Home > Banco de Questões > Física > Óptica >

Óptica da Visão

Lista de 15 exercícios de Física com gabarito sobre o tema Óptica da Visão com questões de Vestibulares.

Confira as videoaulas, teoria e questões sobre: Óptica.





01. (UFRR) “Podemos definir o defeito visual hipermetropia como sendo um defeito oposto ao defeito visual miopia (não permite visão nítida de um objeto distante). A hipermetropia caracteriza-se por um achatamento do olho na direção do eixo anteroposterior ou por uma convergência diminuída em relação ao olho normal. No caso da hipermetropia, a imagem é formada depois da retina e isso provoca falta de nitidez na formação de imagens próximas.

Para que uma pessoa hipermétrope consiga enxergar com nitidez os objetos que estão próximos a ela, é necessário aumentar a convergência de seu olho.

http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/fisica/hipermetropia.htm em 18/07/2016

Uma pessoa que possui hipermetropia pode utilizar lentes para corrigir esse defeito visual. Nesse caso, pode-se utilizar

  1. lentes biconvexas;
  2. lentes planas e paralelas;
  3. espelhos convexos;
  4. lentes bicôncavas;
  5. lentes plano-côncavas.

02. (FUVEST) Na formação das imagens na retina da vista humana normal, o cristalino funciona como uma lente:

  1. convergente, formando imagens reais, diretas e diminuídas;
  2. divergente, formando imagens reais, diretas e diminuídas;
  3. convergente, formando imagens reais, invertidas e diminuídas;
  4. divergente, formando imagens virtuais, diretas e ampliadas;
  5. convergente, formando imagens virtuais, invertidas e diminuídas.

03. (IF-GO) Um olho, em condições normais de funcionamento, consegue conjugar de um objeto real uma imagem nítida, real, invertida e menor que o objeto sobre a retina. A Figura 01 mostra a imagem de uma pessoa e as respectivas lentes que serão utilizadas para a confecção de óculos para corrigir suas ametropias. Na Figura 02, a imagem I é obtida com a utilização correta das lentes de correção, a imagem II e a imagem III representam reproduções das visões dos olhos sem a utilização das lentes.

Disponível em: <http://www.cemahospital.com.br/ametropia-miopiahipermetropia-astigmatismo/>. Acesso em: 25 out. 2015.

Entre as afirmativas abaixo, marque a que representa a relação correta.

  1. O olho esquerdo sofre de hipermetropia, e o olho direito, de miopia. A reprodução da visão desses olhos sem correção é respectivamente as imagens II e III.
  2. O olho esquerdo sofre de miopia, e o olho direito, de hipermetropia. A reprodução da visão desses olhos sem correção é respectivamente as imagens II e III.
  3. A imagem III é a reprodução da visão de uma pessoa hipermétrope sem correção, e a lente que deve ser utilizada para sua devida correção é a disposta no olho direito.
  4. A lente utilizada para a correção visual do olho esquerdo da pessoa é divergente, e a imagem vista por ele sem a lente de correção é a II.
  5. O olho direito da pessoa sofre de miopia, e a imagem vista por ele sem a lente de correção é a II.

04. (UEPG–PR) O olho humano pode ser considerado um conjunto de meios transparentes, separados um do outro por superfícies sensivelmente esféricas, que podem apresentar alguns defeitos tais como miopia, daltonismo, hipermetropia etc. O presbiopismo é causado por:

  1. achatamento do globo ocular;
  2. alongamento do globo ocular;
  3. ausência de simetrias em relação ao eixo ocular;
  4. endurecimento do cristalino;
  5. insensibilidade ao espectro eletromagnético da luz.

05. (UFG-GO) Ao realizar exames oftalmológicos em um ambiente pouco iluminado, os jovens J1 e J2 descobriram que o diâmetro do corpo vítreo de seus olhos é de 18 mm. Nesse exame, descobriu-se que, para J1, as imagens dos objetos são formadas 13 mm após o cristalino, enquanto que, para J2, o diagnóstico atestou que ele não visualiza nitidamente objetos a 25 cm do olho. Conforme o exposto, quais são, respectivamente, os tipos de lentes corretivas que J1 e J2 devem utilizar e quais células responderam mais eficientemente ao estímulo luminoso?

divergentes, com distância focal de –0,25 m e, provavelmente, o paciente é míope.
  1. Divergente e convergente, e bastonetes na córnea.
  2. Divergente e divergente, e bastonetes na retina.
  3. Convergente e divergente, e cones na córnea.
  4. Divergente e divergente, e cones na retina.
  5. Divergente e convergente, e bastonetes na retina.

06. (PUC–PR) Um presbíope tem 1,5 m para a mínima distância de visão distinta. Ele necessita ler a 50 cm. A vergência das lentes que deve utilizar, supondo-as de espessura desprezível, é:

  1. -4,0 di
  2. -0,75 di
  3. 0,75 di
  4. 4/3 di
  5. 4,0 di

07. (UCB-DF) Certo paciente recebe uma receita do oftalmologista para correção visual determinando uma lente de –4,00 dioptrias para ambos os olhos. Essa situação hipotética indica que as lentes apresentadas são:

  1. divergentes, com distância focal de –0,25 m e, provavelmente, o paciente é míope.
  2. convergentes, com distância focal de 0,40 m e, provavelmente, o paciente é hipermetrope.
  3. divergentes, com distância focal de 1,25 m e, provavelmente, o paciente possui astigmatismo.
  4. convergentes, com distância focal de 0,75 m e, provavelmente, o paciente é hipermetrope.
  5. divergentes, com distância focal de –0,40 m e, provavelmente, o paciente é míope.

08. (UNESP) Uma pessoa apresenta deficiência visual, conseguindo ler somente se o livro estiver a uma distância de 75 cm. Qual deve ser a distância focal dos óculos apropriados para que ela consiga ler, com o livro colocado a 25 cm de distância?

  1. f = 37,5 cm
  2. f = 25,7 cm
  3. f = 57 cm
  4. f = 35,5 cm
  5. f = 27 cm

09. (UPE) A Lei 13.290 modifica o Art.40 do Código de Trânsito Brasileiro e diz: ―O condutor manterá acesos os faróis do veículo, utilizando luz baixa durante a noite e durante o dia, nos túneis providos de iluminação pública e nas rodovias;‖. (...) Aumenta mesmo a visibilidade? Sim. Mesmo de dia, a luz faz diferença; afirma-se que, ao acender os faróis, a visibilidade do veículo aumenta em 60%. (...) Em situações de Sol a pino, que criam miragens na pista (efeito de pista molhada), é muito difícil distinguir se um veículo está vindo em sua direção ou indo na direção contrária. (...) E isso aumenta a segurança? Sim. No Brasil, a maior causa de morte no trânsito são as colisões frontais. Embora sejam apenas 4,1% das ocorrências, causam 33,7% dos óbitos. Essas colisões acontecem, principalmente, em tentativas malsucedidas de ultrapassagem. Já com a luz acesa, o veículo pode ser visto antes, prevenindo quem vem na direção oposta, evitando acidentes.

Fonte: http://www.penaestrada.com.br/lei-do-farol-aceso-duvidas/, acessado em 14 de julho de 2016. (Adaptado)

Acerca das informações do texto e dos conhecimentos básicos da óptica geométrica, é CORRETO afirmar que

  1. a cor de um veículo não influencia na sua visibilidade por parte de outros motoristas.
  2. o fenômeno da "miragem" citado no texto pode ser explicado por efeitos decorrentes da refração e reflexão da luz.
  3. o tempo de reação de um motorista – intervalo de tempo entre visualizar um objeto e promover uma intervenção no veículo – diminui com o uso dos faróis nas estradas.
  4. um total de 4,1% das ocorrências de colisões aconteceram porque os faróis dos veículos estavam apagados.
  5. o fenômeno da ressonância luminosa explica, de forma mais completa, a miragem observada por motoristas em uma estrada.

10. (UFG) Um médico, ao analisar o exame oftalmológico de um paciente, detectou que o globo ocular é mais alongado horizontalmente que o normal. Para a correção desse defeito visual, prescreveu o uso de óculos com lente divergente. O defeito visual e a justificativa para a escolha da lente são, respectivamente,

  1. astigmatismo – concentração de raios de luz em um único plano.
  2. catarata – compensação da distância entre o cristalino e a retina.
  3. hipermetropia – concentração de raios de luz em um único plano.
  4. presbiopia – compensação da distância entre o cristalino e a retina.
  5. miopia – aumento da distância entre o cristalino e o ponto focal.

11. (IFPE) Defeitos na visão humana decorrem de anomalias no olho, que podem resultar em dificuldades para enxergar. A correção desses defeitos é possível através da utilização de lentes. Dentre as alternativas a seguir, assinale a única que não é defeito na visão.

  1. Miopia
  2. Hipermetropia
  3. Catarata
  4. Astigmatismo
  5. Presbiopia

12. (UNICAMP) As cirurgias corretivas a laser para a visão estão cada vez mais eficientes. A técnica corretiva mais moderna é baseada na extração de um pequeno filamento da córnea, modificando a sua curvatura. No caso de uma cirurgia para correção de miopia, o procedimento é feito para deixar a córnea mais plana.

Assinale a alternativa que explica corretamente o processo de correção da miopia.

  1. Na miopia, a imagem do ponto remoto se forma antes da retina e a cirurgia visa a aumentar a distância focal da lente efetiva do olho.
  2. Na miopia, a imagem do ponto remoto se forma depois da retina e a cirurgia visa a aumentar a distância focal da lente efetiva do olho.
  3. Na miopia, a imagem do ponto remoto se forma depois da retina e a cirurgia visa a diminuir a distância focal da lente efetiva do olho.
  4. Na miopia, a imagem do ponto remoto se forma antes da retina e a cirurgia visa a diminuir a distância focal da lente efetiva do olho.

13. (UEMA) Você sabia que o globo ocular humano é um órgão da visão, bastante complexo, no qual o cristalino funciona como uma lente que forma as imagens na retina? Essa importante lente do sistema óptico do homem é caracterizada como

  1. convergente, formando imagens reais, diretas e diminuídas.
  2. divergente, formando imagens reais, diretas e diminuídas.
  3. divergente, formando imagens virtuais, diretas e ampliadas.
  4. convergente, formando imagens virtuais, invertidas e diminuídas.
  5. convergente, formando imagens reais, invertidas e diminuídas.

14. (UEL) A partir da descoberta das lentes, tornou-se possível corrigir deficiências de visão decorrentes da incapacidade do olho de focalizar as imagens sobre a retina.

Com base no enunciado e nos conhecimentos sobre o tema, considere as afirmativas a seguir:

I. Pessoas com hipermetropia têm globos oculares mais longos que o normal, o que impede a focalização correta de objetos mais próximos. Neste caso, os raios de luz convergem antes da retina.

II. Em casos de presbiopia, as imagens são formadas depois da retina, fazendo com que a pessoa afaste os objetos para vê-los melhor. Este problema é corrigido com lentes convergentes.

III. Nos últimos anos, houve significativa diminuição da espessura das lentes, para um mesmo grau de distúrbio de visão, devido à descoberta de novos materiais com alta transparência e alto índice de refração.

IV. O problema de astigmatismo, corrigido com lentes esferocilíndricas, é uma deficiência causada pela assimetria na curvatura da córnea, que ocasiona a projeção de imagens sem nitidez na retina.

Assinale a alternativa correta.

  1. Somente as afirmativas I e II são corretas.
  2. Somente as afirmativas I e III são corretas.
  3. Somente as afirmativas II e IV são corretas.
  4. Somente as afirmativas I, III e IV são corretas.
  5. Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

15. (UEG) O olho humano é um órgão complexo composto por um sistema de lentes convergentes, cujas mais importantes são a córnea e o cristalino. Sobre o mecanismo de funcionamento e deficiências do olho, baseado nestas lentes, verifica-se que

  1. na miopia a córnea torna-se excessivamente plana, o que dificulta a identificação de objetos distantes.
  2. na presbiopia o cristalino torna-se mais flexível, dificultando a acomodação adequada e a identificação de objetos próximos.
  3. na hipermetropia o formato achatado do cristalino faz com que a imagem de um determinado objeto seja formada atrás da retina.
  4. no astigmatismo uma pessoa tem deformações nas curvaturas da córnea, o que leva a apenas uma visão ruim em diversas direções.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Email ou WhatsApp



.