Home > Banco de Questões > Biologia > Ecologia >Mata Atlântica

Mata Atlântica

Lista de 10 exercícios de Biologia com gabarito sobre o tema Mata Atlântica com questões de Vestibulares.


Você pode conferir as videoaulas, conteúdo de teoria, e mais questões sobre o tema Mata Atlântica.



01. (ACAFE) [...] O bioma Mata Atlântica é uma faixa que acompanha o litoral brasileiro, desde o Rio Grande do Norte até o sul do Brasil. A maior biodiversidade da América do Sul está presente nesse bioma. Vivem na Mata Atlântica, 20 mil espécies de plantas (7,2% do total mundial), 263 espécies de mamíferos (5,2%), 963 espécies de aves (9,5%), 475 espécies de anfíbios (8,6%), 306 espécies de répteis (3,7%) e 350 espécies de peixes de água doce (3,1%). Aproximadamente, 120 milhões de brasileiros vivem na porção do território correspondente à área original desse bioma. Hoje, a Mata Atlântica é o segundo bioma mais ameaçado do mundo.

Fonte: Arquidiocese de Florianópolis, Março/2017. Disponível em: http://arquifln.org.br

De acordo com o tema analise as afirmações a seguir, marque V para as verdadeiras e F para as falsas, e assinale a alternativa com a sequência correta.

( ) O mangue é a região de transição entre os ambientes terrestres e marinhos, localizado entre as margens de baías, desembocaduras de rios, ocorrendo exclusivamente em regiões com clima subtropical.

( ) A Mata das Araucárias é típica de clima subtropical, com estações definidas, flora com predomínio do pinheiro do paraná e a fauna composta por quati, cão-do-mato, pica-paus e gralha azul, entre outros.

( ) No bioma Mata Atlântica a fauna possui muitas espécies endêmicas, ou seja, encontradas apenas nesse ecossistema. Entre os animais desse bioma estão: tamanduá, tatu-canastra, onça-pintada, lontra e o mico-leão.

( ) O potencial biótico ou reprodutivo é a capacidade do indivíduo de uma determinada espécie crescer em condições ideais de espaço, alimento e temperatura, por exemplo.

( ) A matéria circula nos ecossistemas, sempre do meio abiótico para o meio biótico.

  1. F - V - V - F - F
  2. V - F - V - V - V
  3. F - V - F - V - V
  4. V - F - V - F - F

02. (Universidade São Francisco) A mata atlântica, que já se estendeu por mais de um milhão de quilômetros quadrados do Piauí ao Rio Grande do Sul, hoje se encontra completamente fragmentada, reduzida a 16% de sua exuberância original, de acordo com as estimativas otimistas. Ainda assim, essa floresta mantém parte de sua grandiosidade, abrigando uma rica biodiversidade, da qual uma fração significativa é endêmica, ou seja, não existe em outro lugar.

A vegetação da mata atlântica varia ao longo de sua extensão devido à presença de climas variados, com regimes de temperatura e precipitação diferentes em cada região. Portanto, é de se esperar que a fauna que nela habita também apresente variações.

Para entender melhor como a fauna está organizada em uma região tão ampla e diversa como a mata atlântica, é necessário aplicar uma técnica conhecida como regionalização. Por meio dela, é possível dividir uma região geográfica em porções menores com base nos grupos de espécies de cada área.

Disponível em: http://www.cienciahoje.org.br/noticia/v/ler/id/4912/n/serpentes_atlanticas. Acesso em: 02 /05/2017.

Sobre o bioma descrito anteriormente é correto afirmar que

  1. entre maio e julho, as águas lentamente escoam formando rios temporários, época denominada vazante.
  2. a sua vegetação é predominantemente formada por gramíneas, com a presença esparsa de arbustos e árvores.
  3. os solos são rasos e, muitas vezes, ricos em nutrientes, apresentando vegetais com galhos espinhosos e retorcidos.
  4. a decomposição dos restos vegetais, que caem no solo, é rápida, sendo os nutrientes logo reabsorvidos pelas plantas.
  5. as matas de terra firme situam-se em áreas elevadas e não sujeitas à inundação.

03. (Universidade de Caxias do Sul) Algumas plantas raras da mata atlântica podem ressurgir no laboratório. Algumas sementes com menos de 5% de viabilidade podem sobreviver graças a técnicas “in vitro”. Estas técnicas consistem em

  1. germinar as sementes em substratos orgânicos ricos em NPK, com alta taxa de germinação.
  2. germinar algumas sementes em meio com hormônio etileno e propagar através de cultura de células de tecidos secundários.
  3. germinar algumas sementes em meio enriquecido com auxina e propagar células meristemáticas com a técnica de cultura de tecidos.
  4. retirar o endosperma e multiplicá-lo por técnicas de clonagem celular, utilizando uma célula materna do parênquima.
  5. induzir a quebra de dormência com giberilinas e retirar células do tecido suberoso e multiplicá-las em meio de cultura específico.

04. (Fuvest) Na transição do Cerrado para a Mata Atlântica, ocorre uma substituição da vegetação, que resulta em mudanças na frequência de certas características das plantas.

Identifique duas mudanças decorrentes dessa transição.

  1. Aumento da frequência de caules e galhos tortuosos; aumento da frequência de plantas que apresentam folhas largas.
  2. Aumento da frequência de plantas que germinam e crescem melhor sob a luz direta do sol; diminuição da frequência de plantas que apresentam folhas largas.
  3. Diminuição da frequência de caules e galhos tortuosos; aumento da frequência de plantas que apresentam folhas largas.
  4. Diminuição da frequência de plantas epífitas; diminuição da frequência de plantas com adaptações a queimadas.
  5. Diminuição da frequência de plantas que germinam e crescem melhor sob a luz direta do sol; aumento da frequência de plantas com adaptações a queimadas.

05. (Unioeste) Um grupo internacional de pesquisadores realizou um estudo sobre as colônias de formigas em uma região de Mata Atlântica do Estado de Minas Gerais e observou que fungos Ophiocordyceps camponoti-rufipedis atacam o sistema nervoso de formigas Camponotus rufipes causando paralisias em seu corpo levando-as à morte. Os insetos infectados são chamados de formigas-zumbis por ficarem vagando pela colônia sem conseguirem realizar suas tarefas.

Andersen, S.B., Ferrari, M., Evans, H.C., Elliot, S,L., Boomsma, J.J. et al. (2012). Disease Dynamics in a Specialized Parasite of Ant Societies. PLoS ONE 7(5): e36352.doi:10.1371/journal.pone.0036352.

Ainda em relação ao texto acima, sobre a Mata Atlântica, é correto afirmar que

  1. é uma floresta tropical.
  2. é o maior bioma brasileiro.
  3. sua vegetação característica é composta por guaraná, açaí, cupuaçu.
  4. sua extensão ocupa apenas uma faixa que abrange o estado de Minas Gerais até o Rio Grande do Sul.
  5. sua flora é composta por espécies que têm mecanismos de proteção contra a perda de água, tais como redução no tamanho das folhas e ausência de estômatos na epiderme superior.

06. (Unit-AL) Uma excelente opção de lazer para a família é o Parque Augusto Franco, mais conhecido como Parque da Sementeira. Com 396.019 m2, o Parque pode ser utilizado pelos aracajuanos e turistas para prática de atividades esportivas e de lazer, pesquisas ambientais, além de outras atividades em contato com a natureza. [...].

Além disso, o terreno possui uma vasta área verde com mais de 112 espécies de árvores, entre frutíferas, exóticas e da Mata Atlântica, proporcionando um clima agradável aos frequentadores.

(PARQUE DA SEMENTEIRA, 20418).

Entre as características da biodiversidade encontrada no Parque da Sementeira, pode-se destacar

  1. vegetais de pequeno porte com estruturas que potencializam a polinização ornitófila pouco desenvolvida.
  2. um grupo de vegetais com folhas cheias de espinhos para evitar a perda de água.
  3. animais de pequeno porte, dotados de uma excreção rica em amônia para evitar o desperdício hídrico.
  4. vegetais epífitos, como as bromélias, que podem desenvolver, entre suas folhas, pequenos fitolimnos.
  5. o distanciamento que há entre os vegetais desse bioma, reduzindo a competição entre eles.

07. (Unesp) A Mata Atlântica desempenha uma extraordinária função social. Cobrindo parcela significativa do território brasileiro, a biodiversidade da Mata Atlântica fornece serviços ecológicos essenciais para cerca de 145 milhões de pessoas (70% da população brasileira) e constitui a base de recursos para uma parcela considerável do produto interno bruto do país.

(José M. C. Silva et al. “Conservação da Mata Atlântica brasileira”. In: Diogo C. Cabral e Ana G. Bustamante (orgs). Metamorfoses florestais, 2016. Adaptado.)

Considerando a função social destacada no excerto, são exemplos de serviços ecológicos prestados pela Mata Atlântica preservada:

  1. a produção de oxigênio e a purificação do ar.
  2. a seleção de espécies com valor econômico e a polinização das culturas.
  3. a proteção contra a erosão e a recuperação de áreas agricultáveis.
  4. a decomposição de rejeitos urbanos e o fornecimento de madeira.
  5. a regulação do clima e o tratamento da água.

08. (Unioeste) Sobre o domínio de vegetação formado pela Mata Atlântica, assinale a alternativa correta

  1. A floresta atlântica é fisionomicamente semelhante ao domínio de vegetação do cerrado.
  2. Em toda sua extensão de abrangência a rede hidrográfica caracteriza-se pela predominância de rios intermitentes e sazonais.
  3. Originalmente, antes de ter a maior parte de sua área devastada, o território ocupado por esse tipo de vegetação estendia-se da faixa litorânea da região sul até a fronteira com a Bolívia, dominando a paisagem do centro-oeste brasileiro.
  4. Desenvolve-se predominantemente em áreas de baixo índice pluviométrico e de solo arenoso.
  5. Apesar da redução significativa de sua área de abrangência, ao longo de séculos de ocupação, ainda destaca-se pela grande biodiversidade encontrada por hectare nos fragmentos de mata preservados.

09. (FCMS/JF) Estudo realizado pelo Instituto Totum e pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ), da Universidade de São Paulo em parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica, estima que cada árvore da Mata Atlântica absorve 163,14 kg de gás carbônico (CO2) equivalente ao longo de seus primeiros 20 anos

Disponível em: <https://goo.gl/JoxhWH>. Acesso em: 1 maio 2018.

Nesse contexto, o plantio de árvores é importante porque

  1. as formações florestais da Mata Atlântica filtram a água das chuvas promovendo a separação do oxigênio dos outros componentes nocivos à natureza.
  2. o reflorestamento da Mata Atlântica provoca maior homogeneização dos ecossistemas florestais, contribuindo para a amenização das temperaturas.
  3. diminui o buraco da camada de ozônio porque permite que a luz solar seja absorvida pelos solos, impedindo o seu retorno para as camadas da atmosfera.
  4. na fase de crescimento, as árvores demandam uma quantidade muito grande de carbono para se desenvolver e acabam tirando esse elemento do ar.

10. (Unit-AL) A Mata Atlântica é uma das florestas mais ricas em diversidade de espécies e ameaçadas do planeta. O bioma abrange uma área de cerca de 15% do total do território brasileiro, que inclui 17 Estados (Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe), dos quais 14 são costeiros.

Hoje, restam apenas 12,4% da floresta que existia originalmente e, desses remanescentes, 80% estão em áreas privadas. 72% da população brasileira, sete das nove maiores bacias hidrográficas do país e três dos maiores centros urbanos do continente Sul americano estão na Mata Atlântica. Essa floresta possibilita atividades essenciais para a nossa economia – como a agricultura, a pesca, a geração de energia, o turismo e o lazer. Esse foi o primeiro bioma brasileiro a ser assegurado por lei (Lei da Mata Atlântica n° 11.428/2006, principal instrumento de proteção do bioma).

Em relação a esse importantíssimo bioma e com base nos conhecimentos acerca de biodiversidade, é correto afirmar:

  1. A sua fauna é limitada a organismos do filo cordata que dependem de seus componentes abióticos para sobreviver e perpetuar.
  2. Sem perder certa homogeneidade, apresenta um conjunto de formações florestais bastante diversificadas.
  3. Em cada estado a Mata Atlântica, apresenta uma característica peculiar, não apresentando uniformidade.
  4. Apresenta uma variedade de ecossistema, mesmo sem variações climáticas e de relevo.
  5. Os seus inúmeros ecossistemas são associados apenas ao epinociclo.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Email ou WhatsApp