Home > Banco de Questões > Biologia > Ecologia >Caatinga

Caatinga

Lista de 10 exercícios de Biologia com gabarito sobre o tema Caatinga com questões de Vestibulares.


Você pode conferir as videoaulas, conteúdo de teoria, e mais questões sobre o tema Caatinga.



01. (UECE) São características da adaptação de plantas que permite a sobrevivência em ambientes sazonalmente secos, como é o caso da Caatinga brasileira:

  1. presença de cladódios; folhas transformadas em espinhos e caducifolia.
  2. presença de xilopódios; cutícula foliar fina e estômatos abundantes e abertos dia e noite.
  3. presença de cladódios; folhas grandes e perenes.
  4. presença de caules com grande quantidade de súber e acúmulo de alumínio nas folhas perenes.

02. (UECE) Entre os animais que compõem a fauna da caatinga destacam-se: abelhas, onça-parda, uruburei, tatu-bola, arara-azul-de-lear, soldadinho-doararipe e jacu.

Em relação a esses animais, assinale a afirmação verdadeira.

  1. Tatu-bola, soldadinho-do-araripe e jacu são vertebrados.
  2. Soldadinho-do-araripe e abelhas são invertebrados.
  3. Onça-parda, tatu-bola e jacu são invertebrados.
  4. Onça-parda, jacu e abelhas são vertebrados.

03. (ETEC) A caatinga, palavra originária do tupi-guarani e que significa “mata branca”, é o único sistema ambiental exclusivamente brasileiro. Sua extensão territorial corresponde a cerca de 10% do território nacional e está presente no norte de Minas Gerais e no sertão nordestino.

Em relação a esse sistema ambiental, pode-se afirmar que

  1. é um bioma de clima quente, com estações de seca e chuvas bem definidas, cuja vegetação apresenta folhas coriáceas, caules retorcidos, com cascas grossas e resistentes ao fogo.
  2. é a maior planície de inundação contínua do planeta e apresenta a maior diversidade de aves do mundo, entre as quais se destacam as garças, os colhereiros, os tucanos, os biguás, os patos e os marrecos.
  3. é um bioma com várias espécies de palmeiras, árvores, trepadeiras, mata-paus, samambaias e animais, como gambás, pacas, tatus, tamanduás, capivaras, gatos-do-mato, gaviões e muitas espécies de beija-flores.
  4. possui clima semiárido, solo raso e pedregoso, vegetação com adaptações para sobreviver em condições de aridez, como por exemplo, folhas modificadas em espinhos, muitas espécies de mamíferos, lagartos e serpentes.
  5. possui clima subtropical, vegetação formada principalmente por gramíneas de pequeno porte e com poucos arbustos espalhados; possui animais, como o tatu, diversos roedores, raposas, guaxinins, marrecos e quero-quero.

04. (Enem PPL 2016) A Caatinga é um ecossistema que se encontra nos lados equatoriais dos desertos quentes, com índices pluviométricos muito baixos. Chove pouco no inverno e as chuvas, quando ocorrem, acontecem no verão. Apresenta plantas semelhantes às das regiões de deserto quente, do tipo xerófitas, como as cactáceas, com adaptações às condições de escassez de água.

SADAVA. D. et.el. Vida: a ciência da biologia. Porto Alegre: Artmed, 2009 (adaptado).

Uma característica que permite a sobrevivência dessas plantas, na condição da escassez citada, é a presença de

  1. caule subterrêneo.
  2. sistema radicular fasciculado.
  3. folhas modificadas em espinhos.
  4. parênquima amilífero desenvolvido.
  5. limbo foliar desprovido de estômatos.

05. (IF Sertão) Na interpretação do geógrafo Aziz Ab’Saber a caatinga é um domínio morfoclimático diretamente relacionado ao clima semiárido. Quanto às características desse domínio marque a opção verdadeira.

  1. Apresenta solos profundos e pouco férteis com presença de uma vegetação rasteira formado por herbáceas e gramíneas.
  2. Apresenta solos rasos, porém ricos em minerais. Em sua vegetação predominam plantas adaptadas ao clima seco (xerófilas).
  3. Solos muito ácidos. Seu relevo é caracterizado por presença de planaltos ou chapadões se estendendo pelo centro-oeste do Brasil.
  4. Vegetação predominante é a mata atlântica e sua exploração começou no período colonial através da pecuária.
  5. Ocorre o predomínio de rios perenes, solos bem desenvolvidos e ricos em matéria orgânica.

06. (ETEC) O Sistema Brasileiro de Classificação de Solos define o solo da Caatinga como pouco profundo, pedregoso, rico em minerais, mas pobre em matéria orgânica e que dificilmente armazena as águas das chuvas. Os afloramentos rochosos existentes se tornam uma característica comum na Caatinga que, associada aos solos rasos, propicia as condições ideais para a vegetação, que cresce nas pedras, em fissuras ou em depressões onde há acúmulo de areia, pedregulhos e outros detritos.

A vegetação típica encontrada no solo descrito caracteriza-se por apresentar

  1. raízes superficiais para facilitar a sua fixação.
  2. folhas grandes e membranáceas para facilitar a realização da fotossíntese.
  3. raízes respiratórias denominadas pneumatóforos para obtenção do gás oxigênio.
  4. folhas pequenas e modificadas em espinhos para evitar a transpiração excessiva.
  5. árvores altas, com folhas grandes, sempre verdes e com extremidades afiladas em goteira.

07. (Enem PPL 2013) A Caatinga é o único bioma exclusivamente brasileiro, ocupando cerca de 7% a 10% do território nacional. Nesse ambiente seco, mesmo quando chove, não há acúmulo de água, pois o solo é raso e pedregoso. Assim, as plantas desse bioma possuem modificações em suas raízes, caules e folhas, que permitem melhor adaptação a esse ambiente, contra a perda de água e de nutrientes. Geralmente, seus caules são suculentos e suas folhas possuem forma de espinhos e cutículas altamente impermeáveis, que apresentam queda na estação seca.

Disponível em: www.ambientebrasil.com.br. Acesso em: 21 maio 2010 (adaptado).

Considerando as adaptações nos órgãos vegetativos, a principal característica das raízes dessas plantas, que atribui sua maior adaptação à Caatinga, é o(a)

  1. armazenamento de nutrientes por um sistema radicular aéreo.
  2. fixação do vegetal ao solo por um sistema radicular do tipo tuberoso.
  3. fixação do vegetal ao substrato por um sistema radicular do tipo sugador.
  4. absorção de água por um sistema radicular desenvolvido e profundo.
  5. armazenamento de água do solo por um sistema radicular do tipo respiratório.

08. (UECE) De acordo com o Ministério do Meio Ambiente e o IBGE, 2015, a Caatinga é o principal bioma da Região Nordeste, ocupando totalmente o Ceará e parte do Rio Grande do Norte (95%), da Paraíba (92%), de Pernambuco (83%), do Piauí (63%), da Bahia (54%), de Sergipe (49%), de Alagoas (48%) e do Maranhão (1%). A Caatinga também cobre 2% de Minas Gerais. Além disso, é importante relatar que a Caatinga apresenta uma grande riqueza de ambientes e espécies, que não é encontrada em nenhum outro bioma. Infelizmente, os desmatamentos e as queimadas alteraram os ecossistemas originais desse exótico bioma.

No que diz respeito ao bioma Caatinga, assinale a afirmação verdadeira.

  1. A seca, a luminosidade e o calor característicos de áreas tropicais resultam numa vegetação de savana estépica, espinhosa e decidual (quando as folhas caem em determinada época).
  2. Esse bioma está sujeito a dois períodos secos anuais: um de curto período de estiagem, seguido de chuvas intermitentes e um de seca longa seguido de chuvas torrenciais que podem faltar durante anos.
  3. Dos ecossistemas originais da Caatinga, 40% foram alterados, em especial por causa de desmatamentos e queimadas.
  4. A Caatinga, cujo nome é de origem indígena e significa “mata clara e aberta”, é exclusivamente brasileira e ocupa cerca de 1% do País.

09. (UECE) As plantas da caatinga possuem algumas características particulares, como folhas transformadas em espinhos, cutículas altamente impermeáveis, caules suculentos, raízes profundas etc. Essa descrição se refere ao que definimos como

  1. xeromorfismo.
  2. caducifolia.
  3. convergência adaptativa.
  4. mimetismo.

10. (UECE) “No Brasil, não existem desertos, mas uma região semiárida, com características e espécies únicas. A caatinga é o único bioma restrito ao território brasileiro, ocupando basicamente a Região Nordeste, com algumas áreas no Estado de Minas Gerais. A vegetação da Caatinga não apresenta a exuberância verde das florestas tropicais úmidas e o aspecto seco das fisionomias dominadas por cactos e arbustos sugere uma baixa diversificação da fauna e da flora. Para desvendar sua riqueza, é necessário um olhar mais atento, mais aberto. Assim ela revela sua grande biodiversidade, sua relevância biológica e sua beleza peculiar.”

LEAL, Inara e colaboradores, Ecologia e Conservação da Caatinga. 2013.

Sobre o bioma caatinga, é correto afirmar-se que

  1. o nome “caatinga” é de origem Tupi-Guarani e significa “floresta branca”, que certamente caracteriza bem o aspecto da vegetação na estação seca, quando as folhas caem e apenas os troncos brancos e brilhosos das árvores e dos arbustos permanecem na paisagem seca.
  2. nele, as superfícies das rochas que devem gerar os solos subsequentes sob a ação do clima são ácidas, mas a chuva produz uma dissolução das bases que são lixiviadas, criando, então, um microambiente alcalino.
  3. as caatingas podem ser caracterizadas como florestas arbóreas ou arbustivas, compreendendo principalmente árvores e arbustos altos que apresentam espinhos, microfilia e algumas características xerofíticas.
  4. a vegetação das caatingas no Nordeste do Brasil compreende uma unidade fitogeográfica bem definida, sendo caracterizada pelo seu baixo grau de endemismo florístico e pelas particularidades dos diferentes tipos de vegetação.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Email ou WhatsApp