Home > Banco de Questões > História > Idade Contempôranea

Revolução Islâmica

Lista de 10 exercícios de História com gabarito sobre o tema Revolução Islâmica com questões de Vestibulares.

Confira as videoaulas, teoria e questões sobre: História Geral.





01. (UPE) O fundamentalismo islâmico, uma tendência oculta por muito tempo, embora poderosa na vida do Oriente Médio, chamou a atenção do mundo com a Revolução iraniana de 1979. Valendo-se da significativa renda do petróleo iraniano, o aiatolá Khomeini criou um ‘Serviço para a exportação da Revolução islâmica’. No ano de 1982, milhares de militantes jovens de cerca de sessenta países estavam sendo treinados para divulgar sua mensagem contagiante por todo o mundo.

A principal característica sociopolítica da revolução iraniana foi a

  1. defesa de reformas sociais, além da tentativa de recuperar valores religiosos e tradicionais do islamismo.
  2. instauração de um governo democrático e a total separação entre religião e política, anulando o antigo Estado teocrático.
  3. resolução das tensões políticas entre Estados Unidos e Irã mediante acordos diplomáticos.
  4. aproximação com o Ocidente por meio de uma grande abertura social e política.
  5. radicalização no âmbito social e político, depois da morte de Khomeini, em 1989.

02. (UNEMAT) No mês de janeiro de 2009, comemorou-se trinta anos da Revolução Islâmica no Irã.

Sobre o tema, assinale a alternativa incorreta.

  1. O xá Rheza Pahlevi, destituído do poder no processo revolucionário, mantinha uma aliança política e econômica com a União Soviética que, na época, interveio militarmente em um país de religião islâmica – o Afeganistão.
  2. Uma das razões da Revolução foi que a maioria xiita da população iraniana não aprovava as medidas modernizantes do xá Rheza Pahlevi, por achá-las contrárias às tradições do Islã.
  3. O interesse dos Estados Unidos em apoiar o governo de Rheza Pahlevi era a manutenção do acesso irrestrito às jazidas petrolíferas daquele país.
  4. O líder da Revolução Islâmica foi o Aiatolá Khomeini que, na época, estava exilado na França desde 1963.
  5. Com a vitória dos revolucionários, o poder passou às mãos dos aiatolás (líderes religiosos) que tornaram o Irã uma república islâmica.

03. (MULTIVIX) Leia o texto e responda à questão:

Ao longo da década de 1970, o Irã passava por um momento de instabilidade política e social, o qual, no final dessa década, culminou em um levante popular que decretaria o fim de uma monarquia autocrática e ditatorial do xá Mohammed Reza Pahlavi. Desta forma, iniciava-se no Irã a República Teocrática Islâmica, liderada pelo aiatolá Ruhlloh Khomeini. O processo de queda da monarquia e promulgação de uma República Teocrática Islâmica, o qual, a historiografia denominou Revolução Iraniana, foi mundialmente explorado pelos meios de comunicação de massa, inclusive no Brasil.

Fonte: ZANONI, David Anderson. Do xá ao aiatolá: a Revolução Iraniana através de Veja (1978-1979). Oficina do Historiador, Porto Alegre, EDIPUCRS, Suplemento especial – I EPHIS/PUCRS- 27 a 29.05.2014, p.89-108.

Sobre o contexto que antecede e de início da Revolução Iraniana é INCORRETO afirmar:

  1. O governo do xá Mohammed Reza Pahlevi, era aprovado por uma população cada vez mais contente em virtude da política estatal, da diminuição das diferenças sociais, além boas condições de trabalho, sobretudo, dos funcionários das petrolíferas.
  2. Na década de 1970 intensificaram-se contestações populares a uma política excludente e de privilégios às elites iranianas.
  3. A abertura do país ao capital estrangeiro, principalmente estadunidense, gerou contestação que foram se agravando e tomando contornos irreversíveis. O discurso de “ocidentalização” e “destruição” dos costumes islâmicos, já se encontravam enraizados na sociedade iraniana há gerações.
  4. No contexto de descontentamento por parte da população, líderes religiosos incitaram a população. Neste processo tem destaque do líder religioso, o aiatolá Khomeini, exilado pela ditadura do xá desde 1964.
  5. Em um processo de instabilidade política e social, as mesquitas foram os locais de organização para a insurgência iniciada em 1978.

04. (ESPM) Em 1979, há 30 anos, uma revolução popular no Irã derrubou a ditadura do Xá Mohhammed Reza Pahlevi. Batizada, retroativamente, de ‘Revolução Islâmica’, por causa do papel hegemônico exercido pelo clero xiita, liderado pelo aiatolá Khomeini, o movimento mudou o mapa político do Oriente Médio.

(Revista História Viva. No 65)

Sobre a mudança no mapa político do Oriente Médio mencionada no texto, é correto assinalar:

  1. o governo iraniano, nascido da Revolução Islâmica de 1979, estabeleceu profundo laço de cooperação com os EUA.
  2. o novo governo iraniano, nascido da Revolução Islâmica, redirecionou a política externa praticada pelo Xá Mohhammed Reza Pahlevi, tendo firmado uma parceria com Israel.
  3. com a Revolução Islâmica, dirigida do exterior pelo aiatolá Khomeini, o Irã tornou-se um Estado teocrático fechando- se para o Ocidente.
  4. o Estado iraniano constituído com a Revolução Islâmica, adotou uma política totalmente isolacionista em temas como as relações com a maioria xiita (que predomina no Iraque e o movimento palestino).
  5. a ascensão ao poder no Irã de um governo xiita, dirigido pelos líderes religiosos fundamentalistas, não teve nenhuma relação com a guerra entre Irã e Iraque na década de 80.

05. (UFRGS) Considere as afirmações abaixo, sobre a Revolução Iraniana de 1979 e suas consequências.

I - A revolução iniciou como um amplo movimento de contestação à monarquia do xá Reza Pahlevi e acabou cooptada por setores islâmicos radicais, representados pelo aiatolá Khomeini, que se tornaria Líder Supremo do país.

II - A República Islâmica, fundada após a vitória da revolução, logo entrou em uma longa guerra contra a União Soviética e foi finalmente derrotada em 1989.

III - Um grupo de jovens radicais islâmicos, em novembro de 1979, iniciou uma longa tomada de reféns na embaixada norte-americana do país, em retaliação ao apoio dos Estados Unidos ao xá deposto que duraria até 1981.

Quais estão corretas?

  1. Apenas I.
  2. Apenas II.
  3. Apenas I e III.
  4. Apenas II e III.
  5. I, II e III.

06. (UFRN) No final da década de 1970, o xá Reza Pahlevi, ditador pró-Ocidente, foi destituído do poder pela Revolução do Irã, levando às ruas uma multidão que agiu com violência. Imediatamente após a Revolução, assumiu o poder no país

  1. uma liderança religiosa e política xiita, que prendeu os seus opositores, censurou os meios de comunicação e proibiu manifestações da cultura ocidental.
  2. uma facção religiosa fundamentalista, que, inspirada na revolução socialista russa, nacionalizou as companhias de petróleo e defendeu a ocidentalização da cultura nacional.
  3. um partido nacionalista sunita, que estreitou as ligações com o mundo oriental e contou com o apoio de países árabes interessados no petróleo da região.
  4. um grupo de califas pan-islâmicos, que expulsou os ocidentais do país e lançou uma fatwa (decreto religioso) determinando que os muçulmanos deveriam matar os norte-americanos e seus aliados.

07. (PUC-RJ) Em janeiro de 1979, Reza Pahlevi, Xá do Irã, frente à crescente oposição política e popular, fugiu do país criando uma crise política que culminou com a vitória dos partidários do clérigo xiita Ruholá Khomeini.

Assinale a alternativa que indica corretamente a política da República Islâmica do Irã após a revolução.

  1. A nacionalização dos recursos naturais impedia o processo de exploração do petróleo pelas grandes empresas multinacionais que, até então, tinham sede no país.
  2. A adesão do Irã à União das Repúblicas Socialistas Soviética, o que agravou ainda mais tensões da chamada segunda Guerra Fria.
  3. A criação de um sistema político multipartidário e democrático.
  4. A imediata declaração de “guerra santa” contra os sunitas do Iraque, governado nessa época por Saddam Hussein.
  5. Aceitação da existência de um Estado judeu na Palestina e o estabelecimento de relações diplomáticas com Israel.

08. (ESCS) “Foi a derrubada do Xá do Irã em 1979, de longe a maior de todas as revoluções da década de 1970, e que entrará na história como uma da s grandes revoluções sociais do século XX”.

(Eric J. Hobsbawn. Era dos Extremos: o breve século XX: 1914-1991, p. 440).

A opção a seguir que melhor explicita a originalidade da revolução iraniana no século XX é:

  1. inspirou-se nos ideários do iluminismo francês;
  2. criou um Estado teocrático como base para a organização da sociedade civil;
  3. foi o primeiro movimento revolucionário no Golfo Pérsico de inspiração nasserista;
  4. foi um movimento de inspiração terceiro mundista que propunha a construção de um estado socialista;
  5. destacou-se por construir um estado laico.

09. (UEG-GO) Numa região altamente conflituosa, um novo foco de tensão foi aberto em 1979, quando uma insurreição popular derrubou o xá Reza Pahlevi do Irã.

ARRUDA, José J.; PILETTI, Nelson. Toda a História: história geral e do Brasil. São Paulo: Ática, 2000. p. 497.

O texto citado aborda a chamada Revolução Iraniana de 1979, que alterou a geopolítica do Irã no cenário internacional. Nesse sentido, a consequência da revolução para o Irã foi

  1. o aumento da influência socialista no país, que ingressou no bloco dos países liderados pela União Soviética.
  2. o domínio político pelos aiatolás, que romperam com os EUA e transformaram o país numa república teocrática.
  3. a adoção de preceitos políticos do liberalismo ocidental, especialmente o reforço da secularização do Estado.
  4. a criação de um bloco econômico no Oriente Médio, a partir da superação das divergências com o Iraque.

10. (UDESC) O Irã é oficialmente uma República Islâmica, conhecido até a primeira metade do século XX apenas como Pérsia. Em 1979 houve uma revolução que fez aquele país sair da condição de Monarquia Autocrática para República Islâmica.

Sobre o Irã e a condição de República Islâmica, é incorreto afirmar que:

  1. o Aiatolá Khomeini foi o grande promotor da Revolução Islâmica, que visivelmente começava a se opor à ocidentalização pela qual o Irã passava.
  2. a Revolução Iraniana que derrubou o Xá Mohammad Reza Pahlevi contou com apoio de amplos setores sociais num primeiro momento, para em seguida fazer chegar ao poder os aiatolás.
  3. o Irã Persa é árabe e, por extensão, islâmico, pois todos os islâmicos são árabes e vice-versa.
  4. entre 1980 e 1988, o Irã entrou em sangrento conflito com o Iraque, pouco tempo depois de ter passado pela Revolução.
  5. recentemente o Irã foi acusado pela comunidade internacional de possuir armas nucleares.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avise para a gente | Email ou WhatsApp



.