Home > Banco de Questões > História da Arte > Idade Moderna >Leonardo da Vinci

Leonardo da Vinci

Lista de 10 exercícios de História da Arte com gabarito sobre o tema Leonardo da Vinci com questões de Vestibulares.


Você pode conferir as videoaulas, conteúdo de teoria, e mais questões sobre o tema Leonardo da Vinci.



01. (Unichristus)

A Última Ceia, de Leonardo da Vinci, ficou famosa como primeira afirmação clássica dos ideais do Alto Renascimento. Vendo a composição como um todo, percebe-se de imediato

  1. sua imperfeição e seu desequilíbrio.
  2. sua estabilidade e seu equilíbrio.
  3. falta de brilho e ausência de claro-escuro.
  4. fragmentação geométrica e falta de perspectiva.
  5. ausência de claro-escuro e composição em diagonal.

02. (Unichristus)

Uma característica que se observa na Mona Lisa, de Leonardo da Vinci, é a presença de um dégradé perfeito de cores em que é praticamente impossível perceber as pinceladas e as variações de tons. Para conseguir esse efeito, após uma primeira mão de tinta a óleo, Da Vinci passava um pouco de verniz de madeira sobre a pintura, fazendo que o verniz borrasse a tinta.

Essa técnica ficou conhecida como

  1. claro-escuro.
  2. sfumato.
  3. perspectiva.
  4. action painting.
  5. dripping.

03. (FAMECA) Leonardo da Vinci analisou a anatomia humana durante toda a sua vida; considerava que a natureza havia criado todas as coisas visíveis que poderiam tornar-se pintura. Assim sendo, esta seria uma neta da natureza e, consequentemente, parente de Deus. O mais apurado dos sentidos do homem seria o da visão, espelho da alma e observador do concreto. Através do olhar o pintor era capaz de captar os movimentos do corpo, que na pintura traduziriam a ação das ideias.

(Teresa Aline Pereira de Queiroz. O Renascimento, 1995.)

O texto caracteriza um traço importante da experiência renascentista:

  1. a oposição entre experimentalismo científico e arte e a celebração da pintura como expressão da intuição humana.
  2. a valorização das qualidades e capacidades humanas e sua associação com a dimensão divina.
  3. a atribuição de um conteúdo profano ao mundo e a afirmação do poder absoluto do artista sobre o corpo humano.
  4. a exaustão diante do individualismo e a caracterização da arte como ação coletiva.
  5. a identificação dos cinco sentidos como princípio e fim de todo trabalho artístico e técnico.

04. (UNIFA) Os portugueses nem haviam chegado ao Brasil quando Leonardo Da Vinci (1452-1519) começou um dos mais impressionantes levantamentos de anatomia para entender o funcionamento de órgãos, do esqueleto, dos músculos e tendões. Esta é a história pouco conhecida do artista-anatomista italiano — sim, além de pintor, escultor, músico, cientista, arquiteto, engenheiro e inventor, ele também atuou na medicina.

Ao longo de 15 anos (de 1498 a 1513), Leonardo desenhou órgãos e elementos dos sistemas anatomofuncionais do corpo humano.

(Alessandro Silva. Leonardo da Vinci, o desbravador do corpo humano. www.unicamp.br.)

Entre os objetivos desses estudos, podemos citar

  1. o esforço de se tornar cirurgião, abandonando as artes plásticas e a tutela dos mecenas e dos nobres que financiavam seus trabalhos.
  2. o interesse de se contrapor aos princípios e à moral da Igreja Católica Romana, que defendia a identificação plena do homem a Deus.
  3. a disposição de confirmar os preceitos e as concepções religiosas que prevaleceram durante toda a Idade Média.
  4. a tentativa de reagir aos valores da burguesia ascendente, que rejeitava as pesquisas com seres humanos e as novas concepções científicas.
  5. o empenho em buscar a precisão das formas do corpo humano, aperfeiçoando sua representação pictórica e escultural.

05. (UDESC) Leonardo da Vinci (1452-1519) é um perfeito representante do espírito renascentista, homem empenhado em conhecer leis que regem a natureza e em transformar o conhecimento em técnica, o que o levou a interessar-se por matemática, artes, engenharia, arquitetura, medicina. Em síntese, ele representa um período da história conhecido como Renascimento.

Em relação à afirmativa acima, assinale a alternativa correta.

  1. Leonardo da Vinci, além de interessar-se por vários aspectos da realidade, procurou conhecer o corpo humano, observando aulas de anatomia e dissecações de cadáveres, para dar mais realismo na representação de sua arte.
  2. Os renascentistas buscaram inspiração nos filósofos da Idade Média, incitados pela produção escrita do clero.
  3. Experiência não foi uma das características do Renascimento,
  4. A produção de novos conhecimentos era feita por homens que não tinham ligação com o poder político ou econômico; em geral, eram independentes e faziam seus estudos sem nenhum auxílio financeiro.
  5. Mecenas foi um estadista renascentista; daí o nome “mecenato”.

06. (UFF)

O quadro de Leonardo da Vinci revela uma das facetas do grande artista do Renascimento que durante a vida transformou sua experiência de mundo em arte, sempre pronto a inovar.

Essa criatividade levou Leonardo da Vinci a ser conhecido como um homem que

  1. transformou a arte da escultura ao expressar através dela a grandeza da vida espiritual.
  2. abdicou de sua riqueza para se dedicar à pintura de personagens da Corte de Florença.
  3. se envolveu com a natureza, com a sociedade e com todos os ramos de artes, de modo tão intenso que passou a ser conhecido como um artista-cientista.
  4. se dedicou às artes e às ciências através da teoria do direito divino, aplicada nos seus exercícios de anatomia.
  5. participou de várias sociedades secretas que tinham por objetivo reescrever os textos bíblicos com o intuito de apresentar a verdadeira face de Jesus.

07. (IFSP) Leia o trecho e analise a figura abaixo.

“A Última Ceia, obra-prima de Leonardo Da Vinci, retrata uma época, um movimento artístico e um avanço histórico em termos de perspectiva, olhar dramático, técnica e ciência.”

ROMES, 2008.

Assinale a alternativa que apresenta a qual período histórico a obra acima pertence.

  1. Iluminismo.
  2. Renascimento.
  3. Feudalismo.
  4. Cruzadas.
  5. Reforma.

08. (UNICAMP) Leia o texto a seguir e observe a figura do Homem Vitruviano.

Ao longo da vida, cada vez mais, Leonardo da Vinci passou a perceber que a matemática era a chave para transformar suas observações em teorias. Não existe certeza na ciência em que a matemática não possa ser aplicada, declarou.

(Adaptado de Walter Isaacson, Leonardo da Vinci. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2017, p. 52.)

Assinale a alternativa que expressa adequadamente a correlação entre o texto e a imagem.

  1. Figura emblemática do Renascimento, Leonardo da Vinci destaca-se pela sua obra pictórica e por seu desenho do Homem Vitruviano. Para ele, arte e ciência se baseavam nas relações análogas entre homem e natureza preconizadas pela alquimia.
  2. O Homem Vitruviano de Leonardo da Vinci condensa uma série de estudos do artista, e mesmo a leitura de uma cópia manuscrita da obra de Vitrúvio. O desenho sintetiza uma relação harmônica entre homem e mundo pautada pela analogia geométrica.
  3. Na linhagem dos artistas-arquitetos-engenheiros renascentistas, Leonardo da Vinci dedicou-se ao estudo da perspectiva e especialmente da aritmética, buscando harmonizar as relações entre o homem e Deus no Homem Vitruviano.
  4. Leitor assíduo da física newtoniana, Leonardo da Vinci reconhecia que tanto a aritmética quanto a geometria poderiam ser usadas na arte, arquitetura e engenharia. Na elaboração do desenho do Homem Vitruviano, ele comprovou esta hipótese.

09. (IF Sertão) Observe a imagem:

O “Homem Vitruviano” é uma obra de Leonardo Da Vinci, artista que marcou o período conhecido na História como Renascimento. O trabalho foi inspirado em uma passagem de “De Architectura”, do romano Marcus Vitruvius Pallio (1 a.C.), na qual são tratadas as proporções do corpo humano masculino. O desenho é emblemático da simetria básica do corpo, mostrando também o conceito da divina proporção, baseado na existência dos quatro sólidos geométricos perfeitos: o tetraedro, hexaedro, octaedro e icosaedro. As posições dos braços e das pernas são apresentadas em quatro posturas diferenciadas inscritas em um círculo, sendo que o umbigo é o centro da figura. A obra também é uma expressão da beleza humana.

Como base nas informações, assinale a alternativa correta sobre o período.

  1. O Renascimento foi um momento na Europa Oriental marcado profundamente pela influência dos povos bárbaros da Normandia.
  2. As Reformas Religiosas influenciaram profundamente o movimento renascentista na Itália a época da Dinastia Médici.
  3. Em 1550, Giorgio Vasari publicou “Vidas dos mais excelentes arquitetos, pintores e escultores italianos”, onde foi empregada pela primeira vez a palavra “renascimento” ou “renascença” para exprimir a renovação das artes que ocorria nas cidades da península Itálica.
  4. Leonardo Da Vinci, Aleijadinho, Erasmo de Rotterdam, Michelangelo foram artistas do período.,
  5. O ateísmo foi a filosofia que dominou os artistas e intelectuais renascentistas na Itália e na Alemanha no século XV.

10. (UEA)

A pintura mural de Leonardo da Vinci, obra-prima do Renascimento italiano, manifesta concepções filosóficas da sociedade do período e traços artísticos da Renascença, como

  1. a organização matemática da composição em que se distinguem a visão em profundidade e a simetria.
  2. a composição dramática e exaltada do sofrimento de Cristo por meio de sua gesticulação grandiloquente e teatral.
  3. a contraposição dos desenhos do salão e da mesa em grandes dimensões com os tamanhos reduzidos das personagens.
  4. a representação do incorpóreo e do abstrato no uso das linhas verticais no desenho dos corpos e da arquitetura.
  5. a impressão de afastamento ou de distanciamento das reações dos apóstolos em relação às atitudes humanas.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Email ou WhatsApp