Home > Banco de Questões > História > Simulados

Pré-História I

Lista de 15 exercícios de História com gabarito sobre o tema Pré-História com questões de Vestibulares.



01. (FUVEST) Ao primeiro brilho da alvorada chegou do horizonte uma nuvem negra, que era conduzida [pelo] senhor da tempestade (...). Surgiram então os deuses do abismo; Nergal destruiu as barragens que represavam as águas do inferno; Ninurta, o deus da guerra, pôs abaixo os diques (...). Por seis dias e seis noites os ventos sopraram; enxurradas, inundações e torrentes assolaram o mundo; a tempestade e o dilúvio explodiam em fúria como dois exércitos em guerra. Na alvorada do sétimo dia o temporal (...) amainou (...) o dilúvio serenou (...) toda a humanidade havia virado argila (...). Na montanha de Nisir o barco ficou preso (...). Na alvorada do sétimo dia eu soltei uma pomba e deixei que se fosse. Ela voou para longe, mas, não encontrando um lugar para pousar, retornou. Então soltei um corvo. A ave viu que as águas haviam abaixado; ela comeu, (...) grasnou e não mais voltou para o barco. Eu então abri todas as portas e janelas, expondo a nave aos quatro ventos. Preparei um sacrifício e derramei vinho sobre o topo da montanha em oferenda aos deuses (...).

A Epopeia de Gilgamesh, São Paulo: Martins Fontes, 2001.Combase no texto,registrado aproximadamente no séculoVII a.C. e que se refere a um antigo mito da Mesopotâmia, bem como em seus conhecimentos, é possível dizer que a sociedade descrita era

Com base no texto,registrado aproximadamente no séculoVII a.C. e que se refere a um antigo mito da Mesopotâmia, bem como em seus conhecimentos, é possível dizer que a sociedade descrita era

  1. mercantil, pacífica, politeísta e centralizada.
  2. agrária, militarizada, monoteísta e democrática.
  3. manufatureira, naval, monoteísta e federalizada.
  4. mercantil, guerreira, monoteísta e federalizada.
  5. agrária, guerreira, politeísta e centralizada.

02. (UEL) Os indivíduos da espécie Homo sapiens “Cro-Magnon” foram os primeiros a domesticar animais e a deixar expressivas obras de arte, como pinturas em cavernas e figuras esculpidas de animais e de mulheres grávidas. Nas paredes da Caverna de Chauvet, por exemplo, estão as famosas pinturas do Paleolítico Superior.

De acordo com a hipótese mais aceita atualmente, nossos ancestrais surgiram na África e daí teriam irradiado para outros continentes.

Com base nessa hipótese, de origem única na África, assinale a alternativa que indica corretamente como ocorreu essa irradiação, em ordem cronológica, a partir do continente africano, para as diversas partes do mundo.

  1. Europa – Nordeste da Ásia – América do Norte – Indonésia – Austrália.
  2. Sudeste da Ásia – Europa – Nordeste da Ásia – Amé- rica do Norte – América do Sul.
  3. Sudeste da Ásia – Europa – América do Norte – Amé- rica do Sul – Austrália.
  4. Europa – América do Norte – América do Sul – Austrália – Sudeste da Ásia.
  5. Europa – Nordeste da Ásia – América do Norte – Amé- rica do Sul – Oceania.

03. (UNICAMP) Na América Portuguesa do século XVI, a política europeia para os indígenas pressupunha também a existência de uma política indígena frente aos europeus, já que os Tamoios e os Tupiniquins tinham seus próprios motivos para se aliarem aos franceses ou aos portugueses.

(Adaptado de Manuela Carneiro da Cunha, Introdução a uma história indígena. São Paulo: Companhia das Letras/Fapesp, 1992, p. 18.)

Com base no excerto e nos seus conhecimentos sobre os primeiros contatos entre europeus e indígenas no Brasil, assinale a alternativa correta.

  1. A população ameríndia era heterogênea e os conflitos entre diferentes grupos étnicos ajudaram a definir, de acordo com suas próprias lógicas e interesses, a dinâmica dos seus contatos com os europeus.
  2. O fato de Tamoios e Tupiniquins serem grupos aliados contribuiu para neutralizar as disputas entre franceses e portugueses pelo controle do Brasil, pelo papel mediador que os nativos exerciam.
  3. Os indígenas, agentes de sua história, desde cedo souberam explorar as rivalidades entre os europeus e mantê-los afastados dos seus conflitos interétnicos, anulando o impacto da presença portuguesa.
  4. As etnias indígenas viviam em harmonia umas com as outras e em equilíbrio com a natureza. Esse quadro foi alterado com a chegada dos europeus, que passaram a incentivar os conflitos interétnicos para estabelecer o domínio colonial.

04. (FACISA) Icnoespécie de mamífero viveu há mais de 140 milhões de anos no Brasil

A icnoespécie Brasilichnium elusivum é o nome dado pelos cientistas aos pequenos quadrúpedes que deixaram pegadas fossilizadas do mamífero mais antigo de que se tem conhecimento que tenha vivido no Brasil. Tais marcas assinalam que esses indivíduoshabitavam o paleo deserto Botucatu, imensa área coberta por dunas de mais de 1 milhão de quilômetros quadrados que cobria o centro-sul do Brasil entre 150 e 140 milhões de anos atrás, na transição dos períodos Jurássico ao Cretáceo.

Fonte: http://agencia.fapesp.br/mamifero_saltava_ha_mais_de_140_milhoes_de_anos_/25652/-(adaptado)

Baseando-se nos conhecimentos acerca do tempo geológico, analise as assertivas:

I. Entre 150 e 140 milhões, período da era Cenozoica, viviam os dinossauros.

II. Na transição do período Jurássico ao Cretáceo houve o surgimento dos mamíferos placentários.

III. Foi no fim da era Mesozoica, período Cretáceo, indicado no texto, que houve a extinção dos dinossauros e diversas espécies animais.

IV. Foram contemporâneos do mamífero descrito no texto os primatas prossímios.

Estão corretas apenas

  1. I e IV.
  2. I, II e III.
  3. II, III e IV.
  4. II e III.
  5. III e IV.

05. (ENEM PPL) Os pesquisadores que trabalham com sociedades indígenas centram sua atenção em documentos do tipo jurídico-administrativo (visitas, testamentos, processos) ou em relações e informes e têm deixado em segundo plano as crônicas. Quando as utilizam, dão maior importância àquelas que foram escritas primeiro e que têm caráter menos teórico e intelectualizado, por acharem que estas podem oferecer informações menos deformadas. Contrariamos esse posicionamento, pois as crônicas são importantes fontes etnográficas, independentemente de serem contemporâneas ao momento da conquista ou de terem sido redigidas em período posterior. O fato de seus autores serem verdadeiros humanistas ou pouco letrados não desvaloriza o conteúdo dessas crônicas.

PORTUGAL, A. R. O ayllu andino nas crônicas quinhentistas: um polígrafo na literatura brasileira do século XIX (1885-1897). São Paulo: Cultura Acadêmica, 2009.

As fontes valorizadas no texto são relevantes para a reconstrução da história das sociedades pré-colombianas porque

  1. sintetizam os ensinamentos da catequese.
  2. enfatizam os esforços de colonização.
  3. tipificam os sítios arqueológicos.
  4. relativizam os registros oficiais.
  5. substituem as narrativas orais.

06. (UFRR) Em Boa Vista, capital do estado de RR, encontra-se a Feira do Produtor, onde são comercializados diversos tipos de cereais e tuberosas como: milho e mandioca. Estes produtos são nativos da América, como mostra o texto abaixo:

“O milho foi domesticado na Mesoamérica, e daí resultou o milho que se conhece hoje. […] A mandioca, tão importante hoje em dia, é uma planta venenosa, extremamente tóxica, que foi domesticada na Amazônia por um processo de engenharia genética”.

NEVES, Eduardo Góes. Por que não tem pirâmide no Brasil?. In: Por ti América: aventura arqueológica: depoimentos. Idealização, concepção e desenho expositivo Alex Peirano Chacon. Rio de Janeiro: Centro Cultural Banco do Brasil. CPDOC, 2006. p.38.

A partir da leitura do texto, podemos afirmar que a domesticação de plantas desenvolvida pelos habitantes da América, ocorre:

  1. Por volta de 6.000 a.C. a 5000 a.C., quando o Homo Sapiens desenvolveu o processo de domesticação das plantas na América;
  2. Na Pré-História, por volta de 6,5 milhões de anos, quando os primeiros hominídeos americanos desenvolveram a domesticação das plantas;
  3. Por volta de 5,5 milhões de anos, na Pré-História, o Homo Habilis desenvolveu a domesticação das plantas na América;
  4. Na Pré-História, o Australopiteco Boisei foi o primeiro grupo de hominídeos a desenvolver a domesticação das plantas na América;
  5. O Homo Erectus, embora não vivesse em casas, aprendeu a domesticar plantas na América no período da Pré-História.

07. (ETEC) Localizado no sudeste do Piauí, o Parque Nacional da Serra da Capivara é um parque arqueológico inscrito pela Unesco na lista do Patrimônio Mundial. Um conjunto de chapadas e vales abrigam sítios arqueológicos com pinturas e gravuras rupestres, além de outros vestígios do cotidiano pré-histórico. Esses registros, inscritos nos paredões rochosos, representam uma grande variedade de temas e foram feitos por populações que habitaram a região há dezenas de milhares de anos. Seguramente, são os mais antigos registros humanos no continente americano.

De acordo com o texto e a imagem, assinale a alternativa correta.

  1. Os vestígios de mais de dez mil anos encontrados no Piauí foram excluídos da lista do Patrimônio Mundial por terem sido ameaçados pelas queimadas que destruíram as chapadas.
  2. As chapadas e os vales do Piauí reúnem os mais antigos registros da presença humana no hemisfério sul, superando os registros africanos, que se acreditava serem os mais remotos.
  3. O Parque Nacional da Serra da Capivara é um sítio arqueológico que reúne registros da fauna brasileira feitos pelos europeus à época da chegada dos portugueses.
  4. As pinturas de animais, de cenas de caça e do cotidiano encontradas na Serra da Capivara estão entre os mais antigos registros feitos pelo homem nas Américas.
  5. As pinturas rupestres são importantes registros do cotidiano dos povos indígenas que habitavam a região amazônica há cerca de dois mil anos.

08. (UPE) Na bacia do Rio São Francisco, nas paleolagoas conhecidas hoje como tanques, foram achados ossos de animais extintos da fauna pleistocênica, que conviveram com o homem em diversas áreas da região, como Salgueiro e Alagoinha, em Pernambuco. Pesquisas mais recentes assinalaram, também, a presença de megafauna, como o mastodonte e a preguiça-gigante, como é o caso da Lagoa Uri de Cima em Salgueiro.

(MARTIN, Gabriela; PESSIS, Anne-Marie. Breve Panorama da Pré-História do Vale do São Francisco no Nordeste do Brasil. Revista FUMDHAMentos, Volume 1 – Número 10 – Ano 2013, p. 14, adaptado).

  1. presença essencial dos europeus no continente americano.
  2. inexistência de exemplares da megafauna em território brasileiro.
  3. carência de estudos paleoantropológicos e sítios arqueológicos no Nordeste.
  4. antiguidade da presença humana no país, anterior à chegada dos portugueses.
  5. existência de répteis de porte avantajado, popularmente conhecidos como dinossauros.

09. (ETEC) Uma fornalha de 300 mil anos descoberta em uma caverna paleolítica de Israel levou os cientistas a concluir que esta se trata da mais antiga descoberta que aponta para o controle do fogo por parte do homem. O uso do fogo é um dos fatores que contribuíram para a evolução de nossos ancestrais pré-históricos.

Apesar de o fogo ser usado pelo homem há cerca de 1 milhão de anos, a aprendizagem sobre como acendê-lo e controlá-lo para uso doméstico só aconteceu muito depois.

https://tinyurl.com/yal2ab2b Acesso em: 10.04.2018. Adaptado.

Assinale a alternativa que explica, corretamente, por que o uso do fogo é considerado um dos fatores que contribuíram para o desenvolvimento dos homens pré-históricos.

  1. O controle do fogo e a descoberta da pólvora possibilitaram o desenvolvimento de armas de precisão e longo alcance utilizadas nas guerras entre grupos humanos rivais.
  2. O fogo era utilizado como arma de caça e fonte de calor, além de permitir o cozimento dos alimentos e, posteriormente, a fundição de metais.
  3. Durante o período da pré-história, o fogo foi utilizado como energia para impulsionar os motores de máquinas simples, principalmente de uso agrícola.
  4. Para produzir e controlar o fogo, os grupos pré-históricos foram obrigados a se estabelecer em áreas próximas às fogueiras, deixando o nomadismo e iniciando o processo de sedentarização.
  5. A descoberta do fogo permitiu o desenvolvimento de atividades culturais, como o Teatro, que eram realizadas em volta da fogueira e desenvolveram-se rapidamente no período pré-histórico.

10. (UFSM) No período “Neolítico ou Nova Idade da Pedra, [...] diversos grupos humanos passaram a polir a pedra. [...] Os instrumentos assim obtidos eram muito mais eficazes do que os de pedra lascada. Grupos nômades de caçadores-coletores passaram a fixar- se nas margens dos rios, onde construíam suas habitações, pescavam, caçavam e coletavam frutas, raízes e cereais.”

Fonte: ARRUDA, José J; PILETTI, Nelson. Toda a História. São Paulo: Ática, 2007. p. 11.

O texto acima caracteriza o início do período Neolítico, no qual ocorrem importantes inovações:

I → a domesticação de animais selvagens e o surgimento do pastoreio.

II → a manipulação de plantas silvestres e o plantio de trigo, cevada e aveia.

III → a substituição dos instrumentos de pedra por artefatos de bronze, cobre e ferro.

IV → a diferenciação social, o surgimento das classes sociais e da propriedade privada.

Está(ão) correta(s)

  1. apenas I.
  2. apenas I e II.
  3. apenas II e III.
  4. apenas III e IV.
  5. I, II, III e IV.

11. (UECE) É admirável a variedade de habitats ocupados pelos primeiros humanos que possivelmente iniciaram o povoamento da América em seu ponto mais meridional na Terra do Fogo, no extremo sul do continente. A chegada na América comprova a engenhosidade, adaptabilidade e capacidade migratória excepcional insuperável do

  1. Homo habilis.
  2. Homo neanderthalensis.
  3. Homo de denisova.
  4. Homo sapiens.

12. (Fuvest) Um elemento essencial para a evolução da dieta humana foi a transição para a agricultura como o modo primordial de subsistência. A Revolução Neolítica estreitou dramaticamente o nicho alimentar ao diminuir a variedade de mantimentos disponíveis; com a virada para a agricultura intensiva, houve um claro declínio na nutrição humana. Por sua vez, a industrialização recente do sistema alimentar mundial resultou em uma outra transição nutricional, na qual as nações em desenvolvimento estão experimentando, simultaneamente, subnutrição e obesidade.

George J. Armelagos, “Brain Evolution, the Determinates of Food Choice, and the Omnivore’s Dilemma”, Critical Reviews in Food Science and Nutrition, 2014. Adaptado.

A respeito dos resultados das transformações nos sistemas alimentares descritas pelo autor, é correto afirmar:

  1. A quantidade absoluta de mantimentos disponíveis para as sociedades humanas diminuiu após a Revolução Neolítica
  2. A invenção da agricultura, ao diversificar a cesta de mantimentos, melhorou o balanço nutricional das sociedades sedentárias
  3. Os ganhos de produtividade agrícola obtidos com as revoluções Neolítica e Industrial trouxeram simplificação das dietas alimentares
  4. As populações das nações em desenvolvimento estão sofrendo com a obesidade, por consumirem alimentos de melhor qualidade nutricional
  5. A dieta humana pouco variou ao longo do tempo, mantendo-se inalterada da Revolução Neolítica à Revolução Industrial

13. (UFRR) Assinale a alternativa que corresponde às características do homem no Paleolítico:

  1. praticava a agricultura e o comércio nos pequenos núcleos urbanos.
  2. desenvolvia grandes sistemas de irrigação e drenagens, com complexas construções em formas de pirâmides.
  3. trabalhava na metalúrgica, em especial, na fabricação de armas de guerra e instrumentos agrícolas.
  4. vivia de atividades como a caça e coleta de frutos silvestres, habitando em regiões de savanas e utilizando acampamentos provisórios.
  5. abandonou a caça e a coleta, tornando-se sedentário no desenvolvimento de práticas agrícolas e do pastoreio.

14. (UNINTA) A “Pré história” é um período que expressa as produções humanas observadas ao longo da história sem a intervenção da escrita, através da observação de símbolos, pinturas rupestres, fósseis, sítios arqueológicos, fragmentos de cerâmica, dentre outras coisas.

Sobre esse período podemos afirmar que:

  1. O período paleolítico também é conhecido como pedra polida.
  2. O período neolítico pode ser chamado de pedra lascada.
  3. O sedentarismo, a produção agrícola e a domesticação de animais estão inseridos no período neolítico
  4. As pinturas rupestres surgiram na Idade dos Metais.
  5. O desenvolvimento da agricultura acorreu no período paleolítico.

15. (FATEC) Aproximadamente 12 mil anos atrás, a última era glacial chegava ao fim. Nesse período, os grupos humanos da região do chamado “Crescente Fértil” já haviam aperfeiçoado o uso de ossos, madeira e marfim para fabricar agulhas com furos, arpões, lanças, pontas e garfos e, usando pedras polidas, começaram a fabricar enxadas, foices, pilões e machados, inaugurando um período que chamamos de Neolítico.

Esse período é caracterizado principalmente pela

  1. descoberta do fogo e pela invenção da escrita.
  2. descoberta da fundição dos metais e pelo surgimento das primeiras cidades.
  3. invenção da agricultura e pela sedentarização dos primeiros grupos humanos.
  4. invenção da roda e pela mecanização da produção agrícola.
  5. invenção dos números e pelo surgimento do capitalismo.


.