Home > Banco de Questões > Biologia > Citologia >

Respiração celular e fermetação

Lista de 12 exercícios de Biologia com gabarito sobre o tema Respiração celular e fermetação com questões de Vestibulares.

Confira as videoaulas, teoria e questões sobre: Citologia.





1. (Fatec) Se as células musculares podem obter energia por meio da respiração aeróbica ou da fermentação, quando um atleta desmaia após uma corrida de 1000 m, por falta de oxigenação adequada de seu cérebro, o gás oxigênio que chega aos músculos também não é suficiente para suprir as necessidades respiratórias das fibras musculares, que passam a acumular

  1. glicose.
  2. ácido acético.
  3. ácido lático.
  4. gás carbônico.
  5. álcool etílico.

2.(UNIFESP) Um pesquisador pretende manter uma cultura de células e infectá-las com determinado tipo de vírus, como experimento. Assinale a alternativa que contém a recomendação e a justificativa corretas a serem tomadas como procedimento experimental.

  1. É importante garantir que haja partículas virais (vírus) completas. Uma partícula viral completa origina-se diretamente de outra partícula viral pré-existente.
  2. Deve-se levar em conta a natureza da célula que será infectada pelo vírus: células animais, vegetais ou bactérias. Protistas e fungos não são hospedeiros de vírus.
  3. Deve-se garantir o aporte de energia para as células da cultura na qual os vírus serão inseridos. Essa energia será usada tanto pelas células quanto pelos vírus, já que estes não produzem ATP.
  4. Na análise dos dados, é preciso atenção para o ácido nucléico em estudo. Um vírus pode conter mais de uma molécula de DNA: a sua própria e a que codifica para a proteína da cápsula.
  5. É necessário escolher células que tenham enzimas capazes de digerir a cápsula protéica do vírus. A partir da digestão dessa cápsula, o ácido nucléico viral é liberado.

3. (Mack) Ao contrário do que muitos pensam, a cidade de São Paulo tem uma grande quantidade de pássaros. Dentre eles, inúmeros beija-flores podem ser observados na maior parte do ano. Entretanto, entre junho e setembro, o número de beija-flores diminui. Essa diminuição se deve ao fato de que esses animais entram em um período de hibernação, no qual o seu metabolismo diminui drasticamente. Nesse período, dentre os mecanismos envolvidos, estão as variações nos níveis de hormônios da tireóide. A esse respeito, considere as seguintes afirmações.

I. O fato de a hibernação ocorrer no inverno está relacionado com a diminuição da oferta de alimento. Se os animais hibernam, a competição por alimento diminui nesse período, permitindo a sobrevivência da espécie.

II. O envolvimento dos hormônios da tireóide se deve ao fato de eles serem responsáveis pelo aumento da atividade metabólica. Durante a hibernação, o nível desses hormônios é diminuído.

III. A atividade das mitocôndrias também é diminuída durante a hibernação, o que resulta na diminuição do metabolismo.

Assinale

  1. se todas as afirmativas forem corretas.
  2. se somente as afirmativas II e III forem corretas.
  3. se somente as afirmativas I e II forem corretas.
  4. se somente a afirmativa II for correta.
  5. se somente a afirmativa III for correta

04. (UFPE) O maior rendimento energético do processo de respiração aeróbica (acoplada à cadeia transportadora de elétrons) sobre a glicólise é principalmente devido à:

  1. maior atividade específica das enzimas envolvidas.
  2. maior difusão das enzimas no meio de reação.
  3. muito menor energia de ativação requerida.
  4. completa oxidação de glicose a CO2 e H2O.
  5. compartimentação e ordenação das enzimas envolvidas.

05. (Uerj) Utilize as informações abaixo para responder à questão.

A ciência da fisiologia do exercício estuda as condições que permitem melhorar o desempenho de um atleta, a partir das fontes energéticas disponíveis. A tabela a seguir mostra as contribuições das fontes aeróbia e anaeróbia para geração de energia total utilizada por participantes de competições de corrida, com duração variada e envolvimento máximo do trabalho dos atletas

Observe o esquema abaixo, que resume as principais etapas envolvidas no metabolismo energético muscular.

Ao final da corrida de 400 m, a maior parte da energia total dispendida por um recordista deverá originar-se da atividade metabólica ocorrida nas etapas de números:

  1. 1 e 3.
  2. 1 e 4.
  3. 2 e 4.
  4. 2 e 5.

06. (UEL-PR) No gráfico a seguir observa-se a produção de CO2 e ácido lático no músculo de um atleta que está realizando atividade física.

Sobre a variação da produção de CO2 e ácido lático em A e B, analise as seguintes afirmativas:

I. A partir de T1 o suprimento de O2 no músculo é insuficiente para as células musculares realizarem respiração aeróbica.

II. O CO2 produzido em A é um dos produtos da respiração aeróbica durante o processo de produção de ATP (trifosfato de adenosina) pelas células musculares.

III. Em A, as células musculares estão realizando respiração aeróbica, e em B um tipo de fermentação.

IV. A partir de T1 a produção d

Das afirmativas acima, são corretas:

  1. apenas I e II.
  2. apenas III e IV.
  3. apenas I, II e III.
  4. apenas I, II e IV.
  5. apenas II, III e IV.

07. (Fuvest-SP) No que se refere à respiração aeróbica podemos dizer que:

  1. é no ciclo de Krebs que ocorre diretamente a conversão de ADP em ATP.
  2. é no interior das mitocôndrias que se processa a glicólise, uma das etapas da respiração.
  3. é no nível do hialoplasma (citoplasma) que se realiza o ciclo de Krebs.
  4. é no nível da membrana interna das mitocôndrias que ficam localizadas as substâncias que formam a cadeia transportadora de elétrons.
  5. é na glicólise que se dá a maior produção de moléculas de ATP.

08. (UFMG) Todos os processos indicados são característicos da respiração aeróbica, exceto:

  1. consumo de glicose.
  2. formação de ácido pirúvico.
  3. produção de álcool.
  4. produção de ATP.
  5. produção de gás carbônico.

09. (Uerj) Para estudar o metabolismo de organismos vivos, isótopos radioativos de alguns elementos, como o 14C, foram utilizados como marcadores de moléculas orgânicas.

Podemos demonstrar, experimentalmente, utilizando a glicose marcada com 14C, o acúmulo de produtos diferentes da glicólise na célula muscular, na presença ou na ausência de um inibidor da cadeia respiratória mitocondrial.

Em presença desse inibidor, o metabólito radioativo que deve acumular-se no músculo é o ácido denominado:

  1. lático
  2. cítrico.
  3. pirúvico.
  4. glicérico

10. (PUC-SP) Considere os esquemas simplificados de duas vias metabólicas indicados por I e II:

É correto afirmar que

  1. I é apresentado exclusivamente por certas bactérias, e II, exclusivamente por certos fungos, pois estes organismos são todos anaeróbicos.
  2. I e II são apresentados exclusivamente por procariontes, pois estes organismos são todos anaeróbicos.
  3. em I e II há liberação de gás carbônico e os dois processos apresentam o mesmo rendimento energético.
  4. I é apresentado por células do tecido muscular esquelético humano quando o nível de oxigênio é insatisfatório para manter a produção de ATP necessária.
  5. I é um processo utilizado na fabricação de pães, e II, um processo utilizado na indústria alimentícia para a produção de alimentos como iogurtes e queijos

11. (Fuvest-SP) As mitocôndrias são consideradas as “casas de força” das células vivas. Tal analogia refere-se ao fato de as mitocôndrias:

  1. estocarem moléculas de ATP produzidas na digestão dos alimentos.
  2. produzirem ATP com utilização de energia liberada na oxidação de moléculas orgânicas.
  3. consumirem moléculas de ATP na síntese de glicogênio ou de amido a partir de glicose.
  4. serem capazes de absorver energia luminosa utilizada na síntese de ATP.
  5. produzirem ATP a partir da energia liberada na síntese de amido ou de glicogênio.

12. (Ufscar-SP) Os ingredientes básicos do pão são farinha, água e fermento biológico. Antes de ser levada ao forno, em repouso e sob temperatura adequada, a massa cresce até o dobro de seu volume.

Durante esse processo predomina a:

  1. respiração aeróbica, na qual são produzidos gás carbônico e água. O gás promove o crescimento da massa, enquanto a água a mantém úmida.
  2. fermentação lática, na qual bactérias convertem o açúcar em ácido lático e energia. Essa energia é utilizada pelos microrganismos do fermento, os quais promovem o crescimento da massa.
  3. respiração anaeróbica, na qual os microrganismos do fermento utilizam nitratos como aceptores finais de hidrogênio, liberando gás nitrogênio. O processo de respiração anaeróbica é chamado de fermentação, e o gás liberado provoca o crescimento da massa.
  4. fermentação alcoólica, na qual ocorre a formação de álcool e gás carbônico. O gás promove o crescimento da massa, enquanto o álcool se evapora sob o calor do forno.
  5. reprodução vegetativa dos microrganismos presentes no fermento. O carboidrato e a água da massa criam o ambiente necessário ao crescimento em número das células de levedura, resultando em maior volume da massa


.