Home > Banco de Questões > Biologia > Microbiologia >

Coronavírus

Lista de 06 exercícios de Biologia com gabarito sobre o tema Coronavírus com questões de Vestibulares.





01. (Acafe) Laboratório brasileiro cria análise de suscetibilidade genética à Covid-19

Com a intenção de ajudar a diminuir o mistério sobre as causas que levam algumas pessoas a não serem infectadas pelo novo coronavírus, o laboratório Genera, o primeiro no Brasil que realiza testes domésticos de ancestralidade por meio do DNA, incluiu no painel virtual, onde os clientes verificam seus indicadores genéticos, um marcador para suscetibilidade de uma pessoa ao coronavírus.

Fonte: veja, 16/06/2020.

A respeito do tema, analise as afirmações e a seguir e marque V para as verdadeiras e F para as falsas.

( ) A variabilidade genética da população humana pode ocasionar que um indivíduo seja menos suscetível a uma manifestação mais grave dos sintomas da Covid-19, mas continua sendo um agente transmissor, no caso de contrair o vírus.

( ) O diagnóstico da COVID-19, através da biologia molecular, pode ser feito utilizando-se STR-PCR em tempo real.

( ) A COVID-19 é uma doença causada pelo coronavírus, denominado SARS-CoV-2, que apresenta um espectro clínico variando de infecções assintomáticas a quadros graves.

( ) A transmissão da COVID-19 acontece de uma pessoa doente para outra por contato próximo, por meio de toque do aperto de mão contaminada, gotículas de saliva, espirro e tosse, por exemplo.

( ) Os sintomas da COVID-19 podem variar de um resfriado, a uma Síndrome Gripal-SG, presença de um quadro respiratório agudo, caracterizado por, pelo menos dois dos seguintes sintomas: sensação febril ou febre associada, dor de garganta, dor de cabeça, tosse e coriza, até uma pneumonia severa.

A sequência correta, de cima para baixo, é:

  1. F - V - V - V - F
  2. V - F - V - V - V
  3. F - V - F - F - V
  4. V - F - V - F - F

02. (CN) Leia o texto abaixo.

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (SARS-CoV-2) foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China. A transmissão costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas. Os sinais e sintomas do coronavírus são principalmente respiratórios, semelhantes a um resfriado. Podem, também, causar infecção do trato respiratório inferior, como as pneumonias.

Disponível em: http:/Avww.saude.gov.br/saude-de-a-z/coronavirus

Assinale a opção que indica os movimentos de inspiração e expiração, respectivamente, durante uma respiração pulmonar.

  1. Saída de ar nos pulmões, diafragma se contrai / Entrada de ar dos pulmões, diafragma se relaxa.
  2. Entrada de ar nos pulmões, diafragma se contrai / Saída de ar dos pulmões, diafragma se relaxa.
  3. Entrada de ar nos pulmões, diafragma se relaxa / Saída de ar dos pulmões, diafragma se contrai.
  4. Entrada de ar nos pulmões, diafragma se contrai / Saída de ar dos pulmões, diafragma se contrai.
  5. Salda de ar nos pulmões, diafragma se relaxa / Entrada de ar dos pulmões, diafragma se contrai.

03. (Unicamp) No início da pandemia da Covid-19, houve escassez de máscaras de proteção. Muitas pessoas passaram a fabricar suas próprias máscaras com tecidos comuns. Seriam essas máscaras caseiras tão eficientes quanto a máscara recomendada, a N95? Um estudo avaliou a eficiência de alguns tecidos na filtração de partículas de 10 nm a 10 µm, faixa de tamanho importante para a transmissão de vírus baseada em aerossóis, e que compreende a faixa do novo coronavírus (20-250 nm). Algumas informações obtidas pelos pesquisadores encontram-se nos gráficos a seguir.

(Adaptado de A. Konda e outros. ACS Nano 14, 2020, 6339-6347.)

Com base nessas informações, é correto afirmar que a eficiência na filtração de uma máscara caseira é sempre

  1. maior para partículas abaixo de 300 nm quando uma única camada de qualquer tecido é usada.
  2. menor para partículas abaixo de 300 nm quando uma única camada de qualquer tecido é usada.
  3. maior que a da N95 para a faixa do novo coronavírus, desde que se use uma camada dupla de diferentes tecidos.
  4. menor que a da N95 para a faixa do novo coronavírus, mesmo que se use uma camada dupla de diferentes tecidos.

04. (CESMAC) Sobre o novo coronavírus (2019-nCoV), analise o infográfico abaixo.

Analisando os dados acima, pode-se concluir que:

  1. ambientes confinados com grande número de pessoas favorecem o contágio, pois o vírus se propaga até, no máximo, um metro de distância.
  2. o contato com animais silvestres infectados explicaria o início da pandemia em países asiáticos, mas não na Europa e na América do Sul.
  3. a febre é um sintoma característico de pacientes infectados com 2019-nCoV, devendo ser procurado, imediatamente, o serviço de saúde.
  4. a lavagem das mãos e a utilização de álcool-gel visam evitar que o vírus penetre células da epiderme e inicie seu ciclo de replicação.
  5. a quarentena por quatorze dias é recomendada para pessoas sintomáticas ou cujo teste rápido de diagnóstico da doença tenha indicado resultado positivo para o anticorpo IgG anti-nCoV.

05. (CESMAC) Notícias em diferentes meios de comunicação informaram que um país da América do Sul havia produzido uma droga contra o novo coronavírus, o interferon alfa 2B.

Apesar da eficiência do tratamento não ter sido comprovada, do ponto de vista imunológico, os interferons do tipo I (alfa e beta) são capazes de:

  1. assim como os anticorpos, neutralizar diferentes tipos de vírus impedindo que penetrem nas células.
  2. estimular, diretamente, a produção de anticorpos por linfócitos B e a ativação de linfócitos T.
  3. aumentar a capacidade fagocítica e produção de compostos microbicidas por macrófagos.
  4. prevenir a replicação de vírus no interior de células ainda não infectadas.
  5. eliminar vírus que se encontram com material genético associado ao genoma do hospedeiro.

06. (CESMAC) Analise a figura abaixo que ilustra o ciclo de replicação dos coronavírus.

É possível concluir que o vírus:

  1. possui material genético de DNA e ciclo lisogênico, gerando um prófago.
  2. se utiliza de uma enzima transcriptase reversa, para produzir DNA a partir de RNA viral.
  3. emprega enzimas do núcleo celular para replicar cópias de seu material genético no citoplasma.
  4. se associa ao retículo endoplasmático granuloso para síntese de proteínas do capsídeo.
  5. se apropria de proteínas celulares transformandoas em ligantes no envelope lipoproteico.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avise para a gente | Email ou WhatsApp