Home > Propostas de Redação > Meio-Ambiente >

A importância econômica das florestas no Brasil

A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo na modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema "A importância econômica das florestas no Brasil", apresentando proposta de intervenção, que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.


TEXTO I

Um grupo de 29 empresas de investimento de nove países, que juntas administram US$ 3,7 trilhões, enviou uma carta a diplomatas brasileiros pedindo reuniões para debater a política ambiental do governo Bolsonaro, em iniciativa divulgada na terça-feira (23). Os investidores declaram preocupação com o desmatamento acelerado na Amazônia, os planos de liberar mineração em terras indígenas e os comentários do ministro Ricardo Salles sobre usar a pandemia para “passar a boiada”. Desde a crise das queimadas de 2019, empresas e investidores têm ameaçado retirar dinheiro do Brasil. Este episódio do “Durma com essa” trata do desgaste da imagem do país no exterior, pelo meio ambiente e pelas falhas no combate à pandemia, e as consequências disso em meio a uma crise econômica.

Disponível em: https://www.nexojornal.com.br/podcast/2020/06/23/A-carta-de-investidores-contra-o-desmatamento-no-Brasil


TEXTO II

Em particular, dois estudos revelam números surpreendentes sobre a contribuição financeira atual da Floresta Amazônica para o Brasil.

Um deles é o estudo global macroeconômico Changes in the Global Value of Ecosystem Services, liderado pelo americano Robert Constanza, professor da Crawford School of Public Policy da Universidade Nacional da Austrália e pioneiro em estudos de precificação dos serviços oferecidos pela natureza.

Publicado em 2014, esse estudo — que atualiza um trabalho anterior do especialista — calcula o valor de diferentes tipos de biomas, entre eles, as florestas tropicais. Segundo os cálculos, a Amazônia brasileira rende ao país (e ao mundo) cerca de US$ 1,83 trilhão (R$ 7,67 trilhões) por ano em valor bruto.

O segundo estudo, Valoração Espacialmente Explícita dos Serviços Ecossistêmicos da Floresta Amazônica Brasileira, publicado em novembro de 2018, foi liderado pelo modelador ambiental Britaldo Soares Filho, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e realizado em parceria com o Banco Mundial. A equipe, integrada por pesquisadores de várias universidades brasileiras, precificou, em valores líquidos, um pequeno número de serviços que a Amazônia oferece.

O estudo concluiu, por exemplo, que o valor somado de diferentes serviços pode chegar, em determinadas áreas, a US$ 737 (R$ 3 mil) por hectare por ano. Esse valor é muito superior à renda gerada pela pecuária de baixa produtividade praticada na Amazônia — cerca de US$ 40 (R$ 167) por hectare por ano, segundo os pesquisadores.

Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/brasil-50497413#


TEXTO III

Dados do Ministério do Turismo registram que 19% do total de turistas que visitam o Brasil apontam o Ecoturismo e o Turismo de Aventura como motivação central de sua viagem. Os turistas de aventura e de ecoturismo gastam, em média, US$ 3 mil por viagem, valor que representa quase o dobro da média geral. As viagens desse público duram, em média, oito dias, e eles estão dispostos a pagar mais por experiências emocionantes e autênticas.

Conforme o Ministro do Turismo, Henrique Alves, a “Natureza e ecoturismo já são o 2º principal motivo das viagens a lazer realizadas por estrangeiros no país. Sendo um dos países com maior biodiversidade e seus diversos ecossistemas, o Brasil apresenta um cenário rico para esse segmento e tenho certeza que podemos avançar ainda mais”.

O potencial do Brasil para o Ecoturismo e o Turismo de Aventura é reconhecido mundialmente. Segundo o Fórum Econômico Mundial (WEF), o Brasil ocupa o 1º lugar em recursos naturais no planeta e o 28º lugar no Índice de Competitividade Internacional do Turismo.

Disponível em: https://www.turismo.ms.gov.br/brasil-e-o-primeiro-no-ranking-turismo-de-aventura-e-ms-e-referencia-no-segmento/


.