Home > Banco de Questões > Química > Química Núclear >

Radioatividade

Lista de 15 exercícios de Quimíca com gabarito sobre o tema Radioatividade com questões dos vestibulares.


1. (Fei) Um dos materiais irradiados durante a operação de um reator nuclear é o fósforo 32. O procedimento para evitar a contaminação radioativa por esse material é estocálo, para decaimento a níveis de segurança. Sabe-se que a meia-vida do fósforo 32 é de 14 dias. Considerando 7,8mg como nível de segurança, assinale o tempo, em dias, necessário para este valor ser atingido a partir de 1 grama de fósforo 32:

  1. 42
  2. 98
  3. 118
  4. 256
  5. 512

2. (Cesgranrio) Analise os itens a seguir que fornecem informações a respeito das radiações nucleares.

I - As radiações gama são ondas eletromagnéticas de elevado poder de penetração.

II - O número atômico de um radionuclídeo que emite radiações alfa aumenta em duas unidades.

III - As radiações beta são idênticas aos elétrons e possuem carga elétrica negativa.

IV - O número de massa de um radionuclídeo que emite radiações beta não se altera.

V - As radiações gama possuem carga nuclear +2 e número de massa 4.

Estão corretas as afirmativas

  1. I, II, e III, apenas.
  2. I, III e IV, apenas.
  3. I, III e V, apenas.
  4. II, III e IV, apenas.
  5. II, IV e V, apenas.

3. (Fgv) As propriedades radioativas de 14C usualmente são empregadas para fazer a datação de fósseis. Sabe-se que a meia-vida deste elemento é de aproximadamente 5.730 anos. Sendo assim, estima-se que a idade de um fóssil que apresenta uma taxa de 14C em torno de 6,25% da normal deve ser:

  1. 17.190 anos.
  2. 91.680 anos.
  3. 5.730 anos.
  4. 28.650 anos.
  5. 22.920 anos.

4. (Fuvest) Considere os seguintes materiais:

I. Artefato de bronze (confeccionado pela civilização inca).

II. Mangueira centenária (que ainda produz frutos nas ruas de Belém do Pará).

III. Corpo humano mumificado (encontrado em tumbas do Egito antigo).

O processo de datação, por carbono-14, é adequado para estimar a idade apenas

  1. do material I
  2. do material II
  3. do material III
  4. dos materiais I e II
  5. dos materiais II e II

5. (Puc-rio) Uma das características das últimas décadas foram as crises energéticas. Neste contexto, tivemos várias notícias nos jornais relacionadas com diferentes formas de geração de energia. As afirmativas abaixo poderiam ter constado de algumas dessas matérias:

I. O reator nuclear Angra II, que entrou em operação este ano, gera energia através da fusão nuclear de átomos de urânio enriquecido.

II. A queima de combustível fóssil, por exemplo a gasolina, constitui-se, na realidade, numa reação de oxidação de matéria orgânica.

III. A queima de uma dada quantidade de carvão em uma termoelétrica produz a mesma quantidade de energia que a fissão de igual massa de urânio em uma usina nuclear.

IV. É possível aproveitar a energia solar utilizando-se a eletrólise da água durante o dia e queimando-se o hidrogênio produzido durante a noite.

Dentre as afirmações acima, apenas está(ão) correta(s):

  1. I.
  2. III.
  3. I e II.
  4. II e IV.
  5. III e IV.

6. (Ufpe) Isótopos radiativos são empregados no diagnóstico e tratamento de inúmeras doenças. Qual é a principal propriedade que caracteriza um elemento químico?

  1. número de massa
  2. número de prótons
  3. número de nêutrons
  4. energia de ionização
  5. diferença entre o número de prótons e de nêutrons

7. (Ufscar) Uma das aplicações nobres da energia nuclear é a síntese de radioisótopos que são aplicados na medicina, no diagnóstico e tratamento de doenças. O Brasil é um país que se destaca na pesquisa e fabricação de radioisótopos.

O fósforo-32 é utilizado na medicina nuclear para tratamento de problemas vasculares. No decaimento deste radioisótopo, é formado enxofre-32, ocorrendo emissão de

  1. partículas alfa.
  2. partículas beta.
  3. raios gama.
  4. nêutrons.
  5. raios X.

08. (FCM-MG) A compreensão das propriedades de interação das radiações com a matéria é importante para: operar os equipamentos de detecção, conhecer e controlar os riscos biológicos sujeitos à radiação, além de possibilitar a interpretação correta dos resultados dos radioensaios.

I. As partículas gama possuem alto poder de penetração, podendo causar danos irreparáveis ao ser humano.

II. As partículas alfa são leves, com carga elétrica negativa e massa desprezível.

III. As partículas gama são radiações eletromagnéticas semelhantes aos raios X, não possuem carga elétrica nem massa.

IV. As partículas alfa são partículas pesadas de carga elétrica positiva que, ao incidirem sobre o corpo humano, geralmente causam queimaduras de 3° grau.

V. As partículas beta são mais penetrantes e menos energéticas que as partículas alfa.

Das afirmações feitas em relação às partículas radioativas, estão CORRETAS:

  1. apenas I e V.
  2. apenas I, II e V.
  3. apenas I, III, e V.
  4. apenas II, III e IV.

09. (UEM - adaptada) Em medicina nuclear, emprega-se o isótopo 131 do Iodo no diagnóstico de disfunções da glândula tireoide. Com relação aos produtos do decaimento radioativo do isótopo 131 do Iodo (partículas β e radiação γ) e ao funcionamento da glândula tireoide, assinale o que for correto:

01-( ) A glândula tireoide é uma glândula endócrina que controla, fundamentalmente, o metabolismo celular.

02-( ) A radiação γ é menos energética que a radiação ultravioleta.

04-( ) A partícula β possui carga elétrica.

08-( ) A radiação γ está contida no espectro eletromagnético e não possui carga elétrica.

16-( ) A glândula tireoide não absorve Iodo e nem produz ou secreta hormônios.

Em seguida, marque a alternativa correspondente ao valor da soma dos itens corretos:

  1. 9
  2. 10
  3. 7
  4. 24
  5. 13

10. (UPE) A meia-vida de um determinado isótopo radioativo de massa molar 60g/mol é igual a 70s. A atividade de uma amostra radioativa contendo 60mg do referido isótopo é: (atividade medida em desintegrações por segundo)

  1. 6,02 x 1018
  2. 6,02 x 1023
  3. 6,02 x 1019
  4. 6,02 x 1014
  5. 6,02 x 1022

11. (CEETPES) Há pouco mais de 100 anos, Ernest Rutherford descobriu que havia dois tipos de radiação, que chamou de α e β. Com relação a essas partículas, podemos afirmar que:

  1. as partículas β são constituídas por 2 prótons e 2 nêutrons.
  2. as partículas α são constituídas por 2 prótons e 2 elétrons.
  3. as partículas β são elétrons emitidos pelo núcleo de um átomo instável.
  4. as partículas α são constituídas apenas por 2 prótons.
  5. as partículas β são constituídas por 2 elétrons, 2 prótons e 2 nêutrons.

12. (FEI) Vinte gramas de um isótopo radioativo decrescem para cinco gramas em dezesseis anos. A meia-vida desse isótopo é:

  1. 4 anos.
  2. 16 anos.
  3. 32 anos.
  4. 10 anos.
  5. 8 anos.

13. (ITA) Em relação ao tempo de meia-vida do césio-137, livre ou combinado, são feitas as afirmações seguintes.

Ia. Ele decresce com o aumento da temperatura.

Ib. Ele independe da temperatura.

Ic. Ele cresce com o aumento da temperatura.

IIa. Ele decresce com o aumento da pressão.

IIb. Ele independe da pressão.

IIc. Ele cresce com o aumento da pressão.

IIIa. Ele é o mesmo tanto no césio elementar como em todos os compostos de césio.

IIIb. Ele varia se são mudados os outros átomos ligados ao átomo de césio.

Dessas afirmações, quais são corretas?

  1. Ib; IIc; IIIa.
  2. Ic; IIa; IIIa.
  3. Ia; IIb; IIIb.
  4. Ic; IIc; IIIb.
  5. Ib; IIb; IIIa.

14. (FGV) Fissão nuclear e fusão nuclear:

  1. Os termos são sinônimos.
  2. A fusão nuclear é responsável pela produção de luz e calor no Sol e em outras estrelas.
  3. Apenas a fusão nuclear enfrenta o problema de como dispor o lixo radioativo de forma segura.
  4. A fusão nuclear é atualmente utilizada para produzir energia comercialmente em muitos países.
  5. Ambos os métodos ainda estão em fase de pesquisa e não são usados comercialmente.

15. (UFRGS) Em recente experimento com um acelerador de partículas, cientistas norte-americanos conseguiram sintetizar um novo elemento químico. Ele foi produzido a partir de átomos de cálcio (Ca), de número de massa 48, e de átomos de plutônio (Pu), de número de massa 244. Com um choque efetivo entre os núcleos de cada um dos átomos desses elementos, surgiu o novo elemento químico. Sabendo que nesse choque foram perdidos apenas três nêutrons, os números de prótons, nêutrons e elétrons, respectivamente, de um átomo neutro desse novo elemento são: (números atômicos: Ca = 20; Pu = 94)

  1. 114; 178; 114.
  2. 114; 175; 114.
  3. 114; 289; 114.
  4. 111; 175; 111.
  5. 111; 292; 111.