Home > Banco de Questões > Filosofia > Filosofia Moderna >Galileu Galilei

Galileu Galilei

Lista de 10 exercícios de Filosofia com gabarito sobre o tema Galileu Galilei com questões de Vestibulares.


Você pode conferir as videoaulas, conteúdo de teoria, e mais questões sobre o tema aqui.



01. (UNESP) A grande síntese da ciência moderna, estabelecendo as leis físicas do movimento por meio de equações matemáticas e respondendo a todas as questões surgidas com a cosmologia de Copérnico, foi obra de Isaac Newton. Com ela, a física adquiriu um caráter de previsibilidade capaz de impressionar o homem moderno. A evolução do pensamento científico, iniciada por Galileu e Descartes, em direção à concepção de uma natureza descrita por leis matemáticas chegava, assim, a seu grande desabrochar.

(Claudio M. Porto e Maria Beatriz D. S. M. Porto. “A evolução do pensamento cosmológico e o nascimento da ciência moderna”. In: Revista brasileira de ensino de física, vol. 30, no 4, 2008. Adaptado.)

A base da grande síntese newtoniana foi, de certa forma, preparada pelo humanismo renascentista, que

  1. estabelece uma perspectiva dualista da realidade, fundamentada na filosofia grega.
  2. restringe o entendimento da natureza, tornando-a objeto de investigação somente da física.
  3. recupera teorias da Antiguidade para explicar a natureza, com ênfase em uma perspectiva mitológica.
  4. resgata o racionalismo da Antiguidade, valorizando o homem no debate científico.
  5. mantém o quadro geral de conhecimentos teológicos, tais como os utilizados durante a Idade Média.

02. (UPE) Sobre o paradigma na modernidade, atente ao texto a seguir:

A questão central que atravessa a crise do paradigma da Ciência moderna é a das relações entre o ser e o advir ou, pode-se dizer, entre a permanência e a mudança. Essa é uma questão clássica na história do conhecimento humano, retomada na modernidade.

PLASTINO, Carlos Alberto. A crise dos paradigmas e a crise do conceito de paradigma, São Paulo, 2007, p. 35.

Com relação a esse assunto, analise os itens a seguir:

I. O mundo moderno se torna o mundo da interioridade, e a dimensão subjetiva tem significância. O sujeito começa a adquirir uma importância primordial e essencial.

II. A passagem ao heliocentrismo se constitui em uma das principais mudanças no plano do conhecimento.

III. A revolução galileana tem importância ímpar no projeto de mudança da ciência moderna.

IV. Com as mudanças ocorridas no âmbito da modernidade, o desenvolvimento das ciências se encontra afastado e desvinculado do poder político.

Estão CORRETOS apenas

  1. I, III e IV.
  2. II, III e IV.
  3. I, II e III.
  4. III e IV.
  5. I e II.

03. (UFPR) Em 1632, o matemático, astrônomo e filósofo italiano Galileu Galilei (1564-1642) publicou o Diálogo sobre os dois principais sistemas do mundo, no qual três personagens, de nomes Sagredo, Salviati e Simplício, debatem sobre a cosmologia copernicana e a cosmologia aristotélica. Ainda no mesmo ano, Galileu foi intimado a comparecer à Congregação do Santo Ofício em Roma, acusado de defender as ideias de Copérnico, consideradas heréticas pela Igreja.

Considerando o contexto histórico do processo e da condenação de Galileu Galilei pela Inquisição de Roma, assinale a alternativa correta.

  1. A Inquisição proibiu os livros de Nicolau Copérnico, relacionando-os ao Index Librorum Prohibitorum, por divulgarem a heresia protestante.
  2. Os inquisidores descobriram, nos diálogos entre as personagens do livro de Galileu Galilei, passagens em defesa da magia como uma forma legítima de conhecimento do mundo natural, motivo para proibição do livro.
  3. O processo contra Galileu foi além de uma admoestação, ordenando que abjurasse da teoria heliocentrista defendida por Copérnico e não a divulgasse e nem a ensinasse.
  4. Após o Concílio de Trento, os doutores da Igreja procuraram estabelecer uma atitude de conciliação e diálogo com os filósofos naturalistas e matemáticos, com a finalidade de controlar o conhecimento da Natureza.
  5. O livro de Galileu Galilei foi motivo de escândalo e condenação, por submeter a teologia à filosofia natural, questionando os dogmas religiosos e a verdade revelada pelas Escrituras.

04. (Enem) A filosofia encontra-se escrita neste grande livro que continuamente se abre perante nossos olhos (isto é, o universo), que não se pode compreender antes de entender a língua e conhecer os caracteres com os quais está escrito. Ele está escrito em língua matemática, os caracteres são triângulos, circunferências e outras figuras geométricas, sem cujos meios é impossível entender humanamente as palavras; sem eles, vagamos perdidos dentro de um obscuro labirinto.

GALILEI, G. O ensaiador. Os pensadores. São Paulo: Abril Cultural, 1978.

No contexto da Revolução Científica do século XVII, assumir a posição de Galileu significava defender a

  1. continuidade do vínculo entre ciência e fé dominante na Idade Média.
  2. necessidade de o estudo linguístico ser acompanhado do exame matemático.
  3. oposição da nova física quantitativa aos pressupostos da filosofia escolástica
  4. importância da independência da investigação científica pretendida pela igreja.
  5. inadequação da matemática para elaborar uma explicação racional da natureza.

05. (UPE) Considere este texto relativo às Circunstâncias do Nascimento da Ciência Moderna:

A ciência não nasceu do desejo de adquirir um poder sobre as coisas, mas do desejo de conhecer a verdade. O desejo de verdade, essa fonte de dignidade humana, está na origem da ciência moderna e explica seu caráter; conhecer é a soberana prerrogativa da liberdade humana.

(JAPIASSU, Hilton. Como Nasceu a Ciência Moderna, Rio de Janeiro: Imago, 2007, p. 35.)

O autor exprime acima, de forma clara e distinta, categorias pontuais sobre o Paradigma da Modernidade, ou seja, o nascimento da Ciência Moderna.

Com relação a esse assunto, é CORRETO afirmar que

  1. no desejo de conhecer a verdade, a ciência moderna só nasceu mesmo, de verdade, com o matemático, astrônomo e físico Galileu Galilei.
  2. no desejo de conhecer o poder, a ciência moderna só nasceu mesmo com o filósofo Aristóteles.
  3. a ciência moderna segue o modelo do universo geocêntrico de Aristóteles.
  4. na origem da ciência moderna, a concepção do universo é substituída pela do cosmos, conjunto fechado, ligado pela pluralidade de suas leis.
  5. na ciência moderna, o desejo de verdade está vinculado à fonte da pura contemplação, declinando da experimentação.

06. (UECE) Galileu Galilei, acusado de subverter a filosofia aristotélica, foi processado e condenado pelo Tribunal do Santo Ofício, e teve que abjurar de suas ideias em 22 de junho de 1633. Após 359 anos, o Papa João Paulo II, em seu discurso proferido para os participantes da sessão plenária da Pontifícia Academia das Ciências, em 31 de outubro de 1992, redimiu o cientista. Assinale a alternativa que indica uma das causas da condenação de Galileu.

  1. A tese de que o universo é infinito e da existência de outros planetas, nos quais existiria vida inteligente.
  2. A interpretação de que a benção divina só é concedida para aqueles que têm fé, sendo tudo justificado por meio dela.
  3. A incompatibilidade do heliocentrismo com os critérios de interpretação da Sagrada Escritura.
  4. A ideia de que Deus, além de ser o organizador da natureza é, ao mesmo tempo, a própria natureza.

07. (UNICENTRO) “A filosofia encontra-se escrita neste grande livro que continuamente se abre perante nossos olhos (isto é, o Universo), que não se pode compreender antes de entender a língua e conhecer os caracteres com os quais está escrito. [...]”

(GALILEI, Galileu. O ensaiador. São Paulo: Abril Cultural, 1973, p. 119).

O Italiano Galileu Galilei foi responsável pelo advento da concepção moderna de ciência. A ele atribui-se:

  1. A criação do método científico.
  2. A confirmação do geocentrismo.
  3. A sustentação teórica do teocentrismo.
  4. A crítica ao empirismo.
  5. A criação da alquimia.

08. “A filosofia encontra-se escrita neste grande livro que continuamente se abre perante nossos olhos (isto é, o Universo). Ele está escrito em língua matemática, os caracteres são triângulos, circunferências e outras figuras geométricas. Sem estes meios, é impossível entender humanamente as palavras; sem eles nós vagamos perdidos dentro de um obscuro labirinto.”

(GALILEU. Apud. COTRIM. Fundamentos da filosofia: história e grandes temas. 16ª Ed., São Paulo: Saraiva, 2006 - p.133.)

De acordo com o texto acima, e com seus conhecimentos sobre a ciência da natureza em Galileu, assinale a alternativa correta.

  1. De acordo com os princípios de sua ciência, Galileu depositava grande crédito no método indutivo, pois este possuiria melhor alcance nos resultados da investigação da natureza.
  2. O passo decisivo da física galileana concentrava-se na realização de experimentos para comprovar uma tese, sem a necessidade de recorrer às elaborações do raciocínio matemático.
  3. Quanto ao “movimento”, Galileu seguiu as teorias de Aristóteles que distinguia o movimento qualitativo do movimento quantitativo, para considerar toda mudança apenas do ponto de vista qualitativo (corpos pesados ou leves).
  4. Um dos aspectos centrais da ciência da natureza em Galileu está na realização de experimentos com o auxílio indispensável da matemática, pois, para ele, a matemática é o meio instrumental capaz de enunciar e traduzir as regularidades observadas nos fenômenos naturais.
  5. O que dá validade científica aos processos intelectuais de Galileu é que os resultados de suas pesquisas jamais precisariam ser submetidos à comprovação empírica, bastando, apenas, se localizarem no campo da abstração.

09. (IFMT) Os gregos da época clássica da Física encontravam muitas dificuldades quando analisavam os movimentos. Os estudos sobre movimento realizados por Galileu Galilei deram origem à era moderna da Física. As experiências de Galileu sobre movimento resultaram em um fato experimental. Um movimento é uniformemente acelerado, quando a aceleração é a mesma para todos os corpos, embora sofra pequenas variações de ponto a ponto da terra, desprezando-se a resistência do ar. Esse fato experimental foi denominado de:

  1. translação.
  2. queda livre.
  3. movimento retardado.
  4. altura dos corpos.
  5. equilíbrio dos corpos.

10. (IFPE) “[...] Tenho sido, durante muitos anos, um aderente à teoria de Copérnico. Isto me explica a causa de muitos fenômenos que são ininteligíveis por meio de teorias geralmente aceitas. Eu tenho coligido muitos argumentos para refutar essas últimas, mas eu não me arriscaria a levá-los à publicação. Há muito tempo que estou convencido de que a Lua é um corpo como a Terra. Descobri também uma multidão de estrelas fixas, a princípio invisíveis, ultrapassando mais de dez vezes as que podem ver a olho nu, formando a Via Láctea.”

Carta de Galileu a Kepler, 1597. In: BANFI, Antonio. Galileu. Lisboa: Edições 70, 1992.

Sobre o trecho da correspondência e seus conhecimentos sobre a Revolução Científica na época do Renascimento, é correto afirmar que:

  1. O termo “teoria de Copérnico” poderia ser substituído pelo termo “teoria geocêntrica”, que foi explicitada na obra de Nicolau Copérnico. O astrônomo utilizou argumentos, fórmulas matemáticas, tabelas e diagramas para explicar a natureza do universo geocêntrico e as revoluções dos astros.
  2. O destinatário da carta é Johannes Kepler, que publicou um trabalho refutando as ideias de Copérnico e defendendo que os planetas desenvolvem órbitas elípticas em torno do Sol, com velocidades variadas.
  3. A expressão “teorias geralmente aceitas” refere-se, entre outros, ao pensamento de Cláudio Ptolomeu, para quem a Terra era um corpo supremo que se mantinha estacionário no centro do universo. Ao redor dela, giravam o Sol, a Lua e os cinco planetas visíveis: Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter e Saturno.
  4. O remetente da carta, Galileu Galilei, expressa o temor em contestar as asserções de Copérnico, que, por sua vez, era contrário ao geocentrismo da Igreja e propunha, em seu lugar, o heliocentrismo, afirmando que a Terra girava ao redor do Sol.
  5. Galileu Galilei, autor da carta, revolucionou o conhecimento científico, lançando os fundamentos da Física moderna. Sua teoria versava sobre o movimento dos corpos pela ação da gravidade e os três princípios das leis do movimento: o de inércia, o de ação das forças e o de ação e reação.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Email ou WhatsApp