Home > Banco de Questões > História > Brasil República

Revoltas Na Primeira República

Lista de 04 exercícios de História do Brasil com gabarito sobre o tema Revoltas Na Primeira República com questões de Vestibulares.

Confira as videoaulas, teoria e questões sobre: Brasil República.





1. (PUC) Durante a Primeira República (1889 – 1930), houve, na sociedade brasileira, revoltas que, a despeito das diferenças, expressaram a insatisfação e a crítica de grupos populares quanto aos mecanismos de exclusão social e política e às estratégias de expansão dos interesses oligárquicos, então vigentes. Assinale a alternativa que identifica CORRETAMENTE revoltas dessa natureza:

  1. Guerra de Canudos e Revolta da Vacina.
  2. Revolta Federalista e Guerra do contestado.
  3. Revolta da Vacina e Revolta da Armada.
  4. Revolta da Chibata e Revolta Federalista
  5. Guerra do Contestado e Revolta da Armada.

2. (UFES) Confederação do Equador: Manifesto Revolucionário

“Brasileiros do Norte! Pedro de Alcântara, filho de D. João VI, rei de Portugal, a quem vós, após uma estúpida condescendência com os brasileiros do Sul, aclamastes vosso imperador, quer descaradamente escravizar-vos. Que desaforo atrevimento de um europeu no Brasil. Acaso pensara esse estrangeiro ingrato e sem costumes que tem algum direito à Coroa, por descender da casa de Bragança na Europa, de quem já fomos independentes de fato e de direito? Não há delírio igual (...).”

(BRANDÃO, Ulysses de Carvalho. A Confederação do Equador, Pernambuco: Publicações Oficiais, 1924)

A causa da Confederação do Equador foi a:

  1. extinção do Poder Legislativo pela Constituição de 1824 e sua substituição pelo Poder Moderador;
  2. mudança do sistema eleitoral na Constituição de 1824, que vedava aos brasileiros o direito de se candidatar ao Parlamento, o que só era possível aos portugueses;
  3. atitude absolutista de D. Pedro I, ao dissolver a Constituinte de 1823 e outorgar uma Constituição que conferia amplos poderes ao imperador;
  4. liberação do sistema de mão de obra nas disposições constitucionais, por pressão do grupo português, que já não detinha o controle das grandes fazendas e da produção do açúcar;
  5. restrição às vantagens do comércio do açúcar pelo reforço do monopólio português e aumento dos tributos contidos na Carta Constitucional.

3. (FUVEST) Podemos afirmar que tanto na Revolução Pernambucana de 1817, quanto na Confederação do Equador de 1824,

  1. o descontentamento com as barreiras econômicas vigentes foi decisivo para a eclosão dos movimentos
  2. os proprietários rurais e os comerciantes monopolistas estavam entre as principais lideranças dos movimentos
  3. a proposta de uma república era acompanhada de um forte sentimento antilusitano.
  4. a abolição imediata da escravidão constituía-se numa de suas principais bandeiras.
  5. a luta armada ficou restrita ao espaço urbano de Recife, não se espalhando pelo interior.

4. (EsPCEx) A Confederação do Equador, proclamada em 2 de julho de 1824, por Manuel de Carvalho,

  1. contou com a adesão dos estados da atual região Norte do Brasil.
  2. adotava provisoriamente a Constituição dos Estados Unidos da América.
  3. mostrava-se sintonizada com o poder central, representado por D. Pedro.
  4. defendia a instituição de uma monarquia constitucional.
  5. buscava a organização de um governo representativo e republicano.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Email ou WhatsApp