Home > Banco de Questões > História > Brasil Império >

Primeiro Reinado II

Lista de 10 exercícios de História do Brasil com gabarito sobre o tema Primeiro Reinado com questões de Vestibulares.

Confira as videoaulas, teoria e questões sobre: Brasil Império .





01. (Fuvest) Na edição de julho de 1818 do Correio Braziliense, o jornalista Hipólito José da Costa, residente em Londres, publicou a seguinte avaliação sobre os dilemas então enfrentados pelo Império português na América:

A presença de S.M. [Sua Majestade Imperial] no Brasil lhe dará ocasião para ter mais ou menos influência naqueles acontecimentos; a independência em que el-rei ali se acha das intrigas europeias o deixa em liberdade para decidir-se nas ocorrências, segundo melhor convier a seus interesses. Se volta para Lisboa, antes daquela crise se decidir, não poderá tomar parte nos arranjamentos que a nova ordem de coisas deve ocasionar na América.

Nesse excerto, o autor referia-se:

  1. aos desdobramentos da Revolução Pernambucana do ano anterior, que ameaçara o domínio português sobre o centro-sul do Brasil.
  2. às demandas da Revolução Constitucionalista do Porto, exigindo a volta imediata do monarca a Portugal.
  3. à posição de independência de D. João VI em relação às pressões da Santa Aliança para que interviesse nas guerras do rio da Prata.
  4. às implicações que os movimentos de independência na América espanhola traziam para a dominação portuguesa no Brasil.
  5. ao projeto de D. João VI para que seu filho D. Pedro se tornasse imperador do Brasil independente.

02. (UFPR) Com a abdicação do imperador D. Pedro I em 1831, o fracasso do primeiro reinado tomou corpo. Com relação a isso, considere os fatos abaixo:

I. A imigração europeia para o Brasil ocorrida nesse período.

II. A eclosão da guerra na Província Cisplatina (1825-1828) contra as Províncias Argentinas, a qual consumiu recursos do Estado em formação e cujo principal resultado foi a criação da República Oriental do Uruguai, em 1828.

III. A indisposição do Imperador nas negociações com os deputados das províncias do Brasil, que levou ao fechamento da Assembleia Constituinte, em 12 de novembro de 1823, e à imposição de uma carta constitucional em 1824.

IV. A queda do gabinete dos Andradas, que levou o Imperador a se cercar de inúmeros portugueses, egressos de Portugal ainda ao tempo do governo de D. João VI.

Tiveram influência direta no desfecho do primeiro reinado os fatos apresentados em:

  1. II, III e IV somente.
  2. I, III e IV somente.
  3. III e IV somente.
  4. I, II e III somente.
  5. I e II somente.

03. (Mackenzie) Em 1 de abril de 1808, durante a regência de D. João, o alvará de 1785 foi revogado, o que permitiu a liberação e o estabelecimento de indústrias e manufaturas no Brasil. Apesar disso, na prática, essa providência não alcançou seus objetivos de capacitar o país para desenvolver suas indústrias, porque

  1. os acordos de parceria estabelecidos entre o Brasil e a Inglaterra, para o incremento técnico das manufaturas nacionais, foram cancelados por falta de interesse da elite agrária do nosso país.
  2. D. João, apesar de ter permitido a instalação de manufaturas no país, defendia a superioridade dos produtos industrializados europeus perante os similares nacionais.
  3. faltava ainda, a adoção de uma política de proteção alfandegária nacional, diante da concorrência das mercadorias britânicas, além do nosso mercado consumidor interno não ser muito amplo.
  4. novos acordos comerciais foram assinados com potências europeias, o que ampliou os privilégios dos comerciantes estrangeiros no nosso país, em detrimento dos interesses nacionais.
  5. apesar da Inglaterra ter honrado os acordos comerciais e entregado máquinas e equipamentos industriais, a nossa mão de obra escrava não tinha especialização necessária para o trabalho na indústria.

04. (UFPR) Com a abdicação do imperador D. Pedro I em 1831, o fracasso do primeiro reinado tomou corpo. Com relação a isso, considere os fatos abaixo:

I. A imigração europeia para o Brasil ocorrida nesse período.

II. A eclosão da guerra na Província Cisplatina (1825-1828) contra as Províncias Argentinas, a qual consumiu recursos do Estado em formação e cujo principal resultado foi a criação da República Oriental do Uruguai, em 1828.

III. A indisposição do Imperador nas negociações com os deputados das províncias do Brasil, que levou ao fechamento da Assembleia Constituinte, em 12 de novembro de 1823, e à imposição de uma carta constitucional em 1824.

IV. A queda do gabinete dos Andradas, que levou o Imperador a se cercar de inúmeros portugueses, egressos de Portugal ainda ao tempo do governo de D. João VI.

Tiveram influência direta no desfecho do primeiro reinado os fatos apresentados em:

  1. II, III e IV somente.
  2. I, III e IV somente.
  3. III e IV somente.
  4. I, II e III somente.
  5. I e II somente.

05. (UFPE) A Constituição de 1824, elaborada por “homens probos e amantes da dignidade imperial e da liberdade dos povos”, segundo o imperador D. Pedro I, continha uma novidade em relação ao projeto de Constituição de 1823: a criação do Poder Moderador.

Assinale a alternativa que melhor define este Poder.

  1. Com base no Poder Moderador, o imperador restringiu os poderes dos regentes unos – Padre Diogo Feijó e Araújo Lima.
  2. O Poder Moderador conferia à Câmara de Deputados a prerrogativa de vetar as decisões do imperador.
  3. A Constituição de 1824 conferia ao Poder Moderador, que era exercido pelo Senado, nomear e demitir livremente os ministros de estado, conceder anistia e perdoar dívidas públicas.
  4. O Poder Moderador era o quarto poder do Império e era exercido pelo imperador D.Pedro I. Com base neste Poder, o imperador poderia dissolver a câmara dos deputados, aprovar e suspender resoluções dos conselhos provinciais e suspender resoluções, entre outras prerrogativas.
  5. O Poder Moderador, de invenção maquiavélica, atribuído a Benjamin Constant, foi responsável pelo golpe da maioridade em 1840.

06. (UTFPR) Chamamos de “Primeira Guerra Mundial” uma série de conflitos ocorridos principalmente na Europa entre 1914 até 1918. Sobre esse assunto, estabeleça correspondência entre a coluna I e a coluna II.

Coluna I

(1) Tríplice Entente

(2) Tríplice Aliança

(3) Tratado de Versalhes

(4) Tratado de Saint Germain

(5) Catorze Pontos

Coluna II

( ) Bloco liderado pelo Império Britânico, França e Império Russo.

( ) Acordo proposto pelo presidente norte-americano Woodrow Wilson para a reconstrução européia.

( ) Bloco liderado pelo Império Alemão, Império Austro-Húngaro e Império Turco-Otomano.

( ) Acordo que impunha à Alemanha perda de parte de seu território, restrição do seu exército e pagamento de indenização.

( ) Acordo que declarava dissolvida a Monarquia Austro-Húngara.

A seqüência correta é:

  1. 2, 3, 5, 4 e 1.
  2. 1, 2, 5, 4 e 3.
  3. 1, 5, 2, 4 e 3.
  4. 1, 5, 2, 3 e 4.
  5. 4, 5, 2, 3 e 1.

07. (UFV) A Constituição outorgada por D. Pedro I em 1824 continha uma inovação institucional que seria decisiva para o funcionamento do sistema político imperial: o Poder Moderador. Seguindo as recomendações do jurista francês Benjamim Constant, a Constituição do Império introduzia um quarto poder, para além da clássica divisão entre executivo, legislativo e judiciário. A principal conseqüência da introdução do Poder Moderador na ordem política imperial foi:

  1. permitir que o Imperador servisse de árbitro aos conflitos entre liberais e conservadores, promovendo o revezamento das elites no poder.
  2. promover o desenvolvimento econômico, ao dar ao Imperador a iniciativa em diversas áreas de política econômica, como a promoção das ferrovias e da siderurgia.
  3. garantir a continuidade da escravidão até o final do Império, ao dar ao Imperador poder de veto a todas as iniciativas legislativas com relação ao regime servil.
  4. concentrar enormes poderes repressivos na Coroa, criando um regime semelhante aos regimes absolutos da Europa da era moderna.

08. (Mackenzie-SP) A respeito dos princípios presentes na Constituição de 1824, outorgada por D. Pedro I, é correto afirmar que

  1. garantiam ampla liberdade individual e resguardavam a liberdade econômica, assegurando a participação política desvinculada da necessidade de uma renda mínima por parte do cidadão.
  2. garantiram as liberdades individuais inspiradas na Declaração dos Direitos do Homem, elaborada pelos revolucionários franceses em 1789.
  3. estabeleciam a igualdade de todos perante a lei, estatuto que foi observado com rigor por toda a sociedade brasileira.
  4. estabeleciam o princípio da liberdade religiosa, segundo o qual o Estado permaneceria distante das questões religiosas.
  5. determinavam disposições jurídicas que eram as mais adequadas à realidade nacional da época, não apresentando, portanto, contradições.

09. (UFPR) No período posterior à independência, houve um esforço entre os intelectuais do Império em definir uma identidade nacional para o Brasil. Enquanto o historiador Varnhagen afirmava que, para os índios, “povos na infância, não há história: há só etnografia”, escritores como José de Alencar e Gonçalves Dias retratavam os indígenas no movimento indianista romântico, em obras como “Iracema”, “O Guarani” e “I-Juca-Pirama”. Sobre essas duas posturas em relação aos indígenas e a construção de uma identidade nacional brasileira, é correto afirmar:

  1. A posição de Varnhagen compreendeu que os indígenas não tinham ainda capacidade de escrever sua própria história, por não conhecerem a escrita, enquanto os escritores indianistas procuraram fazer um levantamento histórico e etnográfico dos povos indígenas para escrever a história da jovem nação.
  2. A posição de Varnhagen visava excluir os povos indígenas da identidade nacional brasileira, por considerá-los povos inferiores e sem herança cultural, enquanto os indianistas os incluíram nessa identidade de forma idealizada, como heróis românticos e nobres selvagens, que encarnariam os ideais desejados para a jovem nação.
  3. A posição dos escritores indianistas assemelhou-se à de Varnhagen, tomada com base em levantamento etnográfico dos povos indígenas, pois ambas consideravam esses povos despojados de uma cultura própria que pudesse ser analisada e incorporada à identidade nacional brasileira.
  4. A posição dos escritores indianistas concordou com a postura de Varnhagen no que se refere ao papel negativo dos indígenas no processo da colonização, que teria causado um atraso cultural ao povo brasileiro, mas enquanto os indianistas tratavam os indígenas como seres idealizados, Varnhagen defendeu o combate a eles.
  5. O historiador Varnhagen defendia o uso da etnografia para se conhecer a cultura indígena, incluindo-a na História do Brasil, enquanto que os escritores indianistas não viam necessidade desse recurso, por acreditarem que os indígenas já estivessem assimilados à identidade nacional brasileira.

10. (Ufpel) "Temos a tendência de pressupor que todas as mudanças que decorreram de um movimento de independência foram para o melhor. Raramente, por exemplo, consideramos um movimento de independência como uma regressão, um triunfo do despotismo sobre a liberdade, de um regime imposto sobre um regime representativo. Apesar disso, no caso da independência do Brasil, essas acusações foram na época imputadas ao novo regime".

(Adaptado de MAXWELL, K. "Por que o Brasil foi diferente? O contexto da independência". In: MOTTA, C. G. (org.). Viagem incompleta: a experiência brasileira. São Paulo: Editora Senac, 2000, p 181.) Qual dos eventos citados a seguir gerou as acusações mencionadas no texto?

  1. A outorga da Constituição de 1824, feita por D. Pedro I depois de dissolvida a Assembleia Constituinte que elaborava o texto constitucional.
  2. O tratado de comércio que estipulou vantagens econômicas para a Inglaterra.
  3. O incentivo à imigração europeia e a gradual emancipação dos escravos, resultado de políticas públicas realizadas no período monárquico com objetivo de promover a transição do trabalho escravo para o trabalho livre.
  4. A guerra empreendida contra o Paraguai na década de 1860.
  5. A decretação da maioridade de D. Pedro II que, em 1840, favoreceu as medidas de centralização do poder, chamadas à época de "regresso"

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Email ou WhatsApp