Home > Banco de Questões > História da Arte > Idade Contemporânea >Realismo e Naturalismo

Realismo e Naturalismo

Lista de 09 exercícios de História da Arte com gabarito sobre o tema Realismo e Naturalismo com questões de Vestibulares.


Você pode conferir as videoaulas, conteúdo de teoria, e mais questões sobre o tema Realismo e Naturalismo.



01. (USF-SP) Pode-se entender o Naturalismo como uma particularização do Realismo que:

  1. se volta para a Natureza a fim de analisar-lhe os processos cíclicos de renovação.
  2. pretende expressar com naturalidade a vida simples dos homens rústicos nas comunidades primitivas.
  3. defende a arte pela arte, isto é, desvinculada de compromissos com a realidade social.
  4. analisa as perversões sexuais, condenando-as em nome da moral religiosa.
  5. estabelece um nexo de causa e efeito entre alguns fatores sociológicos e biológicos e a conduta das personagens.

02. (UEL)

Texto IV

O cavalo anda nas pontas dos cascos. Nenhum animal se parece tanto com uma estrela do corpo de balé quanto um puro sangue em perfeito equilíbrio, que a mão de quem o monta parece manter suspenso. Degas pintou-o e procurou concentrar todos os aspectos e funções do cavalo de corrida: treinamento, velocidade, apostas e fraudes, beleza, elegância suprema. Ele foi um dos primeiros a estudar as verdadeiras figuras do nobre animal em movimento, por meio dos instantâneos do grande Muybridge. De resto, amava e apreciava a fotografia, em uma época em que os artistas a desdenhavam ou não ousavam confessar que a utilizavam.

(Adaptado de: VALÉRY, P. Degas Dança Desenho. São Paulo: Cosac & Naif, 2003, p. 77.)

Com relação à pintura, ao desenho e à fotografia na modernidade, considere as afirmativas a seguir.

I. Degas deixou de incorporar, em seu trabalho, a inversão dos planos, proporcionada pela fotografia.

II. Para Degas, a fotografia permitiu apurar o sentido sobre a percepção da realidade.

III. Com Degas, a fotografia assumiu o estatuto de arte como substituta da pintura e do desenho.

IV. Degas traz para a pintura e o desenho novos rumos no que se refere ao registro do movimento.

Assinale a alternativa correta.

  1. Somente as afirmativas I e III são corretas.
  2. Somente as afirmativas I e IV são corretas.
  3. Somente as afirmativas II e IV são corretas.
  4. Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
  5. Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

03. (UniAtenas) A pintura é uma poesia muda e a poesia uma pintura cega; e tanto uma quanto a outra tentam imitar a natureza segundo seus limites, e tanto uma quanto a outra permitem demonstrar diversas atitudes morais, como fez Apeles na sua Calúnia.

DA VINCI apud LICHTENSTEIN, 2005, p. 19-20

Observe a pintura de Gustave Coubert, Mulheres peneirando trigo, e assinale a alternativa que corresponde a CORRETA relação entre o estilo literário e a pintura de Coubert.

  1. A presença da mulher em primeiro plano torna-a idealizada o que aproxima a pintura do ROMANTISMO.
  2. A pintura retrata apenas aquilo que vê sem exaltação ou sentimentalismo como é próprio do REALISMO.
  3. A pintura retrata a vida tranquila e feliz no campo representando assim o ARCADISMO.
  4. A dificuldade da vida no sertão é retratada através dessa pintura mostrando o engajamento social da 2ª GERAÇÃO MODERNISTA.
  5. A imagem busca simbolizar a libertação da mulher, sua independência representando assim a 1ª GERAÇÃO MODERNISTA.

04. (PUC-PR) Sobre o Realismo, assinale a alternativa INCORRETA.

  1. O Realismo surgiu na Europa, como reação ao Naturalismo.
  2. O Realismo e o Naturalismo têm as mesmas bases, embora sejam movimentos diferentes.
  3. O Realismo surgiu como conseqüência do cientificismo do século XIX.
  4. Gustave Flaubert foi um dos precursores do Realismo. Escreveu Madame Bovary.
  5. Emile Zola escreveu romances de tese e influenciou escritores brasileiros.

05. (CEFET-PR) Assinale a alternativa que melhor caracteriza o Realismo:

  1. Preocupação em justificar, à luz da razão, as reações das personagens, seus procedimentos e os problemas sentimentais e metafísicos apresentados.
  2. A apresentação do homem como um ser dominado pelos instintos, taras, pela carga hereditária, em detrimento da razão.
  3. A preocupação em retratar a realidade como ela é, sem transformá-la. O autor, ao relatar, deverá estar baseado na documentação e observação da realidade.
  4. amor é visto unicamente sob o aspecto da sexualidade e apresentado como uma mera satisfação de instintos animais.
  5. Aspectos descritivos e minuciosos, sempre que possível, baseados na observação da realidade e do subjetivismo e sentimentalismo do autor.

06. (UFV) Observe a figura a seguir:

A Leiteira (c.1658-1660), de Johannes Veermer, é uma das obras-primas da pintura holandesa do século XVII, que gradativamente define um estilo próprio, representando com austero realismo cenas familiares, paisagens urbanas, situações da vida cotidiana e retratos de pessoas comuns. A vida urbana e comercial é o cenário dessa nova forma de representação do mundo, que caracteriza a cristalização de uma cultura burguesa.

Das características a seguir, assinale aquela que NÃO se aplica à cultura burguesa urbana da era moderna.

  1. A estética barroca, caracterizada por uma representação do mundo saturada de excessos e movimento.
  2. A atribuição de valor moral ao trabalho honesto e disciplinado, com raízes na religião reformada.
  3. O profundo desprezo pelas classes populares, consideradas como dissolutas e avessas ao trabalho.
  4. A vida doméstica centrada na definição de uma esfera privada restrita à família nuclear.
  5. A aversão ao complexo jogo de etiqueta e honra da sociedade de corte e dos aristocratas em geral.

07. (UFPB) A pintura é uma manifestação artística que pode ser utilizada como fonte histórica, reforçando uma versão da história. Nesse sentido, observe o quadro do pintor paraibano Pedro Américo:

No campo da historiografia, essa imagem:

  1. sintetiza o verdadeiro sentimento de toda a nação em relação a Portugal.
  2. expõe a luta de classes existente no país no período da independência.
  3. expressa o apoio popular ao processo de autonomia política do Brasil.
  4. representa uma visão heroica e romanceada da separação política do país.
  5. mostra a independência como anseio de grupos subalternos.

08. (UFLA-MG) As escolas literárias são reflexos do contexto histórico no qual estão inseridas. Assim, analisando-se o conjunto de obras adotadas na Prova de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira deste Processo Seletivo, em especial o Realismo-Naturalismo e o PréModernismo, IDENTIFIQUE os eventos históricos que lhes são pertinentes, NUMERANDO a 2ª coluna de acordo com a 1ª e ASSINALANDO a alternativa correspondente:

1. Realismo - Naturalismo

2. Pré-Modernismo

( ) Desenvolvimento da “Política do Café com Leite" entre São Paulo e Minas Gerais

( ) Declínio político do II Império após a Guerra do Paraguai.

( ) Campanha abolicionista.

( ) Período de agitações populares, como a Revolta da Vacina, por exemplo.

( ) Ocorrência do “Ciclo da Borracha” na região do Amazonas

  1. 2 – 2 – 1 – 1 – 2
  2. 2 – 1 – 1 – 2 – 2
  3. 1 – 2 – 1 – 2 – 1
  4. 2 – 1 – 2 – 1 – 1
  5. 1 – 2 – 2 – 2 – 1

09. (UECE) Considere as afirmativas abaixo a respeito das Artes na cultura ocidental:

I) A regra da arte européia, a partir das primeiras décadas do século XX, era a liberdade absoluta de criação.

II) Na segunda metade do século XIX o Realismo/Naturalismo se contrapôs ao Romantismo, exigindo que a obra de arte expressasse fielmente a natureza e a realidade.

III) A torre Eiffel, em Paris, é um dos testemunhos das concepções arquitetônicas, contrárias ao modernismo.

Marque a opção verdadeira:

  1. I e II são corretas;
  2. II e III são corretas;
  3. II e III são incorretas;
  4. I e III são incorretas.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Email ou WhatsApp



.