Home > Banco de Questões > História > Simulados

Idade Contemporânea III

Lista de 15 exercícios de História com gabarito sobre o tema Idade Contemporânea com questões de Vestibulares.



01. (UFRGS) Leia as afirmações abaixo, sobre a história do Oriente Médio contemporâneo.

I - Durante a Guerra dos Seis Dias (1967), os países árabes infligiram uma dura derrota a Israel e recuperaram os territórios perdidos durante a guerra árabe-israelense de 1948.

II - Em 1990, após três décadas de separação, Iêmen do Norte e Iêmen do Sul foram reunificados, o que não impediu a eclosão de uma guerra civil entre facções rivais em 1994.

III- Nas últimas décadas, Irã e Arábia Saudita têm competido pela liderança religiosa e econômica da região, o que levou a conflitos geopolíticos entre os países, como, por exemplo, seus diferentes papéis na atual guerra civil na Síria.

Quais estão corretas?

  1. Apenas I.
  2. Apenas II.
  3. Apenas III.
  4. Apenas II e III.
  5. I, II e III.

02. (UERJ) Primo Levi, judeu e antifascista, no fim de 1943, aos 24 anos, foi preso pela polícia italiana e entregue às forças de ocupação alemãs. Logo se fechava atrás dele o portão do campo de Auschwitz com a inscrição “O trabalho liberta”, e Levi compreendeu: “Então isto é o inferno”.

Adaptado de WEINRICH, H. Lete: arte e crítica do esquecimento. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001

No decorrer da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), campos de concentração foram criados em vários países europeus, sendo um dos maiores o complexo de Auschwitz, na Polônia. Para lá, eram enviados em massa aqueles considerados inimigos da nação alemã. De acordo com a imagem e com o texto, a frase “O trabalho liberta” apontava para a seguinte estratégia do projeto nazista:

  1. treinamento de capitais humanos
  2. controle de recursos de pesquisas
  3. exclusão de operários improdutivos
  4. exploração da mão de obra dos reclusos

03. (UFRGS) Considere as seguintes afirmações sobre o crescimento da extrema-direita no Ocidente contemporâneo.

I - Na Alemanha, o movimento político Pegida, fundado em 2014, tem-se caracterizado por sua oposição virulenta à imigração estrangeira e ao que chama de “islamização” do país.

II - Na Hungria, o governo de Viktor Orban tem-se caracterizado pela dura repressão aos movimentos de extrema-direita e pela defesa intransigente da democracia liberal e da participação do país na União Europeia.

III- Nos Estados Unidos, a chamada “alt-right” tem-se caracterizado pela defesa explícita da supremacia branca, da segregação racial, e pela oposição à imigração, especialmente do Oriente Médio e da América Latina, ao país.

Quais estão corretas?

  1. Apenas I.
  2. Apenas II.
  3. Apenas III.
  4. Apenas I e III.
  5. I, II e III.

04. (UFRGS) Observe a imagem abaixo.

Considere as seguintes afirmações sobre o Tratado de Versalhes.

I - O acordo pressupunha a divisão igualitária dos custos da guerra entre as potências beligerantes, sem responsabilizar militar e materialmente apenas uma das partes envolvidas no conflito.

II - O Tratado previa a desmilitarização mútua da França e da Alemanha, com o intuito de preservar um equilíbrio de poder mínimo no continente europeu.

III- O documento impunha à Alemanha a perda de suas colônias africanas, a entrega de uma parte de seu território para os países fronteiriços e a redução do exército e do poder bélico.

Quais estão corretas?

  1. Apenas I.
  2. Apenas II.
  3. Apenas III.
  4. Apenas I e II.
  5. I, II e III.

05. (UFMS) Após a Primeira Guerra Mundial, a Alemanha enfrentou uma grande crise econômica e social, o que gerou instabilidade política e possibilitou a ascensão e o crescimento do Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães e a ascensão de Adolf Hitler ao poder, em 1933. Assinale a alternativa que congrega elementos do governo chefiado por Hitler:

  1. Antissemitismo; estabelecimento do território alemão unificado; sistema pluripartidário; totalitarismo; anticomunismo.
  2. Tolerância étnica; estabelecimento do território alemão unificado; sistema unipartidário; democracia; anticomunismo.
  3. Antissemitismo; pulverização do território alemão; sistema unipartidário; democracia; anticomunismo.
  4. Antissemitismo; estabelecimento do território alemão unificado; sistema unipartidário; totalitarismo; anticomunismo.
  5. Antissemitismo; pulverização do território alemão; sistema pluripartidário; democracia; comunismo.

06. (UDESC) Leia atentamente o texto a seguir:

“Ó vós Homens cidadãos, ó vós Povos curvados, e abandonados pelo Rei, pelos seus despotismos, pelos seus ministros [...]

A França está cada vez mais exaltada, a Alemanha já lhe dobrou o joelho, Castela só aspira sua aliança, Roma já vive anexa, O Pontífice está abandonado, e desterrado; o rei da Prússia está preso pelo seu próprio povo, as nações do mundo têm seus olhos fixos na França, a liberdade é agradável para todos; é tempo povo, povo o tempo é chegado para vós defendereis a vossa liberdade; o dia da nossa revolução; da nossa liberdade e de nossa felicidade está para chegar, animai-vos que sereis felizes.”

Trechos de um manifesto afixado na cidade de Salvador em 1798.

A partir da leitura dos trechos do manifesto, é possível afirmar que os autores do manifesto:

  1. eram monarquistas e defendiam uma aliança com o reino de Castela.
  2. tinham conhecimento do movimento revolucionário que ocorrera na França e dos ideais de liberdade que o fundamentavam.
  3. refutavam qualquer possibilidade de organização política.
  4. não tinham acesso aos eventos políticos que ocorriam fora de Salvador.
  5. atuaram no processo de proclamação da república no Brasil.

07. (UFMS) Leia o texto a seguir.

"Nesta etapa de concentração em guetos, o objetivo nazista era expulsar os judeus da Europa ocupada, tornar os territórios incorporados pela Alemanha “judenrein”. Mas, nas palavras de Heydrich, uma vez que todo o “problema judeu” era insolúvel pela imigração, era necessária agora uma “solução territorial final”. Himmler afirmou que queria “ver o conceito judaico totalmente extinto (na Europa” pela virtual possibilidade de uma grande emigração de todos os judeus para a África ou outra colônia”. Uma das ideias era deportá-los para uma região da Polônia próxima à fronteira com a URSS (Lublin, entre os rios Vístula e Bug) onde ficariam confinados em um protetorado, ou para alguma colônia europeia na África ou América, como a Guiana inglesa."

CYTRYNOWICZ, Roney. Memória da barbárie. São Paulo: Nova Stella; Ed. USP, 1990. p. 38.

O texto apresentado trata de um importante evento ocorrido, em escala global, durante o século XX. Assinale a alternativa correta que apresenta este evento histórico:

  1. Primeira Guerra Mundial.
  2. Segunda Guerra Mundial.
  3. Guerra Fria.
  4. Recolonização e partilha da África.
  5. Terceira Revolução Industrial.

08. (UFAM PSC) Durante o período em que esteve no comando da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, o governo de Josef Stalin (1924-1953) instituiu um novo tipo de planejamento econômico por parte do Estado soviético, sucedendo, em 1928, a Nova Política Econômica, implantada anteriormente por Vladimir Lênin. Com o novo tipo de planejamento, o governo stalinista pretendia a modernização econômica da União Soviética, principalmente nos setores agrícolas e industriais, conseguindo resultados positivos em ambos os setores já em princípios da década de 1930.

Assinale a alternativa CORRETA quanto à denominação do novo tipo de planejamento econômico do governo stalinista que sucedeu ao planejamento do governo leninista:

  1. Planos Bienais
  2. Planos Trienais
  3. Planos Decenais
  4. Planos Quadrienais
  5. Planos Quinquenais

09. (UERR) Em 1917, o então Império Russo chegava ao fim, após séculos de governo despótico e extrema desigualdade social, associados a estruturas sociais e políticas arcaicas.

Assinale a única alternativa incorreta sobre a Revolução Russa e a União Soviética (URSS).

  1. No ano de 1917, testemunharam-se duas revoluções no país: em fevereiro (março, no antigo calendário russo), um grande levante popular forçou o czar a abdicar e conduz ao poder um governo provisório moderado, que pôs fim à censura, liberou presos políticos e a formação de partidos, mas não tirou a Rússia da guerra; em novembro (outubro, para os russos de então), os bolcheviques tomaram o poder sob o lema “Paz, pão e terra”.
  2. O grande descontentamento de trabalhadores e camponeses depois do envolvimento do Império Russo em guerras imperialistas (a guerra russo-japonesa de 1905 e a Primeira Guerra Mundial, iniciada em 1914), provocando desabastecimento e fome, conduziram à organização de conselhos (sovietes) de autogestão em fábricas e unidades militares, o que possibilitou criar uma poderosa força de oposição ao regime czarista.
  3. Depois da vitória dos revolucionários sobre as forças internas e invasores estrangeiros em uma sangrenta guerra civil, os sucessores de Lenin entraram em luta encarniçada pelo poder, concluída com assassinatos em massa cometidos por Stalin, que procurava consolidar um poder praticamente absoluto.
  4. Os crimes de Stalin foram denunciados pelo próprio governo soviético após sua morte, no XX Congresso do Partido Comunista Soviético, em 1956, quando um novo líder reformista (Nikita Krushev) deu início à chamada “desestalinização” libertando milhares de presos políticos, tentando elevar o padrão de vida da população e reduzindo a repressão.
  5. A URSS não conseguiu se industrializar após a Revolução de 1917, o que explicaria o fracasso do país na corrida espacial das décadas de 1950 e 1960 frente aos EUA, pois foram os estadunidenses que lançaram o primeiro satélite artificial, bem como o primeiro homem e a primeira mulher no espaço.

10. (UEL) Durante a II Guerra Mundial, o número de pessoas exterminadas por motivos raciais nos campos de concentração nazistas eleva-se a milhões. Sobre esse tema, Eric Hobsbawm, no livro Era dos Extremos, fez o seguinte questionamento:

Seria menor o horror do Holocausto se os historiadores concluíssem que exterminou não 6 milhões [...], mas 5 ou mesmo 4 milhões?

(HOBSBAWM, E. Era dos Extremos: o breve século XX: 1914-1991. São Paulo: Companhia das Letras, 1995, p. 50.)

Em relação à política eugenista praticada pelos nazistas, considere as afirmativas a seguir.

I. A política de seleção racial atingiu os prisioneiros russos que foram enviados aos campos de concentração e guetos.

II. Judeus que apresentavam características físicas arianas foram poupados dos campos de concentração.

III. O isolamento nos guetos somou-se aos campos de concentração como formas de extermínio da população não ariana.

IV. Populações ciganas que viviam nos territórios ocupados pelos alemães foram enviadas aos campos de concentração.

Assinale a alternativa correta.

  1. Somente as afirmativas I e II são corretas.
  2. Somente as afirmativas I e IV são corretas.
  3. Somente as afirmativas III e IV são corretas.
  4. Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
  5. Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

11. (UDESC) “Depois das eleições (1933), a ditadura nazista dá início a uma autêntica limpeza da área: sindicatos e partidos são dissolvidos, suas sedes são invadidas, expropriados seus fundos e empastelados seus jornais. A lei de depuração de 7 de abril dá início a grande expurgo nas administrações e repartições públicas, eliminando esquerdistas, judeus e democratas. Os Larger, campos de concentração, começam a inchar: já são 45 em 1933, com quarenta mil internos, aproximadamente. Goring cria então a polícia secreta do Estafo (Gestapo), com funções repressivas e preventivas. Em julho passa a vigorar uma lei de esterilização de doentes hereditários. Em setembro é criada a Câmara Cultural do Reich, sob o controle de Goebbels. Intelectuais e artistas perdem sua liberdade de expressão e organização: começa o êxodo para o exterior.

(Lenharo, Alcir. Nazismo: o triunfo da vontade. São Paulo: Ática, 1986, p.29)

Tomando por base o texto de Alcir Lenharo, a respeito da Alemanha sob o governo de Adolf Hitler, analise as proposições.

I. A partir de 1933, por meio de medidas de emergência, foi proibido o funcionamento legal dos partidos de oposição.

II. O governo de Hitler usou fortemente cinema, rádio e propaganda para a propagação do ideário nazista.

III. O exílio foi a opção de muitos intelectuais, artistas, poetas, escritores que perceberam os perigos do ideário nazista, pautado pela superioridade da chamada raça ariana.

IV.O governo de Hitler foi unânime entre o povo alemão. Prova disso é a inexistência de quaisquer resistências ou atentados contra sua vida entre 1933 e 1945.

Assinale a alternativa correta.

  1. Somente as afirmativas II, III e IV são verdadeiras.
  2. Somente as afirmativas I, II e IV são verdadeiras.
  3. Somente as afirmativas I, II e III são verdadeiras.
  4. Somente as afirmativas III e IV são verdadeiras.
  5. Todas as afirmativas são verdadeiras.

12. (ACAFE) Completam-se cem anos do término da Grande Guerra (1914-1918). A Primeira Guerra começa europeia e termina como um conflito mundial. No contexto desta guerra, e acerca de seus antecedentes, todas as alternativas estão corretas, exceto a:

  1. As rivalidades imperialistas originárias desde o século XIX entre ingleses e alemães também contribuíram para a formação de alianças militares distintas.
  2. Os russos, que faziam parte da Tríplice Entente, assinaram um armistício com os alemães e retiraram-se da guerra por causa da revolução que acontecia em seu território.
  3. A Questão da Bósnia-Herzegovina, que tinha os sérvios e austríacos como aliados, desencadeou a Questão Balcânica quando os alemães invadiram Sarajevo.
  4. Os Estados Unidos da América entraram militarmente na guerra em 1917, ao lado da Tríplice Entente. Esta participação estadunidense foi determinante para o término da guerra em 1918.

13. (UECE) O trabalho de Herman Bernhard Lundborg, utilizado para justificar a ideia de “higiene racial”, foi fundamental para o debate sobre eugenia. Assim sendo, a eugenia passou a ser defendida pelo regime nazista, culminando, em 1935, na aprovação das Leis de Nuremberg. Essas leis

  1. obrigavam a esterilização de pessoas com problemas hereditários e a castração de delinquentes sexuais e de homossexuais.
  2. criaram centros de reprodução humana e, ao mesmo tempo, legitimaram o programa Lebensborn, que incentivava pessoas saudáveis a reproduzirem-se.
  3. dispunham sobre práticas de limpeza e higienização, com vistas a proporcionar a melhoria genética da espécie humana.
  4. proibiam o casamento ou contato sexual de alemães com judeus, bem como com pessoas portadoras de doenças mentais, contagiosas ou hereditárias.

14. (ACAFE) A Revolução ocorrida na Rússia, em 1917, está completando 100 anos. Foi efetivamente o primeiro regime socialista duradouro implantado por um país. Nesse contexto, e acerca dos eventos que se relacionam com esta revolução é correto afirmar, exceto:

  1. Durante a Guerra Civil, o Exército branco contou com o apoio de nações capitalistas, como Estados Unidos, França, Grã-Bretanha e Japão.
  2. Os mencheviques foram diretamente responsáveis por implantar o socialismo na Rússia, obtendo o apoio dos sovietes e do parlamento russo, conhecido como Duma.
  3. A insatisfação da população com o Czar (Monarca Russo) só crescia. As longas jornadas de trabalho, os altos impostos e a falta de alimentos contribuíram para o levante contra o Czar.
  4. No final do ano de 1917 iniciava-se o regime socialista na Rússia, liderado por Lênin. As fábricas, os bancos e os estabelecimentos comerciais foram nacionalizados.

15. (UECE) No ano de 1963, John F. Kennedy proferiu um discurso na cidade de Berlim. Com um charmoso sotaque americano, ele disse a frase que entrou para a História: “Há dois mil anos o maior orgulho era poder dizer-se: Civis Romanus Sum [Sou cidadão romano]. Hoje, no mundo livre, o maior orgulho é poder dizer-se Ich bin ein Berliner [Sou um berlinense]”. A visita do presidente americano a essa cidade ocorreu em um contexto difícil, iniciado em 1961, com a construção do muro que significou a

  1. materialização da Guerra Fria em Berlim.
  2. idealização do desenvolvimento capitalista alemão.
  3. efetivação da expansão comunista europeia em Berlim.
  4. marca da superioridade expansionista alemã.


.