Home > Banco de Questões > Biologia > Reprodução >Organogênese

Organogênese

Lista de 08 exercícios de Biologia com gabarito sobre o tema Organogênese com questões de Vestibulares.


Você pode conferir as videoaulas, conteúdo de teoria, e mais questões sobre o tema Organogênese.



01. (UFOP-MG) Sobre a organogênese em vertebrados, todas as alternativas a seguir estão corretas, exceto:

  1. A ectoderme originará a epiderme e as estruturas associadas como pelos e unhas.
  2. A endoderme originará as glândulas, como fígado e pâncreas.
  3. A endoderme originará o sistema nervoso.
  4. A ectoderme originará as mucosas da boca, nariz, ânus e o esmalte dos dentes.

02. (UEL) ... a partir da fecundação do óvulo pelo espermatozoide, o organismo se desenvolve ficando cada vez mais complexo, isto é, de uma única célula chega-se à fase adulta com trilhões delas, especializadas para determinadas funções. Nos animais triblásticos, os folhetos germinativos ectoderme, mesoderme e endoderme dão origem aos tecidos, órgãos e sistemas diferenciados nas funções fisiológicas do organismo.

Com base nessas considerações e nos conhecimentos sobre a organogênese, assinale a alternativa que apresenta, correta e respectivamente, as estruturas originadas a partir da diferenciação da ectoderme, mesoderme e endoderme.

  1. Epiderme, tecido gástrico e aparelho genital.
  2. Epitélio do tubo digestivo, tecido ósseo e cérebro.
  3. Tecido conjuntivo, aparelho urinário e endotélio.
  4. Tecido nervoso, músculos estriados e pulmões.
  5. Tecido hematopoiético, tireoide e hipoderme.

03. (UPE) Na maioria das espécies, no estágio de gástrula, os blastômeros se diferenciam nos folhetos germinativos, que irão formar todos os tecidos corporais, dando início à organogênese, cuja fase inicial é a neurulação.

Observe os quadros da figura a seguir:

Sobre a origem embrionária de alguns dos tecidos do corpo humano, assinale a alternativa CORRETA.

  1. O quadro 1 apresenta tecidos derivados do ectoderma. Todos os tecidos mostrados foram formados a partir do tubo neural que percorre todo o ventre do embrião.
  2. O quadro 1 apresenta tecidos derivados do ectoderma, mesoderma e endoderma, originando, respectivamente, a epiderme e as estruturas associadas a ela, o sistema nervoso e os ossos.
  3. O quadro 2 apresenta tecidos derivados do mesoderma diferenciado em epímero, mesômero e hipômero. O epímero forma os somitos responsáveis pela formação da musculatura esquelética.
  4. O quadro 2 apresenta tecidos derivados do mesoderma, do qual o mesômero faz parte e dá origem a vasos sanguíneos, coração e sangue e do endoderma, representado pelos vasos linfáticos.
  5. O quadro 3 apresenta tecidos derivados do ectoderma, mesoderma e endoderma, representados, respectivamente, por tubo digestório, pulmão e rins.

04. (UFAM PSC) O processo de formação dos órgãos dos animais a partir dos folhetos embrionários é denominado organogênese. Podemos afirmar que o fígado, o coração e o cérebro tem sua origem, respectivamente, a partir da:

  1. Mesoderme, endoderme e ectoderme.
  2. Ectoderme, endoderme e mesoderme.
  3. Mesoderme, ectoderme e endoderme.
  4. Endoderme, mesoderme e ectoderme.
  5. Endoderme, ectoderme e mesoderme.

05. (UCPEL) Um feto de cão apresentava má-formação da medula espinhal. O problema teve origem na fase inicial da organogênese. A estrutura do embrião que deve ter sido afetada foi

  1. a notocorda.
  2. a placa neural.
  3. o blastômero.
  4. o arquêntero.
  5. nenhuma das alternativas anteriores.

06. (Faculdade de Ciências Médicas da Paraíba) Pesquisas sobre a teratogênese do álcool demonstrou que o cérebro é o órgão do corpo mais vulnerável aos efeitos da exposição pré–natal ao álcool, dependendo do tipo de célula cerebral e o estágio de desenvolvimento do embrião ou feto, podendo provocar morte celular, interferir com a produção de neurotransmissores e causar a formação anormal de sinapses nervosas. O desenvolvimento embrionário tem inicio com a primeira divisão mitótica do zigoto e pode ser dividido em três etapas: segmentação, gastrulação e organogênese, representando períodos de maior vulnerabilidade para agentes teratogênicos. Sobre estas etapas coloque V para as alternativas verdadeiras e F para as falsas, e em seguida marque a alternativa CORRETA.

I. (__) A fase de segmentação ou clivagem é o período que vai desde a primeira divisão do óvulo até a formação da blástula.

II. (__) Na gastrulação as células embrionárias continuam a se multiplicar e se organizam formando a gástrula.

III. (__) A organogênese é a fase em que, a partir dos três folhetos germinativos, diferenciam-se os diversos tecidos e órgãos que existirão no organismo adulto.

IV. (__) A gástrula, é caracterizada pela presença de um primeiro esboço do tubo digestório e pela diferenciação dos três folhetos embrionários.

V. (__) Na organogênese ocorre a diferenciação dos três folhetos embrionários: ectoderma, mesoderma e endoderma.

  1. F, V, V, F e V
  2. F, V, V, V e F
  3. V, F, F, V e V
  4. F, F, F, V e F
  5. V, F, V, F e V

07. (UEL) Texto I

A vida em grandes metrópoles apresenta atributos que consideramos sinônimos de progresso, como facilidades de acesso aos bens de consumo, oportunidades de trabalho, lazer, serviços, educação, saúde etc. Por outro lado, em algumas delas, devido à grandiosidade dessas cidades e aos milhões de cidadãos que ali moram, existem muito mais problemas do que benefícios. Seus habitantes sabem como são complicados o trânsito, a segurança pública, a poluição, os problemas ambientais, a habitação etc. Sem dúvida, são desafios que exigem muito esforço não só dos governantes, mas também de todas as pessoas que vivem nesses lugares. Essas cidades convivem ao mesmo tempo com a ordem e o caos, com a pobreza e a riqueza, com a beleza e a feiura. A tendência das coisas de se desordenarem espontaneamente é uma característica fundamental da natureza.

Para que ocorra a organização, é necessária alguma ação que restabeleça a ordem. É o que acontece nas grandes cidades: despoluir um rio, melhorar a condição de vida dos seus habitantes e diminuir a violência, por exemplo, são tarefas que exigem muito trabalho e não acontecem espontaneamente. Se não houver qualquer ação nesse sentido, a tendência é que prevaleça a desorganização. Em nosso cotidiano, percebemos que é mais fácil deixarmos as coisas desorganizadas do que em ordem. A ordem tem seu preço. Portanto, percebemos que há um embate constante na manutenção da vida e do universo contra a desordem. A luta contra a desorganização é travada a cada momento por nós. Por exemplo, desde o momento da nossa concepção, a partir da fecundação do óvulo pelo espermatozoide, nosso organismo vai se desenvolvendo e ficando mais complexo. Partimos de uma única célula e chegamos à fase adulta com trilhões delas, especializadas para determinadas funções. Entretanto, com o passar dos anos, envelhecemos e nosso corpo não consegue mais funcionar adequadamente, ocorre uma falha fatal e morremos.

O que se observa na natureza é que a manutenção da ordem é fruto da ação das forças fundamentais, que, ao interagirem com a matéria, permitem que esta se organize. Desde a formação do nosso planeta, há cerca de 5 bilhões de anos, a vida somente conseguiu se desenvolver às custas de transformar a energia recebida pelo Sol em uma forma útil, ou seja, capaz de manter a organização. Para tal, pagamos um preço alto: grande parte dessa energia é perdida, principalmente na forma de calor. Dessa forma, para que existamos, pagamos o preço de aumentar a desorganização do nosso planeta. Quando o Sol não puder mais fornecer essa energia, dentro de mais 5 bilhões de anos, não existirá mais vida na Terra. Com certeza a espécie humana já terá sido extinta muito antes disso.

(Adaptado de: OLIVEIRA, A. O Caos e a Ordem. Ciência Hoje. Disponível em: <http: //cienciahoje.uol.com.br/colunas/fisica-sem-misterio/o-caos-ea- ordem>. Acesso em: 10 abr. 2015.)

De acordo com o texto I, a partir da fecundação do óvulo pelo espermatozoide, o organismo se desenvolve ficando cada vez mais complexo, isto é, de uma única célula chega-se à fase adulta com trilhões delas, especializadas para determinadas funções. Nos animais triblásticos, os folhetos germinativos ectoderme, mesoderme e endoderme dão origem aos tecidos, órgãos e sistemas diferenciados nas funções fisiológicas do organismo.

Com base nessas considerações e nos conhecimentos sobre a organogênese, assinale a alternativa que apresenta, correta e respectivamente, as estruturas originadas a partir da diferenciação da ectoderme, mesoderme e endoderme.

  1. Epiderme, tecido gástrico e aparelho genital.
  2. Epitélio do tubo digestivo, tecido ósseo e cérebro.
  3. Tecido conjuntivo, aparelho urinário e endotélio.
  4. Tecido nervoso, músculos estriados e pulmões.
  5. Tecido hematopoiético, tireoide e hipoderme.

08. (UERN) A organogênese é uma fase embrionária responsável pela formação dos órgãos e sistemas, na qual os movimentos de células e as dobras dos folhetos embrionários originam os diversos órgãos do embrião. Em relação à organização dos folhetos embrionários, relacione o folheto embrionário ao respectivo órgão formado no animal adulto.

1. Endoderme.

2. Mesoderme.

3. Ectoderme.

( ) Musculatura esquelética.

( ) Fígado e pâncreas.

( ) Medula e nervos.

( ) Derme.

( ) Bexiga urinária.

A sequência está correta em

  1. 2, 1, 1, 3, 2.
  2. 2, 1, 3, 2, 1.
  3. 1, 3, 3, 1, 2.
  4. 3, 2, 2, 3, 1.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Email ou WhatsApp