Home > Banco de Questões > Biologia > Animais >Anfíbios

Anfíbios

Lista de 20 exercícios de Biologia com gabarito sobre o tema Anfíbios com questões de Vestibulares.


Você pode conferir as videoaulas, conteúdo de teoria, e mais questões sobre o tema Anfíbios.



1. (Enem) Os anfíbios são seres que podem ocupar tanto ambientes aquáticos quanto terrestres. Entretanto, há espécies de anfíbios que passam todo o tempo na terra ou então na água. Apesar disso, a maioria das espécies terrestres depende de água para se reproduzir e o faz quando essa existe em abundância. Os meses do ano em que, nessa área, esses anfíbios terrestres poderiam se reproduzir mais eficientemente são de

  1. setembro a dezembro.
  2. novembro a fevereiro.
  3. janeiro a abril.
  4. março a julho.
  5. maio a agosto.

2. (UNICAMP) Os anfíbios constituem um dos grupos de animais com maior número de espécies ameaçadas de extinção. Entre outras razões, isso ocorre porque eles são suscetíveis à contaminação por substâncias nocivas e à infecção por fungos. Os anfíbios apresentam tal suscetibilidade porque têm

  1. hábitos aquáticos, que os tornam suscetíveis a predadores.
  2. pulmões bem desenvolvidos, que acumulam impurezas e fungos.
  3. sangue frio, que diminui a atividade de enzimas hepáticas.
  4. pele úmida e permeável, que possibilita a respiração cutânea.

3. (Enem) O sucesso adaptativo dos répteis relaciona-se, dentre outros fatores, ao surgimento de um revestimento epidérmico de queratina para economia de água metabólica.

Essa característica seria prejudicial em anfíbios, pois acarretaria problemas

  1. circulatórios, em razão da limitação na força contrátil do coração tricavitário.
  2. excretórios, em razão de incapacidade renal de processar níveis elevados de urina.
  3. digestivos, em razão da limitação do intestino em absorver alimentos muito diluídos.
  4. locomotores, em razão de incapacidade óssea de sustentar um animal mais pesado.
  5. respiratórios, em razão da pequena capacidade dos pulmões de realizar trocas gasosas.

4. (UNICAMP) As cecílias, também chamadas de cobras-cegas, são facilmente confundidas com serpentes por observadores menos atentos, por também apresentarem corpo cilíndrico e desprovido de patas. Entretanto, uma análise mais cuidadosa pode diferenciar facilmente esses animais, pois as cecílias são anfíbios ápodos. Duas características apresentadas exclusivamente pelas cecílias, que as diferenciam das serpentes, são:

  1. corpo revestido por pele úmida e ovos com casca calcária.
  2. corpo revestido por escamas e respiração exclusivamente cutânea.
  3. pele rica em glândulas secretoras de muco e respiração cutânea.
  4. pele úmida e corpo revestido por escamas queratinizadas

5. (UFRN) Além da respiração pulmonar, os anfíbios também apresentam respiração cutânea, na qual ocorrem trocas gasosas pela pele. Já os mamíferos apresentam em seus pulmões milhões de estruturas microscópicas chamadas alvéolos onde ocorrem as trocas gasosas. A pele dos anfíbios e os alvéolos dos mamíferos

  1. diminuem a área de troca gasosa, concentrando os gases em apenas uma região de troca.
  2. aumentam a superfície de contato de troca, facilitando a passagem dos gases.
  3. aumentam a diferença de pressão dos gases, diminuindo assim a velocidade de troca.
  4. diminuem a pressão dos gases, o que provoca um aumento na sua velocidade de troca.

06. (PUC-RJ) Dentre as transformações que ocorreram nos anfíbios na sua passagem para a vida terrestre, NÃO podemos citar:

  1. modificações do corpo para andar em terra firme, mantendo-se a capacidade de nadar.
  2. a capacidade de pôr ovos.
  3. desenvolvimento de pernas no lugar de nadadeiras.
  4. modificação na pele para exposição do ar.
  5. substituição de brânquias por pulmões.

07. (UFN) A fase larval do desenvolvimento dos anfíbios denomina-se

  1. cercária.
  2. plânula.
  3. girino.
  4. trocófora.
  5. anfiblástula.

08. (PUC-RS) Os anfíbios estão entre os vertebrados mais ameaçados de extinção. Mudanças climáticas, poluição e o desmatamento estão entre as principais causas que têm levado ao declínio da população destes animais. Com relação à biologia dos anfíbios, pode-se dizer que

  1. são animais predadores, que se alimentam de diversos tipos de presas. Muitas espécies se alimentam de insetos e podem ajudar no controle biológico de mosquitos causadores de diversas doenças humanas.
  2. vivem em ambientes úmidos porque, além de necessitarem da água para a reprodução, a respiração ocorre exclusivamente através da superfície da pele (respiração cutânea) que não possui adaptações que impeçam a dessecação.
  3. a circulação é do tipo fechada e o sistema circulatório é constituído por dois átrios e dois ventrículos parcialmente divididos, o que permite a mistura do sangue arterial e venoso.
  4. além da presença de quatro membros utilizados para locomoção, estes animais são caracterizados pela ausência de cauda e têm como representantes típicos sapos, rãs e salamandras.
  5. a excreção é realizada através de rins metanefros, assim como ocorre em répteis, aves e mamíferos sendo a amônia o principal produto de excreção. Além disso, são animais homeotérmicos que conseguem regular a temperatura corporal.

09. (Uece) Sobre a evolução dos anfíbios, assinale o correto.

  1. Esses animais foram os primeiros vertebrados a sobreviver em ambientes terrestres e, para tanto, desenvolveram uma pele áspera e rígida, capaz de suportar a dessecação imposta pelo meio terrestre.
  2. A presença de uma língua musculosa, rápida, pegajosa e protrátil, possibilitou a captura de presas, facilitando a sobrevivência desses animais no ambiente terrestre.
  3. Os anfíbios são animais bem adaptados ao ambiente terrestre, uma vez que produzem ovos com casca, resistentes à dessecação.
  4. Embora sejam animais adaptados ao ambiente terrestre, os anfíbios não possuem pálpebras, essenciais à proteção ocular, e, somente por isso, precisam estar sempre próximos de ambientes aquáticos para realizar a lubrificação dos olhos.

10. (UFN) Entre os vertebrados, os anfíbios foram os primeiros a conquistar o ambiente terrestre.

Entretanto, a sobrevivência do grupo ainda é dependente da água (umidade) para a realização de funções como a

  1. respiração pulmonar nos adultos.
  2. alimentação nos adultos.
  3. respiração cutânea nos adultos.
  4. reprodução assexuada.
  5. regulação endotérmica nos adultos.

11. (UFRGS) Observe a tira abaixo.

Em relação ao ciclo de vida de um anfíbio, é correto afirmar que

  1. a respiração ocorre através da pele somente nos indivíduos do primeiro quadrinho.
  2. a respiração é unicamente pulmonar na fase adulta.
  3. a ordem de surgimento dos membros posteriores e anteriores, ilustrada na tira, está invertida.
  4. os indivíduos do primeiro e do segundo quadrinhos apresentam respiração por brânquias.
  5. os indivíduos, na fase adulta, possuem estruturas que mantêm a pele impermeável.

12. (ACAFE) Sete especies de sapos Bachycephalus são descobertas no Brasil. Um estudo da Universidade Federal do Paraná (UFPR), divulgado na publicação científica PeerJ, afirma que as descobertas foram fruto de cinco anos de pesquisas em áreas montanhosas da Mata Atlântica no Paraná e em Santa Cata rina. Todos eles têm cerca de um centímetro de comprimento e muitos possuem peles coloridas e venenosas, que afastam predadores.

Fonte: BBC, 05/06/2015 Disponível em: http:/lwww.bbc.com/gortuguese/noticias Acesso em: 11/08/2015

Nesse sentido, anaIise as afirmações a seguir e marque com V as verdadeiras e com F as falsas.

( ) Os anfíbios são encontrados em todos os ambientes: marinho, água doce e terrestre. O nome do grupo, anfíbios (do grego, amphi - dos dois lados + bios - vida), foi dado em razão da maioria de seus representantes possuírem a fase larval aquática e a fase adulta, terrestre.

( ) Os anfíbios adultos precisam viver em ambientes úmidos, pois sua pele e' fina e pobremente queratinizada, muito sujeita à perda de água. Uma delgada epiderme, dotada de inúmeras glândulas mucosas, torna a pele úmida e lubrificada, constituindo-a em um importante órgão respiratório.

( ) A classe dos anfíbios e' uma classe de transição entre o ambiente aquático e terrestre. Para isso, durante a sua evolução, eles foram adquirindo novas características como o desenvolvimento de patas para a locomoção na terra, o aparecimento dos pulmões e a presença de ovos com casca, capaz de evitar o dessecamento do embrião.

( ) A Mata Atlântica, um bioma que abrange a costa leste, sudeste e sul do Brasil, é uma das regiões mais ricas do mundo em biodiversidade. A fauna possui muitas espécies distintas, sendo várias delas endêmicas, ou seja, encontradas apenas nesse ecossistema. Entre os animais desse bioma estão: tamanduá, tatu-canastra, onça-pintada, lontra e o mico-leão.

( ) Animal Peçonhento é aquele que produz substâncias tóxicas (veneno) em células especializadas de seu corpo, sendo que a forma de inoculação dependerá da. espécie do animal. Podemos encontrar espécies peçonhentas na classe dos artrópodes, répteis, anfíbios e peixes.

A sequência correta, de cima para baixo, é:

  1. V - V - F - V - V
  2. F - V - F - V - V
  3. V - F - V - F - V
  4. F - V - F - V - F

13. (UEL) O aparecimento de ovos com casca foi uma evolução adaptativa dos répteis para a conquista definitiva do ambiente terrestre pelos cordados. Além do ovo com casca, há outras adaptações que permitiram que os répteis pudessem sobreviver no ambiente terrestre quando comparadas com as adaptações dos anfíbios.

Portanto, há adaptações que surgem nos anfíbios e permanecem nos répteis e há adaptações que têm sua origem pela primeira vez nesse grupo.

Sobre as características adaptativas associadas à conquista do ambiente terrestre que surgiram pela primeira vez nos répteis, considere as afirmativas a seguir.

I. Pernas locomotoras e respiração pulmonar.

II. Ectotermia e dupla circulação.

III. Queratinização da pele e ácido úrico como excreta nitrogenado.

IV. Ovo amniota e desenvolvimento direto.

Assinale a alternativa correta.

  1. Somente as afirmativas I e II são corretas.
  2. Somente as afirmativas I e IV são corretas.
  3. Somente as afirmativas III e IV são corretas.
  4. Somente as afirmativas I, II e III são corretas.
  5. Somente as afirmativas II, III e IV são corretas.

14. (FATEC)

O animal na figura assemelha-se a um anelídeo. No entanto, trata-se de um vertebrado da classe dos anfíbios, conhecido popularmente como cecília.

É possível verificar que se trata de um vertebrado e não de um anelídeo por meio do exame da estrutura interna desse animal. Isso porque, como todo vertebrado e, ao contrário dos anelídeos, esse animal apresenta

  1. crânio.
  2. cerdas.
  3. vasos sanguíneos.
  4. sistema digestório.
  5. segmentação interna.

15. (Fuvest) As briófitas, no reino vegetal, e os anfíbios, entre os vertebrados, são considerados os primeiros grupos a conquistar o ambiente terrestre. Comparando-os, é correto afirmar que,

  1. nos anfíbios e nas briófitas, o sistema vascular é pouco desenvolvido; isso faz com que, nos anfíbios, a temperatura não seja controlada internamente.
  2. nos anfíbios, o produto imediato da meiose são os gametas; nas briófitas, a meiose origina um indivíduo haploide que posteriormente produz os gametas.
  3. nos anfíbios e nas briófitas, a fecundação ocorre em meio seco; o desenvolvimento dos embriões se dá na água.
  4. nos anfíbios, a fecundação origina um indivíduo diploide e, nas briófitas, um indivíduo haploide; nos dois casos, o indivíduo formado passa por metamorfoses até tornar-se adulto.
  5. nos anfíbios e nas briófitas, a absorção de água se dá pela epiderme; o transporte de água é feito por difusão, célula por célula, às demais partes do corpo.

16. (UEFS) De acordo com os estudos evolutivos, os anfíbios surgiram a partir de ancestrais aquáticos que ocasionalmente saíam da água à procura de alimento. Já os répteis teriam evoluído de um grupo ancestral dos próprios anfíbios. Sobre essas duas classes do Reino Animal, é correto afirmar:

  1. A principal substância nitrogenada excretada pelos répteis é a ureia.
  2. São seres celomados, protostômios e com circulação dupla completa.
  3. Nos anfíbios adultos, o coração apresenta quatro câmaras, assim como nos crocodilos e jacarés.
  4. Ambos são ovíparos, no entanto uma das diferenças é a presença de alantoide e córion somente nos ovos dos répteis.
  5. Por serem seres adaptados ao ambiente terrestre e aquático, os anfíbios apresentam, na fase adulta, pulmões altamente vascularizados e mais desenvolvidos que os dos répteis.

17. (UECE) Anfíbios, como sapos, rãs e cobras cegas, são animais que vivem parte de seu ciclo de vida em ambientes aquáticos e outra parte em terra, porém nunca se afastam dos ambientes úmidos. Identifique dentre as alternativas abaixo aquela contém apenas características de animais classificados como anfíbios.

  1. respiração cutânea; incapacidade de regular a temperatura corporal; coração com quatro cavidades; sistema digestivo incompleto
  2. respiração pulmonar; fase larval; quatro patas; homeotermia
  3. sistema digestivo completo; coração com três compartimentos; sexos separados; cromatóforos
  4. respiração branquial; sistema digestivo incompleto; esqueleto cartilaginoso; visão pouco desenvolvida

18. (UDESC) Os anfíbios são classificados em três ordens: Urodela, Anura e Gymnophiona ou Apoda. Assinale a alternativa correta que contém, respectivamente, os animais classificados como anfíbios e pertencentes a essas ordens.

  1. salamandra, sapo, cobras-cegas (Cecília)
  2. jacaré, sapo, tartaruga
  3. perereca, jibóia, salamandra
  4. sapo, salamandra, cobras-cegas (Cecília)
  5. cobras-cegas (Cecília), tartaruga, sapo

19. (UFG) No último verão, devido a um fenômeno meteorológico, no qual uma imensa massa de ar quente e seco estacionou no território brasileiro bloqueando as frentes frias, as temperaturas passaram de 36 ºC em diversas regiões, e a sensação térmica foi ainda maior. Os vertebrados possuem mecanismos fisiológicos para detectar tal sensação e estruturas orgânicas para responderem a alguns fatores abióticos envolvidos nessa situação climática.

Nesse cenário, os anfíbios são mais susceptíveis ao risco de morte. Nesse sentido, conclui-se que os fatores abióticos detectados por esses animais e o motivo pelo aumento de fragilidade no contexto descrito são, respectivamente,

  1. temperatura e umidade; presença de glândula uropigeana.
  2. temperatura e umidade; presença de tênue queratinização da pele.
  3. evaporação e convecção; ausência de escamas epidérmicas.
  4. umidade e evaporação; presença de glândula uropigeana.
  5. evaporação e convecção; presença de tênue queratinização da pele.

20. (PUCC-SP) O coração dos anfíbios possui:

  1. Um átrio e um ventrículo, ambos sem septos.
  2. Um átrio com septo parcial e um ventrículo sem septo.
  3. Um átrio e um ventrículo, ambos com septos parciais.
  4. Dois átrios e um ventrículo.
  5. Dois átrios e dois ventrículos.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Email ou WhatsApp



Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Email ou WhatsApp