Home > Banco de Questões > Geografia > Geografia Física >

El Niño

Lista de 08 exercícios de Geografia com gabarito sobre o tema Climatologia: El Niño com questões de Vestibulares.

O El Niño é um fenômeno responsável pelo aquecimento anormal das águas do Oceano Pacífico.




01. (UFT) El Niño é um fenômeno oceânico caracterizado pelo aquecimento incomum das águas superficiais nas porções central e leste do oceano pacífico, nas proximidades da América do Sul, mais particularmente na costa do Peru. A corrente de águas quentes que ali circula, em geral, na direção sul no início do verão, somente recebe o nome de El Niño quando a anomalia térmica atinge proporções elevadas (1ºC) ou muito elevadas (de 4 a 6ºC) acima da média térmica, que é de 23ºC. Este fenômeno se faz notar com maior evidência nas costas peruanas, pois as águas provenientes do fundo oceânico (fenômeno conhecido como ressurgência) e da corrente marinha de Humboldt são interceptadas por águas quentes oriundas do norte e oeste. Essa alteração regional assume dimensões continentais e planetárias à medida que provoca desarranjos de toda a ordem em vários climas da Terra.

(Mendonça e Danni-Oliveira, 2007)

Ainda sobre a influência do fenômeno El Niño na dinâmica climática mundial pode-se afirmar que:

I. Afetando a dinâmica climática em escala global, a ocorrência do fenômeno gera bruscas alterações climáticas no mundo.

II. Influenciando a dinâmica climática em escala global, o fenômeno gera impactos generalizados sobre as atividades humanas causados por inúmeras catástrofes ligadas a severas secas, inundações e ciclones.

III. Mesmo com maior influência nas costas peruanas, o fenômeno não interfere na dinâmica climática local e regional.

IV. Além de atuar na costa pacífica da América do Sul, o El Niño provoca graves perturbações climáticas (secas anormais ou, ao contrário, ciclones e chuvas com totais pluviométricos extremamente elevados em relação às normais locais e regionais) em regiões isentas de tais eventos.

V. Apesar de atuar na costa pacífica da América do Sul este fenômeno não traz mudanças climáticas significativas para a região.

Com base no texto, as assertativas verdadeiras são:

  1. I, II, III e IV
  2. I, III, IV e V
  3. II, IIII, e IV
  4. I, II, e IV
  5. II, IV e V

02. (UFSCAR) El niño e la niña são dois fenômenos ligados ao aquecimento e resfriamento das águas do oceano Pacífico na sua parte tropical. A respeito deles, é correto afirmar que:

  1. el niño liga-se ao resfriamento das águas oceânicas, ao passo que la niña diz respeito ao aquecimento dessas águas; a cada três anos, primeiro ocorre el niño e em seguida sempre ocorrerá la niña.
  2. o fenômeno la niña, de aquecimento das águas oceânicas, apesar de descoberto depois do el niño, sempre ocorre antes deste.
  3. el niño liga-se ao aquecimento das águas oceânicas e La niña diz respeito ao esfriamento dessas águas; a cada três anos, primeiro ocorre el niño e em seguida pode ou não ocorrer la niña.
  4. ambos os fenômenos dizem respeito ao aquecimento e posterior resfriamento das águas oceânicas; a diferença é que el niño ocorre nas proximidades do Peru e la niña na parte do oceano Pacífico que banha a América Central.
  5. el niño é o aquecimento das águas oceânicas nas proximidades da Oceania, enquando que la niña é o resfriamento das águas oceânicas nas proximidades do Peru.

03. (UEL) Sobre o “El Niño” é correto afirmar que:

  1. É um grande causador de Tsunamis, juntamente com os ciclones no continente asiático.
  2. É causado pelo resfriamento das águas do Pacífico.
  3. É causado pelo aquecimento anormal das águas do oceano Atlântico norte e sul.
  4. É causado pelo aquecimento anormal das águas do oceano Pacífico central e oriental.
  5. É causador de Tsunamis e ciclones extratropicais.

04. (UFPR) O El Niño é um evento de teleconexão oceano-atmosfera caracterizado por anomalias positivas das águas superficiais e profundas nas porções central e leste do oceano Pacífico equatorial. As áreas mais fortemente influenciadas são as Américas, Ásia e Oceania, regiões essas que margeiam o oceano supracitado, alterando a dinâmica tanto das correntes marítimas quanto da circulação atmosférica regional e global. Essa alteração assume dimensões continentais e planetárias à medida que provoca desarranjos de toda a ordem em vários climas da Terra.

(Mendonça, F.; Danni-Oliveira, I. M. Climatologia: noções básicas e climas do Brasil. São Paulo: Oficina de Texto, 2007).

Sobre o El Niño e a dinâmica climática global, é correto afirmar:

  1. As anomalias que produzem o El Niño são decorrentes de atividades humanas, principalmente devido às emissões de GEE (gases de efeito estufa) provenientes da queima de combustíveis fósseis industriais e veiculares.
  2. É considerado uma variabilidade natural existente há milhares de anos, com relatos históricos de ocorrência nas civilizações pré-colombianas, e que pode ter seus efeitos intensificados devido às mudanças climáticas.
  3. Está associado ao aumento de atividade sísmica no oceano Pacífico equatorial, que emite grande quantidade de calor no assoalho oceânico, provocando o aquecimento das águas superficiais.
  4. Tem relação direta com o aumento do fluxo de raios cósmicos durante os períodos de baixa atividade solar, permitindo maior entrada desse tipo de radiação em nosso sistema e alterando a dinâmica atmosférica.
  5. É o responsável pela existência do clima semiárido no sertão nordestino, principalmente devido ao ramo divergente da célula de Walker que ocorre sobre a região.

05. (FUVEST)

 Em algumas cidades, pode-se observar no horizonte, em certos dias, a olho nu, uma camada de cor marrom.

Em algumas cidades, pode-se observar no horizonte, em certos dias, a olho nu, uma camada de cor marrom. Essa condição afeta a saúde, principalmente, de crianças e de idosos, provocando, entre outras, doenças respiratórias e cardiovasculares.

http://tempoagora.uol.com.br/noticias. Acessado em 20/06/2009. Adaptado.

As figuras e o texto acima se referem a um processo de formação de um fenômeno climático que ocorre em vários centros urbanos do Brasil. Trata-se de:

  1. ilha de calor, caracterizada pelo aumento de temperaturas na periferia da cidade.
  2. zona de convergência intertropical, que provoca o aumento da pressão atmosférica na área urbana.
  3. chuva convectiva, caracterizada pela formação de nuvens de poluentes que provocam danos ambientais.
  4. inversão térmica, que provoca concentração de poluentes na baixa camada da atmosfera.
  5. ventos alíseos de sudeste, que provocam o súbito aumento da umidade relativa do ar.

06. (PUC-RJ) O aumento da temperatura média do oceano Pacífico nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro entre a América do Sul e a Oceania, apresentado como uma mancha na gravura ao lado, é um velho fenômeno reconhecido por navegadores europeus e pelo povo inca, desde o século XVI, mas que só passou a ser estudado a partir do final do século XX. Sobre esse fenômeno, é CORRETO afirmar que se trata do (a):

Fonte: www.geomundo.com.br

  1. El Niño, que se forma nos meses de inverno no hemisfério sul do planeta, acarretando chuvas desenfreadas em algumas regiões do planeta e secas em outras;
  2. La Niña, que ocorre no verão e provoca veranicos na costa ocidental da América do Norte e ressacas violentas na América do Sul;
  3. El Niño, que provoca chuvas intensas no litoral ocidental da América do Sul, seca no Nordeste e enchentes no Sul brasileiro;
  4. La Niña, que é um evento frio que promove estiagem no Sul e chuvas no Nordeste do Brasil;
  5. Nenhuma das afirmações anteriores está correta.

07. (UEL) Sobre os desdobramentos do fenômeno El Niño no território brasileiro, considere as afirmativas a seguir.

I. No Hemisfério Sul a atuação do fenômeno El Niño eleva a frequência e a intensidade das frentes frias que avançam sobre as regiões Sudeste e Nordeste durante os períodos de primavera e verão.

II. Algumas culturas agrícolas das regiões Sul e Sudeste são beneficiadas com o fenômeno que propicia um inverno com temperaturas acima da média, diminuindo as geadas.

III. Na região Amazônica, a ocorrência do fenômeno El Niño acentua a estação seca e contribui com o aumento do risco de incêndios causados pelo uso das queimadas na agropecuária.

IV. A região brasileira mais afetada pelo fenômeno El Niño é a Centro-Oeste, onde prolongados períodos de seca atingem o Mato Grosso do Sul.

Estão corretas apenas as afirmativas:

  1. I e II.
  2. II e III.
  3. III e IV.
  4. I, II e IV.
  5. I, III e IV.

08. (UNIRIO) Recentemente, a mídia alertou para a possível ocorrência de enchentes no sul do Brasil, associadas à influência do fenômeno EL NIÑO. Marque a opção que explica corretamente essa influência.

  1. Ao provocar um maior aquecimento das águas do Pacífico, aumenta a evaporação e a maior presença de umidade, que se desloca pelas correntes atmosféricas em direção ao centro-sul do Brasil.
  2. A medida que há um resfriamento anormal das águas do Oceano Atlântico, a massa polar atlântica penetra mais intensamente na região, provocando mais chuvas.
  3. EL NIÑO diz respeito a um fenômeno atmosférico relacionado a um superaquecimento da Amazônia, devido às queimadas, o que faz com que a massa equatorial continental migre para o sul, provocando um aumento das precipitações.
  4. As nuvens provocadas pelo resfriamento das águas do oceano Pacífico e Atlântico são direcionadas para o sul do Brasil pela corrente marítima denominada EL NIÑO, trazendo bastante chuva.
  5. Caracterizando-se por ser uma corrente marítima fria que se forma no litoral sul do Brasil, fortalece-se na chegada do verão provocando um resfriamento da atmosfera e um aumento das precipitações.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avise para a gente | Email ou WhatsApp