Home > Banco de Questões > História da Arte > Cubismo

Cubismo

Lista de 10 exercícios de História da Arte com gabarito sobre o tema Cubismo com questões do Enem.


Você pode conferir as videoaulas, conteúdo de teoria, e mais questões sobre o tema Cubismo.

O movimento artístico do cubismo surgiu no século XX, tendo como principais fundadores Pablo Picasso e Georges Braque.

O marco inicial do cubismo é o quadro "Les demoiselles d'Avignon" (1907), de Picasso.

Na obra (que apareceu duas vezes no Enem) fica bem clara as referências a máscaras africanas, que inspiraram a fase inicial do cubismo.

Na maior parte das questões sobre o Cubismo cobradas no Enem são relacionadas as obras do Pablo Picasso. Além dele já apareceram artistas como o francês Fernand Léger, e o brasileiro Vicente do Rego Monteiro.



Cubismo

1. (Enem 2019)

Na obra Cabeça de touro, o material descartado torna-se objeto de arte por meio da

  1. reciclagem da matéria-prima original.
  2. complexidade da combinação de formas abstratas.
  3. perenidade dos elementos que constituem a escultura.
  4. mudança da funcionalidade pela integração dos objetos.
  5. fragmentação da imagem no uso de elementos diversificados.

Cubismo

2. (Enem PPL 2017) Inovando os padrões estéticos de sua época, a obra de Pablo Picasso foi produzida utilizando características de um movimento artístico que:

PICASSO, P. Guitar, Sheet Music, and Glass, Fall. Papel colado, guache e carvão, 48 x 36,5 cm. McNay Art Museum, San Antonio, Texas, 1912.

(FOSTER, H. et al. Art since 1900: Modernism, Antimodernism,Postmodernism. Nova York: Thames & Hudson, 2004)

Inovando os padrões estéticos de sua época, a obra de Pablo Picasso foi produzida utilizando características de um movimento artístico que:

  1. dispensa a representação da realidade.
  2. agrega elementos da publicidade em suas composições.
  3. valoriza a composição dinâmica para representar movimento.
  4. busca uma composição reduzida e seus elementos primários de forma.
  5. explora a sobreposição de planos geométricos e fragmentos de objetos.

Cubismo

3. (Enem PPL 2016)  A obra Les desmoiselles d’Avignon, do pintor espanhol Pablo Picasso, é um dos marcos iniciais do movimento cubista.

(PICASSO, P. Les desmoiselles d’Avignon. Óleo sobre tela, 243,9 x 233,7 cm. Museu de Arte Moderna, Nova Iorque, 1907)

A obra Les desmoiselles d’Avignon, do pintor espanhol Pablo Picasso, é um dos marcos iniciais do movimento cubista. Essa obra filia-se também ao Primitivismo, uma vez que sua composição recorre à manifestação cultural de um determinado grupo étnico, que se caracteriza por:

  1. produção de máscaras ritualísticas africanas.
  2. rituais de fertilidade das comunidades celtas.
  3. festas profanas dos povos mediterrâneos.
  4. culto à nudez de populações aborígenes.
  5. danças ciganas do sul da Espanha

Cubismo

4. (Enem 2015) As formas plásticas nas produções africanas conduziram artistas modernos do início do século XX, como Pablo Picasso, a algumas proposições artísticas denominadas vanguardas. A máscara remete à:

(Máscara senufo, Mati. Madeira e fibra vegetal. Acervo do MAE/USP)

As formas plásticas nas produções africanas conduziram artistas modernos do início do século XX, como Pablo Picasso, a algumas proposições artísticas denominadas vanguardas. A máscara remete à:

  1. preservação da proporção.
  2. idealização do movimento.
  3. estruturação assimétrica.
  4. sintetização das formas.
  5. valorização estética.

Cubismo

5. (Enem 2014) Na criação do texto, o chargista Iotti usa criativamente um intertexto: os traços reconstroem uma cena de Guernica, painel de Pablo Picasso que retrata os horrores e a destruição provocados pelo bombardeio a uma pequena cidade da Espanha.

Na criação do texto, o chargista Iotti usa criativamente um intertexto: os traços reconstroem uma cena de Guernica, painel de Pablo Picasso que retrata os horrores e a destruição provocados pelo bombardeio a uma pequena cidade da Espanha. Na charge, publicada no período de carnaval, recebe destaque a figura do carro, elemento introduzido por Iotti no intertexto. Além dessa figura, a linguagem verbal contribui para estabelecer um diálogo entre a obra de Picasso e a charge, ao explorar:

  1. uma referência ao contexto, “trânsito no feriadão”, esclarecendo-se o referente tanto do texto de Iotti quanto da obra de Picasso.
  2. uma referência ao tempo presente, com o emprego da forma verbal “é”, evidenciando-se a atualidade do tema abordado tanto pelo pintor espanhol quanto pelo chargista brasileiro.
  3. um termo pejorativo, “trânsito”, reforçando-se a imagem negativa de mundo caótico presente tanto em Guernica quanto na charge.
  4. uma referência temporal, “sempre”, referindose à permanência de tragédias retratadas tanto em Guernica quanto na charge.
  5. uma expressão polissêmica, “quadro dramático”, remetendo-se tanto à obra pictórica quanto ao contexto do trânsito brasileiro.

Cubismo

6. (Enem 2012) O quadro Les Demoiselles d’Avignon (1907), de Pablo Picasso, representa o rompimento com a estética clássica e a revolução da arte no início do século XX.  A obra Les desmoiselles d’Avignon<, do pintor espanhol Pablo Picasso, é um dos marcos iniciais do movimento cubista.

(Picasso, O. Les Demoiselles d'Avignon. Nova York, 1907)

Essa nova tendência se caracteriza pela:

  1. pintura de modelos em planos irregulares.
  2. mulher como temática central da obra.
  3. cena representada por vários modelos.
  4. oposição entre tons claros e escuros.
  5. nudez explorada como objeto de arte.

Cubismo

7. (Enem PPL 2011) Fernand Léger, artista francês envolvido com o movimento cubista, tinha como princípio transformar imagens em figuras geométricas, especialmente cones, esferas e cilindros. A obra apresentada mostra o homem em uma alusão à Revolução Industrial e ao pós I Guerra Mundial e explora Fernand Léger, artista francês envolvido com o movimento cubista, tinha como princípio transformar imagens em figuras geométricas, especialmente cones, esferas e cilindros.

  1. a forma robótica dada aos operários, privilegiando os aspectos triangulares.
  2. as formas retilíneas e mecanizadas, sem valorização da questão espacial.
  3. a força da máquina na vida do trabalhador pelo jogo de formas, luz/sombra.
  4. os recursos oriundos de um mesmo plano visual para dar sentido a sua proposta.
  5. as formas delicadas e sutis, para humanizar o operário da indústria têxtil.

Cubismo

8. (Enem PPL 2011) Vicente do Rego Monteiro foi um dos pintores, cujas telas foram expostas durante a Semana de Arte Moderna. Tal como Michelangelo, ele se inspirou em temas bíblicos, porém com um estilo peculiar.

Considerando-se as obras apresentadas, o artista brasileiro:  (Enem) Vicente do Rego Monteiro foi um dos pintores, cujas telas foram expostas durante a Semana de Arte Moderna. Tal como Michelangelo, ele se inspirou em temas bíblicos, porém com um estilo peculiar.

  1. demonstrou irreverência ao retratar a cena bíblica.
  2. optou por fazer uma escultura minimalista, diferentemente de Michelangelo.
  3. estava preocupado em retratar detalhes da cena.
  4. deu aos personagens traços cubistas, em vez dos traços europeus, típicos de Michelangelo.
  5. reproduziu o estilo da famosa obra de Michelangelo, uma vez que retratou a mesma cena bíblica.

Cubismo

9. (Enem PPL 2011) As vanguardas europeias não devem ser vistas isoladamente, uma vez que elas apresentam alguns conceitos estéticos e visuais que se aproximam. Com base nos conceitos vanguardistas, entre eles o de exploração de formas geometrizadas do Cubismo, no início do século XX, o quadro Soldados jogando cartas explora uma: (Enem) As vanguardas europeias não devem ser vistas isoladamente, uma vez que elas apresentam alguns conceitos estéticos e visuais que se aproximam.

  1. abordagem sentimentalista do homem.
  2. imagem plana para expressar a industrialização.
  3. aproximação impossível entre máquina e homem.
  4. uniformidade de tons como crítica à industrialização.
  5. mecanização do homem expressa por formas tubulares.

Cubismo

10. (Enem 2011) O pintor espanhol Pablo Picasso (1881 - 1973), um dos mais valorizados no mundo artístico, tanto em termos financeiros quanto históricos, criou a obra Guernica em protesto ao ataque aéreo à pequena cidade basca de mesmo nome.

O pintor espanhol Pablo Picasso (1881 - 1973), um dos mais valorizados no mundo artístico, tanto em termos financeiros quanto históricos, criou a obra Guernica em protesto ao ataque aéreo à pequena cidade basca de mesmo nome. A obra, feita para integrar o Salão Internacional de Artes Plásticas de Paris, percorreu toda a Europa, chegando aos EUA e instalandose no MoMA, de onde sairia apenas em 1981.

Essa obra cubista apresenta elementos plásticos identificados pelo:

  1. painel ideográfico, monocromático, que evoca várias dimensões de um evento, renunciando à realidade, colocando-se em plano frontal ao espectador.
  2. horror da guerra de forma fotográfica, com o uso da perspectiva clássica, envolvendo o espectador nesse exemplo brutal de crueldade do ser humano.
  3. uso das formas geométricas no mesmo plano, sem emoção e expressão, despreocupado com o volume, a perspectiva e a sensação escultórica.
  4. esfacelamento dos objetos abordados na mesma narrativa, minimizando a dor humana a serviço da objetividade, observada pelo uso do claro-escuro.
  5. uso de vários ícones que representam personagens fragmentados bidimensionalmente, de forma fotográfica livre de sentimentalismo.

Você acredita que o gabarito esteja incorreto? Avisa aí 😰| Pelo Email ou WhatsApp