Home > Banco de Questões > Química >

Reações Inorgânicas

Lista de 11 exercícios de Química com gabarito sobre o tema Reações Inorgânicas com questões do Enem.


Você pode conferir as videoaulas, conteúdo de teoria, e mais questões sobre o tema Reações Inorgânicas.



01. (Enem 2019) Estudos mostram o desenvolvimento de biochips utilizados para auxiliar o diagnóstico de diabetes melito, doença evidenciada pelo excesso de glicose no organismo. O teste é simples e consiste em duas reações sequenciais na superfície do biochip, entre a amostra de soro sanguíneo do paciente, enzimas específicas e reagente (iodeto de potássio, KI), conforme mostrado na imagem.

Após a adição de soro sanguíneo, o fluxo desloca-se espontaneamente da esquerda para a direita (ii) promovendo reações sequenciais, conforme as equações 1 e 2. Na primeira, há conversão de glicose do sangue em ácido glucônico, gerando peróxido de hidrogênio:

O tipo de reação que ocorre na superfície do biochip, nas duas reações do processo, é

  1. análise.
  2. síntese.
  3. oxirredução.
  4. complexação.
  5. ácido-base.

02. (Enem 2016) Em sua formulação, o spray de pimenta contém porcentagens variadas de oleorresina de Capsicum, cujo princípio ativo é a capsaicina, e um solvente (um álcool como etanol ou isopropanol). Em contato com os olhos, pele ou vias respiratórias, a capsaicina causa um efeito inflamatório que gera uma sensação de dor e ardor, levando à cegueira temporária. O processo é desencadeado pela liberação de neuropeptídios das terminações nervosas.

Como funciona o gás de pimenta. Disponível em: http://pessoas.hsw.uol.com.br. Acesso em: 1 mar. 2012 (adaptado).

Quando uma pessoa é atingida com o spray de pimenta nos olhos ou na pele, a lavagem da região atingida com água é ineficaz porque a

  1. reação entre etanol e água libera calor, intensificando o ardor.
  2. solubilidade do princípio ativo em água é muito baixa, dificultando a sua remoção.
  3. permeabilidade da água na pele é muito alta, não permitindo a remoção do princípio ativo.
  4. solubilização do óleo em água causa um maior espalhamento além das áreas atingidas.

03. (Enem 2016) Em meados de 2003, mais de 20 pessoas morreram no Brasil após terem ingerido uma suspensão de sulfato de bário utilizada como contraste em exames radiológicos. O sulfato de bário é um sólido pouquíssimo solúvel em água, que não se dissolve mesmo na presença de ácidos. As mortes ocorreram porque um laboratório farmacêutico forneceu o produto contaminado com o carbonato de bário, que é solúvel em meio ácido, um simples teste para verificar a existência de íons bário solúveis poderia ter evitado a tragédia. Este teste consiste em tratar a amostra com solução aquosa de HCl e, após filtrar para separar os compostos insolúveis de bário, adiciona-se solução aquosa de H2SO4 sobre o filtrado e observa-se por 30 min.

TUBINO, M.; SIMONI, J. A. Refletindo sobre o caso Celobar®. Química Nova, n. 2, 2007 (adaptado).

A presença de íons bário solúveis na amostra é indicada pela

  1. liberação de calor.
  2. alteração da cor para rosa.
  3. precipitação de um sólido branco.
  4. formação de gás hidrogênio.
  5. volatilização de gás cloro.

04. (Enem PPL 2016) A bauxita é o minério utilizado na fabricação do alumínio, a qual apresenta Al2O3 (alumina) em sua composição. Após o trituramento e lavagem para reduzir o teor de impurezas, o minério é misturado a uma solução aquosa de NaOH (etapa A). A parte sólida dessa mistura é rejeitada e a solução resultante recebe pequenos cristais de alumina, de onde sedimenta um sólido (etapa B). Esse sólido é aquecido até a obtenção de um pó branco, isento de água e constituído unicamente por alumina. Finalmente, esse pó é aquecido até sua fusão e submetido a uma eletrólise, cujos produtos são o metal puro fundido (Al) e o gás carbônico (CO2).

SILVA FILHO, E. B.; ALVES, M. C. M.; DA MOTTA, M. Lama vermelha da indústria de beneficiamento de alumina: produção, características, disposição e aplicações alternativas. Revista Matéria, n. 2, 2007.

Nesse processo, as funções das etapas A e B são, respectivamente,

  1. oxidar a alumina e outras substâncias e reduzir seletivamente a alumina.
  2. solubilizar a alumina e outras substâncias e induzir a precipitação da alumina.
  3. solidificar as impurezas alcalinas e deslocar o equilíbrio no sentido da alumina.
  4. neutralizar o solo ácido do minério e catalisar a reação de produção da alumina.
  5. romper as ligações químicas da alumina e diminuir o calor de formação do alumínio.

05. (Enem PPL 2016) Utensílios de uso cotidiano e ferramentas que contêm ferro em sua liga metálica tendem a sofrer processo corrosivo e enferrujar. A corrosão é um processo eletroquímico e, no caso do ferro, ocorre a precipitação do óxido de ferro(III) hidratado, substância marrom pouco solúvel, conhecida como ferrugem. Esse processo corrosivo é, de maneira geral, representado pela equação química:

Uma forma de impedir o processo corrosivo nesses utensílios é

  1. renovar sua superfície, polindo-a semanalmente.
  2. evitar o contato do utensílio com o calor, isolando-o termicamente.
  3. impermeabilizar a superfície, isolando-a de seu contato com o ar úmido.
  4. esterilizar frequentemente os utensílios, impedindo a proliferação de bactérias.
  5. guardar os utensílios em embalagens, isolando-os do contato com outros objetos.

06. (Enem PPL 2016) Algumas práticas agrícolas fazem uso de queimadas, apesar de produzirem grandes efeitos negativos. Por exemplo, quando ocorre a queima da palha de cana-de-açúcar, utilizada na produção de etanol, há emissão de poluentes como CO2, SOx, NOx e materiais particulados (MP) para a atmosfera. Assim, a produção de biocombustíveis pode, muitas vezes, ser acompanhada da emissão de vários poluentes.

CARDOSO, A. A.; MACHADO, C. M. D.; PEREIRA, E. A. Biocombustível: o mito do combustível limpo. Química Nova na Escola, n. 28, maio 2008 (adaptado).

Considerando a obtenção e o consumo desse biocombustível, há transformação química quando

  1. o etanol é armazenado em tanques de aço inoxidável.
  2. a palha de cana-de-açúcar é exposta ao sol para secagem.
  3. a palha da cana e o etanol são usados como fonte de energia.
  4. os poluentes SOₓ, NOₓ e MP são mantidos intactos e dispersos na atmosfera.

07. (Enem PPL 2016) Os métodos empregados nas análises químicas são ferramentas importantes para se conhecer a composição dos diversos materiais presentes no meio ambiente. É comum, na análise de metais presentes em amostras ambientais, como água de rio ou de mar, a adição de um ácido mineral forte, normalmente o ácido nítrico (HNO3), com a finalidade de impedir a precipitação de compostos pouco solúveis desses metais ao longo do tempo.

Na ocorrência de precipitação, o resultado da análise pode ser subestimado, porque

  1. ocorreu passagem de parte dos metais para uma fase sólida.
  2. houve volatilização de compostos dos metais para a atmosfera.
  3. os metais passaram a apresentar comportamento de não metais.
  4. formou-se uma nova fase líquida, imiscível com a solução original.
  5. os metais reagiram com as paredes do recipiente que contém a amostra.

08. (Enem 2015) A calda bordalesa é uma alternativa empregada no combate a doenças que afetam folhas de plantas. Sua produção consiste na mistura de uma solução aquosa de sulfato de cobre(II), CuSO4, com óxido de cálcio, CaO, e sua aplicação só deve ser realizada se estiver levemente básica. A avaliação rudimentar da basicidade dessa solução é realizada pela adição de três gotas sobre uma faca de ferro limpa. Após três minutos, caso surja uma mancha avermelhada no local da aplicação, afirma-se que a calda bordalesa ainda não está com a basicidade necessária. O quadro apresenta os valores de potenciais padrão de redução (Eº) para algumas semirreações de redução.

A equação química que representa a reação de formação da mancha avermelhada é:

  1. Ca2+(aq) + 2Cu+(aq) --> Ca(s) + 2Cu2+(aq)).
  2. Ca2+(aq) + 2Fe2+(aq) --> Ca(s) + 2Fe3+(aq).
  3. Cu2+(aq) + 2 Fe2+(aq) --> Cu(s) + 2Fe3+(aq).
  4. 3Ca2+(aq) + 2 Fe(s) --> 3 Ca(s) + 2Fe3+(aq).
  5. 3 Cu2+(aq) + 2 Fe(s) --> 3 Cu(s) + 2 Fe3+(aq).

09. (Enem PPL 2015) Os calcários são materiais compostos por carbonato de cálcio, que podem atuar como sorventes do dióxido de enxofre (SO₂), um importante poluente atmosférico. As reações envolvidas no processo são a ativação do calcário, por meio da calcinação, e a fixação de SO₂ com a formação de um sal de cálcio, como ilustrado pelas equações químicas simplificadas.

Considerando-se as reações envolvidas nesse processo de dessulfurização, a fórmula química do sal de cálcio corresponde a

  1. CaSO₃.
  2. CaSO₄.
  3. CaS₂O₈.
  4. CaSO₂.
  5. CaS₂O₇.

10. (Enem 2014) Grande quantidade dos maus odores do nosso dia a dia está relacionada a compostos alcalinos. Assim, em vários desses casos, pode-se utilizar o vinagre, que contém entre 3,5% e 5% de ácido acético, para diminuir ou eliminar o mau cheiro. Por exemplo, lavar as mãos com vinagre e depois enxaguá-las com água elimina o odor de peixe, já que a molécula de piridina (C5H5N) é uma das substâncias responsáveis pelo odor característico de peixe podre.

SILVA, V. A.; BENITE, A. M. C.; SOARES, M. H. F. B. Algo aqui não cheira bem... A química do mau cheiro. Química Nova na Escola, v. 33, n. 1, fev. 2011 (adaptado).

A eficiência do uso do vinagre nesse caso se explica pela

  1. sobreposição de odor, propiciada pelo cheiro característico do vinagre.
  2. solubilidade da piridina, de caráter ácido, na solução ácida empregada.
  3. inibição da proliferação das bactérias presentes, devido à ação do ácido acético.
  4. degradação enzimática da molécula de piridina, acelerada pela presença de ácido acético.

11. (Enem 2012) Há milhares de anos o homem faz uso da biotecnologia para a produção de alimentos como pães, cervejas e vinhos. Na fabricação de pães, por exemplo, são usados fungos unicelulares, chamados de leveduras, que são comercializados como fermento biológico. Eles são usados para promover o crescimento da massa, deixando-a leve e macia.

O crescimento da massa do pão pelo processo citado é resultante da

  1. liberação de gás carbônico.
  2. formação de ácido lático.
  3. formação de água.
  4. produção de ATP.
  5. liberação de calor.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Pelo Email ou WhatsApp