Home > Banco de Questões > História > Brasil República

Nova República I

Lista de 15 exercícios de História com gabarito sobre o tema Nova República com questões de Vestibulares.

Confira as videoaulas, teoria e questões sobre: Brasil República.





01. (Unespar) Nos últimos trinta anos, a História do Brasil foi marcada por três manifestações sociais de caráter nacional: a campanha pelas Diretas Já, o Impeachment do presidente Collor e a onda de protestos que se iniciou em junho de 2013 por conta do aumento do preço da passagem do transporte urbano em São Paulo, e que, em poucas semanas, incorporou outras reivindicações, manifestantes e se espalhou Brasil afora. A respeito dos três fenômenos, analise as proposições abaixo:

I. Assim como as Diretas Já, as manifestações de 2013 tinham como pauta principal a ampliação da democracia no Brasil contemporâneo;

II. Nas três ocasiões, a televisão foi o mais importante canal de comunicação entre os manifestantes;

III. O impeachment do então presidente Collor em 1992 foi a única das três manifestações que teve consequências políticas;

IV. Nas manifestações de junho de 2013 não emergiu nenhuma liderança partidária, sindical ou estudantil majoritariamente aceita pelos manifestantes;

V. A existência dessas três manifestações reforça a ideia de que o brasileiro é politicamente apático.

  1. I e III estão corretas;
  2. II, IV e V estão corretas;
  3. I e V estão corretas;
  4. Apenas a IV está correta;
  5. Apenas a II está correta.

02. (Fuvest) O próximo presidente da República será eleito, em 15 de janeiro de 1985, por um Colégio Eleitoral composto por:

  1. todos os prefeitos das capitais, todos os deputados federais e estaduais.
  2. todas as pessoas alfabetizadas, maiores de 18 anos, portadoras do titulo eleitoral.
  3. todos os deputados federais e senadores e uma representação de seis deputados estaduais de cada Assembléia Legislativa.
  4. 138 representantes dos governadores estaduais e todos os componentes do Congresso Nacional.
  5. todos os deputados estaduais e federais e todos os senadores.

03. (Unesp) Em seu discurso, ao lançar o plano econômico, o presidente descreveu a inflação como "o inimigo público número um". O plano obteve imediato apoio da população e, da noite para o dia, o presidente e o ministro Funaro se tornaram heróis nacionais. O povo entrava nos supermercados, verificava os preços e denunciava os gerentes quando notava que algum produto havia sido remarcado irregularmente.

O texto anterior refere-se ao Plano:

  1. Verão
  2. Cruzado
  3. Collor
  4. Bresser
  5. Campos-Bulhões

04. (Fuvest) A campanha eleitoral de Fernando Collor de Mello baseou-se, essencialmente, no tema da moralização administrativa e política. Que outro candidato à Presidência da República explorou, com preferência, a mesma temática?

  1. Eurico Gaspar Dutra.
  2. Fernando Henrique Cardoso.
  3. Tancredo Neves.
  4. Jânio Quadros.
  5. Getúlio Vargas.

05. (UDESC) Sobre o Brasil Republicano, assinale a alternativa correta.

  1. Na história política republicana brasileira não houve espaço para populismo.
  2. Em 1937 houve a criação do Estado Democrático de Getúlio Vargas.
  3. Durante o regime militar houve ampliação dos direitos individuais.
  4. O autoritarismo foi uma característica importante da república brasileira, a exemplo da ditadura militar entre 1964 e 1985.
  5. O voto deixou de ser obrigatório no Brasil republicano

06. (Ufpe) Durante os debates que antecederam a convocação da Assembléia Constituinte que se instalou em 1 de fevereiro de 1987, uma reivindicação da sociedade civil se impôs:

  1. Os deputados e senadores que não demonstrassem uma participação ativa nos debates e nas comissões, tivessem seus mandatos cassados, não podendo voltar a exercer cargo parlamentar durante oito anos.
  2. Fosse convocada esta Assembléia exclusivamente para elaborar a nova Constituição e que, depois de aprovada, a Assembléia fosse dissolvida e novas eleições fossem realizadas para compor o Congresso Nacional.
  3. Houvesse uma escolha de deputados e senadores proporcional por categoria profissional como também por setores excluídos da sociedade, deixando apenas uma pequena parcela de vagas para os candidatos dos partidos.
  4. Antes de terem início os trabalhos constituintes, fosse aprovada uma Reforma Agrária, que contemplasse amplos setores de trabalhadores sem terra, de forma a diminuir as tensões sociais e, dessa forma, os Constituintes não fossem alvo das pressões populares.
  5. A Igreja Católica fosse a responsável por encaminhar todas as propostas oriundas dos setores populares que estavam organizados em Comunidades Eclesiais de Base.

07. (Fuvest) Acerca da década de 1980 no Brasil, podemos afirmar, do ponto de vista econômico, que foi um período

  1. de grande expansão, embora fortemente perturbado pelas incertezas quanto à consolidação da democracia.
  2. de forte desenvolvimento da indústria, ainda que não acompanhado por outros setores da economia.
  3. de recomposição da mão-de-obra, como resultado do declínio das migrações.
  4. de recessão das atividades econômicas, tanto que muitos o consideram uma década perdida.
  5. de ampla abertura ao capital estrangeiro, propiciando por essa via o aumento do produto interno bruto.

08. (Puc-RS) A vitória de Fernando Henrique Cardoso nas eleições presidenciais de 1994 possibilitou a continuidade e o aprofundamento do modelo de desenvolvimento baseado no Plano Real, que fora lançado em julho daquele ano, sob a articulação do futuro presidente, à época Ministro da Fazenda do governo Itamar Franco. Compõem esse modelo de desenvolvimento os itens a seguir, com EXCEÇÃO da

  1. necessidade de aprofundar a internacionalização da economia brasileira.
  2. preservação da estabilidade da moeda.
  3. ampliação da atuação direta do Estado em setores estratégicos da economia.
  4. liberação dos mecanismos de mercado como forma de estímulo à competitividade.
  5. abertura ao capital estrangeiro como meio potencial de financiar o crescimento.

09. (Unesp) Observe a charge e assinale a alternativa correta.

  1. O processo de fechamento político, iniciado durante o Estado Novo, atingiu seu auge na década de 1960.
  2. O Ato Institucional número 5 cassou o direito de voto não só dos analfabetos, como também dos demais brasileiros.
  3. Durante o regime ditatorial dos militares, apesar da falta de participação política, houve significativo avanço na distribuição de renda.
  4. A Constituição de 1988 assegurou, pela primeira vez na história brasileira, o direito de voto para os analfabetos.
  5. A campanha pelas "diretas-já", com apoio popular e da imprensa, conseguiu restabelecer o voto direto para presidente

10. (Fatec) Sobre o governo José Sarney (1985-1990) pode-se afirmar:

  1. Para manter a ordem social, lançou mão de um governo autoritário, abolindo conquistas políticas anteriores.
  2. Durante os cincos anos desse governo, o país enfrentou recordes de taxas de inflação, diversas crises ministeriais (só da Fazenda foram quatro) e vários planos econômicos que alteraram as regras da economia.
  3. Cancelou a moratória, que havia sido requerida no governo anterior.
  4. Devido às grandes agitações sociais, Sarney não conseguiu renegociar a dívida externa, e a redução dos juros só foi possível com o auxílio do FMI.
  5. No fim desse governo, foi aprovado o plano Cruzado, que contribuiu para que Sarney deixasse o cargo com prestígio e apoio integral do PMDB.

11. (UNESP) Na Primeira República (1889-1930) houve a reprodução de muitos aspectos da estrutura econômica e social constituída nos séculos anteriores. Noutros termos, no final do século XIX e início do XX conviveram, simultaneamente, transformações e permanências históricas. (Francisco de Oliveira. Herança econômica do Segundo Império, 1985.)

O texto sustenta que a Primeira República brasileira foi caracterizada por permanências e mudanças históricas. De maneira geral, o período republicano, iniciado em 1889 e que se estendeu até 1930, foi caracterizado:

  1. pela predominância dos interesses dos industriais, com a exportação de bens duráveis e de capital.
  2. por conflitos no campo, com o avanço do movimento de reforma agrária liderado pelos antigos monarquistas.
  3. pelo poder político da oligarquia rural e pela economia de exportação de produtos primários.
  4. pela instituição de uma democracia socialista graças à pressão exercida pelos operários anarquistas.
  5. pelo planejamento econômico feito pelo Estado, que protegia os preços dos produtos manufaturados.

12. (FUVEST) Na história da República brasileira, a expressão “Estado Novo” identifica:

  1. o período de 1930 a 1945, em que Getúlio Vargas governou o país de forma ditatorial, só com o apoio dos militares, sem a interferência de outros poderes.
  2. O período de 1950 a 1954, em que Getúlio Vargas governou com poderes ditatoriais, sem garantia dos direitos constitucionais.
  3. o período de 1937 a 1945, em que Getúlio Vargas fechou o Poder Legislativo, suspendeu as liberdades civis e governou por meio de decretos-leis.
  4. o período de 1945 a 1964, conhecido como o da redemocratização, quando foi restabelecida a plenitude dos poderes da República e das liberdades civis.
  5. o período de 1930 a 1934, quando se afirmou o respeito aos princípios democráticos, graças à Revolução Constitucionalista de São Paulo.

13. (Unesp) Desde a década de 1980 vários governos brasileiros adotaram planos econômicos que pretendiam controlar a inflação. Entre as características destes planos, podemos destacar

  1. o Plano Cruzado, implementado em 1986, que eliminou a inflação, congelou preços, proporcionou aumento salarial e gerou recursos para o pagamento integral da dívida externa.
  2. o Plano Collor, implementado em 1990, que determinou o confisco de ativos financeiros e eliminou incentivos fiscais em vários setores da economia.
  3. o Plano Real, implementado em 1994, que reduziu as taxas inflacionárias, estabilizou o valor da moeda, proibiu aumentos de preços no varejo e provocou forte crescimento industrial.
  4. o Plano de Metas, implementado em 2006, que projetou um desenvolvimento industrial acelerado e a inserção ativa do Brasil no mercado internacional.
  5. o Plano de Aceleração do Crescimento, implementado em 2007, que apoiou projetos imobiliários, determinou investimentos em infraestrutura e estimulou o crédito.

14. (IBMEC) “Em todo o Brasil, donas-de-casa, munidas com tabelas de preços da Sunab (Superintendência Nacional de Abastecimento e Preços), órgão fiscalizador do governo, eram protagonistas de verdadeiras cenas de histeria coletiva, muitas vezes diante de câmeras de televisão, se um gerente de supermercado ou estabelecimento comercial era surpreendido remarcando preços. (…) O desaparecimento das mercadorias nos supermercados foi o ponto alto do desabastecimento, resultado do congelamento de preços.”

(Vicentino e Dorigo. “História para o Ensino Médio”, pp. 645-646)

O texto faz referência ao Plano Cruzado que, para combater uma elevada inflação que chegou a 80% ao mês, tinha como base de sustentação econômica o congelamento de preços e salários. A aplicação desse plano ocorreu na administração do presidente:

  1. José Sarney.
  2. Fernando Collor de Melo.
  3. Itamar Franco.
  4. Fernando Henrique Cardoso.
  5. João Baptista Figueiredo.

15. (Espm) Com a volta dos militares aos quartéis e redemocratização do Brasil, o presidente José Sarney convocou uma Assembleia Nacional Constituinte, que foi eleita em novembro de 1986. Em 5 de outubro de 1988 foi promulgada aquela que ficou conhecida por “Constituição Cidadã”.

Assinale entre as alternativas aquela que apresenta novidades incorporadas ao texto constitucional brasileiro em 1988:

  1. Ampliação da cidadania com a extensão do direito de voto aos analfabetos; criação do “habeas-data” que permite ao cidadão obter informações relativas à sua pessoa, constantes de registros oficiais.
  2. Ampliação da cidadania com a extensão do direito de voto aos maiores de 16 anos – voto facultativo; fim da unicidade sindical.
  3. Fim da unicidade sindical; obrigação das empresas estrangeiras manterem no mínimo 2/3 de empregados brasileiros.
  4. Instituição da reeleição para a presidência da república e mandato presidencial de cinco anos.
  5. Voto universal obrigatório para maiores de 18 anos (exceto analfabetos, soldados e cabos); o direito do presidente baixar decretos com força de lei.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Email ou WhatsApp