Home > Banco de Questões > História > >

Idade Antiga

Lista de 11 exercícios sobre História com gabarito sobre o tema Idade Antiga com questões da UFRGS.



01. (UFRGS 2019) Considere as seguintes afirmações sobre a história antiga de Roma.

I - Com o fim do período monárquico, a hierarquia social na República deixou de estar fundada na descendência familiar e na propriedade de terras, valorizando as ocupações ligadas ao comércio urbano e à prática da magistratura.

II - No contexto dos séculos III e II a.C., a manumissão de estrangeiros, escravizados a partir de conquistas bélicas, possibilitava a tais indivíduos liberdade social e cidadania política.

III- Entre as principais causas do fim da República, estão a invasão de tribos normandas oriundas do norte da Europa, a difusão do cristianismo e a crise econômica provocada pela chamada “Conspiração de Catilina”.

Quais estão corretas?

  1. Apenas I.
  2. Apenas II.
  3. Apenas III.
  4. Apenas I e II.
  5. I, II e III.

02. (UFRGS 2018) Considere as afirmações abaixo, sobre a história das sociedades antigas.

I - O Egito faraônico caracterizava-se pela estrutura política horizontalizada, pela pouca estratificação social e pela economia centrada na piscicultura devido às cheias do rio Nilo.

II - Os fenícios mantiveram uma estrutura social militarizada e terrestre, que permitiu a conquista de outros povos na região do Oriente Médio, culminando com o fim de rotas comerciais marítimas com a Ásia.

III- A expansão do Império Persa, durante o governo de Dario I, foi marcada pela unificação dos sistemas tributário e monetário, pela implementação de um código jurídico e por uma rede de estradas e de comunicação.

Quais estão corretas?

  1. Apenas I.
  2. Apenas II.
  3. Apenas III.
  4. Apenas II e III.
  5. I, II e III.

03. (UFRGS 2015) Com relação à vida social e política na Grécia clássica, assinale a alternativa correta.

  1. A democracia grega foi instituída no século VI a.C. por Clístenes, colocando fim a um período de governo tirânico e criando os princípios da República.
  2. A decadência da pólis grega no período arcaico, entre os séculos VIII a.C. e VI a.C., e o surgimento do Império ateniense permitiram o florescimento cultural nas cidades antigas.
  3. O desenvolvimento de uma filosofia fundada na razão ocorreu com o fim do período micênico na Grécia, o que implicou a passagem do politeísmo para o monoteísmo.
  4. Os habitantes tinham direitos políticos e eram considerados cidadãos nas cidadesestado, com exceção das mulheres e dos escravos.
  5. A união política entre atenienses e espartanos contra os avanços do exército persa ocorreu no contexto da Guerra do Peloponeso.

04. (UFRGS 2014) Esta a exposição de Heródoto de Túrio, para que bem os acontecimentos provocados pelos homens, com o tempo, sejam apagados, nem as obras grandes e admiráveis, trazidas à luz tanto pelos gregos quanto pelos bárbaros, se tornem sem fama – e, no mais, investigação também da causa pela qual fizeram guerra uns contra os outros.

Heródoto, Histórias, 1, 1-5.

A narração de Heródoto (480-420 a.C.), considerado o pai da História Ocidental, refere-se

  1. às guerras médicas – e aos persas.
  2. à guerra do Peloponeso – e aos espartanos.
  3. às conquistas de Alexandre, o Grande – e aos egípcios.
  4. às guerras púnicas – e aos cartagineses.
  5. à guerra de Troia – e aos troianos.

05. (UFRGS 2014) Os dois fragmentos citados abaixo, de autoria do filósofo Santo Agostinho (354-430 d.C.), tratam do mesmo contexto histórico.

Sobre a origem, o progresso e os termos previstos para as duas cidades, das quais uma é de Deus, a outra deste mundo (...), prometi escrever, após ter refutado, quanto me ajudasse sua graça, os inimigos da cidade de Deus, que preferem seus deuses ao fundador desta última, Cristo.

Santo Agostinho, A Cidade de Deus, XVIII, I-II,1.

Neste momento, Roma foi destruída sob os golpes da invasão dos godos que o rei Alarico conduzia (410 d.C.): foi um grande desastre. Os adoradores de uma multidão de deuses falsos, que chamamos ordinariamente de pagãos, esforçaram-se para atribuir esse desastre à religião cristã e puseram-se a blasfemar contra o Deus verdadeiro.

Santo Agostinho, Retratações, II, 1.

Considere as seguintes afirmações, sobre esses fragmentos.

I - Santo Agostinho retrata a tomada de Roma, a ascensão dos pagãos e a opressão aos godos.

II - Santo Agostinho afirma que os godos eram cristãos e que os romanos eram pagãos.

III - Santo Agostinho discorre sobre a queda de Roma e a defesa do cristianismo.

Quais estão corretas?

  1. Apenas I.
  2. Apenas II.
  3. Apenas III.
  4. Apenas I e II.
  5. Apenas I e III.

06. (UFRGS 2013) Durante o reinado de Hamurábi na Babilônia (1792 – 1750 a.C.), foi escrita uma relação de sentenças legais que, modernamente, é conhecida pelo nome de Código de Hamurábi. O objetivo da obra era

  1. estabelecer uma ordem constitucional para fundar o Estado imperial mesopotâmico.
  2. enaltecer a pessoa do rei, associando-a ao poder, à justiça e à sabedoria.
  3. proporcionar aos cidadãos do império um código legal universal e aplicável a todas as situações conflituosas.
  4. impor a lei do Talião como norma exclusiva para a ordem constitucional mesopotâmica.
  5. promover a igualdade jurídica entre todos os súditos do rei.

07. (UFRGS 2013) No bloco superior abaixo, são listados alguns líderes que atuaram no período republicano da Antiga Roma; no inferior, são citadas ações desses líderes.

Associe corretamente o bloco inferior ao superior.

1 - Otávio

2 - Caio Mário

3 - Tibério Graco

4 - Pompeu

( ) Operou uma reforma militar que permitiu o recrutamento de soldados entre a população mais pobre de Roma.

( ) Acumulou uma série de títulos e cargos e acabou por estabelecer em Roma o sistema político imperial.

( ) Tentou implementar uma reforma que permitisse a distribuição de terras públicas entre os cidadãos mais pobres de Roma.

A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é

  1. 2 – 1 – 4.
  2. 1 – 2 – 4.
  3. 2 – 1 – 3.
  4. 1 – 2 – 3.
  5. 3 – 4 – 2.

08. (UFRGS 2012) Considere o enunciado abaixo e as três propostas para completá-lo.

Os jogos pan-helênicos, que congregavam povos de todas as cidades gregas, deram origem às Olimpíadas em 776 a.C.

Naquele contexto histórico, as Olimpíadas foram importantes porque

1 - contribuíram para a difusão de padrões de comportamento, crenças e costumes, no âmbito do território grego.

2 - contribuiram para estabelecer um sistema de contagem de tempo, à medida que foi determinado que as Olimpíadas deveriam ocorrer de quatro em quatro anos.

3 - acentuaram as rivalidades entre as cidades-estados, as quais foram fundamentais na difusão das guerras.

Quais estão corretas?

  1. Apenas 1.
  2. Apenas 2.
  3. Apenas 3.
  4. Apenas 1 e 2.
  5. 1, 2 e 3.

09. (UFRGS 2011) Na África, durante a Antiguidade, entre 3.000 a.C. e 332 a.C., desenvolveu-se o primeiro Império unificado historicamente conhecido, cuja longevidade e continuidade ainda despertam a atenção de arqueólogos e historiadores.

Esse Império

  1. legou à humanidade códigos e compilações de leis.
  2. desenvolveu a escrita alfabética, dominada por amplos setores da sociedade.
  3. retinha parcela insignificante do excedente econômico disponível.
  4. sustentou a crença de que o caráter divino dos reis se transmitia exclusivamente pela via paterna.
  5. dependia das cheias do rio Nilo para a prática da agricultura.

10. (UFRGS 2011) Durante a República Romana, a escravidão aumentou consideravelmente sua importância na sociedade e na economia, contribuindo para a crescente dependência da República Romana em relação à mão de obra escrava.

A dependência da mão de obra escrava na República Romana devia-se

  1. à expansão das grandes propriedades e ao aniquilamento da pequena propriedade rural.
  2. às guerras de conquista empreendidas por Roma, as quais contribuíram decisivamente para o predomínio dessa relação de trabalho.
  3. à inexistência de mão de obra livre e ao desinteresse da população pelos trabalhos manuais.
  4. aos conflitos entre patrícios e plebeus na luta pela terra.
  5. à necessidade de ampliação da oferta de mão de obra para o desenvolvimento do artesanato.

11. (UFRGS) Assinale a alternativa correta sobre a história das diferentes sociedades africanas até o século XVI.

  1. O império Songhai, situado às margens do rio Níger, teve em sua capital Gao um importante polo mercantil que reunia mercadores oriundos da Líbia, do Egito e do Magreb.
  2. As sociedades da África equatorial, em função das condições geográficas e climáticas pouco propícias, eram formadas predominantemente por pastores de animais de pequeno porte, sendo praticamente inexistente na região o cultivo de produtos agrícolas.
  3. As sociedades de origem Bantu, localizadas na região da África meridional entre os séculos XII e XV, eram predominantemente nômades e coletoras, não organizadas em aldeias e com escasso desenvolvimento tecnológico.
  4. A África, marcada pela intensa difusão do cristianismo durante as Cruzadas, contou, entre os século XI e XV, com reduzida presença de elementos islâmicos na definição das variadas culturas existentes no continente.
  5. O estabelecimento da colônia portuguesa em Moçambique, no século XVI, definiu o início das rotas comerciais ligando a região oriental do continente africano, entre Madagascar e o Chifre da África, com a Europa e a Ásia.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Email ou WhatsApp



.