Home > Banco de Questões > História > >

História da América

Lista de 18 exercícios sobre História com gabarito sobre o tema História da América com questões da UECE.



01. (UECE 2018) Os incas do Peru antigo utilizavam elementos para ativar a memória parecidos com a escrita. Diferentes tipos de nós eram utilizados para registrar as transações mercantis diárias e de longo prazo, ou pagamentos de tributos do império. Esse instrumento que era muito útil para comunicação e registros contábeis do império inca é denominado

  1. entalhe.
  2. ábaco.
  3. quipu.
  4. tabuleiro.

02. (UECE 2018) Atente ao que se diz a respeito da América Latina no período entre 1946 e 1956.

I. Era considerada lugar de pobreza generalizada que contrastava com a prosperidade e o desenvolvimento da sociedade de consumo presente nos EUA e no Canadá.

II. Na América Latina, regimes ditatoriais chegaram ao poder prometendo reformas sociais, mas invariavelmente adotaram a tirania e a corrupção como meio de governar.

III. Essa época foi de grande florescimento econômico em diferentes países da América Latina, graças aos investimentos pós-guerra na agricultura.

É correto o que se afirma em

  1. I, II e III. B
  2. I e III apenas.
  3. I e II apenas.
  4. II e III apenas.

03. (UECE 2016) O Congresso Nacional de Lima, a capital do Peru, situa-se na Praça Bolívar. A principal praça de Bogotá, capital da Colômbia, tem o mesmo nome: Praça Bolívar. A Bolívia recebeu este nome para homenagear Simon Bolívar. Sobre Simón Bolívar, pode-se afirmar corretamente que

  1. liderou um movimento a favor da independência da América do Sul e idealizou uma unidade continental chamada Gran Colômbia que se desfez em repúblicas.
  2. lutou ao lado de José de San Martín, na Argentina, e Bernardo O’Higgins, no Chile, pela libertação desses países do domínio espanhol.
  3. foi um revolucionário criador do nacionalismo venezuelano e liderou a Revolução Bolivariana.
  4. era um monarquista convicto; por isso, defendeu a centralização do poder, para uma América emancipada.

04. (UECE 2016) No que diz respeito às civilizações pré- colombianas que habitavam o continente americano antes da chegada de Cristóvão Colombo em 1492 e suas respectivas localizações e desenvolvimento cultural, relacione as duas colunas abaixo, numerando a Coluna II de acordo com a Coluna I.

Coluna I  Coluna II

1. Astecas  ( ) Peru ― cerâmica policromada

2. Incas  ( ) México ― códices escritos em cortiça

3. Maias  ( ) Cordilheira dos Andes ― cidade fortificada

4. Nazca   ( ) México, Guatemala, Belize ― sistema de escrita

A sequência correta, de cima para baixo é:

  1. 4, 1, 2, 3.
  2. 2, 3, 4, 1.
  3. 1, 2, 3, 4.
  4. 4, 3, 2, 1.

05. (UECE 2016) Após a expulsão árabe da Península Ibérica, restaram reinos independentes: Castela, Aragão, Leão, Navarra e Galícia. Na Península, esses reinos eram conhecidos como reinos

  1. ibéricos.
  2. hispanos.
  3. cruzados.
  4. aragoneses.

06. (UECE 2016) Nas décadas de 1980 e 1990, na América Latina, vários países adotaram medidas constitucionais proibindo a discriminação racial e implementaram reformas que visavam favorecer a cidadania multicultural. No que concerne à inclusão das minorias étnicas e raciais, atualmente, é correto afirmar que a América Latina

  1. apresenta um alto grau de desigualdade racial e de discriminação contra populações afrodescendentes e indígenas.
  2. é considerada um exemplo a ser seguido em relação aos direitos dos povos indígenas e tribais.
  3. tem criado leis garantindo plenos direitos coletivos para os grupos afrodescendentes e indígenas.
  4. garante essa inclusão com vistas a reparar longos anos de racismo e exclusão.

07. (UECE 2016) Viveram na região andina pré-hispânica diferentes povos possuidores de uma ampla e antiga diversificação cultural que incluía os paracas, moches, nascas, tiahuanaco, huari, chimus, colas, lupacas e, finalmente,

  1. maias.
  2. toltecas.
  3. incas.
  4. quetzalcoatl.

08. (UECE 2015) Os tupamaros são um movimento revolucionário que recorre a diversas formas de luta que incluem as formas terroristas. Porém a palavra terrorismo não basta de modo algum para definilos. Faz três anos, quando eu era chefe da Região Militar n.1, defendíamos que os tupamaros eram a expressão de um fenômeno social. Era necessário procurar suas raízes profundas; não podíamos combatê-los como simples delinquentes. Não se compreendeu assim. O governo preferiu ignorar a magnitude do fenômeno.

Entrevista de Eduardo Galeano a Seregni, publicada en el semanario Marcha el 17 de septiembre de 1971. 17 set.1971.

Assinale a opção que indica o país onde o grupo tupamaros atuou nas décadas de 1960 e 1970.

  1. Chile.
  2. Bolívia.
  3. Argentina.
  4. Uruguai.

09. (UECE 2014) A viagem feita por Cristóvão Colombo em 1492 tem a sua relevância, porque abriu inúmeras possibilidades, dentre as quais, o intercâmbio entre povos de diversos continentes, a implementação de um sistema comercial por meio da navegação pelos oceanos e a colonização de novas terras. Significou, para a população nativa, a escravização e a conversão ao cristianismo. A colonização europeia do continente americano só foi possível graças à(s)

  1. colaboração mútua e à troca de experiências entre mundos diferentes.
  2. operações de exploração, conquista e destruição cultural sistemática.
  3. implementação do vigor e do avanço civilizatório.
  4. conversão dos nativos para a religião católica.

10. (UECE 2013) O Presidente venezuelano Hugo Chávez, que estava no poder desde 1999, mesmo tendo adotado medidas discutíveis e duramente criticadas internacionalmente, conseguiu estabelecer-se como um dos líderes da América Latina. Com sua morte, o cenário político nesta parte do mundo já demonstra sinais de mudança através

  1. da proposta de criação da Aliança Bolivariana para as Américas, que reunirá Venezuela, Equador, Bolívia, Cuba e Nicarágua.
  2. do aumento imediato do preço do petróleo produzido na Venezuela e vendido a países como Cuba, Equador e Chile.
  3. do apoio norte-americano ao recém-eleito presidente Nicolás Maduro.
  4. dos impactos econômicos adversos para algumas economias que se aproximaram da Venezuela durante o seu governo.

11. (UECE 2013) Em 1823, o governo dos Estados Unidos aprovou a Doutrina Monroe. Considere os seguintes itens no que concernem aos objetivos centrais dessa doutrina:

I. Impedir a intervenção europeia nas Américas (do Norte, do Sul e Central).

II. Garantir a supremacia dos Estados Unidos na América do Sul e na América Central.

III. Reforçar o isolacionismo norte-americano do restante do continente, na certeza de sua supremacia.

Correspondem aos objetivos centrais da doutrina Monroe os itens

  1. I, II e III.
  2. I e II apenas.
  3. II e III apenas.
  4. I e III apenas.

12. (UECE 2013) Leia atentamente o seguinte fragmento:

“Na verdade não inventei Peron nem Eva Peron, a milagrosa. Eles nasceram como reação a seus maus governos. Eu não inventei Peron, nem Evita Peron, nem sua doutrina. Não trouxe, em sua defesa, um povo a quem vocês e os seus tenham enterrado em um longo caminho de miséria. Nasceram de vocês, por vocês e para vocês.”

DANIEL, James. Os Antecedentes: O Peronismo e a Classe Trabalhadora, in ROLEMBERG, Denise e QUADRAT, Samantha (orgs). A Construção Social dos Regimes Autoritários. Legitimidade, consenso e consentimento no século XX. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010.

O Peronismo foi emblemático na emergência do populismo na Argentina na década de 1940. Nesse sentido, analise as afirmações abaixo.

I. A emergência do governo de Juan Peron foi resultante da ineficácia dos governos que o antecederam.

II. O Governo de Juan Peron levou a Argentina e sua população ao empobrecimento.

III. Enquanto o Peronismo expressou os desejos das classes trabalhadoras, ele também foi resultado das ações das elites argentinas.

Está correto o que se afirma em

  1. I, II e III.
  2. I e II apenas.
  3. II e III apenas.
  4. I e III apenas.

13. (UECE 2013) “Para os que concebem a história como uma disputa, o atraso e a miséria da América Latina são o resultado do seu fracasso. Perdemos; outros ganharam. Mas, acontece que aqueles que ganharam, ganharam graças ao que nós perdemos”.

GALEANO, Eduardo. As Veias Abertas da América Latina. Porto Alegre: Editora L & PM, 2010.

Sobre a América Latina, o excerto permite-nos afirmar corretamente que

  1. sua pobreza histórica foi resultante da cobiça das metrópoles europeias.
  2. seu desenvolvimento tardio foi resultado de sua própria fragilidade.
  3. a miséria nela percebida se deu em virtude das guerras que aconteceram entre colônias e metrópoles.
  4. seu desenvolvimento foi resultado da generosidade dos colonizadores.

14. (UECE 2012) Em relação à sociedade que foi gestada na, posteriormente denominada, América Portuguesa, no período colonial, pode-se afirmar corretamente que

  1. as etnias tribais que sobreviveram e, de algum modo, mesclaram-se ao colonizador lusitano deram origem a uma sociedade uniforme , transformada pelo elemento estrangeiro à sua semelhança.
  2. tal sociedade foi resultante de um processo civilizatório, que teve a linha evolutiva da sua população interrompida, para depois ser subjugada e ter seus remanescentes recrutados como mão de obra de uma nova sociedade que nascia.
  3. aquela era uma sociedade claramente bipartida, com uma definição rural e outra urbana, bem definida por uma classe dominante letrada e um segmento dominado com ampla cultura erudita.
  4. nessa sociedade, era clara a ascensão das sociedades indígenas originais, partindo de sua condição tribal a uma civilização urbana e integrada na economia de âmbito internacional, que a navegação possibilitara.

15. (UECE 2012) “Entre 1838 e 1901, a U. S. Navy realizou 12 (doze) viagens para a América Latina, as quais foram documentadas pelos comandantes dos navios, por meio de narrativas, relatos e diários de viagens. Esse aparato discursivo teve ampla circulação entre a Europa e as Américas, especialmente entre as associações científicas e academias militares.”

JUNQUEIRA, Mary A. Ciência, técnica e as expedições da marinha de guerra norte-americana, U.S. Navy, em direção à América Latina (1838- 1901). In: Varia História. v.23 n.38. Belo Horizonte jul./dez. 2007. p. 334-349.

Segundo a autora, as viagens da Marinha Americana à América Latina

  1. puderam estabelecer redes de relações e intercâmbios variados, em um mundo que se tornava mais e mais interconectado.
  2. tiveram interesses vários, sobretudo para propor a criação de narrativas e romances sobre a América Latina.
  3. criaram associações científicas e academias militares em diferentes localidades da América Latina.
  4. foram atividades isoladas e, apesar da repercussão inicial, o interesse americano nas viagens continuou no decorrer do século XX.

16. (UECE 2011) Juan Domingos Perón, estadista e militar argentino, adotou uma política apoiada no Proletariado, no Exército e na Igreja; apoiou-se no populismo de cunho nacionalista, inspirado em doutrinas fascistas de propaganda após a Primeira Guerra Mundial conquistando o apoio popular. Sobre o pensamento de Perón é correto afirmar que

  1. tornou-se uma doutrina política conhecida como peronismo.
  2. foi radicalmente repudiado como força política majoritária na Argentina.
  3. atualmente, não possui nenhuma representatividade no cenário político argentino.
  4. inspirou vários movimentos de libertação na América Latina.

17. (UECE 2011) Estima-se que quando os espanhóis chegaram ao continente americano, a capital Asteca, Tenochtitlán, contava com uma população com cerca de 200 mil habitantes. Rica e bela, possuía vários canais, por onde navegavam barcos carregados de mercadorias, e aquedutos apropriados para conduzirem as águas das montanhas até a cidade. Sobre essa cidade é correto afirmar-se que

  1. era considerada a morada sagrada dos deuses e tornou-se rica graças às doações recebidas de todos os povos.
  2. cresceu e manteve-se economicamente afluente graças aos pesados impostos que eram pagos em mercadorias pelos povos vencidos.
  3. teve uma arquitetura exuberante graças à contribuição do povo maia então submetido.
  4. cresceu significativamente a partir da chegada dos espanhóis.

18. (UECE 2010) O processo de colonização da América Espanhola foi intenso e violento. Os espanhóis utilizaram largamente de agressividade, superioridade técnica militar, assim como de diferentes formas de exploração do trabalho indígena, sendo a encomienda a mais comum. Sobre a encomienda assinale o correto.

  1. Constituía-se em forma de trabalho remunerado com algumas moedas de prata, proposta pelo rei da Espanha para a população indígena.
  2. Era o direito de capturar indígenas, dado pelo rei aos encomienderos que, em troca, deveriam proporcionar aos nativos educação cristã.
  3. Constituía-se em trabalho compulsório temporário no qual o indígena trabalhava por um período e depois podia livremente deixar de prestar serviços para a coroa espanhola.
  4. Era um acordo firmado entre espanhóis e líderes indígenas para fornecimento de mão de obra nas minas de prata.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Email ou WhatsApp



.