Home > Banco de Questões > Sociologia > Introdução à Sociologia >Introdução ao Estudo da Sociologia

Introdução ao Estudo da Sociologia

Lista de 10 exercícios de Sociologia com gabarito sobre o tema Introdução ao Estudo da Sociologia com questões de Vestibulares.


Você pode conferir as videoaulas, conteúdo de teoria, e mais questões sobre o tema aqui.



1. (UEM) O evolucionismo social do século XIX teve um papel fundamental na constituição da sociologia como ramo científico. Sobre essa corrente de pensamento, que reunia autores como Augusto Comte e Herbert Spencer, assinale o que for correto.

  1. O evolucionismo define que as estruturas, naturais ou sociais, passam por processo de diferenciação e integração que levam ao seu aprimoramento.
  2. O evolucionismo propõe que a evolução das sociedades ocorre em estágios sucessivos de racionalização.
  3. O evolucionismo considera o Estado Militar como a forma mais evoluída de organização social, fundamentada na cooperação interna e obrigatória.
  4. O evolucionismo rejeita o modelo político e econômico liberal, baseado na livre iniciativa e no laissez-faire, considerando-o uma orientação contrária à evolução social.
  5. O evolucionismo defende a unidade biológica e cognitiva da espécie humana, independente de variações particulares.

2. (UEM) O evolucionismo social do século XIX teve um papel fundamental na constituição da sociologia como ramo científico. Sobre essa corrente de pensamento, que reunia autores como Augusto Comte e Herbert Spencer, assinale o que for correto.

  1. O evolucionismo define que as estruturas, naturais ou sociais, passam por processo de diferenciação e integração que levam ao seu aprimoramento.
  2. O evolucionismo propõe que a evolução das sociedades ocorre em estágios sucessivos de racionalização.
  3. O evolucionismo rejeita o modelo político e econômico liberal, baseado na livre iniciativa e no laissez-faire, considerando-o uma orientação contrária à evolução social.
  4. O evolucionismo considera o Estado Militar como a forma mais evoluída de organização social, fundamentada na cooperação interna e obrigatória.
  5. O evolucionismo defende a unidade biológica e cognitiva da espécie humana, independente de variações particulares.

3. (Ufrgs) Tanto Augusto Comte quanto Karl Marx identificam imperfeições na sociedade industrial capitalista, embora cheguem a conclusões bem diferentes: para o positivismo de Comte, os conflitos entre trabalhadores e empresários são fenômenos secundários, deficiências, cuja correção é relativamente fácil, enquanto, para Karl Marx, os conflitos entre proletários e burgueses são o fato mais importante das sociedades modernas. A respeito das concepções teóricas desses autores, é CORRETO afirmar:

  1. Comte pensava que a organização científica da sociedade industrial levaria a atribuir a cada indivíduo um lugar proporcional capacidade, realizando-se assim a justiça social.
  2. Comte considera que a partir do momento em que os homens pensam cientificamente, a atividade principal das coletividades passa a ser a luta de classes que leva necessariamente à resolução de todos os conflitos.
  3. Marx acredita que a história humana é feita de consensos e implica, por um lado, o antagonismo entre opressores e oprimidos; por outro lado, tende a uma polarização em dois blocos: burgueses e proletários.
  4. Para Karl Marx, o caráter contraditório do capitalismo manifesta-se no fato de que o crescimento dos meios de produção se traduz na elevação do nível de vida da maioria dos trabalhadores embora não elimine as desigualdades sociais.
  5. Tanto Augusto Comte quanto Karl Marx concordam que a sociedade capitalista industrial expressa a predominância de um tipo de solidariedade, que classificam como orgânica, cujas características se refletirão diretamente em suas instituições.

4. (UEM) Sobre a relação entre a revolução industrial e o surgimento da sociologia como ciência, assinale o que for correto.

  1. A consolidação do modelo econômico baseado na indústria conduziu a uma grande concentração da população no ambiente urbano, o qual acabou se constituindo em laboratório para o trabalho de intelectuais interessados no estudo dos problemas que essa nova realidade social gerava.
  2. A migração de grandes contingentes populacionais do campo para as cidades gerou uma série de problemas modernos, que passaram a demandar investigações visando à sua resolução ou minimização.
  3. Os primeiros intelectuais interessados no estudo dos fenômenos provocados pela revolução industrial compartilhavam uma perspectiva positiva sobre os efeitos do desenvolvimento econômico baseado no modelo capitalista.
  4. Os conflitos entre capital e trabalho, potencializados pela concentração dos operários nas fábricas, foram tema de pesquisa dos precursores da sociologia e continuam inspirando debates científicos relevantes na atualidade.
  5. A necessidade de controle da força de trabalho fez com que as fábricas e indústrias do século XIX inserissem sociólogos em seus quadros profissionais, para atuarem no desenvolvimento de modelos de gestão mais eficientes e produtivos.

5. (UEM) Sobre a relação entre a revolução industrial e o surgimento da sociologia como ciência, assinale o que for correto.

  1. A consolidação do modelo econômico baseado na indústria conduziu a uma grande concentração da população no ambiente urbano, o qual acabou se constituindo em laboratório para o trabalho de intelectuais interessados no estudo dos problemas que essa nova realidade social gerava.
  2. A migração de grandes contingentes populacionais do campo para as cidades gerou uma série de problemas modernos, que passaram a demandar investigações visando à sua resolução ou minimização.
  3. Os primeiros intelectuais interessados no estudo dos fenômenos provocados pela revolução industrial compartilhavam uma perspectiva positiva sobre os efeitos do desenvolvimento econômico baseado no modelo capitalista.
  4. Os conflitos entre capital e trabalho, potencializados pela concentração dos operários nas fábricas, foram tema de pesquisa dos precursores da sociologia e continuam inspirando debates científicos relevantes na atualidade.
  5. A necessidade de controle da força de trabalho fez com que as fábricas e indústrias do século XIX inserissem sociólogos em seus quadros profissionais, para atuarem no desenvolvimento de modelos de gestão mais eficientes e produtivos.

6. (UEMA) Auguste Comte, Karl Marx e Émile Durkheim são considerados os grandes pilares da Sociologia como ciência burguesa. Nessa época, a Sociologia, para se afirmar no campo das ciências, adotou o Positivismo. Assinale a assertiva que melhor expressa o sentido do Positivismo sociológico.

  1. Busca da complexidade e dualidade – sociedade concebida como prenhe de conflitos e contradições; há uma circularidade entre todo e parte, ou seja, um determina o outro simultaneamente.
  2. Busca da objetividade e neutralidade – sociedade concebida como um organismo combinado de partes integradas e coesas que funcionam harmoniosamente, de acordo com um modelo físico ou mecânico de organização.
  3. Busca da singularidade e objetividade – sociedade concebida como mutável, visto que não há homem e nem sociedade ideal isolados na natureza, mas ambos conjugados concretamente a um momento histórico definido.
  4. Busca da complexidade e singularidade – sociedade e seus sistemas não atemporais. Privilégio da parte sobre o todo.
  5. Busca de subjetividade e pluralidade – sociedade é uma verdadeira máquina organizada, cujas partes, todas elas, contribuem de uma maneira diferente para o avanço do conjunto, adequando-se às demandas do mercado.

7. (UFMA) Os principais fatos histórico-sociais que propiciaram o surgimento da sociologia foram:

  1. a Revolução Russa e a Revolução Chinesa.
  2. a Revolução dos cravos em Portugal e a Revolução Moçambicana.
  3. a Revolução Mexicana e a Revolução Nicaragüense.
  4. a Revolução Industrial e a Revolução Francesa.
  5. a Revolução Cubana e a Revolução Chinesa.

8. (Upe) Leia o texto a seguir: (...) grandes mudanças que ocorreram na história da humanidade, aquelas que aconteceram no século XVIII — e que se estenderam no século XIX — só foram superadas pelas grandes transformações do final do século XX. As mudanças provocadas pela revolução científicotecnológica, que denominamos Revolução Industrial, marcaram profundamente a organização social, alterando-a por completo, criando novas formas de organização e causando modificações culturais duradouras, que perduram até os dias atuais.

DIAS, Reinaldo. Introdução à sociologia. São Paulo: Persons Prentice Hall, 2004, p. 124.

Percebe-se que as transformações ocorridas nas sociedades ocidentais permitiram a formação de relações sociais complexas. Nesse sentido, a Sociologia surgiu com o objetivo de compreender essas relações, explicando suas origens e consequências. Sobre o surgimento da Sociologia e das mudanças históricas apontadas no texto, assinale a alternativa CORRETA.

  1. A grande mecanização das fábricas nas cidades possibilitou o desenvolvimento econômico da população rural por meio do aumento de empregos.
  2. A divisão social do trabalho foi minimizada com as novas tecnologias introduzidas pelas revoluções do século XVIII.
  3. A Sociologia foi uma resposta intelectual aos problemas sociais, que surgiram com a Revolução Industrial.
  4. O controle teológico da sociedade foi possível com o emprego sistemático da razão e do livre exame da realidade.
  5. As atividades rurais do período histórico, tratado no texto, foram o objeto de estudo que deu origem à Sociologia como ciência.

9. (Unpe) Sobre os fatos históricos que influenciaram o surgimento da Sociologia, assinale a alternativa correta.

  1. A Revolução Industrial promoveu um processo de urbanização e, consequentemente, de diversos problemas sociais.
  2. A nobreza francesa obteve sucesso na manutenção das estruturas de poder feudal, sendo considerada a classe vitoriosa da Revolução Francesa.
  3. Os Iluministas defendiam um pensamento sem engajamento político a fim de resguardar a objetividade necessária ao fazer científico.
  4. A atuação dos líderes revolucionários, como a de Robespierre para Revolução Francesa, destacou-se como objeto de análise dos precursores da Sociologia.
  5. A Revolução Industrial reproduziu as estruturas de classe do período histórico anterior, o que permitiu a consolidação da sociedade capitalista.

10. (Unpe) Sobre a relação entre senso comum e conhecimento científico, considere as afirmativas a seguir.

I. A Sociologia, como representante do conhecimento científico, permite a desnaturalização dos fenômenos sociais nas formas apresentadas pelo senso comum.

II. Enquanto o senso comum está submetido à experiência e às aparências, a validade do conhecimento científico está submetida aos dados, metodologicamente conquistados.

III. O preconceito racial é um exemplo de senso comum, cabendo às ciências sociais compreender seus mecanismos sociais de funcionamento.

IV. O senso comum é um elemento da cultura de uma sociedade e, portanto, não está acessível para a análise do conhecimento científico.

Assinale a alternativa correta.

  1. Somente as afirmativas I e II são corretas.
  2. Somente as afirmativas I e IV são corretas.
  3. Somente as afirmativas III e IV são corretas.
  4. Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
  5. Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Email ou WhatsApp