Home > Banco de Questões > Geografia > Geografia Econômica >

Extrativismo

Lista de 10 exercícios de Geografia com gabarito sobre o tema Extrativismo com questões de Vestibulares.




01. (UFG) Os elementos terras raras (ETR) são utilizados na produção do que há de mais moderno na fabricação de produtos tecnologicamente sofisticados, como computadores, celulares, tablets, painéis solares, telas de led etc. Eles são 17 elementos químicos muito parecidos, agrupados em uma mesma família na tabela periódica. O Brasil possui grandes reservas desses elementos, apesar de pouco exploradas. O estado de Goiás pode tornar-se um dos estados mais beneficiados pela exploração desses minérios no Brasil, tendo em vista o fato de possuir também uma das maiores reservas de fosfato, que apresenta em seus rejeitos minérios terras raras. Um desses elementos considerados como terras raras e o município goiano, onde ocorre essa extração de fosfato, são, respectivamente:

  1. fósforo – Catalão.
  2. lantânio – Barro Alto.
  3. antimônio – Americano do Brasil.
  4. lantânio – Catalão.
  5. tecnécio – Americano do Brasil.

02. (ESA) Em relação à produção de petróleo no Brasil é correto afirmar que:

  1. ocorre em escudos cristalinos.
  2. um percentual muito expressivo das reservas encontra-se em áreas marítimas.
  3. as maiores jazidas ficam nas regiões metropolitanas.
  4. a produção em terra firme supera a produção offshore.
  5. a Amazônia brasileira é maior área produtora

03. (CFTMG) “As atividades extrativistas que ocupam a maioria da população da região de mata da ilha de Marajó apresentam como fundamental característica a sazonalidade, isto é, dependem da estação do ano em que se tornam economicamente viáveis, seja pelo período de amadurecimento dos frutos da(o) ___________, seja pelas condições climáticas que permitem o acesso mais fácil às zonas de extração da____________ ou que propiciam a produção da(o) ____________”.

BRASIL, Marília Carvalho. As estratégias de sobrevivência da população ribeirinha da Ilha do Marajó. In: TORRES, Haroldo. et al (Org.). População e meio ambiente: debates e desafios. São Paulo: Senac, 2000. p. 113. (Adaptado)

Relacionando as condições socioambientais e as atividades econômicas desenvolvidas na região amazônica, a sequência correta que completa as lacunas é

  1. açaí, madeira, seringa.
  2. mamona, soja, algodão.
  3. cacau, canaúba, mineral.
  4. babaçu, cana de açúcar, palmito.

04. (PUC-RS) A antiguidade geológica do território brasileiro, associada aos diferentes tipos de rochas e terrenos que se formaram ao longo de mais de dois bilhões de anos, possibilita ao país uma atividade econômica importante na exploração de produtos minerais.

Atualmente, a exploração de ________________ ocorre _____________, e a de ______________ ocorre _____________.

  1. carvão mineral – no Amazonas; manganês – no Piauí.
  2. bauxita – na Bahia; potássio – em Sergipe.
  3. ferro – no Pará; bauxita – no Maranhão.
  4. ferro – no Maranhão; bauxita – em Tocantins.
  5. potássio – em Sergipe; níquel – no Ceará.

05. (UEA)

O mapa temático apresenta informações sobre

  1. a pecuária leiteira.
  2. a extração de combustíveis.
  3. a exploração madeireira.
  4. a agricultura comercial.
  5. a exploração de minérios.

06. (ESPM) Representa importante zona de exploração de minério de ferro no Brasil:

  1. A zona do pré-sal junto à Bacia de Santos.
  2. Serra Pelada no estado do Amazonas.
  3. Quadrilátero Ferrífero, em Minas Gerais.
  4. Serra do Navio no Pará.
  5. Serra de Carajás no estado de Tocantins.

07. (UFSM) Observe a figura:

Marque a resposta correta.

  1. As regiões Norte e Nordeste registraram os menores volumes de consumo de sal do país.
  2. A participação da indústria da alimentação no consumo de sódio foi maior no Sudeste, onde se localiza a maioria das indústrias desse setor.
  3. A ingestão de sódio é mais alta nas regiões mais ricas do país, devido ao poder aquisitivo da população dessas regiões.
  4. A responsabilidade da indústria no consumo de sal é heterogênea entre todas as regiões brasileiras.
  5. O sal é um alimento importante para a saúde, mas de difícil acesso à dieta alimentar dos brasileiros.

08. (Uerj) O assassinato do líder seringueiro Chico Mendes, em 1988, deu expressão internacional à pequena cidade de Xapuri, no Acre, e voltou o olhar do mundo para milhares de cidadãos que fazem da extração do látex seu sustento e do Vale Amazônico sua morada. O que poucos sabem é que esse foi apenas mais um capítulo da saga da borracha. Durante a Segunda Guerra Mundial, um exército de retirantes foi mobilizado com pulso firme, propaganda forte e promessas delirantes para deslocar-se rumo à Amazônia e cumprir uma agenda do Estado Novo. Ao fim do conflito, em 1945, os migrantes que sobreviveram às durezas da selva foram esquecidos no Eldorado. Passadas décadas, os soldados da borracha hoje lutam para receber pensão equivalente à dos ex-pracinhas.

Adaptado de revistaepoca.globo.com, 18/04/2011.

A extração de recursos naturais da Floresta Amazônica, como o látex, ainda hoje se insere em um contexto de problemas sociais, relacionados principalmente ao seguinte fator:

  1. escassez de mão de obra qualificada
  2. precariedade das condições de trabalho
  3. insuficiência dos sistemas de transporte
  4. insalubridade da infraestrutura habitacional

09. (Fuvest) Observe as charges

As charges, respectivamente, dos cartunistas Henfil (1982) e Dalcio (2011) estão separadas por quase trinta anos de história, mas unidas na crítica

  1. ao preço, no mercado internacional, da madeira extraída das florestas brasileiras.
  2. à presença de capital estrangeiro na exploração de madeiras de florestas no país.
  3. à exportação ilegal, via países vizinhos, de madeira extraída das florestas brasileiras.
  4. ao desmatamento extensivo e indiscriminado das florestas brasileiras.
  5. ao uso recorrente de queimadas na eliminação de florestas no país.

10. (CPS) No Brasil, as principais áreas de extração do minério de ferro são a Serra dos Carajás e o Quadrilátero Ferrífero, que se localizam, respectivamente, nos estados

  1. de Goiás e do Maranhão.
  2. de São Paulo e do Amapá.
  3. de Roraima e do Tocantins.
  4. do Pará e de Minas Gerais.
  5. do Amazonas e de Sergipe.