Home > Banco de Questões > História > Simulados

Idade Contemporânea I

Lista de 15 exercícios de História com gabarito sobre o tema Idade Contemporânea com questões de Vestibulares.



01. (UFPR) Considere o seguinte excerto:

O estudo objetivo e sistemático da sociedade e dos comportamentos humanos é um desenvolvimento relativamente recente, cujos primórdios datam de fins do século XVIII. Um desenvolvimento-chave foi o uso da ciência para compreender o mundo – a ascensão de uma abordagem científica ocasionou uma mudança radical na perspectiva e na sua compreensão. Uma após a outra, as explicações tradicionais e baseadas na religião foram suplantadas por tentativas de conhecimento racionais e críticas. [...] O cenário que dá origem à sociologia foi a série de mudanças radicais introduzidas pelas “duas grandes revoluções” da Europa dos séculos XVIII e XIX. [...] A ruptura com os modos de vida tradicionais desafiou os pensadores a desenvolverem uma compreensão tanto do mundo social como do natural. Os pioneiros da sociologia foram apanhados pelos acontecimentos que cercaram essas revoluções e tentaram compreender sua emergência e consequências potenciais.

(GIDDENS, Anthony. Sociologia. Porto Alegre: Artmed, 2005. p. 27-28.)

Quais são as revoluções a que Anthony Giddens faz referência?

  1. Revolução Russa e Revolução Chinesa.
  2. Revolução dos Cravos e Revolução Francesa.
  3. Revolução Industrial e Revolução Inglesa.
  4. Revolução Francesa e Revolução Industrial.
  5. Revolução Proletária e Revolução Comunista.

02. (ACAFE) Nos momentos finais da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), soviéticos e estadunidenses combatiam o mesmo adversário: os nazistas. No entanto, as diferenças e antagonismos entre as duas nações já estavam evidentes antes mesmo do término da guerra. Após 1945, e com o status de vencedores, estas rivalidades ficaram mais evidentes e iniciaram um período conhecido como Guerra Fria.

Em relação ao contexto da Guerra Fria, todas as alternativas abaixo estão corretas, exceto a alternativa:

  1. O Pacto de Varsóvia foi uma aliança militar criada pela União Soviética e países da Europa Oriental em resposta à criação da OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte).
  2. O Plano Marshall permitiu aos Estados Unidos (EUA) emprestar dinheiro para a reconstrução da Europa, reativando a economia e reforçando a influência capitalista no continente europeu.
  3. A Doutrina Truman foi uma resposta soviética ao Plano Marshall e foi decisiva para a reconstrução da Europa Oriental. A parte de Berlim ocupada pela União Soviética serviu de modelo desta reconstrução.
  4. O termo “macarthismo” é uma referência ao Senador estadunidense Joseph McCarthy, que articulou um movimento nacional que perseguia os suspeitos de participar do partido comunista.

03. (UEL) Para proteger o seu patrimônio, o museu do Louvre, em Paris, transferiu para locais secretos grande parte de seu acervo mais valioso e representativo durante a Segunda Guerra Mundial. O Brasil participou dessa Guerra, como documentado no museu da Força Expedicionária Brasileira, no Rio de Janeiro. Os documentos registram o envio de mais de 25 mil integrantes, dos quais cerca de 12 mil foram feridos e, aproximadamente, 470 mortos.

Sobre essa guerra, é correto afirmar que os brasileiros combateram os

  1. anarquistas.
  2. comunistas.
  3. fascistas.
  4. monarquistas.
  5. socialistas.

04. (UFPR) Com o fim da Segunda Guerra Mundial, foram constituídas zonas de influência geopolítica caracterizadas pela hegemonia ostentada por duas superpotências econômicas e militares que emergiram do conflito: Estados Unidos e União Soviética.

Sobre o período que se convencionou denominar como “Guerra Fria”, é correto afirmar:

  1. Índia, Egito e África do Sul permaneceram neutros durante a Guerra Fria, não se alinhando ao sistema bipolar.
  2. Acordos econômicos eram efetivados entre o Japão e a China, que se mantiveram neutros em relação aos conflitos do Ocidente.
  3. Nos anos cinquenta do século XX, os Estados Unidos e a União Soviética assinaram um pacto para evitar a proliferação de armas nucleares.
  4. O macarthismo, movimento político desenvolvido nos Estados Unidos durante a década de 1950, manifestou-se pelo fim das hostilidades entre soviéticos e estadunidenses.
  5. Com a morte do líder soviético Stálin, ocorrida no ano de 1953, o sistema mundial de dominação bipolar foi dissolvido, sendo criada no ano seguinte a Liga das Nações.

05. (UERJ)

Na esfera das relações internacionais, o contexto histórico ao qual a personagem faz referência era marcado por uma divisão do mundo decorrente sobretudo do seguinte fator:

  1. disputa religioso-cultural
  2. antagonismo étnico-linguístico
  3. bipolaridade político-ideológica
  4. rivalidade financeiro-comercial

06. (UFPR) Estou tentando resgatar o pobre tecelão de malhas, o meeiro luddita, o tecelão do “obsoleto” tear manual, o artesão “utópico” e mesmo o iludido seguidor de Joanna Southcott, dos imensos ares superiores de condescendência da posteridade. Seus ofícios e tradições podiam estar desaparecendo. Sua hostilidade frente ao novo industrialismo podia ser retrógrada. Seus ideais comunitários podiam ser fantasiosos. Suas conspirações insurrecionais podiam ser temerárias. Mas eles viveram nesses tempos de aguda perturbação social, e nós não. Suas aspirações eram válidas nos termos de sua própria experiência.

(E. P. Thompson. A formação da classe operária inglesa. V.1(4. ed.). São Paulo: Companhia das Letras, 2004, p. 13.)

Com base no trecho acima, assinale a alternativa correta.

  1. O novo industrialismo substituiu as técnicas tradicionais de trabalho e os modos de vida dos camponeses, evidenciando o progresso das técnicas da manufatura fabril.
  2. Os trabalhadores ingleses já estavam agrupados em partidos políticos antes mesmo do surgimento da industrialização, demonstrando uma organização que seguia cada ofício de trabalho, como o alfaiate, o artesão e o tecelão.
  3. Os trabalhadores que viveram antes da era da industrialização tiveram sua memória utilizada como símbolo de resistência dos movimentos operários posteriores.
  4. A história que a classe operária inglesa contou sobre a industrialização não leva em consideração o crescimento econômico do período, nem o papel de liderança assumido pelos empresários industriais.
  5. As hostilidades dos trabalhadores ingleses às novas técnicas industriais informam o modo como os indivíduos foram afetados pelo surgimento da industrialização.

07. (UECE) No ano de 1472, o filósofo italiano Marsílio Ficino, em uma carta, apresenta sua opinião sobre a imprensa: segundo ele, esta invenção resulta de uma característica própria de uma época de ouro.

Trata-se de uma época em que as antigas artes liberais se uniram a uma invenção que caracteriza a fase

  1. contemporânea da história.
  2. industrial da história.
  3. moderna da história.
  4. clássica da história.

08. (UFMS) Em 11 de novembro de 1919, a Primeira Guerra Mundial chegou ao fim, deixando um saldo aproximado de 10 milhões de mortos e 30 milhões de feridos entre civis e militares, segundo o historiador inglês Eric Hobsbawm (2013). Nesse contexto, alguns acordos de paz foram estabelecidos.

Assinale a alternativa correta que congrega os principais pontos do Tratado de Trianon.

  1. Retirou da Hungria, separada da Áustria desde 31 de outubro de 1918, dois terços de seu território, e três milhões de húngaros ficaram em terras estrangeiras, a maioria, na Romênia.
  2. O tratado ratificou a responsabilidade da Alemanha como única causadora do conflito, impondo uma série de indenizações aos países vencedores.
  3. Retirou do Império Otomano a posse dos países árabes.
  4. Assinado com as potências centrais, retirou a Rússia da Guerra. Como consequência, o Império Russo perdeu grande quantidade de território para a Alemanha, como a Polônia e a Finlândia.
  5. O tratado partilhou o Império Otomano entre Reino da Grécia, Reino da Itália, o Império Britânico e a República da França.

09. (UECE) Atente para o seguinte trecho de um artigo de jornal: “Segundo o coordenador do Setor de Ciências Naturais e Sociais da Unesco no Brasil, Fabio Eon, os direitos humanos estão sendo alvo de uma onda conservadora que trata a expressão como algo politizado. — ‘Existe hoje uma tendência a enxergar direitos humanos como algo ideológico, o que é um equívoco. Os direitos humanos não são algo da esquerda ou da direita. São de todos, independentemente de onde você nasceu ou da sua classe social. É importante enfatizar isso para frear essa onda conservadora’ — ressalta Eon, que sugere um remédio para o problema: — ‘Precisamos promover uma cultura de direitos humanos’”.

Disponível em: O Globo. https://oglobo.globo.com/sociedade/os-direitos-humanosnao-sao-da-esquerda-ou-da-direita-sao-de-todos-23088573.

A Declaração Universal dos Direitos Humanos foi aprovada pela Assembleia Geral da ONU em 1948. Já a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão foi aprovada durante a primeira fase da Revolução Francesa, pela Assembleia Nacional Constituinte.

No que diz respeito à Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, é correto afirmar que

  1. apesar de ser um documento revolucionário moderno, tem suas premissas filosóficas no pensamento político de Aristóteles.
  2. é de inspiração hobbesiana, tendo seus primórdios nos inícios do Estado moderno.
  3. é de inspiração iluminista e liberal, sob influência de grandes pensadores do século XVIII, tais como Locke e Rousseau.
  4. é de inspiração marxista, no influxo dos grandes movimentos grevistas e reivindicatórios que aconteceram na França durante o século XIX.

10. (UFMS) Leia a frase a seguir.

“Esse é um pequeno passo para um homem, um salto gigante para a humanidade”

(Neil Armstrong).

A frase dita por Neil Armstrong em 20 de julho de 1969, quando o norte-americano foi o primeiro homem a pisar na Lua, se tornou uma das mais simbólicas do período denominado Guerra Fria, um conflito político-ideológico que polarizou o mundo na segunda metade do século XX.

Em relação à corrida espacial, assinale a alternativa correta.

  1. Foi um período de intensa corrida bélica entre os países que compunham a Tríplice Entente e a Tríplice Aliança, já que havia um clima de tensões e animosidades, podendo desencadear uma guerra a qualquer momento.
  2. Foi um acordo assinado entre Estados Unidos e União Soviética para não transferir a tecnologia espacial aos demais países. A ideia era promover um uso racional do espaço.
  3. Foi uma corrida tecnológica entre Estados Unidos e União Soviética a partir de 1957. Os Estados Unidos logo obtiveram vantagem quando inauguraram em 1961, a Estação Espacial Modular, que permitiu avanços significativos na tecnologia aeroespacial.
  4. Foi uma corrida tecnológica entre Estados Unidos e União Soviética a partir de 1957. A ideia era desenvolver tecnologia para a construção de aeronaves espaciais e satélites que ajudassem na exploração do espaço.
  5. Foi uma corrida tecnológica desenvolvida em parceria entre Estados Unidos e União Soviética a partir de 1945, para a construção de aeronaves espaciais e satélites que ajudassem na exploração do espaço.

11. (UECE) Os pensadores iluministas do século XVIII difundiram ideias liberais que ganharam força com a Revolução Francesa e a Independência dos Estados Unidos, e firmaram-se com as Revoluções de 1848.

No século XIX, o liberalismo defendia os interesses da

  1. classe operária.
  2. imprensa.
  3. elite industrial.
  4. burguesia.

12. (UFMS) Karl Marx foi um filósofo alemão que se destacou ao desenvolver um método de análise que ficou conhecido como materialismo histórico. Para Marx, a dimensão econômica era a base da sociedade. Para explicá-la, Marx analisou a sociedade do ponto de vista produtivo, os chamados “modos de produção”.

A respeito do modo de produção escravista, segundo as ideias de Marx, assinale a alternativa correta.

  1. Era caracterizado por religião primitiva; organização comunitária; propriedade coletiva, sem classes sociais; as forças produtivas baseadas no cultivo da terra, caça e colheita.
  2. Era caracterizado por uma religião de Estado; impérios centralizados; senhores x escravos; e cultivo da terra com base na escravidão.
  3. Era caracterizado por uma religião primitiva; impérios centralizados; senhores x escravos; e cultivo da terra com base na escravidão.
  4. Era caracterizado por uma religião de Estado; impérios centralizados; estados x escravos; propriedade estatal; e escravidão.
  5. Era caracterizado pela religião católica; poder descentralizado; senhores x servos; cultivo da terra; e arrendamento.

13. (UFPR) No preâmbulo da Declaração Universal dos Direitos Humanos, lê-se:

“[...] Considerando que o desconhecimento e o desprezo dos direitos do Homem conduziram a atos de barbárie que revoltam a consciência da Humanidade e que o advento de um mundo em que os seres humanos sejam livres de falar e de crer, libertos do terror e da miséria, foi proclamado como a mais alta inspiração do Homem [...]”. (grifo nosso)

A partir dos conhecimentos sobre o contexto histórico dessa declaração, assinale a alternativa que indica os eventos históricos em que ocorreram “atos de barbárie” no século XX, antes da publicação desse documento e que tiveram impacto na sua elaboração.

  1. Guerra Civil Russa e construção da Cortina de Ferro na Europa.
  2. Primeira Guerra Mundial e limpeza étnica na Iugoslávia.
  3. Guerra Civil Espanhola e ataques terroristas da Al-Qaeda nos Estados Unidos.
  4. Guerra Russo-Japonesa e genocídio dos tutsis em Ruanda.
  5. Segunda Guerra Mundial e Holocausto.

14. (ACAFE) Quase noventa anos já se passaram da Crise mundial de 1929. Seu início ocorreu nos Estados Unidos e seus reflexos atingiram muitos países.

Nesse contexto, todas as alternativas estão corretas, exceto a:

  1. O início da crise nos Estados Unidos está ligado diretamente aos gastos militares após a participação na Primeira Guerra Mundial (1914-1918).
  2. A diminuição das exportações gerou uma superprodução, produzindo-se mais do que os mercados consumiam, tendo como resultados: desemprego e falências de empresas.
  3. As especulações na Bolsa de Valores de Nova York aumentavam. Em 1929 os investidores tentavam vender suas ações. Muita gente vendendo e ninguém comprando, essa situação causou o “crash” (quebra) da bolsa.
  4. O Brasil foi atingido principalmente nas suas exportações de café. Os Estados Unidos eram um dos principais compradores e diminuíram muito a importação do café brasileiro.

15. (CESGRANRIO) O fim da I Guerra Mundial, em 1919, consagrou os Estados Unidos como a principal economia industrial do planeta. Analisando esse contexto, o historiador José Jobson Arruda escreveu:

Com a paz, os países europeus recomeçaram a produção de bens que importavam dos Estados Unidos durante o conflito. Com isso, caíram as exportações do país, e o mercado interno americano viu-se abarrotado de produtos que não conseguia absorver. […] A política do governo, essencialmente liberal, não poderia cogitar intervir na produção; os empresários, por sua vez, só viam seus interesses imediatos, logo, não concordavam com essa solução.

ARRUDA, J. J. A crise do capitalismo liberal. In: REIS FILHO, D. et al (org). O século XX. O tempo das crises. Revoluções, fascismos e guerras. V. 2. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2000. p. 23-24.

De acordo com o autor, uma das bases da crise capitalista de 1929 estaria na(o)

  1. inadequação entre produção industrial e demanda
  2. instituição do acordo comercial do GATT
  3. destruição do parque industrial europeu
  4. protecionismo alfandegário praticado pela Europa
  5. declínio do consumo internacional durante o pós-guerra


.