Home > Banco de Questões > História > História da América >Peronismo

Peronismo

Lista de 10 exercícios de História com gabarito sobre o tema Peronismo com questões de Vestibulares.


Você pode conferir as videoaulas, conteúdo de teoria, e mais questões sobre o tema Peronismo.




01. (Cesgranrio) O "peronismo", fenômeno político que surge na Argentina na década de 1940, pode ser identificado como:

  1. a variante argentina do fascismo europeu, tendo nas classes médias sua principal base social;
  2. mais um dos regimes ditatoriais da tradição caudilhista latino-americana e identificado com as populações rurais;
  3. uma tendência demagógica e oportunista, voltada para o desenvolvimento do operariado em bases nacionalistas;
  4. uma forma de "populismo", apoiada nos setores mais novos do proletariado urbano e nas camadas inferiores das classes médias;
  5. uma ditadura popular de novo tipo, uma vez que contava com o apoio do campesinato e dos operários pobres.

02. (Fatec) Nos anos cinqüenta, a política econômica da Argentina sofreu várias críticas dos que acreditavam ser o peronismo um regime populista. Isso se deu porque o peronismo:

  1. conteve o movimento sindical, o que constituiu um desestímulo para a massa operária.
  2. beneficiou, sobretudo, as classes ligadas ao capitalismo industrial.
  3. realizou muitas mudanças estruturais para garantir o sucesso do justicialismo.
  4. terminou com o programa de nacionalização das ferrovias implantado anteriormente.
  5. diminuiu, sensivelmente, o poder de controle estatal sobre a produção.

03. (PUC-RJ) Na Argentina contemporânea, é possível perceber a permanência e a força do peronismo na eleição de diversos e sucessivos governantes que se dizem seus herdeiros. As alternativas abaixo expressam características da experiência política do governo Perón de 1946-1955.

I – Antes de sua eleição em 1946, Juan Domingo Perón ocupou o cargo de secretário do Trabalho e Previdência Social, no governo instaurado em 1943 pelos militares do GOU, no exercício do qual iniciou uma política trabalhista que, em pouco tempo, o transformou em importante líder dos trabalhadores.

II – Em 1955, Perón concorre à reeleição e perde para o candidato da União Democrática, deixando o poder depois de dez anos, apesar do apoio das Forças Armadas, da Igreja e dos trabalhadores.

III – Muitas medidas de caráter nacionalista foram levadas avante pelo governo peronista, desde a nacionalização das estradas de ferro e de outras empresas de transporte, de empresas elétricas, dos serviços telefônicos, até a criação de uma frota aérea do Estado (Aerolíneas Argentinas) e da empresa Gás do Estado.

IV – O peronismo caracterizou-se pela introdução de uma política de massas que resultou na configuração de um Estado intervencionista, tendo à frente um líder carismático que conduziu uma política baseada na ideia de “Justicialismo”.

São afirmativas corretas:

  1. II e IV.
  2. I, II e III.
  3. I e IV.
  4. I, III e IV.
  5. Todas.

04. (Fuvest) Sobre o governo de Juan Domingo Perón (1946-1955) na Argentina, podemos afirmar que,

  1. recebeu expressivo apoio de parte importante da classe trabalhadora, ainda que não lhe tenha concedido benefícios concretos.
  2. foi um governo com uma retórica nacionalista, que recebeu dos "descamisados" importante sustentação política.
  3. deslocou o centro das atenções políticas para a figura carismática de Eva Perón, assumindo o presidente uma postura discreta e secundária.
  4. foi um governo ditatorial, pois fechou o Congresso e colocou os partidos políticos na ilegalidade.
  5. buscou persistentemente, no plano internacional, uma aliança com os Estados Unidos.

05. (Ceperj) A Argentina, com o acúmulo de divisas ocorrido durante a II Guerra Mundial, quando sua produção agrícola oferece alimentos necessários para uma combalida Europa, deixa de ser devedora no mercado mundial e adquire o status de credora. É neste clima geral de otimismo nacional que surge a fi gura de Perón e tem origem o peronismo ou justicialismo, que irá marcar permanentemente a história política dos argentinos. Em linhas gerais, pode-se caracterizar o Peronismo, quando do seu nascimento, da seguinte forma:

  1. Tratava-se de uma política fortemente inspirada na social-democracia, buscando uma via democrática para a realização de metas do socialismo real, porém sem os riscos de ataques à democracia e às liberdades.
  2. Claramente inspirado no leninismo, o justicialismo argentino representou uma vertente latino-americana para o socialismo, sendo o precursor de inflexões continentais à esquerda, como a Revolução Cubana e o Bolivarianismo.
  3. O peronismo representou uma ruptura com o caudilhismo latino-americano, buscou operar estritamente dentro de princípios democráticos e constitucionais, com organizações sindicais flexíveis e sem o controle do Estado.
  4. O Peronismo (ou Justicialismo) buscou inspiração nas doutrinas da Igreja e fascistas, fundamentou-se em uma política populista e nacionalista, buscando sustentação social em três pilares: o operariado, os militares e a Igreja.
  5. O Justicialismo peronista buscou romper com a tradição latino-americana dos frequentes golpes militares e, se afastando do Exército, buscou apoio nos sindicatos livres e no Poder Judiciário.

06. (Mackenzie) "Ex-atriz, Eva Duarte nunca parou de representar. Depois que casou com Perón, assumiu o papel de Evita Perón, 'a mãe dos descamisados'. Bela, sofisticada, ardente, foi responsável por parte da popularidade do marido...

Evita adorava distribuir brinquedos e doces para os descamisados. Era tão excitante quanto as bolhinhas de champagne! Os pobres a chamavam de 'Dama da Esperança'..."

(Mário Schmidt)

As expressões: "a mãe dos descamisados", e "Dama da Esperança" refletem uma face da política populista, que tinha dentre seus objetivos:

  1. confiscar as grandes propriedades agrárias para reorganizar a agricultura, promover a conciliação dos camponeses com o governo, fomentar o planejamento e controle da política econômica e social pelos trabalhadores urbanos.
  2. abolir a servidão econômica e social e preparar o campo político para a burguesia romper os laços de dominação colonial e implantar o capitalismo na Argentina.
  3. transformar a sociedade argentina, substituindo a aristocracia de sangue-chapetones pela do dinheiro, admitindo reformas que promovessem a igualdade econômica dos cidadãos.
  4. promover uma política de conciliação de classes sociais visando à modernização e ao desenvolvimento econômico autônomo, realizando concessões às classes trabalhadoras para manter o apoio popular.
  5. cooptar a simpatia da Confederação Geral dos Trabalhadores (CGT), para apoiar o programa de redução do déficit público e estabilidade econômica da Argentina, Plano Austral, abalada pela política econômica do regime militar.

07. (UFG-GO) O peronismo na Argentina (1946-1955) caracterizou-se por uma política populista com forte inspiração nas doutrinas fascistas do pós-guerra. Essa relação é percebida no:

  1. caráter autoritário do governo, com forte organização das massas e constantes acusações de corrupção e de tortura dos opositores.
  2. ingresso de imigrantes europeus que ampliavam a mão de obra especializada na construção de ferrovias e na industrialização.
  3. refúgio aos nazistas e aos seus colaboradores europeus, causando tensões com o governo dos EUA.
  4. surgimento do Grupo de Oficiais Unidos no interior do exército, que atuava em nome da ordem e dos valores cristãos.
  5. apoio à União democrática, frente eleitoral que aglutinava conservadores, radicais, democratas progressistas, socialistas e comunistas.

08. (CESGRANRIO) No período que se estende da década de 30 até o pós-guerra, diversos países da América Latina passaram por transformações de suas estruturas políticas, econômicas e sociais. Como resultado dessas transformações identificamos o surgimento de movimentos reformistas sociais e a emergência de governos populistas em diversos países latino-americanos. Assinale a opção que se relaciona corretamente com essa fase do Populismo.

  1. Enfraquecimento político e social das organizações e representações sindicais e do operariado urbano.
  2. Exclusão do operariado da legislação trabalhista, criada nesse período, que privilegiava os segmentos médios urbanos e industriais.
  3. Monopólio dos grupos empresariais privados no processo de industrialização da América Latina.
  4. Crise do Estado oligárquico baseado nos modelos econômicos agroexportadores.
  5. Fortalecimento dos partidos políticos ideologicamente constituídos em oposição aos movimentos nacionalistas.

09. (UECE) Leia atentamente o seguinte fragmento:

“Na verdade não inventei Peron nem Eva Peron, a milagrosa. Eles nasceram como reação a seus maus governos. Eu não inventei Peron, nem Evita Peron, nem sua doutrina. Não trouxe, em sua defesa, um povo a quem vocês e os seus tenham enterrado em um longo caminho de miséria. Nasceram de vocês, por vocês e para vocês.”

DANIEL, James. Os Antecedentes: O Peronismo e a Classe Trabalhadora, in ROLEMBERG, Denise e QUADRAT, Samantha (orgs). A Construção Social dos Regimes Autoritários. Legitimidade, consenso e consentimento no século XX. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010.

O Peronismo foi emblemático na emergência do populismo na Argentina na década de 1940. Nesse sentido, analise as afirmações abaixo.

I. A emergência do governo de Juan Peron foi resultante da ineficácia dos governos que o antecederam.

II. O Governo de Juan Peron levou a Argentina e sua população ao empobrecimento.

III. Enquanto o Peronismo expressou os desejos das classes trabalhadoras, ele também foi resultado das ações das elites argentinas.

Está correto o que se afirma em

  1. I, II e III.
  2. I e II apenas.
  3. II e III apenas.
  4. I e III apenas.

10. (ESPM) Em meio ao conturbado quadro polí- tico da América Latina no século XX surgiu na Argentina o peronismo. O termo designa um movimento político criado pelo ex-presidente da Argentina Juan Domingues Perón. O movimento congregou, ao longo de sua história, várias tendências políticas.

(Antonio Carlos do Amaral Azevedo. Dicionário de nomes, termos e conceitos históricos)

A alternativa que melhor caracteriza o peronismo é:

  1. movimento militarista que serviupara enquadrar a Argentina no bloco capitalista em plena Guerra Fria;
  2. movimento liberal que expressouos interesses da aristocracia argentina agropecuarista e exportadora;
  3. movimento que floresceu entre intelectuais simpatizantes do marxismo e que buscou promover o socialismo na Argentina e na América Latina;
  4. movimento influenciado pela Igreja Católica e que promoveu uma ação por justiça social sob a influência da doutrina social católica do Papa Leão XIII;
  5. movimento cujo programa pregava a justiça social, o justicialismo, concepção influenciada pelo corporativismo e nacionalismo.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Email ou WhatsApp



.