Home > Banco de Questões > Biologia >

BioTecnologia

Lista de 29 exercícios de Biologia com gabarito sobre o tema BioTecnologia com questões do Enem.

Confira as videoaulas, teoria e questões sobre: BioTecnologia .



01. (Enem 2020) Instituições acadêmicas e de pesquisa no mundo estão inserindo genes em genomas de plantas que possam codificar produtos de interesse farmacológico. No Brasil, esta sendo desenvolvida uma variedade de soja com um viricida ou microbicida capaz de prevenir a contaminação pelo vírus causador da aids. Essa leguminosa está sendo induzida a produzir a enzima cianovirina-N, que tem eficiência comprovada contra o vírus.

OLIVEIRA. M Remédio na planta. Pesquisa Fapesp, n 206. abr 2013

A técnica para gerar essa leguminosa é um exemplo de

  1. hibridismo.
  2. transgenia.
  3. conjugação.
  4. terapia gênica.
  5. melhoramento genético.

02. (Enem 2020) Pesquisadores dos Estados Unidos desenvolveram uma nova técnica, que utiliza raios de luz infravermelha (invisíveis a olho nu) para destruir tumores. Primeiramente, O paciente recebe uma injeção com versões modificadas de anticorpos que têm a capacidade de “grudar” apenas nas células cancerosas. Sozinhos, eles não fazem nada contra O tumor. Entretanto, esses anticorpos estão ligados a uma molécula, denominada IR700, que funcionará como uma "microbomba", que irá destruir o câncer. Em seguida, o paciente recebe raios infravermelhos. Esses raios penetram no corpo e chegam até a molécula IR700, que é ativada e libera uma substância que ataca a célula cancerosa.

Disponivel em http //super abnl com br Acesso em 13 dez. 2012 (adaptado).

Com base nas etapas de desenvolvimento, o nome apropriado para à técnica descrita é

  1. Radioterapia.
  2. Cromoterapia.
  3. Quimioterapia.
  4. Fotoimunoterapia.
  5. Terapia magnética.

03. (Enem Digital 2020) Os frutos da pupunha têm cerca de 1g em populações silvestres no Acre, mas chegam a 70 g em plantas domesticadas por populações indígenas. No princípio, porém, a domesticação não era intencional. Os grupos humanos apenas identificavam vegetais mais saborosos ou úteis, e sua propagação se dava pelo descarte de sementes para perto dos sítios habitados.

DÓRIA, C. A.; VIEIRA, I. C. G. Iguarias da floresta. Ciência Hoje, n. 310, dez. 2013.

A mudança de fenótipo (tamanho dos frutos) nas populações domesticadas de pupunha deu-se porque houve

  1. introdução de novos genes.
  2. redução da pressão de mutação.
  3. diminuição da uniformidade genética.
  4. aumento da frequência de alelos de interesse.
  5. expressão de genes de resistência a patógenos.

04. (Enem Digital 2020) Nas últimas décadas vários países, inclusive o Brasil, têm testemunhado uma grande proliferação de bactérias patogênicas, envolvidas em uma variedade de doenças e que apresentam resistência a múltiplos antibióticos. Atualmente têm se destacado as superbactérias que acumularam vários genes determinantes de resistência, a ponto de se tornarem resistentes a praticamente todos os antimicrobianos.

FERREIR A, F. A.; CRUZ, R. S.; FIGUEIREDO, A. M. S. O problema da resistência a antibióticos. Ciência Hoje, v.48, n.287, 2011 (adaptado).

  1. bactérias patogênicas se multiplicam de maneira acelerada.
  2. antibióticos são utilizados pela população de maneira indiscriminada.
  3. bactérias possuem plasmídeos que contêm genes relacionados à virulência.
  4. bactérias podem ser transmitidas para um indivíduo utilizando várias estratégias.
  5. serviços de saúde precários constituem importantes focos de bactérias patogênicas.

05. (Enem Digital 2020) A ampla diversidade genética é uma característica presente nas plantas fanerógamas, que ocorreu em razão da presença de estruturas reprodutivas que lhes garantiram o sucesso adaptativo. Os insetos contribuem para a manutenção e o aumento da variabilidade genética, ao transportarem diretamente para o órgão reprodutivo da flor uma importante estrutura desse grupo vegetal.

Qual estrutura vegetal carregada pelos insetos está diretamente relacionada ao incremento do referido processo nesse grupo vegetal?

  1. Arquegônio, que protege o embrião multicelular
  2. Broto, que propaga vegetativamente as plantas
  3. Fruto, que garante uma maior eficiência na dispersão
  4. Grão de pólen, que favorece a fecundação cruzada
  5. Semente alada, que favorece a dispersão aérea

06. (Enem Digital 2020) Em 2012, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) divulgou sua intenção de trabalhar na clonagem de espécies ameaçadas de extinção no Brasil, como é ocaso do lobo-guará, da onça-pintada e do veado-catingueiro. Para tal, células desses animais seriam coletadas e mantidas em bancos de germoplasma para posterior uso. Dessas células seriam retirados os núcleos e inseridos em óvulos anucleados. Após um desenvolvimento inicial in vitro, os embriões seriam transferidos para úteros de fêmeas da mesma espécie. Coma técnica da clonagem, espera-se contribuir para a conservação da fauna do Cerrado e, se der certo, essa aplicação pode expandir-se para outros biomas brasileiros.

Disponível em: www.bbc.co.uk. Acesso em: 8 mar. 2013 (adaptado).

A limitação dessa técnica no que se refere à conservação de espécies é que ela

  1. gera clones haploides inférteis.
  2. aumenta a possibilidade de mutantes.
  3. leva a uma diminuição da variabilidade genética.
  4. acarreta numa perda completa da variabilidade fenotípica.
  5. amplia o número de indivíduos sem capacidade de realizar diferenciação celular.

07. (Enem Digital 2020) Uma nova e revolucionária técnica foi desenvolvida para a edição de genomas. O mecanismo consiste em um sistema de reconhecimento do sítio onde haverá a mudança do gene combinado com um mecanismo de corte e reparo do DNA. Assim, após o reconhecimento do local onde será realizada a edição, uma nuclease corta as duas fitas de DNA. Uma vez cortadas, mecanismos de reparação do genoma tendem a juntar as fitas novamente, e nesse processo um pedaço de DNA pode ser removido, adicionado ou até mesmo trocado por outro pedaço de DNA.

Nesse contexto, uma aplicação biotecnológica dessa técnica envolveria o(a)

  1. diagnóstico de doenças.
  2. identificação de proteínas.
  3. rearranjo de cromossomos.
  4. modificação do código genético.
  5. correção de distúrbios genéticos.

08. (Enem Digital 2020) O cultivo de células animais transformou-se em uma tecnologia moderna com inúmeras aplicações, dentre elas testes de fármacos visando o desenvolvimento de medicamentos. Apesar de os primeiros estudos datarem de 1907, o cultivo de células animais alcançou sucesso na década de 1950, quando Harry Eagle conseguiu definir os nutrientes necessários para o crescimento celular. Apesar de os primeiros estudos datarem de 1907, o cultivo de células animais alcançou sucesso na década de 1950, quando Harry Eagle conseguiu definir os nutrientes necessários para o crescimento celular.

Qual componente garante o suprimento energético para essas células?

  1. H2O
  2. Vitaminas
  3. Fonte de carbono
  4. Indicadores de pH
  5. Elementos inorgânicos

09. (Enem Digital 2020) Analise o esquema de uma metodologia utilizada na produção de vacinas contra a hepatite B. Analise o esquema de uma metodologia utilizada na produção de vacinas contra a hepatite B

Nessa vacina, a resposta imune será induzida por um(a)

  1. vírus.
  2. bactéria.
  3. proteína.
  4. levedura.
  5. ácido nucleico.

Biotecnologia

10. (Enem 2019) Na família Retroviridae encontram-se diversos vírus que infectam aves e mamíferos, sendo caracterizada pela produção de DNA a partir de uma molécula de RNA. Alguns retrovírus infectam exclusivamente humanos, não necessitando de outros hospedeiros, reservatórios ou vetores biológicos. As infecções ocasionadas por esses vírus vêm causando mortes e grandes prejuízos ao desenvolvimento social e econômico. Nesse contexto, pesquisadores têm produzido medicamentos que contribuem para o tratamento dessas doenças.

Que avanços tecnológicos têm contribuído para o tratamento dessas infecções virais?

  1. Melhoria dos métodos de controle dos vetores desses vírus.
  2. Fabricação de soros mutagênicos para combate desses vírus.
  3. Investimento da indústria em equipamentos de proteção individual.
  4. Produção de vacinas que evitam a infecção das células hospedeiras.
  5. Desenvolvimento de antirretrovirais que dificultam a reprodução desses vírus.

Biotecnologia Fisiologia Biotecnologia

11. (Enem 2019) O “The Kidney Project” é um projeto realizado por cientistas que pretendem desenvolver um rim biônico que executará a maioria das funções biológicas do órgão. O rim biônico possuirá duas partes que incorporam recentes avanços de nanotecnologia, filtração de membrana e biologia celular. Esse projeto significará uma grande melhoria na qualidade de vida para aquelas pessoas que dependem da hemodiálise para sobrevivência.

Disponível em: https://pharm.ucsf.edu. Acesso em: 26 abr. 2019 (adaptado).

O dispositivo criado promoverá diretamente a

  1. remoção de ureia.
  2. excreção de lipídios.
  3. síntese de vasopressina.
  4. transformação de amônia.
  5. fabricação de aldosterona.

Biotecnologia

12. (Enem 2018) Companhias que fabricam jeans usam cloro para o clareamento, seguido de lavagem. Algumas estão substituindo o cloro por substâncias ambientalmente mais seguras como peróxidos, que podem ser degradados por enzimas chamadas peroxidases. Pensando nisso, pesquisadores inseriram genes codificadores de peroxidases em leveduras cultivadas nas condições de clareamento e lavagem dos jeans e selecionaram as sobreviventes para produção dessas enzimas.

TORTORA, G. J.; FUNKE, B. R.; CASE, C. L. Microbiologia. Rio de Janeiro: Artmed, 2016 (adaptado).

Nesse caso, o uso dessas leveduras modificadas objetiva

  1. reduzir a quantidade de resíduos tóxicos nos efluentes da lavagem.
  2. eliminar a necessidade de tratamento da água consumida.
  3. elevar a capacidade de clareamento dos jeans.
  4. aumentar a resistência do jeans a peróxidos.
  5. associar ação bactericida ao clareamento.

Biotecnologia

13. (Enem 2017 PPL) O quadro é um esquema da via de produção de biocombustível com base no cultivo de uma cianobactéria geneticamente modificada com a inserção do gene DGAT. Além da introdução desse gene, os pesquisadores interromperam as vias de síntese de outros compostos orgânicos, visando aumentar a eficiência na produção do biocombustível (triacilglicerol). O quadro é um esquema da via de produção de biocombustível com base no cultivo de uma cianobactéria geneticamente modificada com a inserção do gene DGAT.

Considerando as vias mostradas, uma fonte de matéria-prima primária desse biocombustível é o(a)

  1. ácido graxo, produzido a partir da sacarose.
  2. gás carbônico, adquirido via fotossíntese.
  3. sacarose, um dissacarídeo rico em energia.
  4. gene DGAT, introduzido por engenharia genética.
  5. glicogênio, reserva energética das cianobactérias.

Fisiologia Programas de saúde Citologia Biotecnologia

14. (Enem 2017) A terapia celular tem sido amplamente divulgada como revolucionária, por permitir a regeneração de tecidos a partir de células novas. Entretanto, a técnica de se introduzirem novas células em um tecido, para o tratamento de enfermidades em indivíduos, já era aplicada rotineiramente em hospitais.

A que técnica refere-se o texto?

  1. Vacina.
  2. Biópsia.
  3. Hemodiálise.
  4. Quimioterapia.
  5. Transfusão de sangue.

Genética Biotecnologia

15. (Enem 2017 PPL) Um geneticista observou que determinada plantação era sensível a um tipo de praga que atacava as flores da lavoura. Ao mesmo tempo, ele percebeu que uma erva daninha que crescia associada às plantas não era destruída. A partir de técnicas de manipulação genética, em laboratório, o gene da resistência à praga foi inserido nas plantas cultivadas, resolvendo o problema.

Do ponto de vista da biotecnologia, como essa planta resultante da intervenção é classificada?

  1. Clone.
  2. Híbrida.
  3. Mutante.
  4. Dominante.
  5. Transgênica.

Ecologia Biotecnologia

16. (Enem 2016 PPL) Uma nova estratégia para o controle da dengue foi apresentada durante o Congresso Internacional de Medicina Tropical, no Rio de Janeiro, em 2012. O projeto traz uma abordagem nova e natural para o combate à doença e já está em fase de testes. O objetivo do programa é cessar a transmissão do vírus da dengue pelo Aedes aegypti, a partir da introdução da bactéria Wolbachia que é naturalmente encontrada em insetos populações locais de mosquitos. Quando essa bactéria é introduzida no A. aegypti, atua como uma "vacina", estimulando o sistema imunológico e bloqueando a multiplicação do vírus dentro do inseto.

Disponivel em: http://portalsaude.saude.gov.br. Acesso em: 20 dez. 2012 (adaptado).

Qual o conceito fundamental relacionado a essa estratégia?

  1. Clonagem.
  2. Mutualismo.
  3. Parasitismo.
  4. Transgênese.
  5. Controle biológico.

Biotecnologia

17. (Enem 2016) Após a germinação, normalmente, os tomates produzem uma proteína que os faz amolecer depois de colhidos. Os cientistas introduziram, em um tomateiro, um gene antissentido (imagem espelho do gene natural) àquele que codifica enzima “amolecedora”. O novo gene antissentido bloqueou a síntese da proteína amolecedora.

SIZER, F.; WHITNEY, E. Nutrição: conceitos e controvérsias. Barueri: Manole, 2002 (adaptado).

Um benefício ao se obter o tomate transgênico foi o fato de o processo biotecnológico ter

  1. aumentado a coleção de proteínas que o protegem do apodrecimento, pela produção da proteína antissentido.
  2. diminuído a necessidade do controle das pragas, pela maior resistência conferida pela nova proteína.
  3. facilitado a germinação das sementes, pela falta da proteína que o leva a amolecer.
  4. substituído a proteína amolecedora por uma invertida, que endurece o tomate.
  5. prolongado o tempo de vida do tomate, pela falta da proteína que o amolece.

Biotecnologia

18. (Enem 2016 - 3ª aplicação) Nem sempre é seguro colocar vírus inteiros numa vacina. Alguns são tão perigosos que os cientistas preferem usar só um de seus genes - aquele que fabrica o antígeno, proteína que é reconhecida pelas células de defesa. Uma dessas vacinas de alta tecnologia é a anti-hepatite B. Um gene do vírus é emendado ao DNA de um fungo inofensivo, que passa, então, a produzir uma substância que é injetada no corpo humano.

Virus: guerra silenciosa. Superinteressante, n. 143, ago. 1999 (adaptado).

função dessa substância, produzida pelo fungo, no organismo humano é

  1. neutralizar proteínas virais.
  2. interromper a ação das toxinas.
  3. ligar-se ao patógeno já instalado.
  4. reconhecer substâncias estranhas.
  5. desencadear a produção de anticorpos.

Biotecnologia

19. (Enem 2016 - 3ª aplicação) Após a germinação, normalmente, os tomates produzem uma proteína que os faz amolecer depois de colhidos. Os cientistas introduziram, em um tomateiro, um gene antissentido (imagem espelho do gene natural) àquele que codifica a enzima "amolecedora". O novo gene antissentido bloqueou a síntese da proteína amolecedora.

SIZER, F.; WHITNEY, E. Nutrição: conceitos e controvérsias. Barueri: Manole, 2002 (adaptado).

Um benefício ao se obter o tomate transgênico foi o fato de o processo biotecnológico ter

  1. aumentado a coleção de proteínas que o protegem do apodrecimento, pela produção da proteína antissentido.
  2. diminuído a necessidade do controle das pragas, pela maior resistência conferida pela nova proteína.
  3. facilitado a germinação das sementes, pela falta da proteína que o leva a amolecer.
  4. substituído a proteína amolecedora por uma invertida, que endurece o tomate.
  5. prolongado o tempo de vida do tomate, pela falta da proteína que o amolece.

Biotecnologia Programas de saúde

20. (Enem 2016) Vários métodos são empregados para prevenção de infecções por microrganismos. Dois desses métodos utilizam microrganismos vivos e são eles: as vacinas atenuadas, constituidas por patógenos avirulentos, e os probióticos que contém bactérias benéficas. Na figura são apresentados cinco diferentes mecanismos de exclusão de patógenos pela ação dos probióticos no intestino de um animal. Na figura são apresentados cinco diferentes mecanismos de exclusão de patógenos pela ação dos probióticos no intestino de um animal.

Qual mecanismo de ação desses probióticos promove um efeito similar ao da vacina?

  1. 5
  2. 4
  3. 3
  4. 2
  5. 1

Enem

21. (Enem 2015) A palavra "biotecnologia" surgiu no século XX, quando o cientista Herbert Boyer introduziu a informação responsável pela fabricação da insulina humana em uma difusão bactéria, para que ela passasse a produzir a substância.

Disponível em: www.brasil.gov.br. Acesso em: 28 jul. 2012 (adaptado).

As bactérias modificadas por Herbert Boyer passaram a produzir insulina humana porque receberam

  1. A sequência de DNA codificante de insulina humana.
  2. a proteína sintetizada por células humanas.
  3. um RNA recombinante de insulina humana
  4. o RNA mensageiro de insulina humana.
  5. um cromossomo da espécie humana.

Biotecnologia

22. (Enem 2014) Na década de 1990, células do cordão umbilical de recém-nascidos humanos começaram a ser guardadas por criopreservação, uma vez que apresentam alto potencial terapêutico em consequência de suas características peculiares. O poder terapêutico dessas células baseia-se em sua capacidade de

  1. multiplicação lenta.
  2. comunicação entre células.
  3. adesão a diferentes tecidos.
  4. diferenciação em células especializadas.
  5. reconhecimento de células semelhantes.

23. (Enem 2014) Em um laboratório de genética experimental, observou-se que determinada bactéria continha um gene que conferia resistência a pragas especı́ficas de plantas. Em vista disso, os pesquisadores procederam de acordo com a figura.
Em um laboratório de genética experimental, observou-se que determinada bactéria continha um gene que conferia resistência a pragas especı́ficas de plantas. Em vista disso, os pesquisadores procederam de acordo com a figura.

Do ponto de vista biotecnológico, como a planta representada na figura é classificado?

  1. Clone.
  2. Hı́brida.
  3. Mutante.
  4. Adaptada.
  5. Transgênica.

24. (Enem 2012) Não é de hoje que o homem cria, artificialmente, variedades de peixes por meio da hibridação. Esta é uma técnica muito usada pelos cientistas e pelos piscicultores porque os hı́bridos resultantes, em geral, apresentam maior valor comercial do que a média de ambas as espécies parentais, além de reduzir a sobrepesca no ambiente natural.

Terra da Gente, ano 4, n. 47, mar. 2008 (adaptado).

Sem controle, esses animais podem invadir rios e lagos naturais, se reproduzir e

  1. originar uma nova espécie poliploide.
  2. substituir geneticamente a espécie natural.
  3. ocupar o primeiro nı́vel trófico no hábitat aquático.
  4. impedir a interação biológica entre as espécies parentais.
  5. produzir descendentes com o código genético modificado.

25. (Enem 2012) O milho transgênico é produzido a partir da manipulação do milho original, com a transferência, para este, de um gene de interesse retirado de outro organismo de espécie diferente. A caracterı́stica de interesse será manifestada em decorrência

  1. do incremento do DNA a partir da duplicação do gene transferido.
  2. da transcrição do RNA transportador a partir do gene transferido.
  3. da expressão de proteı́nas sintetizadas a partir do DNA não hibridizado.
  4. da sı́ntese de carboidratos a partir da ativação do DNA do milho original.
  5. da tradução do RNA mensageiro sintetizado a partir do DNA recombinante.

26. (Enem 2012 PPL) Um estudo modificou geneticamente a Escherichia coli, visando permitir que essa bactéria seja capaz de produzir etanol pela metabolização do alginato, açúcar presente em grande quantidade nas algas marrons. A experiência mostrou que a bactéria transgênica tem capacidade de obter um rendimento elevado na produção de etanol, o que pode ser aplicado em escala industrial.

Combustível de algas. Revista Pesquisa Fapesp, ed.192, fev. 2012 (adaptado).

O benefício dessa nova tecnologia, em comparação às fontes atuais de produção de etanol, baseia-se no fato de que esse modelo experimental

  1. aumentará a extensão de área continental cultivada.
  2. aumentará a captação de CO2 atmosférico.
  3. facilitará o transporte do etanol no final da etapa produtiva.
  4. reduzirá o consumo de água doce durante a produção de matéria-prima.
  5. reduzirá a contaminação dos mares por metais pesados.

27. (Enem 2012 PPL) Pela manipulação genética, machos do Aedes aegypti, mosquito vetor da dengue, criados em laboratório receberam um gene modificado que produz uma proteína que mata a prole de seu cruzamento.

SILVEIRA, E. Disponível em: www.pesquisa.fapesp.com.br. Acesso em:14 jun. 2011 (adaptado)

Com o emprego dessa técnica, o número de casos de dengue na população humana deverá diminuir, pois

  1. os machos modificados não conseguirão fecundar as fêmeas.
  2. os machos modificados não obterão sucesso reprodutivo.
  3. os machos modificados possuem genes que impedem a infecção dos mosquitos.
  4. a inserção de novos mosquitos aumentará a quantidade de mosquitos imunes ao vírus.
  5. o número de machos modificados crescerá com as gerações

28. (Enem 2012 PPL) A produção de biocombustíveis é resultado direto do fomento a pesquisas científicas em biotecnologia que ocorreu no Brasil nas últimas décadas. A escolha do vegetal a ser usado considera, entre outros aspectos, a produtividade da matéria-prima em termos de rendimento e custos associados. O etanol é produzido a partir da fermentação de carboidratos e quanto mais simples a molécula de glicídio, mais eficiente é o processo.

Etanol de quê? Revista Pesquisa Fapesp, 28 nov. 2007 (adaptado).

O que esse autor não conseguiu demonstrar em sua teoria?

  1. O vegetal que apresenta maior eficiência no processo da produção do etanol é A o milho, pois apresenta sementes com alto teor de amido.
  2. a mandioca, pois apresenta raízes com alto teor de celulose.
  3. a soja, pois apresenta sementes com alto teor de glicogênio.
  4. o feijão, pois apresenta sementes com alto teor de quitina.
  5. a cana-de-açúcar, pois apresenta colmos com alto teor de sacarose.

29. (Enem 2011) Um instituto de pesquisa norte-americano divulgou recentemente ter criado uma “célula sintética”, uma bactéria chamada de Mycoplasma mycoides. Os pesquisadores montaram uma sequência de nucleotı́deos, que formam o único cromossomo dessa bactéria, o qual foi introduzido em outra espécie de bactéria, a Mycoplasma capricolum. Após a introdução, o cromossomo da M. capricolum foi neutralizado e o cromossomo da M. mycoides começou a gerenciar a célula, produzindo suas proteı́nas.

GILBSON et al. Creation of a Bacterial Cell Controlled by a Chemically synthesized Genome. Science v. 329, 2010 (adaptado).

A importância dessa inovação tecnológica para a comunidade cientı́fica se deve à

  1. possibilidade de sequenciar os genomas de bactérias para serem usados como receptoras de cromossomos artificiais.
  2. capacidade de criação, pela ciência, de novas formas de vida, utilizando substâncias como carboidratos e lipı́dios.
  3. possibilidade de produção em massa da bactéria Mycoplasma capricolum para sua distribuição em ambientes naturais.
  4. possibilidade de programar geneticamente microrganismos ou seres mais complexos para produzir medicamentos, vacinas e combustı́veis.
  5. capacidade da bactéria Mycoplasma capricolum de expressar suas proteı́nas na bactéria sintética e estas serem usadas na indústria.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avise para a gente | Email ou WhatsApp