Home > Banco de Questões > Física >

Lei de Ohm

Lista de 10 exercícios de Física com gabarito sobre o tema Lei de Ohm com questões de Vestibulares.

Confira as videoaulas, teoria e questões sobre: Eletricidade.





01. (UERR) Um condutor ôhmico é submetido a uma variação de tensão e corrente, com temperatura constante, dadas pela tabela abaixo.

O valor da resistência desse resistor ôhmico é dado por:

  1. 2,5 Ω
  2. 25 Ω
  3. 4 Ω
  4. 0,25 Ω
  5. 0,4 Ω

02. (FATEC) Componente de um circuito elétrico, os resistores têm a função de dissipar energia, controlar a intensidade da corrente elétrica que atravessa um condutor e modificar a impedância de um circuito. Em um resistor ôhmico, mantido a uma temperatura constante, a diferença de potencial V aplicada é diretamente proporcional à intensidade de corrente i que o atravessa.

Analisando no gráfico os intervalos compreendidos entre os pontos A, B, C e D, aquele que garante que o resistor obedece às Leis de Ohm é

  1. AB.
  2. BC.
  3. CD.
  4. BD.
  5. AD.

03. (FAMEMA) Para ilustrar as relações entre as grandezas básicas da eletrodinâmica, um professor construiu um teste de habilidade motora para seus alunos. Trata-se de um brinquedo cujo desafio é fazer um anel condutor passear ao longo de um fio resistivo e desencapado, sem tocá-lo. Como estímulo, o professor avisou que os alunos que não conseguissem evitar que o anel tocasse o fio deveriam explicar as leis de Ohm aos colegas que faltaram à aula. Na figura, é representado o momento em que um aluno toca o fio resistivo com o anel, a 4 cm do ponto A, fazendo o amperímetro indicar 0,05 A.

Os fios utilizados e seus conectores, a fonte de tensão de 3 V, o amperímetro e o anel com seu suporte podem ser considerados ideais, sendo que o fio resistivo ligado entre os pontos A e B é ôhmico, mede 60 cm, tem área de secção transversal constante e está montado em uma base isolante. Os dados obtidos nessa brincadeira permitem encontrar o valor da resistência elétrica de todo o comprimento do fio resistivo.

Esse valor é

  1. 900 Ω.
  2. 300 Ω.
  3. 450 Ω.
  4. 150 Ω.
  5. 600 Ω.

04. (UEA) Um estudante construiu um circuito com resistores ôhmicos iguais, de resistências elétricas de 200 Ω cada um.

A resistência elétrica equivalente entre os pontos A e B desse circuito é

  1. 300 Ω.
  2. 400 Ω.
  3. 500 Ω.
  4. 600 Ω.
  5. 800 Ω.

05. (FATEC) Em uma disciplina de circuitos elétricos da FATEC, o Professor de Física pede aos alunos que determinem o valor da resistência elétrica de um dispositivo com comportamento inicial ôhmico, ou seja, que obedece à primeira lei de Ohm. Para isso, os alunos utilizam um multímetro ideal de precisão e submetem o dispositivo a uma variação na diferença de potencial elétrico anotando os respectivos valores das correntes elétricas observadas. Dessa forma, eles decidem construir um gráfico contendo a curva característica do dispositivo resistivo, apresentada na figura.

Com os dados obtidos pelos alunos, e considerando apenas o trecho com comportamento ôhmico, podemos afirmar que o valor encontrado para a resistência elétrica foi, em kΩ, de

  1. 3,0
  2. 1,5
  3. 0,8
  4. 0,3
  5. 0,1

06. (URCA) Considere o texto: A expressão R=V/i não constitui a lei de Ohm pois tratase da definição deresistência elétrica R em termos dadiferença de potencial “V” aplicada e da intensidade de corrente “i” que percorre o condutor em consideração. Ela permite calcular a resistência elétrica de um condutor independente deste ser ohmico ou não. A lei de Ohm declara que a resistência elétrica de cada condutor de uma ampla classe de condutores, especialmente os metálicos, é uma constante (quando outros fatoresexternos não interferem no condutor em foco) e, neste caso, pela definição de resistência R=V/i, a intensidade de corrente “i” que vai percorrer o condutor é diretamente proporcional a diferença de potencial “V” nele aplicada.

Podemos dizer que:

  1. O texto está correto.
  2. O texto está incorreto.
  3. O texto não faz sentido.
  4. O texto está equivocado.
  5. A resistência de uma amostra é sempre constante.

07. (UFAM) Em 1827, o físico alemão Georg Simon Ohm (1789-1854) realizou inúmeras experiências com diversos tipos de condutores. Aplicando sobre eles várias intensidades de voltagens, Ohm percebeu que a relação entre diferença de potencial aplicada (V ) e corrente elétrica ( i ) se mantinha sempre constante. Esse valor constante é a resistência elétrica ( R ) do condutor e a relação ficou conhecida como lei de Ohm. Com o objetivo de comprovar a validade da lei de Ohm, uma estudante foi ao Laboratório de Eletricidade da escola com dois condutores metálicos A e B com resistências elétricas RA e RB. Com os valores medidos de tensão e corrente, ela construiu um gráfico obtendo o seguinte resultado:

Podemos afirmar que a estudante, além de constatar a validade da lei de Ohm, comprovou que:

  1. RA = 2RB
  2. RA = 3RB
  3. RA = 4RB
  4. RA = RB/3
  5. RA = RB/4

08. (UEMA) Um avicultor construiu um termômetro, utilizando-se de um ohmímetro e de um resistor elétrico. Para calibrá-lo, tomou dois pontos fixos, à temperatura corporal de 37ºC e o ponto de ebulição da água à pressão normal. Ao colocar o termômetro em contato com seu corpo, o ohmímetro registrou 9,7 ohms; em seguida, ao colocá-lo em contato com a água em ebulição, a leitura foi de 16,0 ohms. A função termométrica e a temperatura da ave, quando a leitura do ohmímetro for 10,1 ohms, são:

  1. Tc=10,0(R-6) e 41,00ºC
  2. Tc=10,1(R-6) e 37,70ºC
  3. Tc=10,0(R-6) e 37,00ºC
  4. Tc=10,0(R-60) e 38,95ºC
  5. Tc=10,1(R-60) e 37,97ºC

09. (PUC-RS) Durante um experimento realizado com um condutor que obedece à lei de Ohm, observou-se que o seu comprimento dobrou, enquanto a área da sua secção transversal foi reduzida à metade.

Neste caso, se as demais condições experimentais permanecerem inalteradas, pode-se afirmar que a resistência final do condutor, em relação à resistência original, será

  1. dividida por 4.
  2. quadruplicada.
  3. duplicada.
  4. dividida por 2.
  5. mantida.

10. (URCA) Considere as afirmações:

I) A expressão R=V/i não constitui a lei de Ohm pois tratase da definição de resistência elétrica R em termos da diferença de potencial “V” aplicada e a intensidade de corrente “i” que percorre o condutor em consideração. Ela permitecalcular a resistência elétrica de um condutor independente deste ser ohmico ou não.

II) A lei de Ohm declara que a resistência elétrica de cada condutor de uma ampla classe de condutores, especialmente os metálicos, é uma constante (quando outros fatores externos não interferem no condutor em foco) e, neste caso, pela definição de resistência R=V/i, a intensidade de corrente “i” que vai percorrer o condutor é diretamente proporcional a diferença de potencial “V” nele aplicada.

Podemos dizer que:

  1. ambas I e II são corretas.
  2. somente I é correta.
  3. nada se pode afirmar sobre I e II.
  4. I e II estão incompletas.
  5. somente II é correta.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Email ou WhatsApp