Home > Banco de Questões > Biologia > Reprodução >

Reprodução Humana

Lista de 21 exercícios de Biologia com gabarito sobre o tema Reprodução Humana com questões de Vestibulares.

Confira as videoaulas, teoria e questões sobre: Reprodução.





1. (UNIFESP) Um homem dosou a concentração de testosterona em seu sangue e descobriu que esse hormônio encontrava-se num nível muito abaixo do normal esperado. Imediatamente buscou ajuda médica, pedindo a reversão da vasectomia a que se submetera havia dois anos. A vasectomia consiste no seccionamento dos ductos deferentes presentes nos testículos. Diante disso, o pedido do homem

  1. não tem fundamento, pois a testosterona é produzida por glândulas situadas acima dos ductos, próximo à próstata.
  2. não tem fundamento, pois o seccionamento impede unicamente o transporte dos espermatozoides dos testículos para o pênis.
  3. tem fundamento, pois a secção dos ductos deferentes impede o transporte da testosterona dos testículos para o restante do corpo.
  4. tem fundamento, pois a produção da testosterona ocorre nos ductos deferentes e, com seu seccionamento, essa produção cessa.
  5. tem fundamento, pois a testosterona é produzida no epidídimo e dali é transportada pelos ductos deferentes para o restante do corpo.

2. (UFSM) Sabe-se que um óvulo pode sobreviver cerca de 48 horas e um espermatozoide, cerca de 72 horas. Um casal cuja mulher possui um ciclo menstrual padrão e que deseja evitar, com boa margem de segurança, a gravidez, não deve manter relações sexuais durante:

  1. o 10º e o 18º dia do ciclo
  2. o 12º e o 20º dia do ciclo
  3. o 8º e o 16º dia do ciclo
  4. o 1º e o 8º dia do ciclo
  5. o 20º e o 28º dia do ciclo.

3. (UEL) A pílula anticoncepcional é utilizada como método contraceptivo, porque sua ação é capaz de bloquear a ovulação no organismo feminino humano. Portanto, a pílula anticoncepcional é uma combinação dos hormônios:

  1. Estrógeno e progesterona que inibem a produção de folículo-estimulante e de luteinizante na hipófise.
  2. Estrógeno e progesterona que estimulam a produção de folículo-estimulante e de luteinizante na hipófise.
  3. Folículo-estimulante e luteinizante que estimulam a produção de estrógeno e de progesterona nos ovários.
  4. Folículo-estimulante e luteinizante que inibem a produção de estrógeno e de progesterona nos ovários.
  5. Progesterona e luteinizante que inibem a produção de folículo-estimulante e de estrógeno na hipófise.

04. (CESMAC) A fecundação na espécie humana depende de uma série de fatores para ter sucesso, como, por exemplo:

  1. o útero deve estar revestido de muco cervical espesso e pouco fluído, rico em fibras.
  2. a ejaculação do homem deve conter grande volume de sêmen e baixo número de espermatozoides.
  3. os óvulos devem se encontrar dentro do ovário no momento da fertilização.
  4. o ovócito II deve permitir a penetração de vários espermatozoides.
  5. os espermatozoides devem penetrar o útero somente no período fértil da mulher.

05. (UNCISAL) A pílula do dia seguinte é um contraceptivo de emergência que deve ser utilizado somente em último caso, como, por exemplo, quando a camisinha estoura no momento da ejaculação ou quando a mulher se esquece de tomar a pílula anticoncepcional durante dois, três dias e só se lembra no momento da relação sexual. Há relatos de que a pílula vem sendo ingerida por mulheres que sofreram estupro. Entretanto, não se deve fazer de seu uso um hábito nem tomar mais que uma dose por mês. O uso da pílula tem diminuído em mais de 50% a taxa de gravidez indesejada e evitado milhares de abortamentos.

Disponível em: https://drauziovarella.com.br. Acesso em: 21 nov. 2018 (adaptado).

Qual o principal efeito que a pílula do dia seguinte, utilizada para evitar uma gravidez indesejada, causa no organismo da mulher?

  1. Estimula a ovulação, alterando o ciclo ovulatório.
  2. Altera o ciclo menstrual, antecipando o momento da menstruação.
  3. Elimina os espermatozoides por meio de substâncias espermicidas.
  4. Inibe a motilidade dos espermatozoides, impedindo o contato com o óvulo.
  5. Impede a implantação do embrião, liberando testosterona sintética no organismo.

06. (Unir-RO) Sobre a reprodução humana, todos os itens abaixo estão corretos, exceto:

  1. A fecundação ocorre no útero.
  2. A espermatogênese ocorre nos testículos.
  3. A placenta é responsável pela respiração e nutrição do embrião.
  4. Na ovulação, rompe-se a parede do ovário e o ovócito é liberado na trompa de Falópio.
  5. A clivagem da célula-ovo origina células denominadas blastômeros.

07. (UFRGS-RS) O epidídimo tem a função de:

  1. armazenar espermatozoides.
  2. produzir hormônio sexual masculino.
  3. produzir espermatozoides.
  4. produzir hormônios gonadotróficos.
  5. produzir líquido alcalino que neutraliza a acidez da uretra e das secreções vaginais.

08. (UFRO) Sobre reprodução humana, todos os itens abaixo estão corretos, exceto:

  1. A fecundação ocorre no útero;
  2. A espermatogênese ocorre nos testículos;
  3. A placenta é responsável pela respiração e nutrição do embrião;
  4. Na ovulação, rompe-se a parede do ovário e o ovócito é liberado na trompa de Falópio;
  5. A clivagem da célula-ovo origina células denominadas blastômeros.

09. (Fuvest-SP) Foram feitas medidas diárias das taxas dos hormônios: luteinizante (LH), folículo estimulante (FSH), estrógeno e progesterona no sangue de uma mulher adulta, jovem, durante vinte e oito dias consecutivos. Os resultados estão mostrados no gráfico:

Os períodos mais prováveis de ocorrência da menstruação e da ovulação, respectivamente, são:

  1. A e C.
  2. A e E.
  3. C e A.
  4. E e C.
  5. E e A.

10. (UEG-GO) A reprodução, processo necessário a todos os seres vivos por levar à preservação da espécie, acontece desde a forma mais simples até a mais complexa. Quanto a esse processo, marque a alternativa incorreta.

  1. A reprodução assexuada aumenta a variabilidade genética numa população de determinada espécie, porque os descendentes assim originados diferem geneticamente de seus pais.
  2. Nos organismos sexuados ocorrem dois tipos de divisão celular: mitose e meiose.
  3. A mitose é o mecanismo mais comum de reprodução dos organismos unicelulares eucariontes.
  4. Uma vantagem evolutiva da reprodução sexuada está no fato de ela poder conferir proteção contra parasitas; alguns descendentes, por exemplo, podem apresentar combinações genéticas que os tornam mais adaptados aos parasitas do que seus pais.
  5. Durante a meiose e a fecundação podem ocorrer eventos que criam variabilidade genética nos seres que se reproduzem sexuadamente.

11. (PUC-SP) O trecho abaixo foi extraído do artigo “Desencontros sexuais”, de Drauzio Varella, publicado na Folha de S.Paulo, em 25 de agosto de 2005.

“Nas mulheres, em obediência a uma ordem que parte de uma área cerebral chamada hipotálamo, a hipófise libera o hormônio FSH (hormônio folículo-estimulante), que agirá sobre os folículos ovarianos, estimulando-os a produzir estrogênios, encarregados de amadurecer o óvulo a cada mês. FSH e estrogênios dominam os primeiros 15 dias do ciclo menstrual com a finalidade de tornar a mulher fértil, isto é, de preparar para a fecundação umas das 350 mil células germinativas com as quais nasceu.”

O trecho faz referência a um grupo de células que a mulher apresenta ao nascer. Essas células são:

  1. Ovogônias em início de meiose, presentes no interior de folículos ovarianos e apresentam 23 cromossomos.
  2. Ovócitos em início de meiose, presentes no interior de folículos ovarianos e apresentam 46 cromossomos.
  3. Ovócitos em fase final de meiose, presentes no interior de folículos ovarianos e apresentam 23 cromossomos.
  4. Óvulos originados por meiose, presentes na tuba uterina e apresentam 23 cromossomos.
  5. Ovogônias em início de meiose, presentes na tuba uterina e apresentam 46 cromossomos.

12. (UFS-SE) “Considerando-se 8 ovócitos primários e 8 espermatócitos primários, obteremos I óvulos e II espermatozoides”. Para completar corretamente a frase anterior, basta substituir I e II, respectivamente, por:

  1. 8 e 8.
  2. 8 e 16.
  3. 8 e 32.
  4. 32 e 8.
  5. 32 e 16.

13. (PUC-RS) Qual das seguintes alternativas descreve a formação de um zigoto?

  1. Fusão de núcleos haploides de duas células compatíveis (cariogamia).
  2. Promoção da replicação do DNA e mitose.
  3. Sucessão de divisões celulares que forma uma massa sólida de células.
  4. Divisão da célula com 46 cromossomos para a formação de células com 23 cromossomos cada.
  5. Promoção da transcrição do DNA e meiose.

14. (UFPR) Os métodos de reprodução assistida vêm se popularizando e sendo tecnicamente aprimorados. À medida que o sucesso desses métodos aumenta, a fre quência de gestações múltiplas decorrentes da fertilização in vitro vem diminuindo, embora ainda apresente taxas acima da média, quando comparada à fertilização natural. Com relação aos motivos do aumento da incidência de gestações múltiplas após a fertilização in vitro, considere as seguintes afirmativas:

1. A grande proporção de gametas masculinos em relação aos femininos disponíveis in vitro aumenta as chances de polispermia, ou seja, de que mais de um espermatozoide fecunde o mesmo ovócito.

2. A separação das células da massa celular interna do blastocisto produz duas populações de células totipotentes, sendo que cada uma dessas populações irá originar um organismo completo. Substâncias presentes no meio de cultura estimulam essa separação em taxa acima do esperado naturalmente.

3. Geralmente, são transferidos mais de um concepto para o útero, para aumentar as chances de sucesso do procedimento in vitro. Assim, com frequência, múltiplos conceptos desenvolvem-se e chegam a termo.

4. A implantação do único zigoto produzido pela fertilização com frequência estimula mecanicamente a dissociação das células da massa celular interna do ocisto, gerando células totipotentes que se desenvolverão em organismos completos

Assinale a alternativa correta

  1. Somente a afirmativa 3 é verdadeira.
  2. Somente as afirmativas 2 e 3 são verdadeiras.
  3. Somente as afirmativas 1 e 4 são verdadeiras.
  4. Somente as afirmativas 1, 3 e 4 são verdadeiras.
  5. Somente as afirmativas 1 e 2 são verdadeiras.

15. (UFF-RJ) Os hormônios atuam em rede na integração de diferentes órgãos e sistemas fisiológicos de um indivíduo. O estrogênio, por exemplo, além de determinar as características sexuais também induz o amadurecimento dos órgãos genitais e promove o ímpeto sexual.

Esse hormônio é produzido principalmente pelo (a)

  1. hipófise.
  2. útero.
  3. testículo.
  4. próstata.
  5. ovário

16. (PUC-PR) Leia as seguintes afirmações a respeito do ciclo menstrual na mulher.

I. No início de cada ciclo menstrual ocorre um aumento nas taxas de todos os hormônios, exceto o FSH, que só aumenta no momento da ovulação, quando deve haver a estimulação do folículo.

II. Quando ocorre a fertilização e consequente fixação do embrião no tecido uterino, inicia-se a produção de gonadotrofina coriônica humana (HCG) pela placenta. Este hormônio é responsável por estimular o corpo lúteo a produzir progesterona, impedindo, assim, o início de um novo ciclo menstrual.

III. No momento da ovulação, por volta do 14º dia do ciclo, as taxas de LH e estrógeno estão altas, enquanto as taxas de FSH estão baixas.

IV. Para que a ovulação ocorra, é necessário que todos os hormônios estejam com suas taxas baixas, exceto a progesterona, que mantém o endométrio preparado para a nidação.

Estão corretas:

  1. Apenas I e IV.
  2. Apenas I e II.
  3. Apenas II e III.
  4. Apenas I, II e IV.
  5. Todas

17. (Unesp-SP) Paula não toma qualquer contraceptivo e tem um ciclo menstrual regular de 28 dias exatos. Sua última menstruação foi no dia 23 de junho. No dia 06 de julho, Paula manteve uma relação sexual sem o uso de preservativos. No dia 24 de julho, Paula realizou um exame de urina para verificar se havia engravidado

Em função do ocorrido, pode-se dizer que, no dia 06 de julho, Paula

  1. talvez ainda não tivesse ovulado, mas o faria um ou dois dias depois. Considerando que o espermatozoide pode permanecer viável no organismo feminino por cerca de dois dias, há a possibilidade de Paula ter engravidado. O exame de urina poderia confirmar essa hipótese, indicando altos níveis de gonadotrofina coriônica.
  2. já teria ovulado, o que teria ocorrido cerca de dois dias antes. Contudo, considerando que depois da ovulação o óvulo permanece viável no organismo feminino por cerca de uma semana, há a possibilidade de Paula ter engravidado. O exame de urina poderia confirmar essa hipótese, indicando redução no nível de estrógenos.
  3. já teria ovulado, o que teria ocorrido há cerca de uma semana. Portanto não estaria grávida, o que poderia ser confirmado pelo exame de urina, que indicaria altos níveis de estrógenos e LH.
  4. estaria ovulando e, portanto, é quase certo que estaria grávida. Com a implantação do embrião no endométrio, ocorre um aumento na secreção de LH e diminuição nos níveis de gonadotrofina coriônica, o que poderia ser detectado pelo exame de urina já na semana seguinte à nidação.
  5. ainda não teria ovulado, o que só iria ocorrer dias depois. Portanto, não estaria grávida, o que poderia ser confirmado pelo exame de urina, que indicaria altos níveis de gonadotrofina coriônica.

18. (Cefet-SP) Leia o texto:

Uma mulher de 24 anos, cujos ovários pararam de funcionar na adolescência, deu à luz uma menina após passar por um raro transplante de ovário. O ÓRGÃO FOI DOADO POR SUA IRMÃ GÊMEA IDÊNTICA.

(O Estado de S. Paulo, 6/6/2005)

Um bebê se forma a partir da multiplicação de uma célula-ovo, que se origina a partir da fusão do espermatozoide masculino com o óvulo feminino. No caso noticiado, o bebê originou-se de:

  1. Célula-ovo doada por sua tia.
  2. Espermatozoide de seu pai e óvulo de sua tia.
  3. Espermatozoide doado pelo tio com o óvulo de sua mãe.
  4. Célula-ovo doada pela mãe.
  5. Espermatozoide de seu tio e óvulo de sua tia.

19. (PUC-RJ) Os contraceptivos orais, as chamadas pílulas anticoncepcionais, são constituídas basicamente por dois hormônios. Escolha a opção que indica corretamente o nome desses hormônios e sua ação na anticoncepção

  1. Estrogênio e hormônio folículo-estimulante, que estimulam a perda do endométrio.
  2. Progesterona e hormônio luteinizante, que inibem o crescimento do endométrio.
  3. Insulina e progesterona, que inibem a maturação do folículo ovariano.
  4. Progesterona e estrogênio, que interferem na maturação do folículo ovariano.
  5. Testosterona e progesterona, que inibem a liberação do endométrio.

20. (Unifesp) Um homem dosou a concentração de testosterona em seu sangue e descobriu que esse hormônio encontrava-se num nível muito abaixo do normal esperado. Imediatamente buscou ajuda médica, pedindo a reversão da vasectomia a que se submetera havia dois anos. A vasectomia consiste no seccionamento dos ductos deferentes presentes nos testículos. Diante disso, o pedido do homem:

  1. Não tem fundamento, pois a testosterona é produzida por glândulas situadas acima dos ductos, próximo à próstata.
  2. Não tem fundamento, pois o seccionamento impede unicamente o transporte dos espermatozoides dos testículos para o pênis.
  3. Tem fundamento, pois a secção dos ductos deferentes impede o transporte da testosterona dos testículos para o restante do corpo.
  4. Tem fundamento, pois a produção da testosterona ocorre nos ductos deferentes e, com seu seccionamento, essa produção cessa.
  5. Tem fundamento, pois a testosterona é produzida no epidídimo e de ali é transportada pelos ductos deferentes para o restante do corpo.

21. (UFU-MG) Baseado no processo da ovulogênese humana, assinale a alternativa incorreta.

  1. A redução do número de cromossomos da espécie, à metade, ocorre devido à separação das cromátides- -irmãos dos cromossomos.
  2. A divisão II da meiose termina se ocorrer o processo de fecundação.
  3. O ovócito II tem a mesma quantidade de cromossomos que o óvulo.
  4. O processo de multiplicação das ovogônias ocorre por mitose, mantendo o número de cromossomos da espécie.
  5. A fase da meiose chamada anáfase I é responsável pela redução do número de cromossomos da espécie à metade.