Home > Banco de Questões > Biologia > Reprodução >

Anexos Embrionários

Lista de 10 exercícios de Biologia com gabarito sobre o tema Anexos Embrionários com questões de Vestibulares.

Confira as videoaulas, teoria e questões sobre: Reprodução.





01. (UEFS) Durante o desenvolvimento embrionário, surgem estruturas especiais, como vesícula vitelina, âmnio e alantoide, que diferenciam as classes de vertebrados:

• A vesícula vitelina não é usada no processo de nutrição e é preenchida por líquido.

• O âmnio é uma membrana que tem a função de proteger o embrião.

• O alantoide é reduzido, não tendo a função de armazenamento de excretas.

Essas estruturas especiais descritas podem ser observadas no desenvolvimento

  1. dos cachorros.
  2. dos pinguins.
  3. das serpentes.
  4. das salamandras.
  5. das sardinhas.

02. (UEA) A figura representa o embrião de uma ave em desenvolvimento e seus respectivos anexos embrionários. Com exceção da casca do ovo, as demais estruturas indicadas na figura também estão presentes na gestação do embrião humano.

Dentre os anexos embrionários indicados na figura, um deles é bastante desenvolvido nos ovos das aves em razão de sua importância para a nutrição do embrião. Porém, nos mamíferos placentários, esse anexo é pouco desenvolvido uma vez que a nutrição do embrião se dá a partir da placenta, que resulta do desenvolvimento de outro anexo embrionário comum aos dois organismos.

Esses dois anexos embrionários são, respectivamente,

  1. alantoide e âmnio.
  2. alantoide e cordão umbilical.
  3. cório e âmnio.
  4. saco vitelínico e alantoide.
  5. saco vitelínico e cório.

03. (UEA - SIS) As populações ribeirinhas do Rio Negro, no norte do Amazonas, estão expostas à contaminação por mercúrio num nível superior ao tolerável à saúde humana, apontam estudiosos. A contaminação ocorre pela ingestão prolongada de peixes piscívoros, como tucunaré e piranha. Essas espécies concentram mais mercúrio porque comem outros peixes, também contaminados. 85% das mulheres em idade reprodutiva apresentam concentrações superiores ao tolerável, podendo gerar fetos com problemas neurológicos e de coordenação motora.

(Folha de S.Paulo, 30.09.2012. Adaptado.)

Considere uma gestante que sofreu contaminação por mercúrio. No início da gestação, o mercúrio presente no sangue materno atinge os vasos sanguíneos do feto por meio

  1. da placenta, podendo afetar as células da ectoderme, que formam o tecido nervoso.
  2. do saco vitelino, podendo afetar as células da mesoderme, que formam o tecido nervoso.
  3. do alantoide, podendo afetar as células da mesoderme, que formam o tecido epitelial.
  4. do cordão umbilical, podendo afetar as células da endoderme, que formam o tecido nervoso.
  5. do âmnio, podendo afetar as células da endoderme, que formam o tecido epitelial.

04. (UPF) Durante o desenvolvimento embrionário de répteis, aves e mamíferos, formam-se estruturas especiais que derivam dos folhetos embrionários, mas que não fazem parte do corpo do embrião: são os anexos embrionários. Assinale, entre as alternativas a seguir, aquela que apresenta o anexo embrionário e sua respectiva função, que permitiu aos animais terrestres citados desenvolverem seus embriões fora do ambiente aquático.

  1. Córion - possibilitar as trocas gasosas entre o embrião e o meio.
  2. Âmnio - proteger o embrião contra a dessecação e choques mecânicos.
  3. Placenta - realizar trocas de substâncias entre o embrião e a mãe.
  4. Saco vitelínico - armazenar nutrientes para o embrião.
  5. Alantoide - armazenar as excreções produzidas pelo embrião.

05. (ACAFE) Estado de saúde das siamesas é estável

No dia 29 de abril, na Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, em Aracaju (SE), nasceram as irmãs siamesas unidas pelo tórax e dividindo o mesmo coração. Elas nasceram com 35 semanas de gestação e, segundo o secretário adjunto da Saúde do estado de Sergipe, Luís Eduardo Prado Correia, é estável o estado de saúde das meninas.

Fonte: Portal Brasil, 05/03/2017. Disponível em: http://g1.globo.com

Considerando as informações do texto e os conhecimentos relacionados ao tema é correto afirmar, exceto:

  1. A bolsa amniótica é um anexo embrioná- rio de estrutura membranosa, com origem ectodérmica, que envolve todo o concepto. Nela acumula-se gradativamente um líquido no qual fica mergulhado o embrião.
  2. Após a fecundação, a célula-ovo ou zigoto inicia a segmentação ou clivagem. Em zigotos provenientes de óvulos heterolécitos, como os anfíbios, a segmentação é total e desigual.
  3. A formação de siameses ocorre somente entre gêmeos univitelinos que se originam de um único óvulo fertilizado por dois espermatozoides e, assim, são unidos em alguma região do corpo e compartilham a mesma placenta.
  4. A placenta é um órgão materno-fetal de origem trofoblástica que, entre outras funções, é responsável pelas trocas gasosas e metabólicas na relação feto-materna, pela imunização fetal e por produção hormonal.

06. (UFPR) Um biólogo mensurou a massa de componentes do ovo de um réptil durante seu desenvolvimento, desde o dia da postura até o momento da eclosão. Ao longo das medidas, o que se espera que tenha ocorrido, respectivamente, com a massa do embrião, do vitelo e do alantoide?

  1. Aumento – redução – aumento.
  2. Aumento – aumento – redução.
  3. Aumento – redução – redução.
  4. Redução – redução – aumento.
  5. Redução – aumento – redução.

07. (UEA - SIS) Alguns anexos embrionários permitiram aos vertebrados a conquista do ambiente terrestre. Esses anexos apareceram provavelmente nos ancestrais dos répteis e permaneceram nas aves e nos mamíferos. Assinale a alternativa que apresenta um desses anexos e sua função.

  1. Placenta, cuja função é proteger o embrião contra choques mecânicos.
  2. Saco vitelino, cuja função é realizar as trocas gasosas para o embrião.
  3. Âmnio, cuja função é evitar a desidratação do embrião.
  4. Cório, cuja função é reservar excretas nitrogenados.
  5. Alantoide, cuja função é armazenar material nutritivo para o embrião.

08. (PUC-Rio) Com relação ao desenvolvimento embrionário dos animais, NÃO é correto afirmar que

  1. a diferença entre animais protostomados e deuterostomados diz respeito, no embrião, aos diferentes momentos de formação da boca e do ânus.
  2. animais triploblásticos são aqueles que apresentam embriões com três folhetos embrionários.
  3. a diferença entre animais diploblásticos e triploblásticos está no número de tecidos embrionários.
  4. a ectoderme embrionária irá formar a epiderme; e a endoderme embrionária, a derme.
  5. ectoderme, endoderme e mesoderme são tecidos embrionários.

09. (URCA) Anexos embrionários são estruturas provenientes dos folhetos germinativos que têm a função de proteger e nutrir o embrião, aparecem durante o desenvolvimento e não estão presentes nos adultos. Considerando as seguintes características:

I- Fina membrana, formada pela ectoderma e a mesoderma, que envolve o embrião delimitando uma cavidade preenchida por líquido;

II- Presente nos répteis, nas aves e nos mamíferos, evita o ressecamento do embrião e o proteger contra choques mecânicos;

III Possui papel importante na adaptação à vida no meio terrestre tornou a reprodução independente da presença de água.

Qual anexo embrionário citado?

  1. Vesícula vitelina
  2. Epiblasto
  3. Alantoide
  4. Cordão umbilical
  5. Vesícula amniótica

10. (UDESC) No estágio de gástrula, o embrião possui uma cavidade chamada arquêntero, que dará origem à cavidade do tubo digestório do animal. O arquêntero comunica-se com o exterior por um orifício, o blastóporo. Nos animais chamados protostômios, o blastóporo origina a boca do animal. Já nos animais deuterostômios, o blastóporo origina o ânus do animal, e a boca é originada posteriormente.

Assinale a alternativa que apresenta um exemplo de animais protostômios e de deuterostômios, respectivamente.

  1. homem, caramujo
  2. sapo, tartaruga
  3. abelha, aranha
  4. minhoca, homem
  5. esponja, tênia

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avise para a gente | Email ou WhatsApp



.