Home > Banco de Questões > Biologia > Botânica >Musgos

Musgos

Lista de 10 exercícios de Biologia com gabarito sobre o tema Musgos com questões de Vestibulares.


Você pode conferir as videoaulas, conteúdo de teoria, e mais questões sobre o tema Musgos.



01. (CN) Leia o texto abaixo.

"Musgo renasce 1.500 anos depois de ficar congelado na Antártica. Pesquisa descreveu pela 1a vez espécie que sobreviveu por longo tempo.

Um musgo na Antártica renasceu após passar mais de 1.500 anos sob uma camada de gelo, um recorde que marca o maior ciclo vital de qualquer planta conhecida, revelou um estudo feito por cientistas britânicos e divulgado esta semana nos Estados Unidos. Os cientistas capturaram amostras das profundezas de um banco de musgos congelados na Antártica. Eles cortaram os núcleos destas plantas e os colocaram em uma incubadora, a temperaturas e níveis de luz que estimulariam seu crescimento em condições normais. Depois de algumas semanas, o musgo começou a crescer.”

Disponível em: bttp://wmww.sobiologia.com.briconteudos/noticias/noticia18.php

Sobre os musgos é correto afirmar que:

  1. pertencem ao grupo das pteridófitas, são plantas de grande porte e sua reprodução sexuada não depende de água para levar o gameta masculino ao encontro do gameta feminino.
  2. pertencem ao grupo das pteridófitas, são plantas de pequeno porte e sua reprodução sexuada depende de água para levar o gameta feminino ao encontro do gameta masculino.
  3. pertencem ao grupo das gimnospermas, são plantas de grande porte e sua reprodução sexuada não depende de água para levar o gameta masculino ao encontro do gameta feminino.
  4. pertencem ao grupo das briófitas, são plantas de pequeno porte e sua reprodução sexuada depende de água para levar o gameta masculino ao encontro do gameta feminino.
  5. pertencem ao grupo das briófitas, são plantas de grande porte e sua reprodução sexuada não depende de água para levar o gameta feminino ao encontro do gameta masculino.

02. (PUC-RS) INSTRUÇÃO: Responda à questão com base nas afirmativas a seguir, acerca das características observadas nos musgos.

I. Apresentam mecanismos de reprodução que dispensam agentes polinizadores, como o vento e os insetos.

II. São desprovidos de clorofila, necessitando permanecer próximos ao solo para absorver nutrientes provenientes da decomposição da matéria orgânica.

III. Apresentam sistema vascular simples mas eficiente, que permite uma rápida distribuição dos nutrientes absorvidos para todo o vegetal.

IV. Apresentam rizóides (raízes não verdadeiras), que têm a função de fixação ao substrato.

Estão corretas apenas as afirmativas

  1. I e II.
  2. I e IV.
  3. II e III.
  4. III e IV.
  5. I, II e III.

03. (UEMG) As briófitas mais conhecidas são os musgos, que formam extensos tapetes verdes sobre rochas, troncos de árvores e barrancos. Quando habitam rochas, fazem parte de um importante processo ecológico denominado sucessão ecológica. Em relação ao papel das briófitas nesse processo, assinale a alternativa correta.

  1. Ao habitarem as rochas, as briófitas iniciam o processo de sucessão ecológica secundária, no qual se comportam como espécies-chave no ecossistema.
  2. A comunidade formada pelas briófitas sobre a rocha pode ser considerada uma comunidade clímax, já que a rocha não pode sofrer alterações.
  3. As briófitas são consideradas espécies secundárias por conseguirem viver em mais de um tipo de habitat além das rochas.
  4. O processo de sucessão que ocorre nas rochas nuas é chamado de sucessão primária e as briófitas são as plantas pioneiras nesse habitat.

04. (UEA - SIS) Pesquisadores descobrem que as fezes de pinguins e elefantes-marinhos fomentam a biodiversidade da Antártida. O nitrogênio contido nesses dejetos fornece nutrientes aos líquens, musgos, animais microscópicos e pequenas criaturas. Os cientistas procuraram o nitrogênio porque seus diversos isótopos tornam relativamente fácil de rastreá-lo do mar até os musgos e líquens que crescem na terra e até os animais que se alimentam disso

(Karen Weintraub. “Fezes de pinguins e elefantes-marinhos nutrem a biodiversidade na Antártida”. Folha de S.Paulo, 16.05.2019. Adaptado.)

O texto descreve a interação entre os seres vivos e o elemento nitrogênio.

O conceito ecológico que define essa interação é o de

  1. população.
  2. comunidade.
  3. ecossistema.
  4. biosfera.
  5. biótopo.

05. (Unitau) Quanto ao ciclo reprodutivo das briófitas, do tipo musgo, podemos afirmar que:

  1. os esporos (2n) são eliminados da cápsula, para germinarem e produzirem esporófitos femininos (n) e masculinos (n).
  2. o esporófito apresenta cápsula onde ocorrerá meiose para formação dos esporos.
  3. os anterozoides só alcançam a oosfera feminina com o auxilio do vento, denominado processo de anemofilia.
  4. da união entre anterozoides e oosfera resultará o gametófito (n).
  5. são plantas sexuadas aquelas cujo gametófito produzem esporos que germinam em solo úmido.

06. (IFRR) Representadas principalmente pelos musgos, o porte geralmente reduzido das briófitas pode ser atribuído:

  1. A falta de um sistema vascular de condução de seiva.
  2. Ao fato de o esporófito não realizar a respiração.
  3. A presença de estômatos nos talos
  4. A reprodução sexuada de seus gametas
  5. A predominância do ambiente aquático onde vivem

07. (ENEM PPL) Surtsey é uma ilha vulcânica situada perto da costa sul da Islândia. A erupção vulcânica que lhe deu origem ocorreu na década de 1960, o que faz dela, seguramente, a ilha mais nova do Oceano Atlãntico. As primeiras espécies que aí se fixaram foram musgos e liquens. À medida que as aves foram fixando-se na ilha, as condições do solo foram melhorando e espécies vegetais mais complexas puderam iniciar a colonização do território. Em 1988 foi observada a presença do primeiro arbusto.

Disponível em: www.nacopadasarvores.blogspot.com.br. Acesso em: 25 maio 2012 (fragmento).

O conjunto das alterações ocorridas no ambiente descrito é exemplo de

  1. nicho ecológico.
  2. eficiência ecológica
  3. sucessão ecológica.
  4. irradiação adaptativa.
  5. resistência ambiental.

08. (FCMS/JF) Musgos são vegetais de pequeno porte cujo ciclo reprodutivo só se efetua em ambiente úmido. Neste caso, a presença de água é fundamental para:

  1. O crescimento do esporófito.
  2. O deslocamento dos anterozoides.
  3. A diferenciação sexual do gametófito.
  4. A disseminação dos esporos.

09. (UNESP) Em uma aula de campo, os alunos encontraram, crescendo sobre um tronco caído na mata, organismos conhecidos como orelhas-de-pau. O fato que chamou a atenção dos alunos foi que alguns desses organismos eram de cor verde, como mostra a figura. Paula afirmou que o organismo observado era um fungo fotossintetizante e portanto autótrofo.

Gilberto concordou que seria um fungo fotossintetizante, mas, por estar crescendo em um tronco em decomposição, seria heterótrofo necessariamente.

Ricardo sugeriu que o organismo observado, na verdade, eram dois organismos, um autótrofo e outro heterótrofo. Tiago complementou a ideia de Ricardo, afirmando tratar- -se de um musgo, que é uma associação entre um fungo e uma alga.

Fernanda discordou de Tiago, afirmando tratar-se de um líquen, no qual o fungo fornece os carboidratos necessários para o crescimento da alga.

A explicação correta para o fato foi dada por

  1. Fernanda.
  2. Gilberto.
  3. Ricardo.
  4. Paula.
  5. Tiago.

10. (UPF) Em relação a musgos e samambaias, as afirmações abaixo estão corretas, exceto:

  1. Musgos não têm soros.
  2. Somente em musgos o esporófito é preso ao gametófito.
  3. Ambos são criptógamos.
  4. Nas samambaias, a fase assexuada é mais vistosa.
  5. Os órgãos de ambas são apenas: raízes, caules e folhas.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Email ou WhatsApp