Home > Banco de Questões > Física > Mecânica > Trabalho e Energia >

Energia Cinética

Lista de 10 exercícios de Física com gabarito sobre o tema Energia Cinética com questões de Vestibulares.

Confira as videoaulas, teoria e questões sobre: Trabalho e Energia.

Confira as videoaulas, teoria e questões sobre: Trabalho e Energia.





1. (ESPM-SP) Uma bola e um carrinho têm a mesma massa, mas a bola tem o dobro da velocidade do carrinho. Comparando a energia cinética do carrinho com a energia cinética da bola, esta é:

  1. quatro vezes maior que a do carrinho
  2. 60% maior que a do carrinho
  3. 40% maior que a do carrinho
  4. igual à do carrinho
  5. metade da do carrinho

2. (MACK-SP) No conjunto abaixo, os fios e as polias são ideais e o coeficiente de atrito cinético entre o bloco B e a mesa é µ = 0,2. Num dado instante, esse corpo passa pelo ponto X com velocidade 0,50 m/s. No instante em que ele passar pelo ponto Y, a energia cinética do corpo A será:

  1. 0,125 J
  2. 1,25 J
  3. 11,25 J
  4. 12,5 J
  5. 17 J

3. (UFRS) Uma partícula movimenta-se inicialmente com energia cinética de 250 J. Durante algum tempo, atua sobre ela uma força resultante com módulo de 50 N, cuja orientação é, a cada instante, perpendicular à velocidade linear da partícula; nessa situação, a partícula percorre uma trajetória com comprimento de 3 m. Depois, atua sobre a partícula uma força resultante em sentido contrário à sua velocidade linear, realizando um trabalho de -100 J. Qual é a energia cinética final da partícula?

  1. 150 2J
  2. 250 J
  3. 300 J
  4. 350 J
  5. 500 J

04. (Unimep-SP) Uma pedra com massa m 0,20 kg é lançada verticalmente para cima com energia cinética EC 40 J. Considerando-se g 10 m/s² e que em virtude do atrito com o ar, durante a subida da pedra, é gerada uma quantidade de calor igual a 15 J, a altura máxima atingida pela pedra será de:

  1. 14 m
  2. 11,5 m
  3. 10 m
  4. 12,5 m
  5. 15 m

05. (Unesp-SP) Para tentar vencer um desnível de 0,5 m entre duas calçadas planas e horizontais, mostradas na figura, um garoto de 50 kg, brincando com um skate (de massa desprezível), impulsiona-se até adquirir uma energia cinética de 300 J.

Desprezando-se quaisquer atritos e considerando-se g 10 m/s², pode-se concluir que, com essa energia:

  1. não conseguirá vencer sequer metade do desnível.
  2. conseguirá vencer somente metade do desnível.
  3. conseguirá ultrapassar metade do desnível, mas não conseguirá vencê-lo totalmente.
  4. não só conseguirá vencer o desnível, como ainda lhe sobrarão pouco menos de 30 J de energia cinética.
  5. não só conseguirá vencer o desnível, como ainda lhe sobrarão mais de 30 J de energia cinética.

06. (UERJ) Numa partida de futebol, o goleiro bate o tiro de meta e a bola, de massa 0,5 kg, sai do solo com velocidade de módulo igual a 10 m/s, conforme mostra a figura.

No ponto P, a 2 metros do solo, um jogador da defesa adversária cabeceia a bola. Considerando g 10 m/s², a energia cinética da bola no ponto P vale, em joules:

  1. 0
  2. 5
  3. 10
  4. 15

07. (FATEC) Um motorista conduzia seu automóvel de massa 2000 kg que trafegava em linha reta, com velocidade constante de 72 km/h, quando avistou uma carreta atravessada na pista. Transcorreu 1 s entre o momento em que o motorista avistou a carreta e o momento em que acionou o sistema de freios para iniciar a frenagem, com desaceleração constante igual a 10 m/s². Desprezando-se a massa do motorista, assinale a alternativa que apresenta, em joules, a variação da energia cinética desse automóvel, do início da frenagem até o momento de sua parada.

  1. + 4,0.105
  2. + 3,0.105
  3. + 0,5.105
  4. – 4,0.105
  5. – 2,0.105

08. (UFRGS) Para um dado observador, dois objetos A e B, de massas iguais, movem-se com velocidades constantes de 20 km/h e 30 km/h, respectivamente. Para o mesmo observador, qual a razão EA/EB entre as energias cinéticas desses objetos?

  1. 1/3.
  2. 4/9.
  3. 2/3.
  4. 3/2.
  5. 9/4.

09. (UNIFESP) Uma criança de massa 40 kg viaja no carro dos pais, sentada no banco de trás, presa pelo cinto de segurança. Num determinado momento, o carro atinge a velocidade de 72 km/h. Nesse instante, a energia cinética dessa criança é:

  1. 3000 J
  2. 5000 J
  3. 6000 J
  4. 8000 J
  5. 9000 J

10. (UCB) Determinado atleta usa 25% da energia cinética obtida na corrida para realizar um salto em altura sem vara. Se ele atingiu a velocidade de 10 m/s, considerando g = 10 m/s², a altura atingida em razão da conversão de energia cinética em potencial gravitacional é a seguinte:

  1. 1,12 m.
  2. 1,25 m.
  3. 2,5 m.
  4. 3,75 m.
  5. 5 m.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Email ou WhatsApp



.