Home > Banco de Questões > Biologia > Ecologia >Amazônia

Amazônia

Lista de 10 exercícios de Biologia com gabarito sobre o tema Amazônia com questões de Vestibulares.


Você pode conferir as videoaulas, conteúdo de teoria, e mais questões sobre o tema Amazônia.



01. (UECE) Os biomas tropicais tornaram-se tema das grandes discussões ambientais. No caso da Amazônia, constata-se que o seu solo não é considerado, na maioria dos casos, apropriado ao desenvolvimento da agricultura extensiva. Atualmente, considera-se possível conciliar a preservação da Amazônia com o seu aproveitamento econômico, pois sua real importância reside

  1. nas possibilidades extrativas vegetais e animais, facilmente exploráveis.
  2. na riqueza mineral de seu subsolo, ainda em grande parte desconhecida.
  3. no seu potencial como banco genético, devido à sua enorme biodiversidade.
  4. nas possibilidades agrícolas favorecidas pelo clima permanentemente quente e úmido.

02. (Enem PPL 2019) A principal explicação para a grande variedade de espécies na Amazônia é a teoria do refúgio. Nos últimos 100 000 anos, o planeta sofreu vários períodos de glaciação, em que as florestas enfrentaram fases de seca. Dessa forma, as matas expandiram-se e depois reduziram-se. Nos períodos de seca prolongados, cada núcleo de floresta ficava isolado do outro. Então, os grupos de animais dessas áreas isoladas passaram por processos de diferenciação genética, muitas vezes se transformando em espécies ou subespécies diferentes das originais e das que ficaram em outros refúgios.

Disponível em: http://ambientes.ambientebrasil.com.br. Acesso em: 22 abr. 2015.

O principal processo evolutivo relacionado ao texto é a

  1. anagênese.
  2. coevolução.
  3. evolução alopátrica.
  4. evolução simpátrica.
  5. convergência adaptativa.

03. (UPE) A classificação atual dos seres vivos considera as semelhanças anatômicas, a composição química e estrutura genética. Assim, o nome de cada espécie deve ser constituído por duas palavras: a primeira designando o gênero; e a segunda, a espécie. No Brasil, existem cerca de 118 espécies de primatas, sendo considerado o país com o maior número de espécies. A Amazônia é o bioma com a maior diversidade, onde é possível se encontrarem três delas: Alouatta belzebul, Ateles belzebuth e Ateles paniscus. Com base nessas considerações e nos princípios que regem essa classificação, é CORRETO afirmar que

  1. Alouatta belzebul e Ateles belzebuth possuem o maior grau de parentesco que entre Ateles paniscus e Ateles belzebuth.
  2. Ateles paniscus e Ateles belzebuth são espécies com grau de parentesco no nível de gênero.
  3. Alouatta belzebul e Ateles belzebuth são espécies com grau de parentesco no nível de espécie.
  4. Ateles paniscus e Ateles belzebuth possuem o mesmo gênero, mas são de famílias diferentes.
  5. Alouatta belzebul e Ateles belzebuth, apesar de gêneros diferentes, pertencem à mesma espécie.

04. (EMESCAM) A pupunha (Bactris gasipaes) é um tipo de palmeira da Amazônia que pode atingir até 20 metros de altura. De início isolada, a planta acaba constituindo uma touceira formada por vários caules recobertos por anéis de espinhos negros. As flores possuem sexo separado. As masculinas caem, após liberar o pólen, e as femininas desenvolvem-se em pequenos frutos vermelhos, amarelos ou alaranjados.

O caule desse tipo de planta é classificado como

  1. colmo cheio.
  2. estipe.
  3. estolho.
  4. tronco.
  5. cladódio.

05. (UEMA) As atividades econômicas praticadas na região da Amazônia, tais como o garimpo, a extração de madeiras e os grandes projetos que demandam a exploração ambiental, são causas de impactos ambientais e de agravos à saúde, como desmatamento das barrancas dos cursos d’água, com o assoreamento dos rios, o descontrole das cheias e a escassez de caça e de pesca, e, no caso específico do garimpo, o mercúrio jogado nas águas pode ser posteriormente ingerido pelas pessoas, causando como efeito mais deletério as anomalias de formação de fetos humanos.

LIMA, Deborah e POZZOBON, Jorge. Estudos avançados, 19, 54, 2005.

Em relação às causas e às consequências do desmatamento é correto afirmar, com base no texto, que

  1. a contaminação humana pelo mercúrio ocorre diretamente por ingestão do peixe contaminado.
  2. o desmatamento das barrancas contribui para o acúmulo de CO2 no ar atmosférico.
  3. o mercúrio é ingerido na forma oxidada.
  4. o assoreamento do leito dos rios não compromete o curso natural da água.
  5. a diminuição da quantidade de pescado pode ocorrer pela maior disponibilidade de oxigênio na água.

06. (ACAFE) Novo macaco nas árvores da Amazônia.

A recente descoberta de um primata na Amazônia, o zogue-zogue-rabo-de-fogo (Callicebus miltoni), demonstra que ainda há muito para se conhecer sobre a região. O animal foi primeiro avistado no estado de Mato Grosso em 2011. Agora, pesquisadores do Instituto para a Conservação dos Carnívoros Neotropicais (Pró-Carnívoros), do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá e do Museu Paraense Emílio Goeldi publicaram a descrição completa da espécie na revista científica Papéis Avulsos de Zoologia.

Fonte: Ciência Hoje, 05/05/2015

Disponível em: http://cienciahoje.uol.com.br/noticias/2015

Acerca das informações acima e dos conhecimentos relacionados ao tema é correto afirmar, exceto:

  1. Uma espécie endêmica é aquela que ocorre somente em uma determinada área ou região geográfica. O endemismo pode ser causado por barreiras físicas, climáticas e biológicas que delimitem com eficácia a distribuição de uma espécie ou provoquem a sua separação do grupo original.
  2. Pode-se conceituar ecossistema como uma unidade natural constituída de fatores abióticos e fatores bióticos que interagem ou se relacionam entre si, formando um sistema estável. Esses componentes interagem através das transferências de energia dos organismos vivos entre si e entre estes e os demais elementos de seu ambiente.
  3. A especiação pode ser entendida como processo que leva à formação de novas espécies. Em virtude das diferenças surgidas no genoma, após sofrer mutações e seleção natural, o grupo isolado geograficamente desenvolve diferenciação dos outros membros da espécie inicial, podendo ou não ocorrer o isolamento reprodutivo desses grupos
  4. A Floresta Amazônica é um ecossistema que se estende além do território nacional, com chuvas frequentes e abundantes. Apresenta flora exuberante, com espécies como a seringueira, o guaraná, a vitória-régia, e é habitada por inúmeras espécies de animais como o peixe-boi, o pirarucu e a arara.

07. (PUC-Rio) Cientistas brasileiros e ingleses publicaram recentemente os resultados de uma pesquisa que mostra que a perda de carbono na Amazônia brasileira é 40% maior do que se sabia. De acordo com essa pesquisa, a perda de carbono não se restringe apenas ao desmatamento da Amazônia, mas também ao corte seletivo, aos efeitos de borda e à queima da vegetação de sub-bosque.

Com relação ao ciclo do carbono e ao papel desempenhado pelas florestas nesse processo.

Considere as afirmações abaixo:

I – As fl orestas armazenam carbono na forma de açúcar.

II – Todo o carbono da Terra está armazenado nos organismos fotossintetizantes.

III – Florestas tropicais representam uma das principais áreas de fi xação de carbono.

IV – O gás carbônico é lançado no ambiente pela decomposição e combustão e é retirado pela respiração e fotossíntese.

É correto o que se afirma em

  1. Somente I e II.
  2. Somente I e III.
  3. Somente I, II e III.
  4. Somente II, III e IV.
  5. Somente III e IV.

08. (Faculdade de Medicina de Jundiaí) A biodiversidade da maior floresta equatorial do planeta não para de surpreender: 441 novas espécies foram descobertas na Amazônia entre 2010 e 2013. Entretanto, segundo anunciou o governo no final de 2013, houve aumento de 28% no desmatamento da região – resultado direto da impunidade fomentada pela reforma do Código Florestal.

(Ciência hoje, abril de 2014. Adaptado.)

Suponha que uma das espécies descobertas na Amazônia pertença ao mesmo gênero de outra espécie que ocorre somente na região do Pantanal. É correto afirmar que

  1. ambas pertencem à mesma família, mas são de classes diferentes.
  2. não há nenhum grau de parentesco evolutivo entre elas.
  3. são espécies que podem ter surgido por meio de uma especiação alopátrica.
  4. ambas pertencem à mesma classe, mas são de ordens diferentes.
  5. são espécies que refletem exemplo de convergência adaptativa.

09. (Mackenzie) Texto referente à questão.

Pesquisadora sobre fogo na Amazônia explica real situação da floresta.

A pesquisadora sênior da Universidade de Oxford, Dra. Erika Berenguer, é uma das maiores referências sobre fogo em florestas tropicais do mundo. Ela relata que um “aspecto importante a ser considerado é que incêndios na floresta amazônica não ocorrem de maneira natural – eles precisam de uma fonte de ignição antrópica. Ao contrário de outros ecossistemas, como o Cerrado, a Amazônia não evoluiu com o fogo e esse não faz parte de sua dinâmica. Isso significa que quando a Amazônia pega fogo, uma parte imensa de suas árvores morrem, porque elas não têm nenhum tipo de proteção ao fogo. Ao morrerem, essas árvores então se decompõem liberando para a atmosfera todo o carbono que elas armazenavam, contribuindo assim para as mudanças climáticas. O problema nisso é que a Amazônia armazena muito carbono nas suas árvores - a floresta inteira estoca o equivalente a 100 anos de emissões de CO2 dos EUA. Então queimar a floresta significa colocar muito CO2 de volta na atmosfera.”

Disponível em: https://ciclovivo.com.br/planeta/meio-ambiente/pesquisadora-fogoamazonia-explica-real-situacao-floresta/ Acesso em 29 set. 2019

O aumento da concentração de CO2 na atmosfera promovido pelas queimadas na Amazônia está relacionado a

  1. a liberação do carbono estocado na massa vegetal e na diminuição da taxa de fotossíntese, processo biológico que fixa o carbono atmosférico.
  2. a diminuição da decomposição biológica, impedida pela morte dos microrganismos do solo.
  3. a intensificação do efeito estufa e, consequente, aumento na inversão térmica durante os períodos de estiagem na floresta.
  4. o processo de diminuição na camada de ozônio, reduzindo o bloqueio da radiação ultravioleta do sol e, consequente, intensificação do aquecimento global.
  5. o aumento do efeito estufa, processo natural relacionado exclusivamente à concentração de CO2 na atmosfera.

10. (Faculdade de Medicina de Jundiaí) A biodiversidade da maior floresta equatorial do planeta não para de surpreender: 441 novas espécies foram descobertas na Amazônia entre 2010 e 2013. Entretanto, segundo anunciou o governo no final de 2013, houve aumento de 28% no desmatamento da região – resultado direto da impunidade fomentada pela reforma do Código Florestal.

Ciência hoje, abril de 2014. Adaptado.)

O problema ambiental citado no texto tem como consequência

  1. a redução da temperatura do solo.
  2. o aumento da profundidade dos rios.
  3. a redução da lixiviação.
  4. o aumento nos índices de precipitação.
  5. a intensificação da erosão.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Email ou WhatsApp