Home > Banco de Questões > História > Idade Contempôranea

Franquismo

Lista de 06 exercícios de História com gabarito sobre o tema Franquismo com questões de Vestibulares.

Confira as videoaulas, teoria e questões sobre: História Geral.





01. (FGV) "Calcula-se que 35 mil homens combateram nas Brigadas Internacionais, sendo que nunca houve mais do que 15 mil brigadistas ao mesmo tempo na Espanha. Em nome da luta antifascista, quase 10 mil voluntários pró-republicanos morreram na Guerra Civil Espanhola (...) A Espanha, por sua vez, ficou sob domínio da ditadura franquista de 1939 até a morte do caudilho, em 20 de novembro de 1975 (...) Estima-se (...) que entre 28 mil e 30 mil pessoas que lutaram contra os nacionalistas tenham morrido depois da guerra, executadas ou nos cárceres. 300 mil exilados e os 8 mil republicanos entregues aos nazistas (...)." (adap. de Gisela Beiguelman - Messina)

Entre as muitas razões da derrota republicana / socialista na Espanha está:p>

  1. o apoio alemão aos brigadistas, que rompeu a unidade no campo socialista;
  2. o Comitê de Não-intervenção Europeu, que permitiu não somente o avanço franquista, mas também o fortalecimento da Alemanha nazista e da Itália fascista;
  3. o excessivo profissionalismo militar das Brigadas, que as afastaram do apoio popular;
  4. o caráter da reforma agrária, via Lei dos Bens Comunais, proposta pelos republicanos espanhóis, que descontentou em muito os camponeses;
  5. a forte resistência nacionalista-franquista na região da Catalunha, principalmente em Barcelona.

02. (FUVEST SP) O regime franquista espanhol (1939-1975) pode ser caracterizado como:

  1. uma ditadura de tipo misto, que se baseou tanto no poder do general Franco, quanto na figura carismática do rei.
  2. uma ditadura fascista, semelhante à de Mussolini, procurando converter a região do Mediterrâneo em área sob sua influência.
  3. uma ditadura pessoal, baseada exclusivamente na figura do general Franco, que recusou a formação de instituições coletivas.
  4. uma ditadura fascista, idêntica à de Mussolini e de Hitler, a ponto de o general Franco enviar tropas para combater a União Soviética.
  5. uma ditadura fascista, que evitou amplas mobilizações de massa, com forte influência católica.

03. (UFRGS) Um golpe militar na Espanha, comandado por Francisco Franco e contra o governo republicano, iniciou um grande conflito: a Guerra Civil Espanhola (1936-1939).

Considere as afirmações abaixo sobre essa guerra.

I. Ela apresentou um caráter fortemente ideológico e revolucionário com a atuação das Brigadas Internacionais em apoio à República.

II. Ela permitiu que a Alemanha, por meio da Legião Condor, testasse seus armamentos e táticas contra os republicanos.

III. Ela favoreceu Francisco Franco, graças à política de “não intervenção” da Inglaterra e da França.

Quais estão corretas?

  1. Apenas I.
  2. Apenas III.
  3. Apenas I e II.
  4. Apenas II e III.
  5. I, II e III.

04. (Uece - adaptado) A Guerra Civil Espanhola é considerada por muitos autores como um “ensaio para a Segunda Guerra Mundial”. Assinale a alternativa que indica corretamente essa ideia:

  1. Ao experimentar novas armas, em mãos espanholas, tanto americanos quanto soviéticos testaram seu poderio militar em estratégias modernas de guerra.
  2. O conflito político espanhol, ao colocar lado a lado liberais e anarquistas, atestou a possibilidade de união desses grupos contra a expansão da URSS.
  3. A intervenção dos fascistas italianos e dos nazistas alemães contra as forças republicanas espanholas serviu de teste para as armas que seriam usadas contra os aliados.
  4. A vitória do General Franco serviu para demonstrar a fragilidade das armas e da diplomacia alemã.
  5. A adesão dos britânicos ao lado dos anarquistas no conflito foi uma demostração clara do Reino Unido contra as intenções alemãs na Espanha.

05. (UFRGS) A Guerra Civil Espanhola iniciada em 1936, tradução sangrenta de duas Espanhas e ponto focal de uma atormentada história, tornou-se o mito fundador da luta internacional contra o fascismo. Assinale a alternativa correta sobre o tema.

  1. A Espanha, que jamais vivera um regime republicano ou a vitória eleitoral de regimes de esquerda, observou em 1936 um golpe de Estado desencadeado pelos comunistas. Foi o começo da Guerra Civil.
  2. Os regimes totalitários da época, como a Itália de Mussolini e a Alemanha de Hitler, preferiram não colaborar materialmente com a facção nacionalista espanhola, temendo a reação das democracias espanholas.
  3. A Guerra Civil terminou com a vitória dos nacionalistas sobre os republicanos. A era franquista estava aberta. A Espanha vermelha, derrotada. Os militantes de esquerda, antigos combatentes republicanos, foram perseguidos no quadro da feroz repressão do “terror branco”.
  4. Após a vitória, o general Francisco Franco proclamou a República e extinguiu a monarquia em nome da democracia. Instituiu-se o sufrágio universal, com extensão do voto, inclusive, às mulheres e aos soldados.
  5. Os nacionalistas espanhóis, agrupados na Falange e adeptos de práticas fascistas, ao serem derrotados na Guerra Civil, partiram para outros países para divulgar suas causas.

06. (Fuvest) Em seu famoso painel Guernica, Picasso registrou a trágica destruição dessa cidade basca por:

  1. ataques de tropas nazistas durante a Segunda Guerra Mundial;
  2. republicanos espanhóis apoiados pela União Soviética durante a Guerra Civil;
  3. forças do Exército Francês durante a Primeira Guerra Mundial;
  4. tropas do governo espanhol para sufocar a revolta dos separatistas bascos;
  5. bombardeio da aviação alemã em apoio ao general Franco contra os republicanos.

Oi, aqui é o criado do Projeto Agatha. Você pode responder a uma pesquisa rápida? Ela vai ajudar no meu Projeto de Iniciação Científica da faculdade (IFNMG). É só clicar nessa barrinha.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avise para a gente | Email ou WhatsApp



.