Home > Banco de Questões > Biologia >

Genética

Lista de 15 exercícios de Biologia com gabarito sobre o tema Genética com questões do Enem.



Genética

01. (Enem 2019) Com base nos experimentos de plantas de Mendel, foram estabelecidos três princípios básicos, que são conhecidos como leis da uniformidade, segregação e distribuição independente. A lei da distribuição independente refere-se ao fato de que os membros de pares diferentes de genes segregam-se independentemente, uns dos outros, para a prole.

TURNPENNY, P. D. Genética médica. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009 (adaptado).

Hoje, sabe-se que isso nem sempre é verdade. Por quê?

  1. distribuição depende do caráter de dominância ou recessividade do gene.
  2. Os organismos nem sempre herdam cada um dos genes de cada um dos genitores.
  3. As alterações cromossômicas podem levar a falhas na segregação durante a meiose.
  4. Os genes localizados fisicamente próximos no mesmo cromossomo tendem a ser herdados juntos.
  5. O cromossomo que contém dois determinados genes pode não sofrer a disjunção na primeira fase da meiose.

Genética

02. (Enem 2018) Um estudante relatou que o mapeamento do DNA da cevada foi quase todo concluído e seu código genético desvendado. Chamou atenção para o número de genes que compõem esse código genético e que a semente da cevada, apesar de pequena, possui um genoma mais complexo que o humano, sendo boa parte desse código constituída de sequências repetidas. Nesse contexto, o conceito de código genético está abordado de forma equivocada.

Cientificamente esse conceito é definido como

  1. trincas de nucleotídeos que codificam os aminoácidos.
  2. localização de todos os genes encontrados em um genoma.
  3. codificação de sequências repetidas presentes em um genoma.
  4. conjunto de todos os RNAS mensageiros transcritos em um organismo.
  5. todas as sequências de pares de bases presentes em um organismo.

Genética

03. (Enem 2018) Considere, em um fragmento ambiental, uma árvore matriz com frutos (M) e outras cinco que produziram flores e são apenas doadoras de pólen (DP1, DP2, DP3, DP4 e DP5). Foi excluida a capacidade de autopolinização das árvores. Os genótipos da matriz, da semente (S1) e das prováveis fontes de pólen foram obtidos pela análise de dois locos (loco A e loco B) de marcadores de DNA, conforme a figura.

Considere, em um fragmento ambiental, uma árvore matriz com frutos (M) e outras cinco que produziram flores e são apenas doadoras de pólen

A progênie S1 recebeu o pólen de qual doadora?

  1. DP1
  2. DP2
  3. DP3
  4. DP4
  5. DP5

Genética Botânia Ecologia

04. (Enem 2018) O cruzamento de duas espécies da família das Anonáceas, a cherimoia (Annona cherimola) com a fruta-pinha (Annona squamosa), resultou em uma planta híbrida denominada de atemoia. Recomenda-se que o seu plantio seja por meio de enxertia.

Um dos benefícios dessa forma de plantio é a

  1. ampliação da variabilidade genética.
  2. produção de frutos das duas espécies.
  3. manutenção do genótipo da planta híbrida.
  4. reprodução de clones das plantas parentais.
  5. modificação do genoma decorrente da transgenia.

Genética

05. (Enem 2018 PPL) Gregor Mendel, no século XIX, investigou os mecanismos da herança genética observando algumas características de plantas de ervilha, como a produção de sementes lisas (dominante) ou rugosas (recessiva), característica determinada por um par de alelos com dominância completa. Ele acreditava que a herança era transmitida por fatores que, mesmo não percebidos nas características visíveis (fenótipo) de plantas híbridas (resultantes de cruzamentos de linhagens puras), estariam presentes e se manifestariam em gerações futuras.

A autofecundação que fornece dados para corroborar a ideia da transmissão dos fatores idealizada por Mendel ocorre entre plantas

  1. híbridas, de fenótipo dominante, que produzem apenas sementes lisas.
  2. híbridas, de fenótipo dominante, que produzem sementes lisas e rugosas.
  3. de linhagem pura, de fenótipo dominante, que produzem apenas sementes lisas.
  4. de linhagem pura, de fenótipo recessivo, que produzem sementes lisas e rugosas.
  5. de linhagem pura, de fenótipo recessivo, que produzem apenas sementes rugosas.

Genética Citologia

06. (Enem 2018 PPL )Em pacientes portadores de astrocitoma pilocítico, um tipo de tumor cerebral, o gene BRAF se quebra e parte dele se funde a outro gene, o KIAA1549. Para detectar essa alteração cromossômica, foi desenvolvida uma sonda que é um fragmento de DNA que contém partículas fluorescentes capazes de reagir com os genes BRAF e KIAA1549 fazendo cada um deles emitir uma cor diferente. Em uma célula normal, como os dois genes estão em regiões distintas do genoma, as duas cores aparecem separadamente. Já quando há a fusão dos dois genes, as cores aparecem sobrepostas.

Disponível em: http://agencia.fapesp.br. Acesso em: 3 out. 2015.

A alteração cromossômica presente nos pacientes com astrocitoma pilocítico é classificada como

  1. estrutural do tipo deleção.
  2. numérica do tipo euploidia.
  3. estrutural do tipo duplicação.
  4. numérica do tipo aneuploidia.
  5. estrutural do tipo translocação.

Genética

07. (Enem 2017) A distrofia muscular Duchenne (DMD) é uma doença causada por uma mutação em um gene localizado no cromossomo X. Pesquisadores estudaram uma família na qual gêmeas monozigóticas eram portadoras de um alelo mutante recessivo para esse gene (heterozigóticas). O interessante é que uma das gêmeas apresentava o fenótipo relacionado ao alelo mutante, isto é, DMD, enquanto a sua irmã apresentava fenótipo normal.

RICHARDS, C. S. et al. The American Journal of Human Genetics, n. 4, 1990 (adaptado).

A diferença na manifestação da DMD entre as gêmeas pode ser explicada pela

  1. dominância incompleta do alelo mutante em relação ao alelo normal.
  2. falha na separação dos cromossomos X no momento da separação dos dois embriões.
  3. recombinação cromossômica em uma divisão celular embrionária anterior à separação dos dois embriões.
  4. inativação aleatória de um dos cromossomos X em fase posterior à divisão que resulta nos dois embriões.
  5. origem paterna do cromossomo portador do alelo mutante em uma das gêmeas e origem materna na outra.

Enem 2017 PPL Genética Biotecnologia

08. Um geneticista observou que determinada plantação era sensível a um tipo de praga que atacava as flores da lavoura. Ao mesmo tempo, ele percebeu que uma erva daninha que crescia associada às plantas não era destruída. A partir de técnicas de manipulação genética, em laboratório, o gene da resistência à praga foi inserido nas plantas cultivadas, resolvendo o problema.

Do ponto de vista da biotecnologia, como essa planta resultante da intervenção é classificada?

  1. Clone.
  2. Híbrida.
  3. Mutante.
  4. Dominante.
  5. Transgênica.

Genética

09. (Enem PPL 2017) O heredograma mostra a incidência de uma anomalia genética em um grupo familiar.

O heredograma mostra a incidência de uma anomalia genética em um grupo familiar.

O indivíduo representado pelo número 10, preocupado em transmitir o alelo para a anomalia genética a seus filhos, calcula que a probabilidade de ele ser portador desse alelo é de

  1. 0%.
  2. 25%.
  3. 50%.
  4. 67%.
  5. 75%.

Genética

10. (Enem PPL 2017) Uma mulher deu à luz o seu primeiro filho e, após o parto, os médicos testaram o sangue da criança para a determinação de seu grupo sanguíneo. O sangue da criança era do tipo O+. Imediatamente, a equipe médica aplicou na mãe uma solução contendo anticorpos anti-Rh, uma vez que ela tinha o tipo sanguíneo O-.

Qual é a função dessa solução de anticorpos?

  1. Modificar o fator Rh do próximo filho.
  2. Destruir as células sanguíneas do bebê.
  3. Formar uma memória imunológica na mãe.
  4. Neutralizar os anticorpos produzidos pela mãe.
  5. Promover a alteração do tipo sanguíneo materno.

Genética

11. (Enem PPL 2017) O resultado de um teste de DNA para identificar o filho de um casal, entre cinco jovens, está representado na figura. As barras escuras correspondem aos genes compartilhados.

Qual dos jovens é filho do casal?

 O resultado de um teste de DNA para identificar o filho de um casal, entre cinco jovens, está representado na figura.
  1. I
  2. II
  3. III
  4. IV
  5. V

Genética

12. (Enem 2016 PPL) Um jovem suspeita que não é filho biológico de seus pais, pois descobriu que o seu tipo sanguíneo é O Rh negativo, o de sua mãe é B Rh positivo e de seu pai é A Rh positivo.

A condição genotípica que possibilita que ele seja realmente filho biológico de seus pais é que

  1. pai e a mãe sejam heterozigotos para o sistema sanguíneo ABO e para o fator Rh.
  2. o pai e a mãe sejam heterozigotos para o sistema sanguíneo ABO e homozigotos para o fator Rh.
  3. o pai seja homozigoto para as duas características e a mãe heterozigota para as duas características.
  4. o pai seja homozigoto para as duas características e a mãe heterozigota para o sistema ABO e homozigota para o fator Rh.
  5. o pai seja homozigoto para o sistema ABO e heterozigoto para o fator Rh e a mãe homozigota para as duas características.

Genética Radioatividade

13. (Enem 2016 PPL) Em um hospital, acidentalmente, uma funcionária ficou exposta a alta quantidade de radiação liberada por um aparelho de raios X em funcionamento. Posteriormente, ela engravidou e seu filho nasceu com grave anemia. Foi verificado que a criança apresentava a doença devido à exposição anterior da mãe à radiação.

O que justifica, nesse caso, o aparecimento da anemia na criança?

  1. A célula-ovo sofreu uma alteração genética.
  2. As células somáticas da mãe sofreram uma mutação.
  3. A célula gamética materna que foi fecundada sofreu uma mutação.
  4. As hemácias da mãe que foram transmitidas à criança não eram normais.
  5. As células hematopoiéticas sofreram alteração do número de cromossomos.

Genética

14. (Enem 2016 - 3ª aplicação) Os indivíduos de uma população de uma pequena cidade, fundada por uma família de europeus, são, frequentemente, frutos de casamentos consanguíneos. Grande parte dos grupos familiares dessa localidade apresenta membros acometidos por uma doença rara, identificada por fraqueza muscular progressiva, com início aos 30 anos de idade. Em famílias com presença dessa doença, quando os pais são saudáveis, somente os filhos do sexo masculino podem ser afetados. Mas em famílias cujo pai é acometido pela doença e a mãe é portadora do gene, 50% da descendência, independentemente do sexo, é afetada.

Considerando as características populacionais, o sexo e a proporção dos indivíduos afetados, qual é o tipo de herança da doença descrita no texto?

  1. Recessiva, ligada ao cromossomo X.
  2. Dominante, ligada ao cromossomo X.
  3. Recessiva, ligada ao cromossomo Y.
  4. Recessiva autossômica.
  5. Dominante autossômica.

Genética

15. (Enem 2016 - 3ª aplicação) Para verificar a eficácia do teste de DNA na determinação de paternidade, cinco voluntários, dentre eles o pai biológico de um garoto, cederam amostras biológicas para a realização desse teste. A figura mostra o resultado obtido após a identificação dos fragmentos de DNA de cada um deles.

Após a análise das bandas de DNA, pode-se concluir que o pai biológico do garoto é o

A figura mostra o resultado obtido após a identificação dos fragmentos de DNA de cada um deles.
  1. 1° voluntário.
  2. 2° voluntário.
  3. 3° voluntário.
  4. 4° voluntário.
  5. 5° voluntário.
Voltar ao topo
.