micro fósseis. Está baseada no fato de que cada espécie vegetal possui um único tipo de grão de pólen ou esporo. O conhecimento e identificação dos esporomorfos propiciam sua utilização em várias áreas.

Fonte: http://www.ulbra.br/palinologia/palinologia.htm. Acesso em: 02 set. 2013.

Sabendo que as sementes e o pólen são adaptações essenciais à vida das plantas em ambientes terrestres, é CORRETO afirmar:

  1. Para atrair os agentes polinizadores bióticos, as espécies vegetais oferecem recompensas, pólen, néctar, óleos ou mesmo odores, utilizadas na alimentação ou reprodução dos animais como, por exemplo, a polinização que ocorre pela ação das abelhas em briófitas.
  2. As anteras das pteridófitas são órgãos pouco visíveis, por isso a polinização se dá através da água.
  3. A polinização é a transferência de grãos de pólen das anteras de uma flor para o estigma (parte do aparelho reprodutor feminino) da mesma flor ou de uma outra flor da mesma espécie. A polinização cruzada favorece o aumento da variabilidade genética.
  4. Gimnospermas e angiospermas possuem sementes. As sementes derivam dos ovários não fecundados e apresentam um número diploide de cromossomos.
  5. Até o surgimento das sementes, o grão de pólen era o único estágio de proteção no ciclo de vida das plantas. Os esporos são formados por mitose e permanecem dentro das sementes das gimnospermas.

11. (UECE) Plantas suculentas cultivadas em vasos de vidro tampados produzem, por meio de seu metabolismo energético,

  1. O2 apenas no período diurno.
  2. O2 e CO2 apenas no período noturno.
  3. CO2 apenas, pois vivem em ambiente fechado.
  4. CO2 apenas no período noturno.

12. (UFRGS) Com relação à fotossíntese, considere as seguintes afirmações.

I - As reações independentes de luz utilizam moléculas formadas pelas reações dependentes de luz.

II - As reações dependentes de luz, assim como as independentes, ocorrem nos tilacoides dos cloroplastos.

III- O ciclo de Calvin utiliza CO2 e outras moléculas para produzir glicose.

Quais estão corretas?

  1. Apenas I.
  2. Apenas II.
  3. Apenas I e III.
  4. Apenas II e III.
  5. I, II e III.

13. (UNICAMP) Em alguns casos, as organelas celulares podem transformar-se e perder a funcionalidade, como acontece com os cloroplastos. Em plantas com alta atividade de fotossíntese, mas com crescimento paralisado e sem drenos ativos (como flores e frutos), os cloroplastos podem dar origem a

  1. protoplastos ― células vegetais desprovidas de parede celular.
  2. amiloplastos ― organelas em que ocorre acúmulo de amido.
  3. proplastos ― organelas imaturas que dão origem a cloroplastos.
  4. cromoplastos ― organelas em que ocorre acúmulo de pigmentos.

14. (PUC-RS) A cor verde nas batatas inglesas está associada à presença de solanina, um glicoalcaloide tóxico, de sabor amargo, que apresenta fórmula molecular C45H73NO15. Sua estrutura deriva do alcaloide solanidina, ao qual se liga uma cadeia lateral composta por galactose, ramnose e glicose interligadas. As concentrações mais elevadas de solanina nas plantas de batata encontram-se nas folhas e nos talos; concentrações menores encontram-se nos brotos, na casca e abaixo dela. Portanto, convém ter cautela e descartar as partes verdes da batata inglesa.

A partir do texto, são feitas as seguintes afirmativas:

I. A batata inglesa é uma eudicotiledônea em que os tubérculos são porções de caules subterrâneos transformados.

II. Uma parte da molécula de solanina é composta por carboidratos.

III. A fórmula estrutural da solanina (C45H73NO15) apresenta ligações covalentes entre seus átomos.

Estão corretas as afirmativas

  1. I e II, apenas.
  2. I e III, apenas.
  3. II e III, apenas.
  4. I, II e III.

15. (PUC-PR) Leia o texto a seguir.

Chá de cavalinha

De nome científico Equisetum arvense, a cavalinha é uma herbácea de rizoma horizontal de onde saem dois caules aéreos: os férteis e os estéreis. Ambos chegam, em média, até 30 cm de altura e são de cor amarelada na base e avermelhada na ponta, de onde sai a “espiga”. A cavalinha possui folhas pequenas em formato de agulha, sendo uma planta que não possui flores nem sementes. Um dos seres vivos mais antigos da Terra, a cavalinha é datada do período Paleozoico, quando havia espécimes de até 10 metros de altura por 2 de diâmetro.

[...]

Atualmente, a planta vem sendo utilizada, principalmente, com finalidades terapêuticas, sendo o seu consumo em forma de chá um dos mais populares. Ela pode ser plantada em pequenos vasos e guardadas em residências, já que vive bem em meia sombra.

Para que serve

A cavalinha é uma planta muito eficiente para o tratamento de problemas ósseos, para o tratamento de disfunções renais, de disfunções de vias urinárias e de problemas na próstata. O chá também pode ser utilizado para tratar hemorragias nasais, perda excessiva de sangue na menstruação, inflamação da próstata e casos de inchaço. O chá de cavalinha estimula a cicatrização e atua como profundo hidratante da pele e do organismo como um todo. Além disso, ele é muito eficiente na recuperação de ferimentos na pele e no tratamento de frieiras, de aftas e de úlceras. Outro benefício do consumo do chá de cavalinha é a boa aparência das unhas e da pele.

[...]

Disponível em < http://www.saudemedicina.com/cha-de-cavalinha/>. Acesso em 13/06/17.

Com base nas descrições do texto, é CORRETO afirmar que a cavalinha pertence ao grupo das

  1. briófitas.
  2. angiospermas.
  3. pteridófitas.
  4. gimnospermas.
  5. espermatófitas.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Email ou WhatsApp



.